Thank you

joel

by Joel Comiskey

I wanted to express my sincere appreciation for all those who have blogged on JCG throughout 2015. I specifically want to thank our weekly bloggers: Jeff Tunnell, Rob Campbell, Steve Cordle, and Mario Vega. Your time and sacrifice blessed and equipped many people (5,600 now receive the blog daily in their email).

Special thanks to our faithful translators: Abdias Galvis & Evelyn de Guély (Spanish blog), Beatriz Fabretti (Portuguese blog), and Christian Jeong (Korean blog). We at JCG really appreciate their time and commitment, which allows the blog to reach many, many more people.

We look forward to resourcing the worldwide cell church movement in 2016 through the JCG blogs and resources, but we will not be blogging during this Christmas season. We will start blogging once again on January 10, 2016.

Thanks again,

Joel

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Agradecimentos

por Joel Comiskey

Gostaria de expresser minha sincera gratidão à todos aqueles que postaram no blog JCG ao longo de 2015. Eu gostaria de agradecer especificamente aos nossos blogueiros semanais: Jeff Tunnell, Rob Campbell, Steve Cordle e Mario Vega. Seu tempo e sacrifício abençoaram e equiparam muitas pessoas (5,600 recebem o blog diariamente em seus emails). Nós da JCG sinceramente agradecemos seu tempo e compromisso, o que permite que o blog alcance um número cada vez maior de pessoas.

Um agradecimento especial aos nossos fiéis tradutores: Abdias Galvis, Evelyn de Guély (blog em Espanhol), Beatriz Fabretti (blog em Português) e Christian Jeong (blog em Coreano). Nós da JCG verdadeiramente agradecemos pelo tempo e compromisso, o que realmente permitiu que o blog alcançasse um número cada vez maior de pessoas.

Estamos ansiosos para a mobilização mundial de recursos do movimento de igreja em células em 2016 através dos blogs e recursos JCG. Nós não alimentaremos o blog durante a temporada de Natal/Ano Novo, mas voltaremos a alimentar a partir de 10 de janeiro de 2016.

O melhor ainda está por vir!

Joel

Spanish blog:

Gracias

Por Joel Comiskey

Quiero expresar mi sincero agradecimiento a todos aquellos que han escrito su blog en JCG a lo largo del 2015. Específicamente quiero dar las gracias a nuestros bloggers semanales: Jeff Tunnell, Rob Campbell, Steve Cordle, y Mario Vega. Su tiempo y sacrificio, bendice y equipa muchas personas (5,600 reciben ahora el blog a diario en su correo electrónico).

Un agradecimiento especial a nuestros traductores fieles: Abdias Galvis, Evelyn de Guély (blog Español), Vagner Siqueira (blog portugués), y Christian Jeong (blog coreano). Nosotros en JCG realmente apreciamos su tiempo y compromiso, esto permite que el blog llegue a muchas, y muchas más personas.

Esperamos alcanzar el mundo a través del movimiento de la iglesia celular en el año 2016 a través de los blogs y recursos de JCG. La próxima vez que vamos a escribir un blog de JCG es 10 de enero de 2016.

Lo mejor está por venir!

Finishing the Year Well

mario

by Mario Vega, http://www.elim.org.sv/

One more year has almost come to its end. It is time to reflect on the shortness of time. What has happened in the past will not return and what has been done or what has been left undone is irreversible. That’s how fast life passes and only the time that we have devoted to what’s important will have lasting results.

Not everything that is urgent is important and usually what’s important is not urgent. Daily life traps us and captivates us with things that must be addressed immediately. Thus, people run from one commitment to another, from one meeting to another, from one emergency to another. But when life is over and our strength expires, only the time that we dedicated to what´s important will have been worth it.

The most important thing about cell ministry is that believes themselves do the work of the ministry: evangelism, edification, and fellowship. Those are the three fundamental components of the cells. And these components come directly from the Bible and it’s the biblical perspective that must constantly be kept in mind. The rest may be attractive, exciting, and interesting, but it does not equal the values of the cell system. If we achieve the biblical values, we can be satisfied and renew our strength for the new year. But if we have failed to achieve them, it is also a good time to reevaluate in order to start the new year more effectively.

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Terminando o Ano Bem

por Mario Vega, http://www.elim.org.sv/

Mais um ano está quase chegando ao fim. Está na hora de refletir na brevidade do tempo. O que aconteceu no passado não vai voltar e o que foi feito ou o que foi deixado sem fazer é irreversível. A vida passa rápido e apenas o tempo que nós dedicamos ao que é importante terá resultados duradouros.

Nem tudo que é urgente é importante e geralmente o que é importante não é urgente. A vida diária nos prende e aprisiona com coisas que devem ser resolvidas imediatamente. Assim, as pessoas correm de um compromisso para outro, de uma reunião para outra, de uma emergência a outra. Mas quando a vida termina e a nossa força expira, apenas o tempo que dedicamos àquilo que é importante vai ter valido à pena.

A coisa mais importante no ministério celular é que os próprios convertidos façam a obra do ministério: evangelismo, edificação e comunhão. Esses são os três componentes fundamentais das células. Esses componentes vêm direto da Bíblia e é a perspectiva bíblica que nós devemos ter sempre em mente. O resto pode ser atrativo, excitante e interessante, mas não é igual aos valores do sistema celular. Se nós alcançamos os valores bíblicos, podemos ficar satisfeitos e renovar nossas forças para o novo ano. Mas se falhamos em alcançá-los, também é um momento bom para fazer uma reavaliação a fim de iniciar o ano novo de modo mais eficaz.

Spanish blog:

Terminando bien el año

por Mario Vega

Un año más casi llega a su final. Es tiempo para reflexionar sobre el paso del tiempo y de la vida. El tiempo que pasa no vuelve más y lo que se haya hecho o lo que se haya dejado de hacer es irreversible. Así de veloz pasa la vida y solamente el tiempo que hayamos dedicado a lo importante es el que valió la pena.

No todo lo urgente es importante y, normalmente, lo importante no suele ser urgente. La vida diaria nos atrapa y cautiva con cosas que deben ser atendidas de manera inmediata. Así, las personas corren de un compromiso a otro, de una reunión a otra, de una emergencia a otra. Pero, cuando la vida termine y nuestras fuerzas expiren, solamente el tiempo que hayamos dedicado a lo importante es lo que valdrá la pena.

Lo importante en el trabajo celular es que los santos puedan desarrollar la obra del ministerio: evangelismo, edificación y comunión. Esos son los tres componentes fundamentales de las células. El examen debe ser hecho desde la perspectiva de estos valores bíblicos. Lo demás, puede ser atractivo, emocionante o interesante. Pero, no iguala los valores del sistema celular. Si tales valores fueron alcanzados, ya podemos sentirnos satisfechos y renovar fuerzas para el nuevo año. Pero si no los alcanzamos, es también buen momento para corregir y comenzar bien.

Stop and Admire His Work

steve

by Steve Cordle, www.crossroadsumc.org

While keeping up with the routine of life and cell ministry, it can be easy to miss all that God has been doing. But it can be inspiring to catch a glimpse.

One of the ways to do that is through a special year-end cell meeting. In many groups I have led, we hold a Christmas dinner, with each member bringing something to eat. After sharing the meal, I lead the group in communion by offering the bread and cup to someone in the group and sharing one way in which this person has inspired me or something I have learned from him or her over the course of the year. That person then takes the elements and shares them with someone else in the group, likewise sharing a specific way in which God has touched them through the other person. This continues until I am served last.

It is a very moving group meeting because the people of the group realize that they have been influencing others as well as being discipled themselves. We hear about some of the work God has been doing that otherwise would go unnoticed. It is inspiring to me as a leader because I realize God is at work among us, and that makes it worth all the effort. 

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Pare e Admire o Trabalho Dele

por Steve Cordle, www.crossroadsumc.org

Enquanto acompanhamos a rotina da vida e do ministério celular, pode ser fácil perder tudo o que Deus tem feito. Contudo, ter um vislumbre pode ser inspirador.

Uma das formas de fazer isso é através de uma reunião especial de fim de ano na célula. Em muitos grupos que eu liderei, nós fizemos um jantar de Natal, com cada membro trazendo algo para comermos. Depois de compartilhar a refeição, eu guio o grupo em comunhão ao oferecer o pão e a taça a uma pessoa, compartilhando uma forma em que essa pessoa me inspirou ou algo que eu aprendi com ele(a) durante o ano. Essa pessoa então pega o pão e a taça e compartilha com mais alguém do grupo e, da mesma forma, compartilha uma forma específica em que Deus a tocou através da outra pessoa. Isso continua até eu ser servido por último.

É uma reunião muito tocante porque as pessoas da célula percebem que elas têm influenciado outras pessoas, assim como são discipuladas. Nós ouvimos sobre a obra que Deus tem realizado, o que de outra forma passaria despercebido. É algo inspirador para mim como um líder, porque eu percebo que Deus está agindo em nosso meio e isso faz valer todo o esforço.

Spanish blog:

Detener y admirar su trabajo

por Steve Cordle, www.crossroadsumc.org

Mientras que mantenerse al día con la rutina de la vida y el ministerio celular, puede ser fácil pasar por alto todo lo que Dios ha estado haciendo. Pero puede ser fuente de inspiración para echar un vistazo.

Una de las maneras de hacerlo es a través de una reunión de célula de fin de año especial. En muchos grupos que he conducido, tenemos una cena de Navidad, con cada miembro de traer algo de comer. Después de compartir la comida, yo dirijo el grupo en comunión al ofrecer el pan y la copa con alguien en el grupo y compartir palabras de aprecio con esta persona. Esta persona toma los elementos y los comparte con otra persona en el grupo, compartiendo asimismo una forma específica en que Dios les ha tocado a través de la otra persona.

La gente del grupo se emociona por darse cuenta de su influencia en el grupo. Es inspirador para mí como un líder, porque me doy cuenta de que Dios está obrando entre nosotros, y que hace que sea la pena todo el esfuerzo.

Soul Care and Sabbath Rest

rob

By Rob Campbell, www.cypresscreekchurch.com

Could it be that finishing well for you this year calls for soul care and Sabbath rest?

Joel Comiskey wrote: “Statistics say that the leader’s spiritual life is the most important in both pastoring a cell group and making disciples who make disciples that result in multiplication.” One way to maintain spiritual health and avoid burnout is by honoring the Sabbath (“cease to exist, to stop, to bring things to a halt, a DAY OF REST”).  Here are some things to consider in light of the Sabbath:

  • Sabbath is a matter of rest, not ritual.
  • “Work six days only, but the seventh day must be a day of total rest” (Exodus 31:15a)
  • “He leads me beside quiet waters, he restores my soul” (Psalm 23:2)         
  • “Come with me by yourselves to a quiet place and get some rest” (Mark 6:31)
  • “It’s useless to rise up early and go to bed late and work your worried fingers to the bone.  Don’t you know He enjoys giving rest to those he loves?” Psalm 127:2
  • One’s principle behind the Sabbath will determine the priority of the Sabbath (Mark 2:23-28).
  • The Sabbath is a matter of good, not greed (Matthew 12:9-12).
  • The Sabbath is a matter of Lordship over legalism.
  • “For the Son of Man is Lord of the Sabbath.”  Matthew 12:8

Before you move on to something else right now, please read Isaiah 58:12-14.

Comments?

Rob

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Cuidado para a Alma e Descanso Sabático

Por Rob Campbell, www.cypresscreekchurch.com

Será que para você terminar bem esse ano pede por cuidado da alma e descanso sabático?

Joel Comiskey escreveu: "As estatísticas dizem que a vida espiritual do líder é o mais importante tanto ao pastorear uma célula quanto ao fazer discípulos que fazem discípulos que resulta em multiplicação". Uma maneira de manter a saúde espiritual e evitar o esgotamento é honrando o Sábado (dia sabático) ("deixará de existir, para parar, para trazer as coisas a um impasse, um dia de descanso "). Aqui estão algumas coisas a considerar à luz do Sábado:

  • O Sábado é uma questão de descanso, e não um ritual.
  • “Seis dias se trabalhará, porém o sétimo dia é o sábado do descanso, santo ao Senhor” (Êxodo 31:15a)
  • “Em verdes pastagens me faz repousar e me conduz a águas tranquilas” (Salmos 23:2)
  • "Venham comigo para um lugar deserto e descansem um pouco" (Marcos 6:31)
  • “Inútil vos será levantar de madrugada, repousar tarde, comer o pão de dores, pois assim dá ele aos seus amados o sono” (Salmos 127:2)
  • O princípio de uma pessoa por trás do Sábado determinará a prioridade do Sábado (Marcos 2:23-28).
  • O Sábado é uma questão do bem, e não da ganância (Mateus 12:9-12).
  • O Sábado é uma questão do Senhorio sobre o legalismo.
  • “Porque o Filho do homem até do sábado é Senhor” (Mateus 12:8).

Antes que você faça alguma outra coisa agora, por favor, leia Isaías 58:12-14.

Comentários?

Rob

Spanish blog:

Cuidar a Tu Alma a Través de un Día de Descanso

por Rob Campbell, www.cypresscreekchurch.com

Joel Comiskey escribió: "Las estadísticas dicen que la vida espiritual del líder es el más importante tanto en pastorear un grupo celular y hacer discípulos que hacen discípulos que dan lugar a la multiplicación." Una forma de mantener la salud espiritual y evitar el desgaste está honrando el día de reposo. Aquí hay algunas cosas a tomar en cuenta al pensar en el día de reposo:

  • Sábado es un asunto de descanso, no ritual.
  • "Trabajo seis días solamente, pero el séptimo día debe ser un día de descanso total" (Éxodo 31: 15a)
  • " En lugares de verdes pastos me hace descansar; Junto a aguas de reposo me conduce" (Salmo 23: 2)
  • " Y El les dijo: "Vengan, apártense de los demás a un lugar solitario y descansen un poco." Porque había muchos que iban y venían, y ellos no tenían tiempo ni siquiera para comer”(Marcos 6:31)
  • " Es en vano que os levantéis de madrugada, que os acostéis tarde, que comáis el pan de afanosa labor, pues El da a su amado aun mientras duerme."Salmo 127: 2
  • Los valores dentro de uno determinarán la prioridad del sábado (Marcos 2: 23-28).
  • El sábado es un asunto bueno, no la codicia (Mateo 12: 9-12).
  • El sábado es un asunto de señorío sobre el legalismo.
  • "Porque el Hijo del Hombre es Señor del sábado." Mateo 12: 8

Antes de pasar a otra cosa en este momento, por favor, lea Isaías 58: 12-14.

¿Comentarios?

Rob

Finish Well

ralph

by Ralph Neighbour

In 1 Corinthians 3, the Christian worker’s life work is judged at the Bema. Useless accomplishments burn when exposed to God’s shekinah fire. Only what was done for the Kingdom will last. How sad when some of life’s labors were deemed useless!

The most important event in our life is not having a vision, but being owned by a God-given vision. When a person is driven by a self-aggrandizing vision, the stress generated is tremendous. Fear of being insignificant drives some Christians to feverishly labor for a lifetime, producing only wood, hay, stubble.

Some Christian workers do not actually focus on building God’s Kingdom. Instead, they are deliberately or unknowingly building their personal castle within His Kingdom. They live with the pressures that come from striving to be a success, achieving the vision through human power. At the end, little remains for eternity.

When a God-given vision owns you, no adversity can stop the commitment to fulfill it. Every crisis becomes a time to experience God’s guidance. Stress is minimal when one’s life is owned by a God-given vision.

Example: Paul was owned by a God-given vision. His eyes were programmed by the blinding light he experienced on the road to Damascus. Ananias explained that to him: “. . . [Paul,] you are a chosen vessel unto me, to bear my name before the Gentiles and kings, and the children of Israel: for I will show [you] how many things [you] must suffer for my name’s sake.” (Acts 9:15-16).

When in the midst of his ministry he said, “But I hold not my life of any account as dear unto myself, so that I may accomplish my course, and the ministry which I received from the Lord Jesus, to testify the gospel of the grace of God. –Acts 20:24

At the end of his life he wrote, “the time of my departure is come. I have fought the good fight, I have finished the course, I have kept the faith:  henceforth there is laid up for me the crown of righteousness, which the Lord, the righteous judge, shall give to me at that day; and not to me only, but also to all them that have loved his appearing.”

His God-given vision was exposed when Barnabas wanted to include John Mark in their next journey. No encumbrance would slow him down! His calling left no place for slackers. Demas was another slacker who could not share his passion for the work.

At age 86, I reflect on my years of ministry that began at age 14 when I preached my first sermon to alcoholics in the Downtown Mission in Fort Wayne, Indiana. God then began to use me in different ways to shape my values. At age 33, God spoke: “Ralph, you have only one assignment for the rest of your life. It will be to build my ecclesia as I intended for it to exist. You will go where I send you and only have one message: the new Body of Christ is the most sacred community on earth.”

I have sought to be faithful to that assignment. The Bema will soon judge my life work – and yours! Have we finished well?

Korean blog (clik here)

Portuguese blog:

Concluir Bem

Por Ralph Neighbour

Em 1 Coríntios 3, a obra da vida do obreiro cristão é julgada no tribunal. Realizações inúteis queimam quando são expostas ao fogo Shekinah de Deus. Só o que foi feito para o Reino irá durar. Como é triste quando alguns dos trabalhos da vida são considerados inúteis!

O evento mais importante na nossa vida não é ter uma visão, mas ser possuído por uma visão dada por Deus. Quando uma pessoa é impulsionada por uma visão de auto engrandecimento, o estresse gerado é enorme. O medo de ser insignificante leva alguns cristãos a trabalharem febrilmente por toda a vida, produzindo apenas madeira, feno e palha.

Alguns obreiros cristãos não se concentram verdadeiramente em construir o Reino de Deus. Em vez disso, eles estão construindo deliberadamente ou inconscientemente seu castelo pessoal dentro do Reino dEle. Eles vivem com as pressões que vêm do esforço para ser um sucesso, alcançando a visão através do poder humano. No final, poucos permanecem para a eternidade.

Quando uma visão dada por Deus te conquista, nenhuma adversidade pode impedir o compromisso de cumpri-la. Toda crise torna-se um tempo para experimentar a orientação de Deus. O estresse é mínimo quando a vida de uma pessoa é propriedade de uma visão dada por Deus.

Exemplo: Paulo foi possuído por uma visão dada por Deus. Seus olhos foram programados pela luz ofuscante que ele experimentou na estrada para Damasco. Ananias explicou que para o Senhor: “… este [Paulo] é para mim um vaso escolhido, para levar o meu nome diante dos gentios, e dos reis e dos filhos de Israel. E eu lhe mostrarei quanto deve padecer pelo meu nome” (Atos 9:15-16).

Quando estava no meio de seu ministério, Paulo disse: “Mas de nada faço questão, nem tenho a minha vida por preciosa, contanto que cumpra com alegria a minha carreira, e o ministério que recebi do Senhor Jesus, para dar testemunho do evangelho da graça de Deus” – Atos 20:24.

No final de sua vida ele escreveu: “… o tempo da minha partida está próximo. Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé. Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda” (2 Timóteo 4:6-8).  

Sua visão dada por Deus foi exposta quando Barnabé queria incluir João Marcos em sua próxima viagem. Nenhuma dificuldade iria atrasá-lo! Seu chamado não deixou lugar para preguiçosos. Demas foi outro preguiçoso que não podia compartilhar de sua paixão pelo trabalho.

Aos 86 anos, eu reflito sobre os meus anos de ministério que começaram aos 14 anos, quando eu preguei meu primeiro sermão a alcoólicos na Downtown Mission em Fort Wayne, Indiana. Deus, então, começou a me usar de diferentes maneiras para moldar os meus valores. Aos 33 anos, Deus falou: "Ralph, você tem apenas uma tarefa pelo resto de sua vida. E será construir minha ecclesia (Igreja) como eu planejei que ela fosse. Você vai para onde eu enviar-lhe e só terá uma mensagem: o novo Corpo de Cristo é a comunidade mais sagrada da Terra".

Tenho procurado ser fiel a essa atribuição. O tribunal em breve vai julgar a obra da minha vida – e da sua! Nós terminamos bem?

Spanish blog:

Terminar Bien

por Ralph Neighbour

En 1 Corintios 3, el trabajo del obrero cristiano es juzgado en el Bema. Logros inútiles queman cuando se expone al fuego Shekinah de Dios. Sólo lo que se hizo para el Reino durará. Qué triste cuando algunos de los trabajos de la vida se consideraron inútil!
El evento más importante de nuestra vida no es tener una visión, pero siendo propiedad de una visión dada por Dios. Cuando una persona es impulsada por una visión de auto-engrandecimiento, la tensión generada es tremendo. El miedo de ser insignificante maneja algunos cristianos a la producción de madera solamente, heno, hojarasca.

Algunos obreros cristianos en realidad no se centran en la construcción del Reino de Dios. En cambio, están deliberadamente o sin saberlo construyendo su castillo personal dentro de su Reino. Viven con las presiones que vienen de esforzarse por ser un éxito, el logro de la visión a través del poder humano. Al final, poco queda para la eternidad.
Cuando una visión dada por Dios que posee, no la adversidad puede detener el compromiso de cumplirlo. Cada crisis se convierte en un tiempo para experimentar la guía de Dios. El estrés es mínimo cuando la vida de uno es propiedad de una visión dada por Dios.

Ejemplo: Pablo era propiedad de una visión dada por Dios. Sus ojos estaban programados por la luz cegadora que experimentó en el camino a Damasco. Ananías explicó que a él: " Y le dijo el Señor: —Vé, porque este hombre me es un instrumento escogido para llevar mi nombre ante los gentiles, los reyes y los hijos de Israel. 16 Porque yo le mostraré cuánto le es necesario padecer por mi nombre(Hechos 9: 15-16).
Cuando en medio de su ministerio, dijo, " Sin embargo, no estimo que mi vida sea de ningún valor ni preciosa para mí mismo, con tal que acabe  mi carrera y el ministerio que recibí del Señor Jesús, para dar testimonio del evangelio de la gracia de Dios”(Hechos 20:24).
Al final de su vida escribió, "ha llegado el momento de mi partida. He peleado la buena batalla, he acabado la carrera, he guardado la fe a partir de ahora está guardada para mí la corona de justicia que el Señor, juez justo, me dará en aquel día; y no sólo a mí, sino también a todos los que aman su venida ".

Su visión dada por Dios fue expuesto cuando Bernabé quería incluir a Juan Marcos en su próximo viaje. Su llamado no dejaba lugar para vagos. Demas era otro más flojo que no podía compartir su pasión por el trabajo.

A los 86 años, pienso en mis años de ministerio que comenzó a los 14 años cuando prediqué mi primer sermón a los alcohólicos en la Misión Downtown en Fort Wayne, Indiana. Dios entonces comenzó a utilizar de diferentes maneras para dar forma a mis valores. A los 33 años, Dios le habló: "Ralph, usted tiene sólo una asignación para el resto de su vida. Será para construir mi ecclesia como era mi intención de que exista. Va a ir a donde yo te envíe y sólo tienen un mensaje: el nuevo Cuerpo de Cristo es la comunidad más sagrado en la tierra."

He tratado de ser fiel a esa asignación. El Bema pronto juzgar mi trabajo de vida – y la tuya! ¿Hemos terminado así?

Well Done

joel

By Joel Comiskey

One of the most popular contemporary songs is Bert Millard’s "I Can Only Imagine" (over 2 million digital downloads). Bert Millad, vocalist in the band Mercy Me, wrote the song about his father who died in 1991. Millard, alone on a bus in the middle of the night, wrote the lyrics to the song by drawing on his thoughts and personal faith about what one would experience standing before God in Heaven.

When we imagine standing before the King of Kings, the one thing all of us hope to hear is the phrase "well done, you good and faithful servant" (Matthew 25:23). The motivation to hear those words should guide our thoughts and actions in this life. Yet, we can’t survive in this life without a lot of "well dones" along the way. In other words, each of us need numerous short term victories to successfully cross the finish line and receive the final reward. As you come to the end of the year in cell ministry, make sure you say well done to your pastors, leaders and cell members. The end of the year is a perfect time to celebrate.

Maybe you’ve fulfilled all of your goals or maybe you’ve fallen woefully short. Either way, you can still celebrate. Remember, encouragement involves both both accomplishments and effort. Your leaders will need your "well done" to successfully press ahead in 2016. They need to hear your "well done" in both words and action. How will you verbally let them know that they have done well? How will you practically show them? Words of appreciation, notes, presentations, celebratory dinners, and so forth are all ways to say "well done" to those who have labored hard to serve Jesus in cell ministry in 2015.

And remember that encouragement goes beyond you. In reality, you are God’s channel of encouragement. Jesus is epressing his appreciation through you. He is more thrilled with the labor of those working in his church. He rejoices in the outreach of every member, the deep community bonds in the cell, and and the development of each new disciple.

So let me close with these words to you, "well done." Thanks for serving Jesus in 2015. Well done.

Joel

Korean blog (click here)

Spanish blog:

Bien hecho

Por Joel Comiskey

Una de las canciones contemporáneas más populares es Bert Millard "I Can Only Imagine" (más de 2 millones de descargas digitales). Bert Millad, vocalista de la banda de Mercy Me, escribió la canción sobre su padre que murió en 1991. Millard, solo en un autobús en el medio de la noche, escribió la letra de la canción para describir la experiencia de estar de pie ante Dios en el Cielo.

Cuando nos imaginamos delante del Rey de Reyes, la única cosa que todos nosotros esperamos oír es la frase "Bien hecho, buen siervo y fiell" (Mateo 25:23). La motivación para escuchar esas palabras debe guiar nuestros pensamientos y acciones en esta vida. Sin embargo, no podemos sobrevivir en esta vida sin un montón de "bien hechos" a lo largo del camino. En otras palabras, cada uno de nosotros necesita numerosas victorias a corto plazo para cruzar con éxito la línea de meta y recibir la recompensa final. Al llegar al final del año en el ministerio celular, asegúrese de que tu dices bien hecho a sus pastores, líderes y miembros de la célula. Al final del año es un momento perfecto para animar a otros para la participación durante el año.

Tal vez tu has cumplido todas las metas o tal vez tu has caido lamentablemente corta. De cualquier manera, todavía se puede celebrar. Recuerde, el estímulo implica tanto los logros como el esfuerzo en cumplir los logros.. Los líderes y miembros necesitan escuchar un "bien hecho" en palabras y acciónes. ¿Cómo vas a verbalmente comunicar un bien hecho con ellos? ? ¿Cómo vas a prácticamente mostrarles? Algunas maneras son: palabras de agradecimiento, notas, presentaciones antes otros en la iglesia, cenas de celebración, etc.

Y recuerdes que tu eres el canal de aliento por Dios. Jesus está expresando su agradecimiento a través de ti. Él es más encantados con el trabajo de las personas que trabajan en su iglesia. Él se regocija en el alcance de todos los miembros, los lazos comunitarios profundas en la célula, y el desarrollo de cada nuevo discípulo.

Así que permítanme concluir con estas palabras a ti: "bien hecho". Gracias por servir a Jesús en 2015. Bien hecho.

Joel

Portuguese blog:

Muito Bem

Por Joel Comiskey

Uma das músicas contemporâneas mais populares é "I Can Only Imagine" de Bert Millard (mais de 2 milhões de downloads digitais). Bert Millard, vocalista da banda Mercy Me, escreveu a canção sobre seu pai, que morreu em 1991. Millard escreveu a letra da canção sozinho em um ônibus no meio da noite, desenhando em seus pensamentos e fé pessoal sobre o que experimentaria diante de Deus no Céu.

Quando nos imaginamos diante do Rei dos Reis, a única coisa que todos nós esperamos ouvir é a frase "muito bem, servo bom e fiel!" (Mateus 25:23). A motivação para ouvir essas palavras deve guiar nossos pensamentos e ações nesta vida. No entanto, não podemos sobreviver nessa vida sem um monte de "muito bem" ao longo do caminho. Em outras palavras, cada um de nós precisa de inúmeras vitórias a curto prazo para atravessar com sucesso a linha de chegada e receber a recompensa final. Conforme você chega ao final do ano no ministério celular, certifique-se de dizer “muito bem” para os seus pastores, líderes e membros da célula. O final do ano é um momento perfeito para comemorar.

Talvez você tenha cumprido todas as suas metas ou talvez você tenha ficado lamentavelmente aquém delas. De qualquer forma, você ainda pode comemorar. Lembre-se, o incentivo envolve tanto as realizações como o esforço. Seus líderes vão precisar do seu "muito bem" para seguirem à frente com êxito em 2016. Eles precisam ouvir o seu "muito bem" em palavras e em ação. Como você vai fazer verbalmente com que eles saibam que eles têm se saído bem? Como você vai mostrar de forma prática a eles? Palavras de apreciação, notas, apresentações, jantares comemorativos, e assim por diante são maneiras de dizer "muito bem" para aqueles que têm trabalhado duro para servir a Jesus no ministério celular em 2015.

E lembre-se que o incentivo vai além de você. Na realidade, você é o canal de encorajamento de Deus. Jesus está expressando o Seu apreço através de você. Ele é o mais entusiasmado com a obra das pessoas que trabalham em Sua Igreja. Ele se alegra com o alcance de todos os membros, com os profundos vínculos de comunidade na célula e com o desenvolvimento de cada novo discípulo.

Então deixe-me finalizar com estas palavras para você: "Muito bem". Obrigado por servir a Jesus em 2015. Muito bem.

End of Year Evaluation

mario

by Mario Vega, http://www.elim.org.sv/

At the end of a year, people tend to reflect more. This is especially important in cell ministry. One year is a good time period to analyze trends and weigh the results of the past year. These are the things that must be taken into account when doing the evaluation:

  • The task of evangelization: Have the cells only focused on fellowship or has there been concerted effort to reach the lost? Are the members of the cell making real efforts to invite new people?
  • Developing new leaders: Are the leaders making a deliberate effort to develop new leaders? Are there new people entering the leadership equipping?
  • Taking care of the new believers: Is there an effort to take care of the new believers? Are they receiving discipleship? ¿Do they continue in the faith after conversion?
  • Values: Are the cell members aware that they are doing God’s work? Are they aware of the universal priesthood of all believers or are they just ministering in a purely mechanical way?
  •  Goals: Were the goals reached? Were the goals too ambitious or too modest? What enabled their achievement? What prevented their achievement?
  •  Prayer: Has there been perseverance in prayer? Have the leaders prayed for the members of the cell? Does the church have a form of united prayer to reach the cell targets?

These are some of the essential points of the cell model. If the cells have succeeded in these aspects, the end of the year will not just be a calendar change but an important time to project into the future and continue to reap the harvest.

Mario

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Avaliação do Final do Ano

por Mario Vega, http://www.elim.org.sv/

Ao fim de um ano, as pessoas tendem a refletir mais. Isto é especialmente importante no ministério celular. Um ano é um bom período de tempo para analisar tendências e pesar os resultados do ano passado. Estas são as coisas que devem ser levadas em consideração ao fazer a avaliação:

  • A tarefa da evangelização: As células ficaram focadas apenas na comunhão ou houve esforço para alcançar os perdidos? Os membros da célula estão fazendo verdadeiros esforços para convidar novas pessoas?
  • Desenvolvimento de novos líderes: Os líderes estão fazendo um esforço deliberado para desenvolver novos líderes? Existem novas pessoas entrando no treinamento de liderança?
  • Cuidado dos novos convertidos: Existe um esforço para cuidar dos novos convertidos? Eles estão recebendo discipulado? Eles continuam na fé após a conversão?
  • Valores: Os membros da célula estão cientes de que eles estão fazendo a obra de Deus? Eles estão cientes do sacerdócio universal de todos os crentes ou eles estão apenas ministrando de uma forma puramente mecânica?
  • Metas: As metas foram alcançadas? As metas foram muito ambiciosas ou demasiadamente modestas? O que permitiu a sua realização? O que impediu a sua realização?
  • Oração: Houve perseverança na oração? Os líderes oraram pelos membros da célula? A igreja tem uma forma de oração em conjunto para alcançar os alvos das células?

Estes são alguns dos pontos essenciais do modelo celular. Se as células foram bem sucedidas nesses aspectos, o final do ano não vai ser apenas uma mudança de calendário, mas um momento importante para projetar para o futuro e continuar a fazer a colheita. 

Mario

Spanish blog:

Balance de fin de año

por Mario Vega, http://www.elim.org.sv/

Al finalizar un año, las personas tienen la tendencia a realizar una reflexión sobre el período que termina. Esto es especialmente importante dentro del trabajo celular. Un año es un período suficiente para analizar tendencias y ponderar los resultados del trabajo realizado. Es un buen momento para hacer un balance con relación al año anterior. Las cosas que hay que tener en cuenta a la hora de la evaluación son:

  • La tarea evangelizadora: ¿Las células se han estado realizando solamente para tener comunión o ha habido un esfuerzo por alcanzar a los perdidos? ¿Los miembros de la célula están haciendo verdaderos esfuerzos por invitar a nuevas personas?
  • La generación de líderes: ¿Los líderes están haciendo un trabajo intencional por generar nuevos líderes? ¿Hay personas nuevas recibiendo la Ruta del Líder?
  • El cuidado de los nuevos creyentes: ¿Hay un esfuerzo por cuidar de los nuevos creyentes? ¿Se les está discipulando? ¿Perseveran después de la conversión?
  • Los valores: ¿Los miembros de la célula están conscientes que están realizando la obra del ministerio? ¿Tienen conciencia del sacerdocio universal de los creyentes o solo hacen un trabajo mecánico?
  • Las metas: ¿Se alcanzaron las metas propuestas? ¿Fueron demasiado ambiciosas o demasiado modestas? ¿Qué permitió alcanzarlas? ¿Qué impidió alcanzarlas?
  • La oración: ¿Ha habido perseverancia en la oración? ¿Se ha orado por los miembros de la célula? ¿Tiene la iglesia una forma de oración unida por las metas celulares?

Estos son puntos esenciales del modelo celular. Si tenemos el cuidado de estos aspectos el fin de un año no será solamente un cambio de calendario sino una ocasión muy bien aprovechada para proyectarnos al venidero.


It’s Always Too Early To Quit

steve

by Steve Cordle, www.crossroadsumc.org

Leading a cell group is so…. on-going. We pray for the members day after day. We show up at the meeting week in, week out. We listen to people’s issues, we invite others to do ministry, we organize to reach out.

Discipling others is rarely spectacular. Sometimes people disappoint us and we think, “Am I making any difference? Are they growing at all?”

That is normal. Even the risen Jesus got exasperated with his disciples when they didn’t seem to have grown in their faith, saying, “How foolish you are, and how slow to believe all that the prophets have spoken! (Luke 24:25) And yet, after Jesus left them, those same slow disciples changed the world by the power of the Spirit.

Leader, remember that spiritual growth is often uneven and invisible to the human eye. You are making more difference than you realize.

If you give up, how will that benefit others? When you feel discouraged, focus on the planting of seeds, and trust the Holy Spirit to bring the fruit.

Galatians 6:9 Let us not become weary in doing good, for at the proper time we will reap a harvest if we do not give up.

Finish strong. It’s always too soon to give up.

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Sempre É Cedo Demais Para Desistir

por Steve Cordle, www.crossroadsumc.org

Liderar uma célula é tão… contínuo. Nós oramos pelos membros dia após dia. Nós aparecemos para a reunião semanal semana após semana. Ouvimos os problemas das pessoas, convidamos outros para o ministério, nos organizamos para evangelizar.

Discipular outros raramente é espetacular. Às vezes as pessoas nos decepcionam e pensamos: "Eu estou fazendo alguma diferença? Será que eles estão crescendo alguma coisa?"

Isso é normal. Mesmo Jesus ressuscitado ficou exasperado com os seus discípulos quando eles não pareciam ter crescido em sua fé, dizendo: “Como vocês custam a entender e como demoram a crer em tudo o que os profetas falaram!” (Lucas 24:25). E, no entanto, depois que Jesus os deixou, esses mesmos discípulos lentos mudaram o mundo pelo poder do Espírito.

Líder, lembre-se que o crescimento espiritual é muitas vezes desigual e invisível ao olho humano. Você está fazendo mais diferença do que imagina.

Se você desistir, como isso vai beneficiar os outros? Quando você se sentir desanimado, concentre-se no plantio das sementes, e confie que o Espírito Santo vai trazer os frutos.

Gálatas 6:9: “E não nos cansemos de fazer o bem, pois no tempo próprio colheremos, se não desanimarmos”.

Termine forte. É sempre muito cedo para desistir.

Spanish blog:

Es siempre demasiado pronto para dejar de fumar

por Steve Cordle, www.crossroadsumc.org

Liderar un grupo de células es algo que continúa a largo plazo. Oramos por los miembreo dia tras día. Nos presentamos en la reunión semana tras semana. Escuchamos a los problemas de los miembros cada semana, invitamos a otros contínuamente, y organizamos al grupo para alcanzar a los inconversos.

Discipular a otros rara vez es espectacular. A veces la gente nos decepcionan y pensamos, "¿Estoy haciendo alguna diferencia? ¿Están creciendo o no? "

Estos pensamientos son normales. Incluso Jesús llegó a exasperarse con sus discípulos cuando ellos no parecen haber crecido en su fe, diciendo: "¡Qué torpes son ustedes —les dijo—, y qué tardos de corazón para creer todo lo que han dicho los profetas! (Lucas 24:25) Y sin embargo, después de que Jesús les dejó, esos mismos discípulos cambiaron el mundo por el poder del Espíritu.

Líder, recuerda que el crecimiento espiritual es a menudo desigual e invisible para el ojo humano. Usted está haciendo más diferencia de lo que cree.

Si te rindes, ¿cómo que benefician a otros? Cuando usted se siente desanimado, se centran en la plantación de semillas, y confiar en el Espíritu Santo para traer la fruta.

Gálatas 6: 9 No nos cansemos de hacer el bien, porque a su debido tiempo cosecharemos si no nos damos por vencidos.

Terminar fuerte. Siempre es demasiado pronto para renunciar.

When Do We Cross the Finish Line?

bill

By Bill Mellinger, Crestline First Baptist

This week, there was a mass shooting in our community. As a chaplain with our County Fire Department, I was called to respond along with several other chaplains from a variety of agencies. First responders from the police and fire, family members, victims who survived, coworkers and a whole community will struggle with understanding and making sense in their pain. Yesterday we learned that one of those killed was a father of six from a sister church nearby. This young man crossed the finish line years ahead of his expected time.

Today, I received another chaplain’s call for the wife of a member of our local Rotary club. She had lived with extreme pain for several years. She crossed the line, weary of life and the race.

Most of our finishes are not as dramatic. As we age, we all wonder about the timing in passing the baton to the next leader. Even in a cell group, there comes a time to hand the leadership onto another. Sometimes we have the opportunity to prepare for the finish line and on other occasions the line comes to us whether we are ready or not. Every meeting needs an appropriate conclusion that ministers to the needs of the people, guides them to action, or connects them closer with Jesus Christ.

Paul sat in a prison cell, preparing for his death with confidence because he had fought the good fight and he knew that he had completed the ministry God had given to him. As you prepare to end this year, remember to finish well what you have begun. Don’t allow the weariness of ministry to keep you from finishing well.

Since we do not know when we will cross the finish line of life, remember, "In your hearts revere Christ as Lord. Always be prepared to give an answer to everyone who asks you to give the reason for the hope that you have. But do this with gentleness and respect" (1 Peter 3:15). The tragedy of the San Bernardino terror will linger in the hearts and minds of many for a long time. Even in tragedy, God will give us opportunities to explain our hope. Is there a better way to finish well? God give you hope and peace if you are facing the finish line or if someone you love has already crossed over.

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Quando Nós Cruzamos a Linha de Chegada?

Por Bill Mellinger, Primeira Igreja Batista de Crestline

Esta semana, hubum tiroteio em massa na nossa comunidade. Como capelão com o nosso departamento de bombeiros, fui chamado para socorrer juntamente com vários outros capelães de uma variedade de agências. Primeiros socorristas da polícia e dos bombeiros, membros das famílias, vítimas que sobreviveram, colegas de trabalho e toda uma comunidade vai lutar para compreender e encontrar sentido na sua dor. Ontem soubemos que um dos mortos era um pai de seis filhos de uma igreja irmã nas proximidades. Este jovem homem alcançou a linha de chegada anos à frente de seu tempo esperado.

Hoje, recebi a chamada de outro capelão sobre a esposa de um membro do nosso Rotary Club local. Ela viveu com dor extrema durante vários anos. Ela cruzou a linha, cansada da vida e da corrida.

A maioria das nossas chegadas não são tão dramáticas. À medida que envelhecemos, todos nós queremos saber sobre o momento em que passaremos o bastão para o próximo líder. Mesmo em uma célula chega a hora de entregar a liderança para outro. Às vezes temos a oportunidade de nos preparar para a linha de chegada, e em outras ocasiões a linha chega a nós quer estejamos prontos ou não. Toda reunião precisa de uma conclusão apropriada que ministra às necessidades do povo, o orienta para a ação, ou o conecta mais forte com Jesus Cristo.

Paulo sentou-se em uma cela de prisão, preparando-se para sua morte com confiança porque ele tinha combatido o bom combate e ele sabia que havia completado o ministério que Deus tinha dado a ele. Conforme você se prepara para terminar este ano, lembre-se de terminar bem o que você começou. Não permita que o cansaço do ministério te impeça de terminar bem. 

Uma vez que não sabemos quando vamos cruzar a linha de chegada da vida, lembre-se: “…santifiquem Cristo como Senhor no coração. Estejam sempre preparados para responder a qualquer que lhes pedir a razão da esperança que há em vocês. Contudo, façam isso com mansidão e respeito…” (1 Pedro 3:15). A tragédia do terror de San Bernardino permanecerá nos corações e mentes de muitas pessoas por um longo tempo. Mesmo na tragédia, Deus nos dará oportunidades para explicarmos a nossa esperança. Existe uma maneira melhor de terminar bem? Deus te dá esperança e paz se você estiver de frente para a linha de chegada ou se alguém que você ama já atravessou.

Spanish blog:

¿Cómo terminar bien?

Por Bill Mellinger, Crestline First Baptist

Esta semana, se produjo un tiroteo masivo en nuestra comunidad. Como capellán con nuestro Departamento de Bomberos del Condado, me llamaron para responder junto con varios otros capellanes de diversas agencias. Toda en la comunidad tendrá que luchar con la comprensión y dar sentido a su dolor. Ayer nos enteramos de que uno de los muertos era un padre de seis hijos de una iglesia hermana cerca. Este joven cruzó la linea al cielo años antes de los demás.

Hoy en día, recibí la llamada de otro capellán de la esposa de un miembro de nuestro club rotario local. Ella había vivido con dolor extremo durante varios años y murió. Cruzó la línea, cansado de la vida y la carrera.
La mayoría de nuestros acabados no son tan dramáticos. A medida que envejecemos, todos nos preguntamos sobre el momento en dar la batuta al próximo líder. Incluso en un grupo de células, llega un momento de entregar el liderazgo a otro. A veces tenemos la oportunidad de prepararse para el momento final, pero en otras ocasiones el momento final viene a nosotros si estamos listos o no. Cada reunión necesita una conclusión apropiada que ministra a las  necesidades de la gente, los guía a la acción, o los conecta más estrecha con Jesucristo.

Paul se sentó en prisión, preparando para su muerte con confianza porque había peleado la buena batalla y él sabía que había completado el ministerio que Dios le había dado.
Mientras se prepara para poner fin a este año, recuerde que debe terminar bien lo que has comenzado. No permita que el cansancio del ministerio hace que no termines bien. Dado que no sabemos cuándo vamos a cruzar la línea de meta de la vida, recuerda, " Más bien, santificad en vuestros corazones a Cristo como Señor  y estad siempre listos para responder a todo el que os pida razón de la esperanza que hay en vosotros, pero hacedlo con mansedumbre y reverencia” (1 Pedro 3:15).

La tragedia del terrorismo en San Bernardino perdurará en los corazones y mentes de muchos durante mucho tiempo. Incluso en la tragedia, Dios nos dará la oportunidad de explicar nuestra esperanza. ¿Hay una mejor manera de terminar así? Dios da esperanza y la paz si se enfrentan a la línea de meta o si alguien a quien amas ya ha pasado.

Win the Prize

rob

By Rob Campbell, www.cypresscreekchurch.com

The 4 x 400m relay race at any given track and field meet is a thrilling event. The epitome of this race is held every four years at the Summer Olympics.  Some would say that the last 100 meters is the most crucial segment of the race.  Indeed, it’s crucial but so are the previous three segments of the race.  Others would remind us that the most important element of a relay race is the passing of the baton.  This reminder is worth consideration, rumination. 

The ultimate goal of any team in a relay race is to win, not simply to finish well.  The Apostle Paul said something about this didn’t he? I press on toward the goal to win the prize for which God has called me heavenward in Christ Jesus.”

In a 4 x 400m relay race, a team is a necessity.  Simply put, you’ve got to have a team to enter the race.  Running the race alone is not permissible.

I don’t need to remind you that while Jesus was on earth, he had a team.  “Then he selected twelve of them to be his regular companions… He sent them out to preach…” His team was composed of the following men:  Simon Peter, James, John, Andrew, Philip, Bartholomew, Matthew, Thomas, James, Thaddaeus, Simon the Zealot, and Judas Iscariot.  Did Jesus have other team members?  Of course!  With that said, these men are clearly identified as his twelve disciples.

The Apostle Paul, as well, had a team.  Check out Colossians 4:7-18 and you’ll discover the following team members:  Tychius, Onesimus, Aristarchus, John Mark, Justus, Epaphras, Dr. Luke, and Demas. In other scriptural passages, one could add additional team members like Timothy, Barnabas, and Silas.

Question:  Are you running the 100 meters four times in a row to reach the finish line OR Are you running 100 meters ONCE and handing the baton to a team member?

And now, let me close with a rapid change in metaphors. Legendary basketball coach John Wooden said, “The man who puts the ball through the hoop has ten hands.”

If you don’t understand this quote, then maybe you could ask a fellow team member?

Rob

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Quando Nós Cruzamos a Linha de Chegada?

Por Bill Mellinger, Primeira Igreja Batista de Crestline

Esta semana, houve um tiroteio em massa na nossa comunidade. Como capelão com o nosso departamento de bombeiros, fui chamado para socorrer juntamente com vários outros capelães de uma variedade de agências. Primeiros socorristas da polícia e dos bombeiros, membros das famílias, vítimas que sobreviveram, colegas de trabalho e toda uma comunidade vai lutar para compreender e encontrar sentido na sua dor. Ontem soubemos que um dos mortos era um pai de seis filhos de uma igreja irmã nas proximidades. Este jovem homem alcançou a linha de chegada anos à frente de seu tempo esperado.

Hoje, recebi a chamada de outro capelão sobre a esposa de um membro do nosso Rotary Club local. Ela viveu com dor extrema durante vários anos. Ela cruzou a linha, cansada da vida e da corrida.

A maioria das nossas chegadas não são tão dramáticas. À medida que envelhecemos, todos nós queremos saber sobre o momento em que passaremos o bastão para o próximo líder. Mesmo em uma célula chega a hora de entregar a liderança para outro. Às vezes temos a oportunidade de nos preparar para a linha de chegada, e em outras ocasiões a linha chega a nós quer estejamos prontos ou não. Toda reunião precisa de uma conclusão apropriada que ministra às necessidades do povo, o orienta para a ação, ou o conecta mais forte com Jesus Cristo.

Paulo sentou-se em uma cela de prisão, preparando-se para sua morte com confiança porque ele tinha combatido o bom combate e ele sabia que havia completado o ministério que Deus tinha dado a ele. Conforme você se prepara para terminar este ano, lembre-se de terminar bem o que você começou. Não permita que o cansaço do ministério te impeça de terminar bem. 

Uma vez que não sabemos quando vamos cruzar a linha de chegada da vida, lembre-se: “…santifiquem Cristo como Senhor no coração. Estejam sempre preparados para responder a qualquer que lhes pedir a razão da esperança que há em vocês. Contudo, façam isso com mansidão e respeito…” (1 Pedro 3:15). A tragédia do terror de San Bernardino permanecerá nos corações e mentes de muitas pessoas por um longo tempo. Mesmo na tragédia, Deus nos dará oportunidades para explicarmos a nossa esperança. Existe uma maneira melhor de terminar bem? Deus te dá esperança e paz se você estiver de frente para a linha de chegada ou se alguém que você ama já atravessou.

Spanish blog:

Gana el Premio

Por Rob Campbell, www.cypresscreekchurch.com

La Carrera de 4 x 400m relay es un evento emocionante. El epítome de esta carrera se celebra cada cuatro años en los Juegos Olímpicos de Verano. Algunos dirían que los últimos 100 metros es el segmento más importante de la carrera. De hecho, es crucial, pero también cada uno de los tres segmentos son muy importante. Otros nos recordarían que el elemento más importante de una carrera es el paso de la batuta. Este recordatorio es digna de consideración y pensamiento.

El objetivo final de cualquier equipo en una carrera es ganar, no sólo para terminar bien. El Apóstol Pablo dijo algo sobre esto ¿no? "Prosigo a la meta hacia el premio del supremo llamamiento de Dios en Cristo Jesús"(Php 3:14)

En una carrera de 4 x 400 metros, un equipo es una necesidad. En pocas palabras, usted tiene que tener un equipo para entrar en la carrera. Correr la carrera por sí sola no es permisible.

No necesito recordarles que mientras Jesús estaba en la tierra, tenía un equipo. "Entonces él seleccionó a doce de ellos para ser sus compañeros regulares … Y los envió a predicar …" Su equipo estuvo integrado por los siguientes hombres: Simón Pedro, Santiago, Juan, Andrés, Felipe, Bartolomé, Mateo, Tomás, Santiago Tadeo, Simón el Cananeo, y Judas Iscariote. ¿Tuvo Jesús otros miembros del equipo? ¡Claro! Pero los doce fueron claramente identificados como su equipo principal.

El apóstol Pablo, además, tenía un equipo. En Colosenses 4: 7-18 se encuentra los siguientes miembros del equipo de Pablo: Tychius, Onésimo, Aristarco, Juan Marcos, Justus, Epafras, el Dr. Lucas y Demas. En otros pasajes de las Escrituras, se podría agregar miembros del equipo adicionales como Timoteo, Bernabé y Silas.

Pregunta: ¿Está ejecutando los 100 metros cuatro veces en una fila para llegar a la meta O ¿Está ejecutando 100 metros una vez y entregar la batuta a un miembro del equipo?

Y ahora, permítanme concluir con un cambio rápido en metáforas. Entrenador de baloncesto legendario John Wooden dijo, "El hombre que pone la pelota por el aro tiene diez manos."

Si usted no entiende esta cita, entonces tal vez usted puede pedir a un miembro del equipo para darte entendimiento.

Robar