Natural Spirituality

coaches_jeffTun2011By Jeff Tunnell

When an infant is born into the world, it immediately needs to be joined to a family for its protection and care. That infant is totally dependent on others and needs to be nurtured. Parents don’t need to be encouraged to love their newborn child–it is a natural response.

In the Kingdom of Jesus we add additional variables for the spiritual life. Those leading someone to new faith in Christ are responsible to help them discover their family. While the new born-again believer has built-in empathy and love for his/her Savior, they are still vulnerable and need protection. If not assimilated into a small group family, their chances of survival diminish.

I was introduced to Christ by street ministers who did not live in my own town. They led me to salvation in Christ and then returned to their homes more than 50 miles away. My faith wandered for three months not knowing there was a spiritual family to join. I quickly returned to my previous sinful habits and could have easily lost my relationship with Christ. Thankfully the Holy Spirit had a wonderful grip on my heart and led me to a series of gatherings that helped me understand my need for the family of Jesus.

Soon thereafter I joyfully discovered the Life of Christ more fully in the home of new friends and spiritual family members! My spiritual infancy was secured by these more mature believers who functioned as spiritual parents. I had a promising future to grow into christian adulthood.

Personally, I think it would be ideal for an individual to come to know Christ in a cell group. They would be born again in the midst of their family and all of the natural responses would follow: acceptance, love, care, nurturing, and growth.

In this family atmosphere of love and support, the new infant soon becomes a functioning part of the family and begins to take on their own responsibilities in the kingdom of God.

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Espiritualidade Natural

Por Jeff Tunnell

Quando uma criança nasce no mundo, ela precisa ser unida imediatamente a uma família para sua proteção e cuidado. Esse bebê é totalmente dependente dos outros e precisa ser nutrido. Os pais não precisam ser encorajados a amar o recém-nascido, pois é uma resposta natural.

No Reino de Jesus nós acrescentamos variáveis adicionais para a vida espiritual. Aqueles que levam alguém à nova fé em Cristo são responsáveis por ajudá-los a descobrir sua família. Enquanto os convertidos recém-nascidos tem empatia e amor por seu Salvador, eles ainda são vulneráveis e precisam de proteção. Se não forem assimilados na família de um pequeno grupo, suas chances de sobrevivência diminuirão.

Fui apresentado a Cristo por ministros de rua que não moravam em minha cidade. Eles me levaram à salvação em Cristo e depois voltaram para suas casas a mais de 50 milhas de distância. Minha fé vagou por três meses sem que eu soubesse que havia uma família espiritual para me juntar. Eu rapidamente voltei aos meus hábitos pecaminosos anteriores e poderia facilmente ter perdido meu relacionamento com Cristo. Felizmente, o Espírito Santo apertou meu coração de uma forma maravilhosa e me levou a uma série de reuniões que me ajudaram a entender minha necessidade pela família de Jesus.

Pouco tempo depois, eu descobri com alegria a Vida de Cristo mais plenamente na casa de novos amigos e membros da família espiritual! Minha infância espiritual foi assegurada por esses crentes mais maduros que foram como pais espirituais. Eu tinha um futuro promissor para crescer na idade adulta da vida cristã.

Pessoalmente, acho que seria ideal um indivíduo conhecer Cristo em uma célula. Eles nasceriam de novo no meio de sua família e todas as respostas naturais seriam: aceitação, amor, cuidado, nutrição e crescimento.

Nesta atmosfera familiar de amor e apoio, o novo bebê logo se torna uma parte funcional da família e começa a assumir suas próprias responsabilidades no Reino de Deus.

Spanish blog:

Espiritualidad natural
Por Jeff Tunnell

Cuando un bebé nace en el mundo, inmediatamente necesita ser unido a una familia para su protección y cuidado. Ese bebé es totalmente dependiente de otros y necesita ser nutrido. Los padres no necesitan ser animados a amar a su hijo recién nacido – es una respuesta natural.

En el Reino de Jesús añadimos variables adicionales para la vida espiritual. Aquellos que llevan a alguien a una nueva fe en Cristo son responsables de ayudarles a descubrir a su familia. Mientras que el creyente nacido de nuevo a empotrado empatía y amor por su Salvador, que siguen siendo vulnerables y necesitan protección. Si no se asimila a una familia de grupos pequeños, sus posibilidades de supervivencia disminuyen.

Me presentaron a Cristo los ministros callejeros que no vivían en mi propia ciudad. Me llevaron a la salvación en Cristo y luego regresaron a sus hogares a más de 50 millas de distancia. Mi fe vagó por tres meses sin saber que había una familia espiritual a la cual me podría unir. Volví rápidamente a mis hábitos pecaminosos anteriores y podría haber perdido fácilmente mi relación con Cristo. Afortunadamente el Espíritu Santo tuvo un maravilloso agarre en mi corazón y me llevó a una serie de reuniones que me ayudaron a entender mi necesidad con la familia de Jesús.

Poco después, ¡descubrí con alegría la Vida de Cristo en el hogar de nuevos amigos y miembros de la familia espiritual! Mi infancia espiritual fue asegurada por estos creyentes más maduros que funcionaban como padres espirituales. Tenía un futuro prometedor para crecer en la adultez cristiana.

Personalmente, creo que sería ideal para un individuo llegar a conocer a Cristo en un grupo de células. Ellos nacerían de nuevo en medio de su familia y todas las respuestas naturales seguirían: aceptación, amor, cuidado, nutrición y crecimiento.

En esta atmósfera familiar de amor y apoyo, el nuevo bebé pronto se convierte en una parte funcional de la familia y comienza a asumir sus propias responsabilidades en el reino de Dios.

Jeff

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *