Made, not born

coaches_steveCordleCropped

By Steve Cordle, www.crossroadsumc.org

Sometimes you either have it or you don’t.

For example, some people are just born with exceptional musical ability. They can hear a tune once and then play it back. They take very little time to master an instrument or to create a song.

Other people don’t have that musical ability. They make animals howl when they try to sing. They might think, “I’ll never be able to play like my gifted friends,” and they will be right. If they put in a huge amount of work and effort they might be able to improve a bit, but they will never be the musicians that those who are born gifted are. You either have the talent or you don’t.

Fortunately, group leaders are made, not born.

Thanks to Joel’s research, we know that there is no such thing as the spiritual gift of group leadership, and that there is no one spiritual gift mix that is best for leading a group. Prayer, love, and other common traits of disciples are what is needed to succeed in group ministry.

So if you lead a group ministry, let me ask you a few important questions that will determine the future of your disciple-making:

  • do you see everyone in your group as a potential, future leader?
  • do you have a clearly-defined, step-by-step process of what it takes to become a leader? If I were in your ministry and asked, “How do I become a leader?”, what would you tell me?
  • does everyone know what that process is?

The most important part of developing leaders is a mindset. We don’t find leaders, we develop them. Their level of Bible knowledge and gifting is not nearly as important as their willingness to grow spiritually and move through your process.

Steve

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Feitos, Não Nascidos

Por Steve Cordle, www.crossroadsumc.org

Às vezes você tem ou não.

Por exemplo, algumas pessoas simplesmente nascem com uma habilidade musical excepcional. Elas conseguem ouvir uma melodia uma vez e depois reproduzí-la. Elas levam pouquíssimo tempo para dominar um instrumento ou para criar uma música.

Outras pessoas não têm essa habilidade musical. Elas fazem animais uivar quando tentam cantar. Elas podem pensar: “Eu nunca vou ser capaz de tocar como meus amigos talentosos”, e estão certas. Se investirem uma quantidade enorme de trabalho e esforço elas podem ser capazes de melhorar um pouco, mas nunca serão os músicos que aqueles que nascem talentosos são. Você tem o talento ou não.

Felizmente, líderes de célula são feitos, não nascidos.

Graças à pesquisa de Joel, sabemos que não há algo como um dom espiritual da liderança de grupo, e que não há uma mistura de dons espirituais que seja melhor para liderar um grupo. Oração, amor e outros traços comuns de discípulos são o que é necessário para ter sucesso no ministério celular.

Então se você lidera um ministério de grupos, deixe-me fazer algumas perguntas importantes que determinarão o futuro da sua capacidade de fazer discípulos:

• Você vê todos no seu grupo como um potencial futuro líder?
• Você tem um processo passo a passo bem definido para alguém se tornar líder? Se eu estivesse em seu ministério e perguntasse: “Como me torno líder?”, o que você me diria?
• Todos sabem qual é esse processo?

A parte mais importante do desenvolvimento de líderes é uma mentalidade. Nós não encontramos líderes, nós os desenvolvemos. O nível de conhecimento da Bíblia e os dons deles não chegam a ser tão importantes quanto a vontade de crescer espiritualmente e de avançar através de seu processo.

Steve

Spanish blog:

Hecho, no nacido

Por Steve Cordle, www.crossroadsumc.org

A veces lo tienes o no lo tienes.

Por ejemplo, algunas personas simplemente nacen con una habilidad musical excepcional. Pueden escuchar una melodía una vez y luego reproducirla. Les toma muy poco tiempo para dominar un instrumento o para crear una canción.

Otras personas no tienen esa habilidad musical. Hacen que los animales aúllen cuando tratan de cantar. Podrían pensar: “Nunca seré capaz de tocar como mis amigos con esos dones”, y tendrán razón. Si ponen en una gran cantidad de trabajo y esfuerzo que podría ser capaz de mejorar un poco, pero nunca serán los músicos como los que nacen con ese don. Usted tiene el talento o no.

Afortunadamente, los líderes de grupo se hacen, no nacen.

Gracias a la investigación de Joel, sabemos que no hay tal cosa como el don espiritual del liderazgo grupal, y que no hay una mezcla espiritual de dones que sea mejor para dirigir un grupo. La oración, el amor y otros rasgos comunes de los discípulos son lo que se necesitan para tener éxito en el ministerio grupal.

Así que si ustedes dirigen un ministerio en grupo, déjenme hacerles algunas preguntas importantes que determinarán el futuro de su discípulo:

  • ¿Ve a todos en su grupo como un líder potencial, futuro?
  • ¿Tiene un proceso claramente definido, paso a paso, de lo que se necesita para convertirse en un líder? Si yo estuviera en su ministerio y preguntara, “¿Cómo me hago líder?”, ¿Qué me dirías?
  • ¿Todos saben lo que es ese proceso?

La parte más importante de desarrollar líderes es una mentalidad. No encontramos líderes, los desarrollamos. Su nivel de conocimiento bíblico y de dones no es tan importante como su disposición a crecer espiritualmente y a moverse a través de su proceso.

Steve

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *