Invite Him to Begin

coaches_jeffTun2011

By Jeff Tunnell

At the onset of transition to cell ministry it was hard for me to understand and to see clearly that “the cell is the church.” Seeing the cell as the foundation for an entire ministry was a shocking and stunning view.

Like many, I was raised in a program-driven church and trained to segment it by programs that would satisfy the needs of individual subgroups. Sunday school classes for each age, youth groups, ministry to seniors, couples and marriage ministry, singles, etc. Small groups were simply another subset like worship teams, ushers, women’s group, men’s breakfasts and Bible studies. Individuals could choose any group as an elective, joining and dropping out at will. Each group had the possibility of helping people, but none of them generated the life-giving effects of being a part of the body of Christ.

During our transition from program-based to cell-based church, it helped me to understand cell ministry by comparing the human body to the body of Christ, the church. The very fact that my body is comprised entirely of cells, became an illustration for the body of Christ. Just as each of my biological cells carry the DNA and who I am, so each cell within the church should carry the DNA and importance of the entire congregation. This concept excited me to believe that every member of the body of Christ could be in a life giving cell that contributed to the overall life of the church.

Cells are not an “add on” ministry or segmentation of the body of Christ. They are the structure in which God has chosen to generate and maintain HIS life.

It takes time for the Holy Spirit to work this revelation into your spirit. Invite him to begin today.

Jeff

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Convide-o para começar

Por Jeff Tunnell

No início da transição para o ministério celular, era difícil para mim entender e ver claramente que “a célula é a Igreja”. Ver a célula como base para um ministério inteiro foi uma visão chocante e impressionante.

Como muitos, fui criado em uma igreja orientada por programas e treinado para segmentá-la por programas que satisfizessem as necessidades de subgrupos individuais. Aulas de escola dominical para cada idade, grupos de jovens, ministério para idosos, casais e ministério do casamento, solteiros, etc. Pequenos grupos eram simplesmente outro subconjunto, como equipes de adoração, adotistas, grupo de mulheres, café da manhã e estudos bíblicos. Os indivíduos podiam escolher qualquer grupo como eletivo, juntando-se à vontade. Cada grupo teve a possibilidade de ajudar as pessoas, mas nenhum deles gerou os efeitos vitais de fazer parte do corpo de Cristo.

Durante nossa transição da igreja baseada em programas para células, isso me ajudou a entender o ministério celular, comparando o corpo humano com o corpo de Cristo, a Igreja. O próprio fato de que meu corpo é composto inteiramente de células, tornou-se uma ilustração para o corpo de Cristo. Assim como cada uma de minhas células biológicas carrega o DNA e quem eu sou, então cada célula dentro da igreja deve levar o DNA e a importância de toda a congregação. Este conceito me animou a acreditar que todos os membros do corpo de Cristo poderiam estar em uma célula doadora de vida que contribuiu para a vida geral da igreja.

As células não são um ministério “adicionado” ou uma segmentação do corpo de Cristo. Elas são a estrutura em que Deus escolheu gerar e manter sua vida.

É preciso tempo para o Espírito Santo trabalhar essa revelação em seu espírito. Convide-o para começar hoje.

Jeff

Spanish blog:

Invítalo a comenzar

Por Jeff Tunnell

En el comienzo de la transición al ministerio de células fue difícil para mí entender y ver claramente que “la célula es la iglesia”. Ver la célula como el fundamento de todo un ministerio era una visión impactante y sorprendente.

Como muchos, fui educado en un programa dirigido por la iglesia y entrenado para segmentarlo por programas que ayudarian las necesidades de subgrupos individuales. Clases dominicales para cada edad, grupo de jóvenes, ministerio de adultos mayores, de parejas y casados, ministerio de solteros y etc…Los grupos pequeños eran simplemente otro subconjunto como los equipos de adoración, los ujieres, el grupo de mujeres, los desayunos de los hombres y los estudios bíblicos. Los individuos pueden elegir cualquier grupo como un electivo, unirse y abandonar a voluntad. Cada grupo tenía la posibilidad de ayudar a la gente, pero ninguno de ellos generó los efectos vitales para ser parte del cuerpo de Cristo.

Durante nuestra transición del programa basado en la Iglesia, al programa de células, me ayudó a entender el ministerio de células comparando el cuerpo humano con el cuerpo de Cristo, la iglesia. El hecho de que mi cuerpo está compuesto enteramente de células, se convirtió en una ilustración para el cuerpo de Cristo. Así como cada una de mis células biológicas lleva el ADN de quien soy, entonces cada célula dentro de la iglesia debe llevar el ADN y el valor de toda la congregación. Este concepto me entusiasma a creer que cada miembro del cuerpo de Cristo podría estar en cada célula que da vida la cual contribuye a la vida general de la iglesia.

Las células no son un “agregado” al ministerio o un segmento del cuerpo de Cristo. Son la estructura en la que Dios ha elegido para generar y mantener su vida.

Toma tiempo para que el Espíritu Santo trabaje esta revelación en tu espíritu. Invítalo a comenzar hoy.

Jeff

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *