Learning to Hear His Voice

coaches_robLAY-web

By Robert Lay, Cell Church Ministry Brazil, www.celulas.com.br

In Brazil we have a Bird that sings only when he has hatchlings in his nest. The young birds in the nest grow up hearing their parents singing all the time. This give them security because they know they are close by and their parents know their offspring will sing the same way they sing when they are grown up– by hearing their singing all the time.

I think we can draw a parallel with our closeness to Jesus. He is always there wanting us to be sure of his presence and protection, and he wants us to learn his “song,” or way of doing things. The only problem is that we often stray away from his presence and go our own ways. But he will always be there for us.

In leadership we often get entangled in our busy lives and stay far from the real source of our security and power. Walking in his presence is more than having quiet times regularly. Rather, it is a constant awareness of his presence and guidance in every moment of our lives. It is more than a time of prayer during the day. It is praying without ceasing. It is a constant walk with him, being transformed through him, and becoming more and more like him. This is a life project that requires daily commitment. If we learn how to walk with Jesus close to his “singing,” we will “sing” just like him, like the Brazilian bird.

Then not only the people we lead will notice our closeness to Jesus, but in daily life, all the people we come in contact with will notice it.

Help Us God!

Robert M. Lay
Cell Church Ministry Brazil

Korean blog (Click here)

Portuguese blog:

Aprendendo a Ouvir Sua Voz

Por Robert Lay, www.celulas.com.br

No Brasil, temos um pássaro que canta apenas quando ele tem filhotes no seu ninho. Os pássaros jovens no ninho crescem ouvindo seus pais cantando o tempo todo. Isso garante segurança a eles porque eles sabem que estão por perto e seus pais sabem que sua prole vai cantar da mesma maneira que eles cantam quando forem adultos – através do ouvir o seu canto o tempo todo.

Eu acho que podemos traçar um paralelo com nossa proximidade com Jesus. Ele está sempre lá querendo que tenhamos certeza de Sua presença e proteção, e Ele quer que aprendamos sua “música”, ou maneira de fazer as coisas. O único problema é que muitas vezes ficamos longe de Sua presença e seguimos nossos próprios caminhos. Mas Ele sempre estará lá por nós.

Na liderança, muitas vezes nos emaranhamos em nossa vida ocupada e permanecemos longe da verdadeira fonte de nossa segurança e poder. Andar em Sua presença é mais do que ter momentos de calma regularmente. Em vez disso, é uma consciência constante de Sua presença e orientação em todo o momento de nossa vida. É mais do que um tempo de oração durante o dia. É orar sem cessar. É uma caminhada constante com Ele, transformando-se através dEle e se tornando cada vez mais como Ele. Este é um projeto de vida que exige compromisso diário. Se aprendermos como caminhar com Jesus, perto de seu “canto”, “cantaremos” iguaizinhos a Ele, como o pássaro brasileiro.

Não só as pessoas que lideramos perceberão nossa proximidade com Jesus mas, no cotidiano, todas as pessoas com quem entramos em contato notarão isso.

Ajude-nos, Deus!

Robert M. Lay

Ministério Igreja em Células Brasil

Spanish blog:

Aprendiendo a escuchar su voz

Por Robert Lay, www.celulas.com.br

En Brasil tenemos un pájaro que canta solo cuando tiene crías en su nido. Los pájaros jóvenes en el nido crecen escuchando a sus padres cantar todo el tiempo, esto les da seguridad porque saben que están cerca, y sus padres saben que su descendencia cantará de la misma manera en que ellos cantan cuando crezcan –escuchando su canto todo el tiempo.

Creo que podemos establecer un paralelo con nuestra cercanía con Jesús. Él siempre está allí deseando que estemos seguros de su presencia y protección, y quiere que aprendamos su “canción” o la forma de hacer las cosas. El único problema es que a menudo nos mantenemos alejados de su presencia y seguimos nuestros propios caminos. Pero él siempre estará ahí para nosotros.

En el liderazgo, a menudo nos enredamos en nuestra vida tan ajetreada y nos alejamos de la verdadera fuente de nuestra seguridad y poder. Caminar en su presencia es mucho más que tener momentos tranquilos regularmente. Más bien, es un conocimiento constante de su presencia y guía en cada momento de nuestra vida. Es más que un tiempo de oración durante el día, es orar sin cesar. Es un caminar constante con él, ser transformado a través de él y volverse más y más como él. Este es un proyecto de vida que requiere un compromiso diario, si aprendemos a caminar con Jesús, escuchando su “canto” vamos a “cantar” como él, así como el pájaro brasileño.

No solo las personas que lideramos notarán nuestra cercanía con Jesús, sino que en la vida diaria, todas las personas con las que nos relacionamos lo notarán.

Ayúdanos Dios!

Robert M. Lay

Cell Church Ministry Brasil

Christmas Celebration As A Harvesting Event

coaches_robLAY-web

By Robert Lay, Cell Church Ministry Brazil, www.celulas.com.br

Every year our church celebrates at least two harvesting events, Christmas and Easter. Harvesting events are special because all cells can participate. How? The cell members prepare and organize the event and gives them the opportunity to bring all their Oikos contacts to hear the message. These events bring everybody together and promote greater unity of all the cells of the church.

This Christmas harvesting event is very powerful because the season brings with it a high degree of emotion. Emotion breaks down resistance and facilitates the message to penetrate into the hearts of people. Normally the message is not restricted to the Christmas story. It is the complete plan of salvation. This is a great opportunity for people to make a decision for Christ. It helps the cells in their evangelistic efforts and that is why it is called a harvest event.

We have to plan and arrange our church agenda, calendar, and budget to give full support to the cells in their evangelistic efforts, then growth will happen and the Kingdom will be expanded!

Help us God!

Robert M. Lay
Cell Church Ministry Brazil

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Celebração do Natal como um Evento de Colheita
Por Robert Lay, www.celulas.com.br

Todos os anos, nossa igreja celebra pelo menos dois eventos de colheita: Natal e Páscoa. Os eventos de colheita são especiais porque todas as células podem participar. Como? Os membros das células preparam e organizam o evento e têm a oportunidade de trazer todos os contatos de seus Oikos (círculos de convivência) para ouvir a mensagem. Estes eventos reúnem todos e promovem uma maior unidade de todas as células da igreja.

Este evento de colheita de Natal é muito poderoso porque a temporada traz consigo um alto grau de emoção. A emoção quebra a resistência e facilita que a mensagem penetre no coração das pessoas. Normalmente, a mensagem não está restrita à história de Natal. É o plano completo de salvação. Esta é uma ótima oportunidade para que as pessoas tomem uma decisão por Cristo. Isso ajuda as células em seus esforços evangelísticos e é por isso que é chamado de evento de colheita.

Temos que planejar e organizar a agenda, o calendário e o orçamento da igreja para dar apoio total às células em seus esforços evangelísticos, então o crescimento vai acontecer e o Reino será expandido!

Que Deus nos ajude!

Robert M. Lay

Ministério Igreja em Células Brasil

Spanish blog:

La celebración de Navidad como un evento de cosecha

Por Robert Lay, www.celulas.com.br

Cada año nuestra iglesia celebra al menos dos eventos de cosecha, Navidad y Pascua. Los eventos de cosecha son especiales porque todas las células pueden participar. ¿Cómo? Los miembros de la célula preparan y organizan el evento y les da la oportunidad de traer todos sus contactos Oikos para que escuchen el mensaje. Estos eventos reúnen a todos y promueven una mayor unidad de todas las células de la iglesia.

Este evento de cosecha de Navidad es muy poderoso porque la temporada trae consigo un alto grado de emoción. La emoción rompe la resistencia y facilita que el mensaje penetre en los corazones de las personas. Normalmente, el mensaje no está restringido a la historia de Navidad sino tambien al plan completo de salvación. Esta es una gran oportunidad para que las personas tomen la decisión de seguir a Cristo. Esto ayuda a las células en sus esfuerzos de evangelización y es por eso que se llama evento de cosecha.

Tenemos que planificar y organizar la agenda, el calendario y el presupuesto de nuestra iglesia para brindar un apoyo total a las células en sus esfuerzos de evangelización, ¡sólo así crecerá y se expandirá el Reino!

Ayúdanos Dios!

Robert M. Lay

Cell Church Ministry Brasil

Houses and Hospitality, The Way of Jesus

coaches_robLAY-web

By Robert Lay, Cell Church Ministry Brazil, www.celulas.com.br

We all know Peter’s advice to practice hospitality (1 Peter 1:9), but this advice does not originate from him or the apostles.  They learned it from Jesus. The homes in the time of Jesus and the early church  became the new wineskin where the new wine was poured in. The house structure was flexible enough and could be stretched and expanded without bursting. Jesus new the power of the Gospel of the Kingdom needed flexible, low-cost structure that could spread easily and quickly.

The proximity of gatherings in homes provided double results. On the one side, it was the ideal environment for fellowship and edification of the Body of Christ, and on the other side, it was the ideal situation for unbelievers to have an encounter with Christ. The Church grew based on these two pillars.

Way too many activities in the traditional church happen in the Church Building. Our house and our table full of food are the best fellowship and evangelistic tools. Jesus liked to eat, even with sinners. Those who don’t know Jesus find an attractive environment and get in contact with the Christ that lives in us. When was the last time a sinner sat at the table with you in your house? So often we invite them to a Church Building. It’s far better to first invite them into our homes, then we can take them to a building for larger fellowship.

The homes were strategic and the ideal delivery system for Jesus’s salvation plan.

Let us consider this, change our habits, and adopt a Kingdom of God culture as our lifestyle!

Help us God!

Robert M. Lay, Cell Church Ministry Brazil

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Casas e Hospitalidade, O Caminho de Jesus

Robert Lay, www.celulas.com.br

Todos conhecemos o conselho de Pedro para praticar a hospitalidade (1 Pedro 1: 9). Isso não é originário dos apóstolos. Eles aprenderam de Jesus. As casas no tempo de Jesus e a Igreja Primitiva tornaram-se o odre novo onde o vinho novo foi derramado. A estrutura da casa era suficientemente flexível e podia ser esticada e expandida sem estourar. Jesus sabia que o poder do Evangelho do Reino precisava de uma estrutura que poderia correr e se espalhar com baixo custo de implementação e excelentes resultados em troca.

Jesus determinou que a casa seria essa estrutura.

A proximidade de encontros em casas proporcionou resultados duplos. Por um lado, era o ambiente ideal para a comunhão e edificação do Corpo de Cristo e, por outro lado, era a situação ideal para os incrédulos terem um encontro com Cristo. A Igreja cresceu com base nesses dois pilares.

A hospitalidade é necessária hoje na igreja. Todas as atividades acontecem nos Edifícios da igreja. Nossa casa e nossa mesa, é claro, com comida, são as melhores ferramentas de evangelização e companheirismo. Jesus gostava de comer, mesmo com os pecadores. Aqueles que não conhecem Jesus encontram um ambiente atraente e entram em contato com o Cristo que vive em nós. Quando foi a última vez que um pecador se sentou à mesa com você em sua casa? Nós os convidamos para um edifício da igreja. É muito melhor primeiro convidá-los para nossas casas, então podemos levá-los a um prédio para uma maior irmandade.

As casas eram estratégicas e o sistema de entrega ideal para o plano de salvação de Jesus.

Que nós possamos considerar isso, mudar nossos hábitos e adotar uma cultura do Reino de Deus como nosso estilo de vida!

Ajude-nos a Deus!

Robert M. Lay, Ministério da Igreja Celular do Brasil

Spanish blog:

Los hogares y la hospitalidad, el camino de Jesús

Robert Lay, www.celulas.com.br

Todos conocemos el consejo de Pedro para practicar la hospitalidad (1 Pedro 1: 9). Esto no viene de los Apóstoles, lo aprendieron de Jesús. Los hogares en la época de Jesús y de la iglesia primitiva se convirtieron en el nuevo odre donde se vierte el vino nuevo. La estructura de la casa era lo suficientemente flexible y podía estirarse y expandirse sin estallar. Jesús, sabía que el poder del Evangelio del Reino, necesitaba una estructura que pudiera funcionar y difundirse con un bajo costo de implementación y grandes resultados en retorno.

Jesús determinó que los hogares serían esta estructura.

La proximidad de las reuniones en los hogares dio resultados por doble. Por un lado, era el ambiente ideal para el compañerismo y la edificación del Cuerpo de Cristo, y por el otro, era la situación ideal para que los incrédulos pudieran tener un encuentro con Cristo. La iglesia creció con base en estos dos pilares.

La hospitalidad es necesaria en la iglesia de hoy, ya que todas las actividades ocurren en los edificios de la iglesia. Nuestra casa y nuestra mesa, por supuesto con comida, son las mejores herramientas de compañerismo y evangelización. A Jesús le gustaba comer, incluso con los pecadores. Aquellos que no conocen a Jesús encuentran un ambiente atractivo y se ponen en contacto con el Cristo que vive en nosotros. Los invitamos al edificio de la iglesia, pero ¿Cuándo fue la última vez que un pecador se sentó a la mesa contigo en tu hogar? Es mucho mejor invitarlos primero a nuestros hogares, y luego podemos llevarlos a un edificio para una compañerismo más grande.

Los hogares eran estratégicos y también un sistema de entrega ideal para el plan de salvación de Jesús.

¡Consideremos esto, cambiemos nuestros hábitos y adoptemos una cultura del Reino de Dios como nuestro estilo de vida!

Ayúdanos a Dios!

Robert M. Lay,

Cell Church Ministry Brasil

Passion and Persistence in Cell Ministry

coaches_robLAY-web

By Robert Lay, Cell Church Ministry Brazil, www.celulas.com.br

In these past twenty years of cell ministry in Brazil, I have seen a lot of fads appear, last for a while, and then disappear. In most cases the intentions in doing cells were wrong. One of the main myths I’ve noticed is that cell church ministry is first and foremost a church growth model. This is a very big lure. Those who follow this myth do not understand the dynamics of change, its costs and time.

The cell church is not a system you can get by turning a switch or a key. The basis of everything consists in living a set of New Testament relational values. To change from a program and event based church to a New Testament community based church takes time and persistence. It means adopting a new lifestyle based on New Testament values. Years of transition and adaptation are needed.

Take the example of Jesus with his disciples. It took him at least three years to transition their minds and hearts to the new Kingdom values he was implementing. All Judaism had to be taken out and replaced by new values based on grace, faith, forgiveness, love, etc. Jesus had to work hard with these men, and at the end it looked like he failed. But Jesus maintained his focus, passion and persistence in going after them after his resurrection. Otherwise, things would have turned out very differently.

Pastor Mario Vega in the Elim Church in El Salvador is a good example of Passion and Persistence. I have known Pastor Mario for many years, and he still is doing the same things. No fads, tricks or gimmicks. His church has made living in New Testament community a normal lifestyle. His growth is a natural result of right values being lived.

Dr Bill Beckham says: “Until the vision owns you, very little will happen”.

Change takes time, nerves, endurance, commitment, passion, persistence, faithfulness, and a lot of GRACE…  And then comes growth!

Help us God!

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Paixão e Persistência no Ministério de Células

Por Robert Lay, www.celulas.com.br

Nos últimos vinte anos de ministério celular no Brasil, eu vi um monte de modas aparecerem, durar um pouco, e depois desaparecerem. Na maioria dos casos, as intenções em fazer células estavam erradas. Um dos principais mitos que notei é que o ministério da igreja celular é, antes de mais, um modelo de crescimento da igreja. Esta é uma atração muito grande. Aqueles que seguem este mito não compreendem a dinâmica da mudança, seus custos e tempo.

A igreja celular não é um sistema que você pode obter girando um interruptor ou uma chave. A base de tudo consiste em viver um conjunto de valores relacionais do Novo Testamento. Para mudar de uma igreja baseada em programas e eventos para uma igreja baseada no Novo Testamento, a comunidade leva tempo e persistência. Significa adotar um novo estilo de vida baseado nos valores do Novo Testamento. São necessários anos de transição e adaptação.

Tome o exemplo de Jesus com seus discípulos. Levou pelo menos três anos para transição de suas mentes e corações para os novos valores do Reino que ele estava implementando. Todo o judaísmo teve que ser retirado e substituído por novos valores baseados na graça, fé, perdão, amor, etc. Jesus teve que trabalhar duro com esses homens e, no final, parecia que ele falhou. Mas Jesus manteve seu foco, paixão e persistência ao persegui-los após sua ressurreição. Caso contrário, as coisas teriam um resultado muito diferente.

O Pastor Mario Vega da Igreja de Elim em El Salvador é um bom exemplo de paixão e persistência. Tenho conhecido o Pastor Mario por muitos anos, e ele ainda está fazendo as mesmas coisas. Sem modas, truques ou artimanhas. Sua igreja tornou a vida na comunidade do Novo Testamento um estilo de vida normal. Seu crescimento é um resultado natural dos valores certos que estão sendo vividos.

O Dr. Bill Beckham diz: “Até que a visão tome conta de você, muito pouco acontecerá”.

A mudança leva tempo, nervos, resistência, compromisso, paixão, persistência, fidelidade e muita GRAÇA … E então vem o crescimento!

Ajude-nos, Deus!

Robert Michael Lay
Ministério da Igreja celular Brasil

Spanish blog:

Pasión y persistencia en el ministerio celular

Por Robert Lay, www.celulas.com.br

En los últimos veinte años de ministerio celular en Brasil, he visto muchas modas, duran algún tiempo y luego desaparecen. En la mayoría de los casos, las intenciones al hacer células eran incorrectas. Uno de los principales mitos que he notado es que en el ministerio de la iglesia celular, es ante todo un modelo de crecimiento. Esto es un gran señuelo, aquellos que siguen este mito no entienden la dinámica del cambio, sus costos y tiempo.

La iglesia celular no es un sistema que puedes alcanzar al girar para cambiar o una tecla. La base de todo, consiste en vivir un conjunto de valores relacionales del Nuevo Testamento. Cambiar de un programa y una iglesia basada en un evento a una iglesia basada en la comunidad del Nuevo Testamento requiere tiempo y persistencia. Significa adoptar un nuevo estilo de vida basado en los valores del Nuevo Testamento, se necesitan años de transición y adaptación.

Tome el ejemplo de Jesús con sus discípulos, le llevó al menos tres años hacer una transición de sus mentes y corazones a los nuevos valores del Reino que estaba implementando. Todo el judaísmo había sido quitado y reemplazado por nuevos valores basados ??en la gracia, la fe, el perdón, el amor, etc. Jesús tuvo que trabajar duro con estos hombres, y aún asi al final parecía que había fallado. Pero Jesús mantuvo su enfoque, pasión y persistencia en seguirlos después de su resurrección. De lo contrario, las cosas habrían resultado de manera muy diferente.

El pastor Mario Vega en la Iglesia Elim en El Salvador, es un buen ejemplo de pasión y persistencia. Conozco al pastor Mario desde hace muchos años, y todavía está haciendo las mismas cosas, sin modas, trucos o juegos. Su iglesia ha hecho que el vivir en la comunidad del Nuevo Testamento sea un estilo de vida normal. Su crecimiento es un resultado natural de los valores correctos en que viven.

El Dr. Bill Beckham dice: “Hasta que la visión te posea, muy poco sucederá”. El cambio requiere tiempo, nervios, resistencia, compromiso, pasión, persistencia, fidelidad y mucha GRACIA … ¡Y luego viene el crecimiento!

Ayúdanos a Dios!

Robert Michael Lay

Cell Ministerio de la Iglesia de Brasil

Patience And Grace In Transitioning To Cells

coaches_robLAY-web

By Robert Lay, Cell Church Ministry Brazil, www.celulas.com.br

Transitioning a Church is like changing the route on a Transatlantic ship. The captain knows the limit of the ship in making a turn without capsizing. The turn must be slow, so it will not throw people and furniture down, upsetting everything and everyone. Some Pastors think they are on a Jet ski, all alone, and so they can make radical turns ignoring the fact, he is part of a greater group that is riding with him in a ship.

The turn must be longer and slower according to the degree of change of direction. Opposite direction demands a long, slow turn, making sure the people flow don’t get jerked around in the process.

In the Church, the more distant the transitioning Church is from an ideal holistic cell definition and life, the longer the transition will be.

First we have to ADD what does not exist in the church’s system to make it possible to live community. I’m referring here to the prototype cell. When Pastor and main leaders achieve the ideal status of the desired approach in the first cell (prototype), then multiplication can occur.

Then comes the second stage: ADAPT all ministries and programs that are adaptable to the cell structure. Every program and ministry should serve as a support system and NOT compete with the cells. This takes time and much wisdom.

And finally, the church has to CUT all structures, programs and ministries that are not adaptable.

CAUTION! Do not start your transition by CUTTING things like many Pastors do. This spells D-I-S-A-S-T-E-R. The right order is: ADD – ADAPT – CUT.

Help us GOD!

Robert M. Lay
Cell Church Ministry Brazil

Korean blog (click here)

Google blog:

Paciência e Graça ao Transicionar para Células

Por Robert Lay, www.celulas.com.br

Transicionar uma igreja é como mudar a rota de um navio transatlântico. O capitão conhece o limite do navio para fazer uma voltar sem virar a embarcação. A volta deve ser lenta, de modo que não vá jogar as pessoas e o mobiliário para baixo, perturbando tudo e todos. Alguns pastores pensam que estão em um jet ski, sozinhos, e que assim podem fazer voltas radicais, ignorando o fato de que eles fazem parte de um grupo maior que está com eles em um navio.

A volta deve ser maior e mais lenta de acordo com o grau de mudança de direção. A direção oposta exige uma curva longa e lenta, certificando-se de que o fluxo de pessoas não seja lançado para fora no processo.

Na Igreja, quanto mais distante a Igreja em transição está de uma definição holística ideal de células e vidas, mais longa será a transição.

Primeiro, devemos ADICIONAR o que não existe no sistema da igreja para tornar possível viver em comunidade. Estou me referindo aqui à célula protótipo. Quando o pastor e os líderes principais alcançam a condição ideal da abordagem desejada na primeira célula (protótipo), então a multiplicação pode ocorrer.

Então, vem o segundo estágio: ADAPTAR todos os ministérios e programas adaptáveis à estrutura celular. Todo programa e ministério devem servir como um sistema de suporte e NÃO competir com as células. Isso leva tempo e muita sabedoria.

E finalmente, a igreja deve CORTAR todas as estruturas, programas e ministérios que não são adaptáveis.

CUIDADO! Ṇo comece a sua transi̤̣o CORTANDO coisas como muitos pastores fazem. Isso se soletra D-I-S-A-S-T-R-E. A ordem correta ̩: ADICIONAR РADAPTAR РCORTAR.

Ajude-nos, DEUS!

Robert M. Lay
Ministério Igreja em Células Brasil

Spanish blog: 

Paciencia y gracia en la transición a las células

Por Robert Lay, www.celulas.com.br

La transición de una Iglesia es como cambiar la ruta en un barco transatlántico; el capitán conoce el límite de la nave al dar un giro sin volcar. El viraje debe ser lento, sino pondrá a la gente y los muebles hacia abajo, haciendo que todo el mundo se moleste. Algunos Pastores piensan que están en un jet ski, solos, y por lo tanto pueden hacer giros radicales ignorando el hecho, de que él es parte de un grupo mayor que está con él en el barco.

El giro debe ser más largo y más lento de acuerdo con el grado de cambio de dirección. La dirección opuesta requiere un giro largo y lento, asegurándose de que el flujo de personas no se sacuda en el proceso.

En la Iglesia, cuanto más distante es la Iglesia de transición de una definición holística ideal de la célula y de la vida, más larga será la transición.

Primero tenemos que AGREGAR lo que no existe en el sistema de la iglesia para hacer posible vivir en comunidad. Me refiero a la célula prototipo. Cuando el Pastor y los principales líderes logran el estatus ideal del enfoque deseado en la primera célula (prototipo), entonces la multiplicación puede ocurrir.

Luego viene la segunda etapa: ADAPTAR todos los ministerios y programas, que son adaptables a la estructura celular. Cada programa y ministerio debe servir como un sistema de apoyo y NO debe competir con las células. Esto requiere tiempo y mucha sabiduría.

Y finalmente, la iglesia tiene que CORTAR todas las estructuras, programas y ministerios que no son adaptables al sistema celular.

¡PRECAUCIÓN! No comience su transición CORTANDO las cosas, como hacen muchos pastores. Eso se deletrea D-E-S-A-S-T-R-E El orden correcto es: AGREGAR  – ADAPTAR – CORTAR.

¡Ayúdanos DIOS!

Robert M. Lay

Cell Church Ministry Brazil

The Leader’s Soul Care

coaches_robLAY-web

By Robert Lay, Cell Church Ministry Brazil, www.celulas.com.br

It is a fact that we all need to observe certain rules and habits in order to maintain our physical, emotional and spiritual health. There is a big difference between a Pastor, mostly full time, from a cell leader, working eight hours a day from Monday through Friday, Saturday till noon, and spending at least two more hours in transit every day. For the Pastor it is easier to take a full day of rest. This is not to say that a Pastor does not work, but his working hours are more flexible. Here in Brazil, Pastors normally take Monday off for rest. Members normally understand this and respect it.

On the other hand, cell leaders have a tighter schedule. We as Pastors have to keep this in mind when we plan the Church agenda and calendar. We were trained to fill the agenda with activities and programs, somehow thinking that our members would become more spiritual with all the extra activities. But the reality is that endless activity wears our members out, and especially our leaders. In a cell Church, leaders need special attention. Their agenda has to be light specially on Sunday, their only day for personal rest and family. Why two services on Sunday, and sometimes extra meetings?  We must not expect too much of our leaders on Sunday. Give them a chance to rest and be with family. He or she won’t be able to take Monday off, or any other day as his day for rest.

Another aspect in the leader’s life is his personal care by his coach. Since he is in constant battle at work to maintain his family, and occupied all the time with his cell and not having much time to rest, he must have his basic spiritual and leadership needs filled by his coach. We as Pastors must never forget these facts. A good follow up by the coach prevents burn out.

In short, Pastors and leaders never should neglect their physical, emotional and spiritual needs, no matter what the conditions are.

HELP US GOD!

Robert Lay

Cell Church Ministry Brazil

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

O Cuidado da Alma do Líder

Por Robert Lay, www.celulas.com.br

É fato que todos precisamos observar certas regras e hábitos para manter nossa saúde física, emocional e espiritual. Há uma grande diferença entre o Pastor, principalmente o de período integral, de um líder celular, trabalhando oito horas por dia de segunda a sexta-feira, sábado até meio-dia e passando pelo menos duas horas a mais de trânsito todos os dias. Para o Pastor é mais fácil tomar um dia inteiro de descanso. Isso não quer dizer que Pastor não trabalha, mas o horário de trabalho é mais flexível. Aqui no Brasil, os pastores normalmente usam a segunda-feira para descansar. Os membros normalmente entendem isso e os respeitam.

Por outro lado, os líderes das células têm uma agenda mais apertada. Nós como pastores devemos ter isso em mente quando planejamos o calendário e a agenda da Igreja. Nós fomos treinados para preencher a agenda com atividades e programas, de alguma forma pensando que nossos membros se tornariam mais espirituais com todas as atividades extras. Mas a realidade é que uma atividade sem fim desgasta nossos membros, e especialmente nossos líderes. Em uma igreja celular, os líderes precisam de atenção especial. Sua agenda deve ser leve no domingo, seu único dia para descanso pessoal e família. Por que dois cultos no domingo, e às vezes reuniões extras? Não devemos esperar muito dos nossos líderes no domingo. Dê-lhes a chance de descansar e estar com a família. Ele ou ela não poderá tirar a segunda-feira como descanso, ou qualquer outro dia como o seu dia para descansar.

Outro aspecto da vida do líder é o cuidado pessoal de seu treinador. Como ele está em constante batalha para manter sua família e ocupou o tempo todo com sua célula e não tendo muito tempo para descansar, ele deve ter suas necessidades básicas de liderança e espiritual preenchidas por seu treinador. Nós, os pastores, nunca devemos esquecer esses fatos. Um bom acompanhamento pelo treinador evita a exaustão.

Em suma, pastores e líderes nunca devem negligenciar suas necessidades físicas, emocionais e espirituais, independentemente das condições.

AJUDE-NOS, DEUS!

Robert Lay

Ministério da Igreja celular Brasil

Spanish blog:

El cuidado del alma del líder

Por Robert Lay www.celulas.com.br

Es un hecho que todos necesitamos observar ciertas reglas y habitos con el proposito de mantener una buena salud emocional y espiritual. Existe una gran diferencia entre un pastor de tiempo completo y un lider de célula, que trabaja ocho horas diarias de Lunes a Viernes y Sabado al medio dia, y que invierte dos horas extras más en el tráfico. Para un pastor es mas fácil tomarse un dia completo de descanso. Esto no significa que el pastor no trabaja, en lo absoluto, pero su tiempo de trabajo es más flexible. Aqui en Brasil, los pastores normalmente toman el dia Lunes como dia de descanso, y la por la congregacion respeta y entiende esto.

Por otro lado, los líderes de células tienen una agenda más apretada. Nosotros como pastores debemos tener esto en mente cuando planeamos las actividades de la iglesia y  cuando se organiza la agenda. Fuimos entrenados para llenar la agenda con actividades y programas, de cierta manera pensando que nuestra congregación se volverá más espiritual con actividades extras. Pero la realidad es que hacer un sin número de actividades desgasta a nuestra congregación, especialmente a nuestros lideres. En una celula interna, los lideres necesitan atención especial, sus agendas deben estar un poco más desahogadas, especialmente los Domingos. ¿Y que hay de las reuniones extra? No debemos esperar demasiado de nuestros lideres los dias Domingos , es bueno que tengan tiempo para descansar y estar con sus familias. El líder o lidereza  no podrá descansar el Lunes o algun otro día, mas que su día de descanso.

Otro aspecto de la vida de los líderes es un cuidado personal de sus entrenadores. Sabemos que se mantienen en constante lucha en sus trabajos para mantener a sus familias y están ocupados todo el tiempo con las celulas y sin tener tiempo suficiente para descansar. Ellos necesitan llenar sus necesidades espirituales y como lideres necesitan ser también guiados por sus supervisores. Como pastores no debemos olvidar estos consejos. Un buen seguimiento puede evitar que el lider se apague o desgaste.

Para resumen, los pastores y líderes no deben hacer a un lado sus necesidad emocionales o espirituales, no importa en que condiciones se encuentren.

AYUDANOS DIOS!

Robert Lay

Ministerio de celulas, Iglesia de Brasil

Expanding The Cell Vision In Brazil and Around the World

coaches_robLAY-web

By Robert Lay, Cell Church Ministry Brazil, www.celulas.com.br

It all started in 1981, when studying in California. Pastor John Jackson from Crescent Southern Baptist in Anaheim brought video training materials from Houston, produced By Dr Ralph Neighbour. The videos taught on friendship evangelism and share groups. For the first time I was exposed to a simple and natural way to evangelize through  “oikos” relationships, which resulted in forming cell groups. Also at that time Dr. David Cho wrote a booklet called, “Family Groups and Church growth.” We stated to form small groups but had no further information about the systems needed to run them.

In 1995 I heard that Dr. Neighbour was in Singapore helping Pastor Lawrence Khong at Faith Community Baptist Church. I made contact with him and went to Singapore for one month to learn from him and Lawrence. I studied their cell model, participated in all the  trainings, cell meetings, and services.

Coming back to Brazil, I started to translate all the materials needed to run a full-fledged cell church. One year later I went to Harrisburg VA to visit  Cornerstone Church where Dion Robert and Dr. Bill Beckham were guest speakers.  At the same trip I went to Houston to meet with Dr. Neighbor. There I got acquainted with the Year of Transition materials, four seminars of training, helping churches to transition to cells.

We then translated the materials into Portuguese, and in 1997 we started to teach “The Year of Transition.” Today, after twenty years,  we  have trained about 25.000 pastors and leaders from a wide range of Christian denominations.

During these past twenty years we have connected with major cell churches and movements around the world. Today we sell more than fifty book titles., along with other translated materials. We have a yearly national cell conference, some regional conferences, and many seminars and trainings. We  pioneered the cell movement in Brazil and connected with authors such as Dr. Joel Comiskey and many others in Brazil and around the globe.

Our intention is to continue to be faithful to the vision of the New Testament Church, helping these churches to transition, plant churches, and fulfill the great  commission. We’ve also started a coaching movement to help pastors and churches in cell ministry. Books, blogs, and networking have also helped the movement to grow stronger and stronger.

Help us God!

Robert Lay

Cell Church Ministry Brazil

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Expandindo a Visão Celular no Brasil e por Todo o Mundo

Por Robert Lay, www.celulas.com.br

Tudo começou em 1981, quando eu estudava na Califórnia. O pastor John Jackson, do Crescent Southern Baptist em Anaheim, trouxe de Houston um material de treinamento em vídeo produzido pelo Dr. Ralph Neighbour. Os vídeos ensinavam sobre evangelismo de amizade e grupos de compartilhamento. Pela primeira vez, fui exposto a uma maneira simples e natural de evangelizar através de relacionamentos “oikos”, que resultam na formação de células. Também naquela época, o Dr. David Cho escreveu um livreto chamado “Grupos Familiares e Crescimento da Igreja”. Nós decidimos formar pequenos grupos, mas não tínhamos mais informações sobre os sistemas necessários para executá-los.

Em 1995, ouvi dizer que o Dr. Neighbour estava em Cingapura ajudando o Pastor Lawrence Khong na Igreja Batista Comunidade da Fé. Entrei em contato com ele e fui para Cingapura por um mês para aprender com ele e Lawrence. Estudei seu modelo celular, participei de todos os treinamentos, reuniões celulares e cultos.

Voltando ao Brasil, comecei a traduzir todos os materiais necessários para dirigir uma igreja em células plenamente. Um ano depois, fui a Harrisonburg, Virgínia, para visitar a Cornerstone Church onde Dion Robert e o Dr. Bill Beckham eram palestrantes convidados. Na mesma viagem, fui a Houston para me encontrar com o Dr. Neighbour. Lá conheci os materiais do Ano de Transição, um treinamento de quatro seminários para ajudar as igrejas na transição para as células.

Traduzimos os materiais para o português e, em 1997, começamos a ensinar “O Ano da Transição”. Hoje, após vinte anos, treinamos cerca de 25 mil pastores e líderes de uma ampla gama de denominações cristãs.

Nos últimos vinte anos, nos relacionamos com grandes igrejas celulares e movimentos por todo o mundo. Hoje vendemos mais de cinquenta títulos de livros, juntamente com outros materiais traduzidos. Temos uma conferência celular nacional anual, algumas conferências regionais e muitos seminários e treinamentos. Nós fomos pioneiros no movimento celular no Brasil e nos relacionamos com autores como o Dr. Joel Comiskey e muitos outros no Brasil e em todo o mundo.

Nossa intenção é continuar a ser fiel à visão da Igreja do Novo Testamento, ajudando essas igrejas na transição, a plantar igrejas e a cumprir a grande comissão. Também iniciamos um movimento de treinamento para ajudar pastores e igrejas no ministério celular. Livros, blogs e redes também ajudaram o movimento a se tornar cada vez mais forte.

Ajude-nos, Deus!

Robert Lay

Ministério da Igreja em Células Brasil

Spanish blog:

Expandiendo la visión célular en Brasil y alrededor del mundo

Por Robert Lay, www.celulas.com.br

Todo comenzó en 1981, cuando estudiaba en California. El pastor John Jackson de Crescent Southern Baptist en Anaheim, llevo materiales de capacitación en video desde Houston; estos eran creados por el Dr. Ralph Neighbour. Los videos enseñaban acerca del evangelismo de compañerismo y las células. Por primera vez fui expuesto a una manera muy simple y natural de evangelizar mediante relaciones “oikos”, que al final resultaron  en la formación de células. También en ese momento el Dr. Cho escribió un folleto llamado, “Family Groups and Church growth” (“Grupos familiares y el creciminto de la Iglesia”). Comenzamos a formar grupos pero no aún no teniamos la sufieciente información acerca de los sitemas necesarios para ejecutarlos.

En 1995 escuché que el Dr. Neighbour estaba en Singapur ayuadando al Pastor Lawrence Khong en la Iglesia Bautista Faith Community. Me comuniqué con él y fui a Singapur por un mes, para aprender con él y con Lawrence. Estudié su modelo celular, partícipe en todas las capacitaciones, células y servicios.

Regresé a Brasil y comencé a traducir todo el material que necesitaba para tener una iglesia célular plena. Un año más tarde visité la Iglesia Cornerstone, en Harrisonburg, Virginia dónde el Dr. Dion Robert y el Dr. Bill Beckham eran los expositores invitados. En el mismo viaje fui a Houston y me reuní con el Dr. Neighbor. Allí me familiaricé con, el Año del Material de Transición, cuatro seminarios de capacitacion, ayudando a las iglesias a realizar la transición a las células.

Después tradujimos el material a Portugués, en 1997 comenzamos a enseñar “ El Año del Material de Transición”. Ahora, después de veinte años, hemos capacitado cerca de 25,000 pastores y líderes de un amplío rango de denominaciones cristianas.

Durante estos últimos veinte años nos hemos relacionados con las principales iglesias y movimientos celulares alrededor del mundo. Hoy en día vendemos más de cincuenta títulos de libros., Junto con otros materiales traducidos. Tenemos una conferencia nacional anual, sobre células, algunas conferencias regionales y muchos seminarios y capacitaciones. Pioneros del movimiento celular en Brasil y relacionados con autores como el Dr. Joel Comiskey y muchos otros en Brasil y en todo el mundo.

Nuestra intención es seguir siendo fieles a la visión de la Iglesia del Nuevo Testamento, ayudando a estas iglesias a transitar, plantar iglesias y cumplir con la gran comisión. También hemos iniciado un movimiento de coaching (capacitación) para ayudar a pastores e iglesias en el ministerio celular. Libros, blogs y redes también han ayudado al movimiento a crecer más fuerte y fuerte.

Dios ayudanos!

Robert Lay

Cell Church Ministry Brazil

Neglecting Key Parts of the Life Group

coaches_robLAY-web

By Robert Lay, Cell Church Ministry Brazil, www.celulas.com.br

It is a fact that there are Life group leaders who need help in maintaining vital parts of the group in the cell meeting. Some are new leaders and some do not have a clear vision of the overall cell meeting. In any case,  it is important for the cell Pastor to give specific guidelines to the leader through a detailed cell track. It should start with Ice Breaker suggestions, Worship suggestions, Word time with at least three questions that applies God’s Word to everyday life, and suggestions to do the Works time, which means evangelistic efforts for the cell. As the cell leader is matures, this cell order track can be softer and more flexible.

Another problem can be spending too much time in one of the parts of the cell meeting. Some cells spend a lot of time on the Ice Breaker and Worship time. People love to share their stories, talk about themselves, and sing and worship God for long periods–mainly in Latin culture countries. The Word gets only a short time and Works is completely neglected.

It is important that cell reports be filled out with all that happens in the cell, so the Supervisor can detect deficiencies and kindly make suggestions for corrections to these leaders.

Help us God!

Robert Lay

Cell Church Ministry Brazil

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Negligenciando Momentos Importantes da Célula

Por Robert Lay, www.celulas.com.br

É um fato que existem líderes de célula que precisam de ajuda para manter partes vitais do grupo na reunião celular. Alguns são líderes novos e alguns não têm uma visão clara geral da reunião da célula. Em qualquer caso, é importante que o pastor responsável dê orientações específicas ao líder através de um trilho celular detalhado. Deve começar com sugestões de quebra-gelo, sugestões de adoração, tempo de palavra com pelo menos três questões que aplicam a Palavra de Deus ao cotidiano e sugestões para fazer o tempo de Obras, que significa esforços evangelísticos para a célula. À medida que o líder da célula vai amadurecendo, esse trilho de ordem celular pode ser mais suave e mais flexível.

Outro problema pode ser passar muito tempo em uma única parte da reunião celular. Algumas células gastam muito tempo no momento do quebra-gelo e da adoração. As pessoas adoram compartilhar suas histórias, conversar sobre si mesmas e cantar e adorar a Deus por longos períodos – principalmente nos países de cultura latina. Para o momento da palavra é dedicado apenas um curto período de tempo e o momento Obras é completamente negligenciado.

É importante que os relatórios das células sejam preenchidos com tudo o que acontece na célula, para que o supervisor possa detectar deficiências e fazer sugestões gentis para correções para esses líderes.

Ajude-nos, Deus!

Robert Lay

Ministério Igreja em Células Brasil

Spanish blog:

Descuidando puntos clave en la célula.

Por Robert Lay, www.celulas.com.br

Es un hecho que hay líderes celulares que necesitan ayuda para mantener puntos vitales en la célula. Algunos líderes son nuevos y otros no tienen una visión clara de la célula en general. En cualquier caso, es importante que el Pastor provea  lineamientos específicos al líder a través de un detallado curso célular. Este debería comenzar con sugerencias para romper el hielo, sugerencias en la adoración, en el tiempo de la enseñanza, hacer al menos tres preguntas que apliquen la Palabra de Dios a la vida diaria y dando sugerencias para hacer Obras, lo que significa hacer esfuerzos evangelísticos en la célula. A medida que el líder de la célula madura, este curso celular puede ser más ligero y más flexible.

Otro problema puede ser, usar demasiado tiempo en uno de los puntos de la célula. Algunas células usan mucho tiempo en romper el hielo  y en el momento de adoración. A las personas les encanta compartir sus historias, hablar de sí mismos, cantar y adorar a Dios por largos períodos – principalmente en los países de cultura latina. La Enseñanza recibe sólo un período corto y las Obras (evangelismo) son completamente descuidadas.

Es importante que los informes de la célula se llenen con todo lo que sucede en esta, así el supervisor puede detectar deficiencias y amablemente hacer sugerencias para corregir a los líderes.

¡Dios, Ayúdanos!

Robert Lay

Cell Church Ministry Brasil

Word Time in the Cell Meeting

coaches_robLAY-web

By Robert Lay, Cell Church Ministry Brazil, www.celulas.com.br

Leaders need to be properly trained to lead the Word time. It is a time where the cell members are challenged to apply what they learned on Sunday. It should be a time of encouragement to obey God’s Word, rather than deepening or discussion of biblical knowledge. It should not be a contest of biblical knowledge. It makes no difference if the sermon is being used or any other method. By all means we are not repeating the sermon, trying to perfect it or discuss it, but our goal is to “interact” with the Word of God. The main concern should be to maximize three questions that facilitate comprehension and application of the subject.

The Pastor or the person in charge of writing the guides for edification, should also go through a training to be as simple and clear as possible with comments on the text and resulting questions. We never should take anything for granted in preparing the materials for our leaders. They need to receive everything worked out in a most simple and understandable form for life application. They do not have the time to research about what the Pastor meant or  has written. As said before it is “obedience time” to biblical truths, and not deepening of theological knowledge time.

It also is important, not to let the application turn into an “I think” affirmation. But the emphasis should be on an “I will do…” attitude. In the next cell meeting, there should be an accountability time for “I did…”

Help us GOD.

Robert Lay, Cell Church Ministry Brazil

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Momento da Palavra na Reunião de Célula

Por Robert Lay, www.celulas.com.br

Líderes precisam ser adequadamente treinados para conduzir o momento da Palavra. É um tempo no qual os membros da célula são desafiados em aplicar o que eles aprenderam no domingo. Deve ser um momento de encorajamento a obedecer a Palavra de Deus, em vez de aprofundar ou discutir o conhecimento bíblico. Não deve ser uma competição de conhecimento bíblico. Não faz diferença alguma se o sermão está sendo usado ou qualquer outro método. Por todas as formas nós não estamos repetindo o sermão, tentando aperfeiçoa-lo ou discuti-lo, mas nosso objetivo é “interagir” com a Palavra de Deus. A principal preocupação deve ser maximizar três perguntas que facilitam a compreensão e a aplicação do assunto.

O Pastor ou a pessoa responsável por escrever os guias para edificação devem também passar por um treinamento para ser o mais simples e claro possível com comentários sobre o texto e questões resultantes. Nós nunca devemos deixar de dar valor em preparar os materiais para os nossos líderes. Eles precisam receber tudo elaborado da forma mais simples e compreensível para aplicação da vida. Eles não têm o tempo para pesquisar sobre o que o Pastor quis dizer ou escreveu. Como dito antes é o “momento de obediência” às verdades bíblicas, e não de aprofundamento do conhecimento teológico.

Também é importante não deixar a aplicação se tornar numa afirmação de “eu acho”. Mas a ênfase deve ser em uma atitude de “eu farei…”. Na próxima reunião de célula, deve haver um momento de prestação de contas para “eu fiz…”

Ajude-nos DEUS.

Robert Lay, Ministério Igreja em Células Brasil

Spanish blog:

La hora de la palabra en la reunión celular

Por Robert Lay, www.celulas.com.br

Los líderes necesitan ser entrenados apropiadamente para dirigir el tiempo de la Palabra. Es un momento en el que los miembros de la célula se ven obligados a aplicar lo que aprendieron el domingo. Debe ser un tiempo de aliento para obedecer la Palabra de Dios, en lugar de profundizar o discutir el conocimiento bíblico. No debe ser un concurso de conocimiento bíblico. No hace ninguna diferencia si la predicacion está siendo usada o cualquier otro método. Por supuesto que no estamos repitiendo la predicacion, tratando de perfeccionarlo o discutirlo, pero nuestro objetivo es “interactuar” con la Palabra de Dios. La principal preocupación debe ser maximizar tres preguntas que facilitan la comprensión y la aplicación del tema.

El Pastor o la persona a cargo de escribir las guías para la edificación, también debe pasar por una formación para ser lo más simple y claro posible, con comentarios sobre el texto y las preguntas resultantes. Nunca debemos tomar nada por sentado en la preparación de los materiales para nuestros líderes. Ellos necesitan recibir todo lo que se ha elaborado de la forma más sencilla y comprensible para la aplicación de la vida. No tienen tiempo para investigar sobre lo que el Pastor ha querido decir o ha escrito. Como se ha dicho antes es “tiempo de obediencia” a verdades bíblicas, y no profundización del tiempo de conocimiento teológico. 

También es importante, no dejar que la aplicación se convierta en una afirmación “creo”. Pero el énfasis debe estar en una actitud de “Yo lo haré …”. En la siguiente reunión de la célula, debería haber un tiempo de rendición de cuentas el cual “lo hice …”

Ayúdanos a DIOS.

Robert Lay, Ministerio Celular de la Iglesia en Brasil

God Uses Weak Vessels in Cell Leadership

coaches_robLAY-web

By Robert Lay, Cell Church Ministry Brazil, www.celulas.com.br

God can use any vessel to lead a cell. I think by using the term “leader” we scare people off from group ministry. Why? Because when people think of a leader, they often imagine an extrovert, outspoken person, great abilities, and so forth. For example, after reading a book like John Maxwell’s  21 irrefutable laws of leadership, it’s easy to think that only  a certain few can truly lead. I myself get depressed after reading such books. We have to lower the bar, so more people can lead groups. Dr. Cho said long ago that you can use people in group leadership if you have a mature coach or supervisor.

In Brazil there are a lot of churches using the term “facilitator” instead of leader. This term better describes the leadership role in the cell because the leader facilitates the edification of one another. Actually, it is not the leader or facilitator or leadership core team that edifies the cell, it is Christ’s presence. He uses any committed cell member to edify others. The leader and the cell have to understand this.

It is not the duty of the leader to edify everybody in the cell. This takes a heavy load off his or her shoulders, and makes the task easier. So, the leader and the core team do not need to have all the talents and gifts of the Holy Spirit. They will be distributed in the cell according to God’s sovereign will, and this makes it easier for anyone to lead a cell group.

Help us God

Robert Lay

Cell Church Ministry Brazil

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Deus Usa Vasos Fracos na Liderança da Célula

Por Robert Lay, www.celulas.com.br

Deus pode usar qualquer vaso para liderar uma célula. Eu acho que ao usar o termo “líder” nós assustamos as pessoas de fora do ministério celular. Por quê? Porque quando as pessoas pensam em um líder, muitas vezes imaginam uma pessoa extrovertida, franca, com grandes habilidades, e assim por diante. Por exemplo, depois de ler um livro como 21 irrefutable laws of good leadership (“21 leis irrefutáveis da boa liderança”, em tradução livre) é fácil pensar que apenas alguns podem realmente liderar. Eu mesmo fico deprimido depois de ler esses livros. Nós temos que abaixar a barra, para que mais pessoas possam liderar grupos. Dr. Cho disse há muito tempo que você pode usar as pessoas na liderança do grupo se você tiver um treinador ou supervisor maduros.

No Brasil, há muitas igrejas usando o termo “facilitador” em vez de “líder”. Este termo realmente descreve melhor o papel de liderança na célula porque o líder facilita a edificação uns dos outros. Na verdade não é o líder, o facilitador ou a equipe de liderança que edificam a célula, é a presença de Cristo. Ele usa qualquer membro comprometido da célula para edificar os outros. O líder e a célula precisam entender isso.

Não é dever do líder edificar todos na célula. Isso tira uma carga pesada de seu ombro e torna a tarefa mais fácil. Assim, o líder e a equipe central não precisam ter todos os talentos e dons do Espírito Santo. Eles serão distribuídos na célula de acordo com a vontade da soberania de Deus, e isso torna mais fácil para qualquer pessoa liderar uma célula.

Ajude-nos, Deus!

Robert Lay

Ministério Igreja em Células Brasil

Spanish blog:

Dios usa vasos débiles en el liderazgo celular

Por Robert Lay, www.celulas.com.br

Dios puede usar cualquier vaso para dirigir una célula. Creo que al usar el término “líder” asustamos a la gente del ministerio de grupo. ¿Por qué? Porque cuando la gente piensa en un líder, a menudo se imaginan una persona extrovertida, franca, con grandes habilidades, y así sucesivamente. Por ejemplo, después de leer un libro como 21 leyes irrefutables de un buen liderazgo, es fácil pensar que sólo unos pocos pueden realmente dirigir grupos. Yo mismo me deprimo después de leer esos libros. Tenemos que bajar la barra, por lo que más personas pueden dirigir grupos. El Dr. Cho dijo hace mucho tiempo, puedes usar gente en el liderazgo de grupo si tienes un entrenador maduro o supervisor.

En Brasil hay muchas iglesias que usan el término “facilitador” en lugar de líder. Este término en realidad describe mejor el papel de liderazgo en la célula porque el líder facilita la edificación de unos a otros. En realidad, no es el Líder o facilitador o equipo central de liderazgo el que edifica la célula, es la presencia de Cristo. Él usa a cualquier miembro comprometido en la célula para edificar a otros. El líder y la célula tienen que entender esto.

No es el deber del líder edificar a todos en la célula. Esto le quita una carga pesada de su hombro, y hace la tarea más fácil. Por lo tanto, el líder y el equipo central no necesitan tener todos los talentos y dones del Espíritu Santo. Serán distribuidos en la célula de acuerdo con la voluntad de la soberanía de Dios, y esto hace que sea más fácil para cualquier persona dirigir un grupo de células.

Ayúdanos a Dios

Robert Lay

Celular Iglesia Ministerio Brasil