Concentration Demands a Paradigm Shift

joel

by Joel Comiskey

What would happen to your church if people understood that the first place to be involved was a cell group? If they knew that the cell group was the best place to discover and exercise their spiritual gift (s) and to receive discipleship? What if nothing was as important?

And shouldn’t this be the case? After all, isn’t the cell the church? Wasn’t this the main place where people were involved in the first century church? Wasn’t this where discipleship took place back then?

Yet, as I look out on the church scene today, I often see pastors pleading with their people to get in a cell group and desperately trying techniques to make attendance in cell groups more palatable. Yes, I do believe we need to understand our culture and people’s busy schedule, but if we truly understood the importance of life-giving, holistic, New Testament cells, we would make holistic cells the church’s priority. We would assume and even expect 100% involvement. We would then proceed to do whatever it took to make it a reality. We wouldn’t ask our people to add a myriad of programs and ministries that scatter their attention and confuse their priorities.

So. . . s more fundamental problem is misplaced priorities. Let me ask you, pastor, do you truly believe that the cell is the church? Do you believe that it’s the key place where discipleship takes place, where the gifts are discovered, and where true community happens? Is cell involvement is just as important (or more important) than involvement in the larger gathering? If so, you and your church will unashamedly prioritize cell involvement and do what it takes to make it the base of your church.

Thoughts?

Joel

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Concentração Exige Mudança de Paradigma

por Joel Comiskey

O que aconteceria com a sua igreja se as pessoas entendessem que o primeiro lugar onde devem se envolver é a célula? E se eles soubessem que a célula é o melhor lugar para se descobrir e exercitar seus dons espirituais e ser discipulado? E se nada fosse mais importante?

Não deveria esse ser o caso? Afinal, não é a célula a igreja? Não foi esse o local principal onde as pessoas eram envolvidas na igreja do primitiva? Não foi ali que o discipulado iniciou?

Sendo assim, quando olho para o cenário da igreja atual, sempre vejo pastores pleiteando com seu povo para se envolverem em uma célula e desesperadamente buscando técnicas para fazer que a participação nestas células sejam mais prazerosas. Sim, creio que temos que entender nossa cultura e as agendas complicadas das pessoas, mas se verdadeiramente entendermos a importância de uma vida onde nos doamos holisticamente, como nas células do Novo Testamento, faramos nossas células de forma mais holsticas como sendo prioridade da igreja. Assumiramos e esperaramos 100% de envolvimento. Então continuaramos fazendo o que fossse possvel para tornar isso realidade. Não precisaramos pedir aos nossos fiéis que criassem uma infinidade de programas e ministérios que acabariam por dispersar a atenção e confundir suas prioridades.

Então… O problema fundamental são as prioridades mal orientadas. Deixe-me perguntar, pastor, você realmente crê que a célula é a igreja? Você acredita que seja o local chave onde o discipulado acontece, onde os dons são descobertos e onde a comunhão acontece? É o envolvimento na célula tão importante quanto (ou mais importante) do que um envolvimento em uma proporção maior? Se sim, você e sua igreja vão priorizar, sem medo, o envolvimento na célula e fazer o que for necessário para fazer que ela seja a base da sua igreja.

Comentários?

Joel

Spanish blog:

La concentración exige un cambio de paradigma

Por Joel Comiskey

¿Qué le pasara a tu iglesia si la gente entendiera que el primer lugar para participar es el grupo celular? ¿Si supieran que el grupo celular es el mejor lugar para descubrir y ejercitar su don espiritual (es) y para recibir discipulado? ¿Y que nada es tan importante?

Y ¿No debera ser este el caso? Después de todo, ¿No es la célula la iglesia? ¿No era este el lugar principal donde las personas participaban en la iglesia del primer siglo? ¿No era éste el lugar donde el discipulado se llevó a cabo en ese entonces?

Sin embargo, al mirar hacia fuera en la escena de la iglesia hoy en da, veo a menudo los pastores suplicando a su gente a que entren en un grupo de células y tratando desesperadamente técnicas para hacer que la asistencia de los grupos celulares sean más apetecibles. S, yo creo que tenemos que entender nuestra cultura y la agenda apretada de la gente, pero si realmente entendiéramos la importancia de dar vida, holstico, las células del Nuevo Testamento, haramos prioridad en las células holsticas para la iglesia. Queremos asumir y confiar en la participación a un 100%. Entonces procederemos a hacer lo que sea necesario para hacerlo realidad. Nosotros no le pedimos a nuestra gente que añada un gran número de programas y ministerios que dispersen tu atención y confundan sus prioridades.

As. . . que es un problema fundamental el dar prioridades equivocadas. Déjame preguntarte, pastor, ¿Cree usted realmente que la célula es la iglesia? ¿Cree usted que es el lugar clave donde el discipulado toma lugar, donde se descubren los dones, y donde la verdadera comunidad sucede? ¿Es la participación de las células tan importante (o más importante) que participación en la reunión en la iglesia? Si es as, usted y su iglesia sin vergüenza priorizará la participación de las células y harán lo que sea necesario para la base de su iglesia.

¿Pensamientos?

Joel

Leave a Reply

Your email address will not be published.