Integration Speed Bumps

steve

by Steve Cordle, www.crossroadsumc.org

When our church transitioned to the cell church model nearly 14 year ago, most of the people made the journey with us. A small minority did not and left. I was troubled by the departure of those folks, and I looked for the reasons why they couldn’t stay with us.

Of course, I’m sure I could have led better. However, the core issue was that they held some (largely unexamined) assumptions about the nature of the church that differed significantly from the cell church. Those who made the switch to cell church practices first made the switch to cell church thinking in these core areas:

  • From Member to Disciple-maker as the goal for a believer
  • From Education to Equipping as the paradigm for growth
  • From Program to Relationship as the means of growth
  • From Growing Deeper to Reaching Outward as the orientation for a group
  • From the church with Cells to the church is Cells as our goal

Could it be that problems you may have with integrating ministry under cells comes from people not yet making these shifts?

Steve

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Obstáculos da Integração

Por Steve Cordle, www.crossroadsumc.org

Quando a nossa igreja transacionou para o modelo de igreja em células há aproximadamente 14 anos, muitas pessoas embarcaram nessa jornada conosco. Uma pequena minoria não e deixou a igreja. Eu fiquei perturbado com a sada dessas pessoas e procurei os motivos porque eles não quiseram permanecer conosco.

É claro, tenho certeza que poderia ter liderado melhor. No entanto, o ponto principal é que eles tinham algumas (sem examinar claramente) ideias sobre a natureza da igreja que diferia significativamente da igreja em células. Aqueles que aderiram à mudança para a prática das igrejas em célula primeiro aderiram ao pensamento da igreja em células nas seguintes áreas principais:

– De membro a fazedor de discpulos como o objetivo do crente

РDa educa̤̣o para a equipagem como o paradigma para o crescimento

– Do programa para o relacionamento como meio de crescimento

РDo crescer intimamente para o alcan̤ar vidas como orienta̤̣o para um grupo

РDe uma igreja com c̩lulas para uma igreja onde c̩lulas sejam nosso objetivo

Não seriam esses problemas que você tem ao integrar os ministérios debaixo das células advindos das pessoas que ainda não passaram por essas mudanças?

Steve

Spanish blog:

La integración y sus tropiezos

Por Steve Cordle, www.crossroadsumc.org

Cuando nuestra iglesia transiciono al modelo de la iglesia celular  hace casi 14 años, la mayora de las personas hicieron el viaje con nosotros. Una pequeña minora no lo hizo y se fue. Yo estaba preocupado por la ida de esas personas, y me puse a buscar las razones por las que no podan quedarse con nosotros.

Por supuesto, estoy seguro de que podra haber liderado mejor. Sin embargo, la pregunta fundamental es que se llevaron algunas (gran parte de no examinados) asunciones sobre la naturaleza de la iglesia que difera significativamente de la iglesia celular. Los que hicieron el cambio a las prácticas de la iglesia celular primero hicieron el cambio pensando en la iglesia celular, estas son las áreas básicas:

· De Miembro a hacedor de discpulos como la meta para un creyente

· De la educación para equipar como el paradigma para el crecimiento

· Desde el Programa de relación como el medio de crecimiento

· De hacer más profundo a alcanzar hacia el exterior como la orientación para un grupo

· De la iglesia con células a, la iglesia es la célula como nuestro objetivo

¿Podra ser que los problemas que pueda tener con la integración del ministerio bajo células proviene de gente que todava no hace estos cambios?

Steve

Leave a Reply

Your email address will not be published.