A Structure of CARE (part 1)

andrew

By Andrew Mason

Cell Coaching is not a leadership pyramid scheme; rather, it is a structure of CARE.

John 3:6 says, “That which is born of the flesh is flesh, and that which is born of the Spirit is spirit.” If we neglect caring for our cell leaders, the majority of the leaders will neglect caring for the members of their cell. Flesh gives birth to flesh.

If we provide ongoing care for all of our cell leaders through coaching, the majority of them will provide care for the members of their cell. Spirit gives birth to spirit.

In their book, Small Groups Big Impact, Egli and Marable’s research revealed discoveries pointing to the critical need of cell coaching. They wrote, “A related survey item that correlates negatively with small group health says: ‘I feel as if no one keeps track of our group or me as a leader.’” On the other hand, when group leaders were asked if their coach or pastor met with them personally to encourage them, “leaders who respond with ‘often’ or ‘very often,’ have groups that are stronger in every health and growth measure!”

Through Christ-centered coaching, we need to do to the cell leaders what we want them to do to cell members. I use an acronym for the word C.A.R.E. to break down what I have my coaches focusing on. These four coaching values are also listed in order of priority with the first being the most important.

C – Cover in Prayer

First and foremost, I desire each cell leader to be covered in prayer on a daily basis by their coach. I want the coach to be intimately aware of their leader’s prayer requests as a result of building relationship and interceding for them everyday.

I also believe it’s important for coaches to let their leaders know several times throughout each month that they are praying for them through emails, texts and and/or phone calls. This is not for the purpose of boasting, but for affirming the spiritual support that is behind them as cell leaders. This helps to create a culture of prayer that eventually flows out to the members of the cell group.

I’ll cover the letters A, R, and E in my next blog,

Andrew

Andrew Mason is an Associate Pastor at Real Life Church, a family of churches in the Nor. CA region. He is also Founder of SmallGroupChurches.com, an online community of leaders dedicated to growing churches one small group at a time. Andrew resides in Sacramento, CA with his wife Camille and their son.

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Uma Estrutura de Cuidado

Por Andrew Mason

O Treinamento Celular não é um esquema piramidal de liderança; ao contrário, é uma estrutura de CUIDADO.

João 3:6 diz, "O que é nascido da carne é carne; mas o que nasce do Esprito é esprito." Se negligenciarmos cuidar de nossos lderes de célula, a maioria deles negligenciará cuidar dos membros de sua célula. A carne dá à luz a carne.

Se nós providenciarmos cuidado contnuo para nossos lderes de célula através de treinamento, a maioria deles providenciará cuidado para os membros de sua célula. O Esprito dá à luz o esprito.

Em seu livro, Pequenos Grupos Grande Impacto, a pesquisa de Egli e Marable revelou descobertas que apontam para a necessidade crtica de treinamento celular. Eles escreveram, "Um item relacionado à pesquisa que se correlaciona negativamente com a saúde do pequeno grupo diz: ‘Eu sinto como se ninguém mantivesse controle de nosso grupo ou de mim como um lder. ‘" Por outro lado, quando os lderes de grupos foram questionados se seus treinadores ou pastores se reúnem pessoalmente com eles para encorajá-los, "lderes que respondem com ‘frequentemente’ ou ‘muito frequentemente’ têm grupos que são mais fortes em todas as medidas de saúde e crescimento!”

Através do treinamento centrado em Cristo, nós precisamos fazer aos lderes de célula o que queremos que eles façam aos membros da célula. Eu uso um acrônimo para a palavra C.A.R.E. (que em português, significa “cuidado”) para quebrar o que meus treinadores têm focado. Esses quatro valores de treinamento também estão listados em ordem de prioridade, sendo o primeiro o mais importante.

C – Cobertura em Oração

Primeira e principalmente, eu desejo que cada lder de célula seja coberto em oração diariamente por seu treinador. Eu quero que o treinador esteja intimamente ciente dos pedidos de oração de seus lderes, como resultado da construção do relacionamento, e intercedendo por eles todos os dias.

Eu também acredito que seja importante que os treinadores deixem que seus lderes saibam várias vezes durante cada mês que eles estão orando por eles através de e-mails, textos e/ou ligações telefônicas. Isso não tem como objetivo vangloriar-se, mas afirmar o suporte espiritual que há por trás deles como lderes de células. Isso ajuda a criar uma cultura de oração que eventualmente flui para os membros do grupo celular.

Eu vou cobrir as letras A,R e E no meu próximo blog,

Andrew

Andrew Mason é um Pastor Associado na Igreja Vida Real, uma famlia de igrejas na região do norte da Califórnia. Ele também é o Fundador do SmallGroupChurches.com, uma comunidade online de lderes dedicados ao crescimento das igrejas, um pequeno grupo de cada vez. Andrew reside em Sacramento, Califórnia com sua esposa Camille e seu filho.

Spanish blog:

Una estructura de cuidado (parte 1)

Por Andrew Mason

Entrenamiento celular no es un esquema piramidal de liderazgo; más bien, es una estructura de CUIDADO.

Juan 3:6 dice: "Lo que es nacido de la carne, carne es, y lo que es nacido del Espritu, espritu es". Si descuidamos el cuidado de nuestros lderes celulares, la mayora de los lderes descuidara el cuidado de los miembros de su célula. La carne da a luz carne.

Si proporcionamos atención continua para todos nuestros lderes celulares a través del entrenamiento, la mayora de ellos proveerá cuidado a los miembros de su célula. El espritu da a luz espritu.

En su libro, Grupos Pequeños grandes Impacto, la investigación de Egli y Marable reveló descubrimientos que apuntan a una crtica necesidad al entrenamiento celular. Ellos escribieron: "Un punto de la encuesta relacionada que se correlaciona negativamente con la pequeña de salud del grupo dice: Me siento como si nadie hace un seguimiento a nuestro grupo o a m como lder". Por otro lado, cuando se preguntó a los lderes del grupo si su entrenador o pastor se reunió personalmente con ellos para alentarlos", lderes que respondan con "a menudo" o "muy a menudo", tienen grupos que son más fuertes en todas las medidas de salud y crecimiento.

A través de Cristo concentrados en el entrenamiento, tenemos que hacerles a los lderes celulares lo que queremos que hagan a los miembros celulares. Yo uso un acrónimo de la palabra C.A.R.E. para romper  lo que mis entrenadores se concentran. Estos cuatro valores de entrenamiento se enumeran en orden de prioridad, siendo el primero el más importante.

C – Cubierto en la Oración

En primer lugar, deseo que cada lder celular sea cubierto en la oración a diario por su entrenador. Quiero que el entrenador sea ntimamente consciente de las peticiones de oración de su lder, como resultado de la construcción de relaciones e intercediendo por ellos todos los das.

También creo que es importante que los entrenadores le digan a sus lderes varias veces durante cada mes que están orando por ellos a través de correos electrónicos, textos y/o llamadas telefónicas. Este no es el propósito de jactancia, sino para afirmar el apoyo espiritual que está detrás de ellos como lderes celulares. Esto ayuda a crear una cultura de oración que con el tiempo fluye hacia los miembros del grupo celular.

Cubriré las letras A, R y E en mi próximo blog,

Andrew

Andrew Mason es un pastor asociado de la iglesia Real Life, una familia de iglesias en el Nor. Región de California. También es el fundador de SmallGroupChurches.com, una comunidad en lnea de lderes dedicada al crecimiento de iglesias un pequeño grupo a la vez. Andrew vive en Sacramento, California, con su esposa Camille y su hijo.

Leave a Reply

Your email address will not be published.