Cell Ministry Goes on During the Summer

keith

by Osvaldo Kentura,

[I, Joel Comiskey, am pleased to introduce my good friend Osvaldo Kentura, one of the cell church pastors at Central Baptist Church in Belo Horizonte, Brazil. Osvaldo and his wife, Astrid, supervise 212 cell groups. Along with their pastoral role, Osvaldo and his wife have always led their own cell groups. It was a joy to recently be in Osvaldo’s home during my May visit to Belo Horizonte. The cell passion has spread throughout his entire family. His two younger daughters both lead their own cell groups in Osvaldo’s home. His oldest will lead a new cell in a few months].

My story with Christ dates back to 2002. I had been attending the services of a local Baptist church for almost a year when I was first invited to visit a cell group during the Summer. The second time I went, the cell group had become so crowded that it was multiplying and becoming two distinct cell groups. On that night, each of us was challenged to invite a non-believer. I invited someone and to my surprise, he surrendered his life to Jesus Christ. During the third meeting, it was my turn. I had an encounter with the Holy Spirit and that very night he filled and baptized me during the worship time.

Three meetings. All during the summer time. This was all it took to change my life forever. .

After that, everything went by on lightning speed. One day I was the director of an international company, travelling around the world and enjoying life—or so I thought. Then shortly after my experience in the summer cell, I became the leader of my very first cell group. By the end of 2007 I was challenged to drop my job and dedicate my life to the Lord’s ministry– to become a preacher at the church I had been attending for six short years. At the beginning of 2008, my wife and I were in charge of 23 cell groups and by 2014 the number had been ten times and we now have 212 groups. And it all began with a small group during a scalding hot Summer in 2002.

Small groups, life groups, cell groups or whatever you may choose to name them, must be a daily effort; getting involved with a group and developing relationships must become as natural as breathing or drinking water. To reach the lost we must obey what the Bible teaches us on Acts 5:42 “Day after day, in the temple courts and from house to house, they never stopped teaching and proclaiming the good news that Jesus is the Messiah.” The cell group is our Lord’s church and it must not stop!

Osvaldo

Korean blog (click here)

Portuguese:

O Ministério das Células Continua Durante o Verão 

por Osvaldo Kentura,

[Eu, Joel Comiskey, tenho o prazer de apresentar meu bom amigo Osvaldo Kentura, um dos pastores da igreja em células na Igreja Batista Central, em Belo Horizonte, Brasil. Osvaldo e sua esposa, Astrid, supervisionam 212 grupos de célula. Juntamente com seu papel pastoral, Osvaldo e sua esposa sempre lideraram seus próprios grupos de célula. Foi uma alegria estar recentemente na casa de Osvaldo durante minha visita de Maio à Belo Horizonte. A paixão por células se espalhou por toda a sua famlia. Suas duas filhas mais novas lideram seus próprios grupos celulares na casa de Osvaldo. Sua mais velha vai liderar uma nova célula em poucos meses].

Minha história com Cristo remonta a 2002. Eu estava freqüentando os cultos de uma igreja Batista local por quase um ano quando eu fui convidado pela primeira vez a visitar um grupo celular durante o Verão. A segunda vez que fui, o grupo ficou tão lotado que estava se multiplicando e se transformando em dois grupos de células distintas. Naquela noite, cada um de nós foi desafiado a convidar um não-crente. Eu convidei alguém e, para minha surpresa, ele rendeu sua vida a Jesus Cristo. Durante o terceiro encontro, foi a minha vez. Eu tive um encontro com o Esprito Santo e naquela mesma noite ele me encheu e me batizou durante o tempo de adoração. 

Três encontros. Todos durante o perodo de verão. Isso foi o suficiente para mudar a minha vida para sempre.

Depois disso, tudo correu na velocidade da luz. Um dia eu era o diretor de uma companhia internacional, viajando por todo o mundo e aproveitando a vida- assim eu pensava. Então bruscamente depois de minha experiência na célula de verão, eu me tornei o lder da minha primeira célula. No final de 2007 eu fui desafiado a largar meu emprego e dedicar minha vida ao ministério do Senhor– para me tornar um pregador na igreja que eu tinha freqüentado por seis curtos anos. No começo de 2008, minha esposa e eu éramos responsáveis por 23 grupos celulares e em 2014 o número aumentou dez vezes e agora nós temos 212 grupos. E tudo começou com um pequeno grupo durante um Verão com calor escaldante em 2002.

Pequenos grupos, grupos de vida, grupos de célula ou como você quiser chamá-los, devem ser um esforço diário; se envolver com um grupo e desenvolver relacionamentos deve se tornar tão natural quanto respirar ou beber água. Para alcançar os perdidos nós devemos obedecer o que a Bblia nos ensina em Atos 5:42 "E, todos os dias no templo, bem como de casa em casa, não deixavam de pregar e ensinar que Jesus Cristo é o Messias". O grupo celular é a nossa igreja do Senhor e ela não deve parar!

Osvaldo

Spanish blog:

El Ministerio Celular durante el verano
Por Osvaldo Kentura

[Yo, Joel Comiskey, me complace presentarles a mi buen amigo Osvaldo Kentura, uno de los pastores de la iglesia celular en la Iglesia Bautista Central en Belo Horizonte, Brasil. Osvaldo y su esposa, Astrid, supervisan 212 grupos celulares. Junto con su función pastoral, Osvaldo y su esposa siempre han dirigido sus propios grupos celulares. Fue una alegra estar recientemente en la casa de Osvaldo durante mi visita en Mayo a Belo Horizonte. La pasión celular se ha extendido a lo largo de toda su familia. Sus dos hijas más jóvenes ambas conducen sus propios grupos celulares en la casa de Osvaldo. Su hija mayor dirigirá una nueva célula dentro de unos meses].

Mi historia con Cristo se remonta al 2002, yo haba estado asistiendo a los servicios de una iglesia bautista local durante casi un año, cuando un da fui invitado por primera vez a visitar un grupo celular durante el verano. La segunda vez que fui, el grupo celular estaba tan lleno de gente que se multiplicaba y se convirtió en dos grupos distintos de células. En esa noche, cada uno de nosotros fue retado a invitar a un inconverso. Yo invité a alguien y para mi sorpresa, él entregó su vida a Jesucristo. Durante la tercera reunión, fue mi turno. Tuve un encuentro con el Espritu Santo y esa misma noche fui llenó del espritu santo y me bautizó durante el tiempo de adoración.

Tres reuniones. Durante todo el verano. Esto fue todo lo que necesité para cambiar mi vida para siempre. .

Después de eso, todo fue a la velocidad del rayo. Un da, yo era el director de una empresa internacional, viajando por todo el mundo y disfrutando de la vida o eso crea yo. Luego, poco después de mi experiencia en la célula de verano, me convert en el lder de mi primer grupo celular. A finales del 2007 fui desafiado a dejar mi trabajo y dedicarme al ministerio del Señor para convertirme en un predicador en la iglesia que haba estado asistiendo durante seis cortos años. A principios del 2008, mi esposa y yo estábamos a cargo de 23 grupos celulares y en el 2014 el número haba sido diez veces más alto y ahora tenemos 212 grupos. Y todo comenzó con un pequeño grupo durante un verano caliente escaldado en el 2002.

Los grupos pequeños, grupos de vida, grupos celulares o lo que usted puede elegir nombrarlos, deben ser un esfuerzo diario; involucrarse con un grupo y el desarrollo de relaciones debe ser tan natural como respirar o beber agua. Para alcanzar a los perdidos debemos obedecer lo que la Biblia nos enseña en Hechos 5:42 " Y todos los das, en el templo y por las casas, no cesaban de enseñar y predicar a Jesucristo." El grupo celular es la iglesia de nuestro Señor y no debe parar.

Osvaldo

Leave a Reply

Your email address will not be published.