Why Do We Do Cell Church?

jeff

by Hector Molina

[I, Joel Comiskey, am excited to introduce Hector Molina, a cell church pastor of a Baptist Church in Ridgecrest, CA. I have been coaching Hector for the last three years. He really understands the cell church and is making it work in the desert)

We are a small church in the City of the High Desert in California, with a population around 6,000 American Latinos. As an Anglo-American mission church we did what we knew to do, beautiful programs. We worked very well as a church with those in the general worship attendance but had very few committed people . We spent years trying to increase our attendance numbers but we only went down. This reality led me down a path of soul-searching. I realized that I didn’t want to pastor a rotating door of different faces on Sunday morning. Something had to change. I was not fulfilling the mission of Matthew 28: 19-20.

When new believers learn simply learn to go to Sunday church, sit, sing, hear the Word, and possibly a mid-week Bible study, they do not grow. Our church was full of hearers of the Word and not doers. We realized that Christ’s commission of “making disciples who in turn make disciples” was not being met. This reality sparked me to pray and seek the Lord’s direction. I began to study and research other growing churches around the world, and I came to realize that the common denominator was cell ministry.

We decided to go down the cell church path. After a year of training disciples in the equipping path (using the material Joel Comiskey), we launched the cell vision. We watched the church grow and develop through house to house ministry. We began to feel like the New Testament Church that developed committed leadership, moved from house to house, and then experienced the power of God moving in a mighty way. We began to experience new joy, love and hope. We were doing what Jesus and the early church practiced. We were making disciples who make disciples.

We are excited to be in the cell church vision because it’s biblical. We are now making disciples who make disciples.

Comments?

Hector

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Por que fazemos Igreja Celular?

por Hector Molina

[Eu, Joel Comiskey, estou animado para apresentar Hector Molina, um pastor de igreja em células de uma Igreja Batista em Ridgecrest, Califórnia. Eu tenho treinado Hector pelos últimos três anos. Ele realmente entende a igreja em células e tem feito ela funcionar no deserto].

Nós somos uma igreja pequena na Cidade de High Desert na Califórnia, com uma população em torno de 6.000 latino-americanos. Como uma igreja missionária Anglo-Americana nós fizemos o que sabamos fazer, belos programas. Nós trabalhamos muito bem como uma igreja com aqueles participantes do culto geral de adoração, mas tnhamos muito poucas pessoas comprometidas. Nós passamos anos tentando aumentar os nossos números de pessoas nos cultos, mas nós só fomos para baixo. Essa realidade me levou por um caminho de busca espiritual. Eu percebi que eu não queria pastorear uma porta rotativa de rostos diferentes na manhã de domingo. Alguma coisa tinha que mudar. Eu não estava cumprindo a missão de Mateus 28: 19-20.

Quando novos crentes aprendem, simplesmente aprendem, a ir à igreja no domingo, a sentar, cantar, ouvir a Palavra e, possivelmente, a ter um estudo bblico no meio da semana, eles não crescem. Nossa igreja estava cheia de ouvintes da Palavra, e não cumpridores. Percebemos que a comissão de Cristo de “fazer discpulos que fazem discpulos” não estava sendo cumprida. Essa realidade me despertou para orar e buscar a direção do Senhor. Comecei a estudar e pesquisar outras igrejas em crescimento em todo o mundo, e eu percebi que o denominador comum era o ministério de células.

Decidimos ir pelo caminho da igreja em células. Após um ano de treinamento de discpulos no caminho do equipamento (usando o material de Joel Comiskey), lançamos a visão celular. Nós assistimos a igreja crescer e se desenvolver através do ministério de casa em casa. Começamos a nos sentir como a Igreja do Novo Testamento que desenvolveu uma liderança empenhada, moveu-se de casa em casa, e depois experimentou o poder de Deus se movendo de maneira poderosa. Começamos a experimentar uma nova alegria, amor e esperança. Nós estávamos fazendo o que Jesus e a Igreja primitiva praticavam. Estávamos fazendo discpulos que fazem discpulos.

Nós estamos animados por estarmos na visão da igreja em células, porque ela é bblica. Agora nós estamos fazendo discpulos que fazem discpulos.

Comentários?

Hector

Spanish blog:

Porqué la Visión Celular?

Somos una Iglesia pequeña en la Ciudad del desierto alto en California, con una poblacion alrededor de 6.000 latinos Americanos. Como misión de una iglesia Angloamericana hicimos lo que sabamos hacer, bonitos programas. Trabajamos muy bien con poca gente comprometida, pero con asistencia regular. As pasamos por varios años, aumentábamos en número y luego disminuamos. Esto me llevo a preguntarme, que suceda?

Yo no quiero que dentro de 10 años de ministerio seamos la misma cantidad, posiblemente diferentes rostros pero sin crecimiento real.

Como cumplir la misión de mateo 28: 19-20?

Cuando lo que los nuevos creyentes aprenden es ir los domingos, sentarse, cantar, or la palabra y a mediados de semana un estudio bblico y luego hasta el domingo de Nuevo. La mayora éramos oidores de la palabra pero no hacedores. “Hacer discpulos que a su vez hagan discpulos “es la misión dada por nuestro Señor Jesús a la Iglesia pero no lo estábamos cumpliendo. Esto despertó un motivo de oración, buscando la dirección del Señor. También en un motivo de investigación y búsqueda de qué estaba sucediendo con otras Iglesias alrededor del mundo. Haba odo del iglecrecimiento, pero no me entusiasmo mucho; también de las Iglesias celulares, pero no tena una razón grande para aventarme en algo que no conoca.

Pero ahora estábamos en un momento decisivo, tenamos que cambiar el rumbo. As después de un año de entrenamiento de discpulos en la senda (usamos el material de Joel Comiskey), lanzamos la visión celular, contemplando como la iglesia al principio creció y se desarrolló en las casas. Si el ver en el nuevo testamento una iglesia joven, con crecimiento exponencial, con liderazgo comprometido, saltando de casa en casa, de ciudad en ciudad, de la mano del Señor Jesús y en el poder del Espritu Santo, despertó en nosotros el entusiasmo, la alegra, la esperanza de vernos como esos primeros hermanos llevando el evangelio, haciendo discpulos de casa en casa comprometidos en esos primeros pasos para llegar a ser verdaderos discpulos que se reproducen en otros discpulos, que a su vez harán nuevos discpulos.

Si, de esto se trata; de hacer discpulos…

Comentarios?

Hector

Leave a Reply

Your email address will not be published.