Don’t Short-Change the Process

joel

by Joel Comiskey

In the past, I’ve fallen into the trap of using entrepreneurial people who have not gone through the entire cell process. I’ve fallen into the temptation to use “already formed leaders” to help in the cell work. But I’ve also learned from my failures to avoid this. Experience has taught me over and over that when I short-cut the cell process, I’m inviting disaster.

It’s so easy to look for the “leader types” who have not completed the equipping process and been transformed through the cell system. This is especially true when entrepreneurial people come from other churches. These so called “gifted people” might have lots of business leadership skills but really don’t understand cell ministry and philosophy. They have not gone through the normal process of participation in a cell, being part of a leadership team, church wide-equipping, multiplication leader and so forth. Avoid the trap of inviting them into positions before they’ve paid the price of going through the normal cell process of cell involvement and equipping.

This is true both in church planting and transitioning a traditional church to cell church. I always suggest to transitioning churches that it’s best for the lead pastor to lead the first pilot group (s). The lead pastor facilitates the pilot group (s) so that the future leaders truly experience cell values before they start leading their own groups. Those churches who ignore this advice and short-cut the process usually suffer later on when groups close or become dysfunctional.

I’m coaching a pastor from Quebec who has become excited about the cell vision. He first cultivated the vision in his own heart by reading, talking with other pastors, and asking for coaching. He then plans on sharing the vision with his pastors, key leaders, and board members. But then he’ll ask those willing leaders to meet with him in two pilot groups (he’ll lead both of these groups) for several months. At the same time, he will take these leaders through the church-wide equipping, knowing that they will be future trainers. After the pilot groups multiply, he will then announce the cell vision to his church, asking them to attend one of the new cell groups. The pastor will continue to promote the biblical vision of cell-based ministry while he himself stays in involved in cell ministry.

Developing leaders from within demands a carefully guarded process that should not be avoided in the quest for rapid growth.

Joel

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Não Encurte o Processo

por Joel Comiskey

Na minha busca pelo crescimento da igreja eu ca na armadilha de usar pessoas empreendedoras que migraram para a igreja, mas não passaram por todo o processo celular. Eu ca na tentação de usar “lderes já formados” para ajudar no trabalho com as células. Contudo, eu também aprendi com as minhas falhas a evitar isso. A experiência me ensinou cada vez mais que quando eu encurto o processo celular, eu estou convidando desastres.

É muito fácil procurar pelos “tipos de lder” que não completaram o processo de equipamento e nem foram transformados pelo sistema celular. Isso é verdade especialmente quando pessoas empreendedoras vêm de outras igrejas. Esses que são bastante chamados de “cheios de dons” podem ter muitas habilidades de liderança em negócios, mas não entendem realmente o ministério celular e sua filosofia. Eles não passaram pelo processo normal de participação em uma célula, fazer parte de uma equipe de liderança, equipamento para toda a igreja, lder de multiplicação, e assim por diante. Evite a armadilha de convidá-los a assumir posições antes de pagarem o preço de passar pelo processo celular normal de envolvimento na célula e equipamento.

Isso é verdade tanto na implantação de igreja quanto na transição de igreja tradicional para igreja em células. Eu sempre sugiro para igrejas em transição que é melhor que os lderes em desenvolvimento juntem-se ao pastor principal em um grupo(s) piloto que ele lidera. O pastor principal facilita o grupo piloto para que os futuros lderes realmente experimentem os valores da célula antes de começarem a liderar seus próprios grupos. As igrejas que ignoram este conselho e encurtam o processo geralmente sofrem mais tarde quando os grupos se encerram ou tornam-se disfuncionais.

Eu estou treinando um pastor do Quebec que ficou animado com a visão celular. Ele primeiro cultivou a visão em seu próprio coração através da leitura, falando com outros pastores e pedindo por treinamento. O próximo passo é compartilhar sua visão com os pastores, lderes em desenvolvimento e membros da diretoria. Mas, em seguida, ele vai pedir aos lderes dispostos a reunir-se com ele em dois grupos piloto (ele vai liderar ambos os grupos) por vários meses. Ao mesmo tempo, ele vai passar estes lderes pelo equipamento para toda a igreja, sabendo que eles serão futuros treinadores. Depois que os grupos piloto se multiplicarem, ele irá anunciar a visão celular para a sua igreja, pedindo-lhes para comparecer a um dos novos grupos de célula. O pastor vai continuar a promover a visão bblica do ministério baseado em células, enquanto ele próprio permanece envolvido no ministério celular.

Desenvolver lderes de dentro exige um processo cuidadosamente guardado que não deve ser evitado na busca por crescimento rápido.

Joel

Spanish blog:

No tomes atajos en el proceso

Por Joel Comiskey

En mi búsqueda del crecimiento de la iglesia, ca en la trampa de utilizar personas emprendedoras que han emigrado a la iglesia, pero no han pasado por todo el proceso de la célula. He cado en la tentación de utilizar “lderes ya formados” para ayudar en el trabajo celular. Pero también he aprendido de mis fracasos que debo evitar esto. La experiencia me ha enseñado una y otra vez que cuando tomo un atajo al proceso celular, estoy invitando a los desastres.

Es tan fácil encontrar a los “tipos de lderes” que no han completado el proceso de equipamiento y que se han transformado a través del sistema celular. Esto es cierto cuando las personas emprendedoras vienen de otras iglesias. Estos llamados “gentes dotadas” pueden tener muchas habilidades de liderazgo de negocios, pero realmente no entienden el ministerio celular y la filosofa. No han pasado por el proceso normal de la participación en una célula, formando parte de un equipo de liderazgo, en la iglesia en el equipamiento, con el lder y la multiplicación y as sucesivamente. Evite la trampa de invitarlos a posiciones antes de que hayan pagado el precio de pasar por el proceso normal de las células en la participación de células y equipamiento.

Esto es cierto tanto en la plantación de iglesias y la transición de una iglesia tradicional a la iglesia celular. Yo siempre sugiero a la transición de las iglesias, que lo mejor es que el pastor as como también los principales lderes se unan en un grupo (s) piloto que es dirigido por él. El pastor facilita el grupo (s) piloto para que los futuros lderes verdaderamente experimentan valores celulares antes de que comiencen a dirigir sus propios grupos. Esas iglesias que ignoran este consejo y toman un atajo en el proceso suelen sufrir más adelante, y los grupos se cierran o dejan de funcionar.

Estoy entrenando a un pastor de Quebec Canadá, que está muy entusiasmado con la visión celular. Ha cultivado la visión en su propio corazón con la lectura, hablando con otros pastores, y pidiendo entrenamiento. El siguiente paso es compartir su visión con los pastores, lderes clave y miembros de la directiva. Después él le pedirá a estos lderes que se reúnan con él en dos grupos pilotos (los cuales él va a dirigir) durante varios meses. Al mismo tiempo, se llevará a estos lderes a través del equipamiento de toda la Iglesia, sabiendo que serán futuros entrenadores. Después de que los grupos pilotos se multipliquen, se anunciará la visión celular a la iglesia, y les pedirá que asistan a uno de los nuevos grupos celulares. El pastor continuará promoviendo la visión bblica del ministerio basado en células mientras que él mismo estará involucrado en el ministerio celular.

El desarrollo de lderes desde adentro exige un proceso cuidadoso que no debe evitar la búsqueda de un crecimiento rápido.

Joel

Leave a Reply

Your email address will not be published.