My Mistake: Being Slow to Resolve Conflict

rob

By Rob Campbell, www.cypresscreekchurch.com

In the first year of our existence as a church family we experienced zero conflict. Yes, that is a big statement and one that is hard to believe. It is, however, true. Eventually, I began to understand the phrase “motion causes friction.” Conflict seeped into our church family.

I was slow to resolve conflict. This was a mistake on my part. I thought conflict would simply go away. When “it” hung around, I simply hired a “hit man.” As John Maxwell says, “It’s the Al Capone Remedy.” This means I would ask a fellow pastor or even cell leader to handle the conflict. Therefore, I wouldn’t have to deal directly with conflict and everything would march down the road of “Biblical community” just fine. Indeed, sometimes the conflict was resolved without any involvement on my part. Other times, I was simply in denial and lacked the courage to lead well during conflictive times.

We choose to avoid confronting conflict because of fear. Here are some fears that most of us wrestle with in this context:

  • Fear of being disliked
  • Fear of being misunderstood
  • Fear of rejection
  • Fear of making things worse
  • Fear of the unknown.

I had to learn through God’s grace, love and strength to eradicate these fears through the Holy Spirit within me. I had to learn to choose faith in Him over fear. I would like to believe that I have made progress in leading through conflict. Certainly, I don’t wake up in the morning looking forward to dealing with conflict. I’m sure the same is true for you.

Years ago, I heard this phrase: AIt is more rewarding to resolve a conflict than it is to dissolve a relationship.@ Give it some thought.

Learn from my mistake.

Rob

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Meu Erro: Ser Lento para Resolver Conflitos

Por Rob Campbell, www.cypresscreekchurch.com

No primeiro ano de nossa existência como uma igreja-famlia nós vivemos zero conflitos. Sim, isso é uma grande declaração e que é difcil de acreditar. No entanto, isso é verdade. Eventualmente, eu comecei a entender a frase "o movimento provoca atrito." O conflito se infiltrou em nossa igreja-famlia.

Eu era lento para resolver conflitos. Isso foi um erro da minha parte. Eu pensei que o conflito simplesmente iria embora. Quando "ele" andava por a, eu simplesmente contratei uma pessoa encarregada. Como John Maxwell diz: "É o Remédio Al Capone." Isso significa que eu pedia a um pastor companheiro ou mesmo a um lder de célula para lidar com o conflito. Portanto, eu não teria que lidar diretamente com o conflito e tudo estaria caminhando muito bem pela estrada da "comunidade bblica". Na verdade, às vezes o conflito era resolvido sem qualquer envolvimento da minha parte. Outras vezes, eu ficava simplesmente em negação e não tinha a coragem de liderar bem durante uma época conflituosa.

Nós escolhemos evitar o confronto com o conflito por causa do medo. Aqui estão alguns tipos de medo com os quais a maioria de nós precisa lutar neste contexto:

  • Medo de não gostarem de você
  • Medo de ser mal interpretado
  • Medo da rejeição
  • Medo de deixar as coisas piores
  • Medo do desconhecido

Eu tive que aprender através da graça, amor e força de Deus para erradicar esses tipos de medo através do Esprito Santo dentro de mim. Eu tive que aprender a escolher a fé nEle no lugar do medo. Eu gostaria de acreditar que eu tenho feito progresso em liderar durante conflitos. Certamente, eu não acordo de manhã ansioso para lidar com conflitos. Tenho certeza de que o mesmo é verdade para você.

Anos atrás, eu ouvi essa frase: É mais recompensador resolver um conflito do que dissolver um relacionamento.

Pense um pouco a respeito. Aprenda com meu erro.

Rob

Spanish blog:

Mi error: ser lento para resolver conflictos

Por Rob Campbell, www.cypresscreekchurch.com

Durante el primer año de nuestra existencia como una familia eclesial, experimentamos cero conflictos. S, eso es una gran declaración y una declaración difcil de creer. Es, sin embargo, verdad. Con el tiempo, empecé a entender la frase “el movimiento causa fricción”. El conflicto se filtró en nuestra familia eclesial.

Yo era lento para resolver los conflictos. Esto fue un error de mi parte. Pensé que el conflicto simplemente desaparecera. Cuando “merodeara”, simplemente contratara a un “sicario”. Como lo indica John Maxwell, “Es el remedio de Al Capone”. Esto significaba que yo le pedira a un compañero pastor o incluso a un lder de célula que manejara el conflicto. De ah que, yo no tendra que tratar directamente con el conflicto y todo iba a marchar muy bien por el camino de la “comunidad bblica”. De hecho, a veces el conflicto se resolva sin participación alguna de mi parte. Otras veces, yo estaba simplemente en negación y no tena la valenta de dirigir nada, de la manera adecuada durante los tiempos de conflicto.

Elegimos evitar confrontar los conflictos a causa del miedo. He aqu algunos temores con los que la mayora de nosotros luchamos en este contexto:

  • Miedo a caer mal
  • Miedo a ser mal entendido
  • Miedo al rechazo
  • Miedo a hacer que las cosas empeoren
  • Miedo a lo desconocido.

Tuve que aprender a través de la gracia, amor y la fuerza de Dios a erradicar estos temores a través del Espritu Santo dentro de m. Tuve que aprender a elegir la fe en Él, por encima del miedo. Me gustara creer que he mejorado mi manera de dirigir en medio del conflicto. Ciertamente, no me levanto por la mañana con ganas de lidiar con el conflicto. Estoy seguro que lo mismo te sucede a ti.

Hace años, escuché esta frase: Es más gratificante resolver un conflicto que disolver una relación.

Dale un poco de pensamiento. Aprende de mi error.

Rob

Leave a Reply

Your email address will not be published.