The Importance of Persistence

mario

by Mario Vega, http://www.elim.org.sv/

At the Elim church, we tried at least three times to implement the cell model. The initial efforts failed, and we didn’t know why. I reread Pastor Cho’s books in my quest to find the missing keys. As I carefully reread the books, I realized that an important element was the effort that the Koreans made to win their neighbors through friendship.

I figured that this was the key to their model. With this in mind, I taught our church on several occasions about winning neighbors and friends to Christ through friendship evangelism and meeting their needs. I taught the church on the Biblical passages that dealt with the topic. I named the project "Kalos Plan." (from the Greek word Kalos that means: nice, pleasant, kind, etc.). I taught that Christians should be pleasant, friendly, kind, helpful etc. in order to win their friends to Christ.

We reorganized our cells and started to implement the plan. People did begin to see some results under the Kalos plan, but in reality, little seemed to change. After a few months, we abandoned the effort. For me that was the end, the last attempt I was going to make with cells. From that moment on, I thought that cells worked in Korea but not in El Salvador.

Today, as I review the Kalos Plan, I realize it was a very well organized effort that took into account many of the values ​​and principles of the cell model. It was closest we came to getting it right. But why didn’t it work? Quite simply, it only needed a little more time. If I had persisted and given it more time to succeed, it would have worked very well. The lesson I learned was that it’s not enough to "know" a new plan or change of direction. The key is persistence.

Comments?

Mario

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Note: The normal translation didn’t come today so I am using "google translate" that often makes errors in the translation (but it’s better than nothing)

Nota: A tradução normal não veio hoje, então eu estou usando "translate" que muitas vezes faz com que os erros na tradução (mas é melhor que nada)

A Importância da Persistência

por Mario Vega, http://www.elim.org.sv/

Na igreja Elim, tentamos pelo menos três vezes para implementar o modelo de celular. Os esforços iniciais falhou, e nós não sabemos o porquê. Reli livros do pastor Cho em minha busca para encontrar as chaves desaparecidas. Como eu reler cuidadosamente os livros, me dei conta de que um elemento importante foi o esforço que os coreanos fizeram para ganhar seus vizinhos através da amizade.

Eu percebi que essa era a chave para o seu modelo. Com isso em mente, eu ensinei a nossa igreja em várias ocasiões sobre o vencimento vizinhos e amigos a Cristo através de evangelismo de amizade e satisfação das suas necessidades. Eu ensinei a igreja sobre as passagens bblicas que lidavam com o tema. Eu nomeei o projeto "Plano de Kalos." (Da palavra grega que significa Kalos: agradável, agradável, tipo, etc.). I ensinou que os cristãos devem ser agradável, simpático, gentil, atenciosa etc., a fim de ganhar os seus amigos para Cristo.

Reorganizamos nossas células e começou a implementar o plano. Pessoas que começam a ver alguns resultados no âmbito do plano de Kalos, mas, na realidade, pouco parecia mudar. Depois de alguns meses, nós abandonamos o esforço. Para mim, esse foi o fim, a última tentativa que eu ia fazer com as células. A partir daquele momento, eu pensei que as células trabalhou na Coreia, mas não em El Salvador.

Hoje, ao rever o Plano de Kalos, percebo que foi um esforço muito bem organizado que levou em conta muitos dos valores e princpios do modelo de celular. Era mais próximo que chegou a acertar. Mas por que não funciona? Simplesmente, ele só precisava de um pouco mais de tempo. Se eu tivesse persistido e dado mais tempo para ter sucesso, ele teria funcionado muito bem. A lição que aprendi foi que não é o suficiente para "conhecer" um novo plano ou mudança de direção. A chave é a persistência.

Comentários?

Mario

 

Spanish blog:

La importancia de la persistencia

por Mario Vega

En Elim habamos tratado ya varias veces, quizá unas tres, de poner a andar el modelo celular. Esos esfuerzos fracasaron sin que pudiéramos identificar la razón del por qué. Comencé de nuevo a leer los libros del pastor Cho tratando de encontrar la clave que haca que a él le funcionara. Al leer con cuidado los libros me di cuenta que un elemento importante era el esfuerzo que los coreanos hacan por ganar la amistad de sus vecinos.

Pensé que esa era la clave del modelo. En esa ocasión, hice un proyecto más cuidadoso y con mayor instrucción. Enseñé varias veces a la iglesia sobre la importancia de ganarse a los vecinos y amistades con acciones de amor. Enseñé a la iglesia sobre los pasajes de la Biblia que trataban ese tema. Al proyecto le puse de nombre “Plan Kalós”. De la palabra griega Kalós que significa: bonito, agradable, amable, etc. Los cristianos deban ser agradables, amables, serviciales, etc. para poder ganar a sus amigos para Cristo.

Nuevamente nos organizamos en grupos pequeños en las casas y comenzamos a poner en práctica el plan. Las personas comentaban sobre los amigos a los que estaban trabajando bajo el plan Kalós. No obstante, el tiempo fue pasando y no tuvimos resultados. Después de unos meses abandonamos el esfuerzo. Para m ese era el final. El último intento que haca por trabajar con células. A partir de ese momento pensé que las células funcionaban en Corea pero no en El Salvador.

Hoy, revisando los que hicimos con el Plan Kalós, me doy cuenta que era un esfuerzo muy bien organizado y que tomaba en cuenta muchos de los valores y principios del modelo celular. Es cuando más cerca habamos llegado. Pero ¿por qué no dio resultado? Muy sencillo, solo se trataba de darle un poco más de tiempo. Si hubiera seguido por esa ruta las cosas hubieran funcionado muy bien. La lección es que para tener resultados no es suficiente con conocer el cómo. Es muy importante tener persistencia. Esa es la clave: persistencia.

1 thought on “The Importance of Persistence

  • Pr Mário, saudações,
    Vejo isto hoje também, pois além da persistência da Igreja na Corea tem o fator cultural, eles são muito disciplinado e pelo menos aqui na igreja que pastoreio temos que mudar duas coisas:
    1. Cultura do Fácil (pensar que pôr si o Peixe vêem)
    2. Não gosta de renovar ou ver algo diferente daquilo que conhece.
    Abraços e um beijo no coração.
    Vou em breve fazer uma visita
    Pr. Pedro

Leave a Reply

Your email address will not be published.