Mistakes in Cell Ministry (part 1)

angel

by Ernesto Humeniuk, www.oikoslatino.org

One of my biggest mistakes in cell ministry is starting without a prototype group. Amid the excitement and joy of cell ministry, I simply started forming cells. Only later did I realize that my cell model wasn’t firmly established. The initial enthusiasm eventually turned into confusion and disorientation for me and the rest of my leaders. I’m very thankful that we now have a transition strategy in our “Oikos ministry” called Year of the Transition. We help Spanish pastors understand that a church must go slow but it will not fail this way. I wish I had this tool beforehand.

In the beginning, a pilot or prototype group is essential. A pilot groups is a model in which defects can be corrected before mass production. The concept of creating a model aimed at mass reproduction is biblical. Jesus first worked with his three closest disciples (John, Peter and James), then the other nine, then the 72 and so on until he reached the “critical mass” of 120 at Pentecost. A prototype is a model cell that the pastor of the church starts with his key leaders. In this way, his key leaders can experience cell life before encouraging the rest of the church to start cells. In the prototype cell, there is time to make changes, adjustments, tweaks. When cells are spread throughout the church, these adjustments are difficult to achieve and can cause confusion when changes are made. In fact, if too many changes are made, the people can begin to distrust the pastor. Often enthusiasm is not everything. We need to realize that it is better to devote adequate time to Peter-James-John and ensure that the “matrix” is just what you want to achieve before the rest of the church gets involved.

Ernesto Humeniuk

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Erros que Cometi no Ministério Celular (parte 1)

por Ernesto Humeniuk, www.oikoslatino.org

Um dos meus maiores erros no ministério celular foi começar sem um grupo protótipo. Em meio à emoção e alegria do ministério em células, eu simplesmente comecei a formar células. Somente mais tarde eu fui perceber que o meu modelo celular não estava estabelecido firmemente. O entusiasmo inicial eventualmente se tornou em confusão e desorientação para mim e para o resto dos meus lderes. Eu estou muito grato porque agora nós temos uma estratégia de transição em nosso “ministério Oikos” chamada Ano da Transição. Nós ajudamos pastores espanhóis a entenderem que a Igreja deve ir devagar, mas que não vai falhar desta forma. Eu gostaria de ter esta ferramenta de antemão.

No começo, um grupo piloto ou protótipo é essencial. Um grupo piloto é um modelo no qual os defeitos podem ser corrigidos antes da produção em massa. O conceito de criação de um modelo destinado à reprodução em massa é bblico. Jesus primeiro trabalhou com seus três discpulos mais próximos (João, Pedro e Tiago), depois com os outros nove, depois os 72 e assim em diante, até que ele alcançou a “massa crtica” de 120 em Pentecostes. Um protótipo é um modelo de célula que o pastor da igreja inicia com seus lderes-chave. Dessa forma, seus lderes-chave podem experimentar a vida celular antes de encorajar o resto da igreja a iniciar células. Na célula protótipo, há tempo para fazer mudanças e ajustes. Quando as células se espalham por toda a igreja, esses ajustes são muito difceis de alcançar, e pode gerar confusão quando são feitas mudanças. Na verdade, se muitas mudanças são feitas, as pessoas podem começar a desconfiar do pastor. Muitas vezes o entusiasmo não é tudo. Nós precisamos entender que é melhor dedicar um tempo adequado a Pedro-Tiago-João e garantir que a “matriz” é o que você quer alcançar antes que o resto da igreja se envolva.

Ernesto Humeniuk

Spanish blog:

Errores en el Ministerio Celular (parte 1)

Uno de mis grandes errores cometidos en el ministerio celular es comenzar sin un grupo prototipo. En medio del entusiasmo y alegra comencé formando células para luego darme cuenta que no estaba bien establecido el modelo a seguir. El entusiasmo se convirtió en desorientación tanto para mi como para los incipientes lideres. Gracias a Dios hoy contamos en nuestro ministerio OIKOS con el «Año de Transición» donde ayudamos a los pastores hispanos a entender que se debe pasar por un proceso lento pero seguro para no fallar. ¡Cómo hubiese querido yo tener esta herramienta!

Al comienzo del ministerio celular un grupo prototipo es fundamental. Un prototipo es un modelo en el que los defectos pueden ser corregidos antes de la producción masiva. El concepto de creación de un modelo con el objetivo de reproducción masiva es bblico. Jesús primero trabajó con sus tres discpulos ntimos (Juan, Pedro y Santiago) para luego llevar esto a los otros nueve, luego a los 72 y as hasta llegar a la «masa crtica» de los 120 de Pentecostés. Un prototipo es un modelo, el primer molde, una prueba del pastor de la iglesia con sus lideres que experimentan por si mismos lo que luego pasarán al resto de la iglesia. En el prototipo hay tiempo para hacer cambios, ajustes, retoques. Cuando las células se extienden a toda la iglesia estos ajustes se han difciles de lograr y confunden a los lideres e, incluso, pueden hacer que los demás comiencen a desconfiar de la capacidad del pastor para hacer cambios. Muchas veces el entusiasmo no lo es todo. Necesitamos darnos cuenta que es mejor dedicar un tiempo apropiado a Juan-Santiago-Pedro y asegurarnos que la «matriz» lograda es justo lo que bendecirá a la iglesia donde servimos.

Ernesto Humeniuk

Leave a Reply

Your email address will not be published.