Applying the Pastor’s Teaching

mario

by Mario Vega, www.elim.org.sv

There is a well-known saying, "No one can give what he doesn’t already possess." This is very true when it comes to delivering the Word of God. No one can teach what he does not understand. Since the leader has to minister every week in the cell, he has no choice but to prepare for the occasion.

In those churches that use the Sunday sermon as the cell lesson, leaders must be very attentive to the pastor’s teaching. Their attentiveness is not only motivated because of personal edification but also because they know they will have to know how to guide the cell lesson. This personal motivation keeps cell leaders from becoming bored with the Sunday sermon and critical of not learning something "new" from the Sunday teaching. Knowing that this is the source from which they will have to generate their own teaching gives them an additional interest that makes every teaching interesting and practical.

Thus, the cell model becomes a way to avoid a critical spirit that some faithful believers may experience after decades of attending on Sunday. When a person has the opportunity to share what he or she has learned, there is never a need to leave the church; rather there is an earnest desire to receive the pastor’s teaching in order to apply it to others.

Mario

Korean blog (click here)

Portuguese:

Aplicar o Ensinamento do Pastor

por Mario Vega, www.elim.org.sv

Existe um ditado que diz: "Ninguém pode dar aquilo que não possui". Isto é muito verdadeiro quando se trata de entregar a Palavra de Deus. Ninguém pode ensinar aquilo que não entende. Como o lder precisa ministrar a cada semana na célula, ele não tem outra escolha além de se preparar para a ocasião.

Nas igrejas que usam o sermão de domingo como a palavra da célula, os lderes devem estar muito atentos ao ensino do pastor. Sua atenção não é só motivada pela edificação pessoal, mas também porque eles sabem que terão de saber como orientar a palavra da célula. Essa motivação pessoal não deixa os lderes de célula ficarem entediados com o sermão de domingo e crticos por não aprender algo "novo" com o ensino do domingo. Saber que esta é a fonte de onde eles terão que gerar seu próprio ensino lhes dá um interesse a mais que faz com que cada ensinamento seja interessante e prático.

Assim, o modelo celular torna-se uma maneira de evitar um esprito crtico que alguns crentes fiéis podem experimentar depois de décadas de frequentar aos domingos. Quando uma pessoa tem a oportunidade de compartilhar o que aprendeu, nunca há uma necessidade de deixar a igreja; em vez disso, há um desejo sincero de receber o ensinamento do pastor, a fim de aplicá-lo a outras pessoas.

Mario

Spanish blog:

El Lder Aprende para Enseñar

por Mario Vega

Un dicho muy conocido dice: Nadie puede dar lo que no tiene. Esto es muy cierto cuando se trata de entregar la palabra de Dios. Nadie puede enseñar lo que todava no comprende. Dado que el lder debe enseñar todas las semanas en su célula, no le queda más opción que prepararse para la ocasión.

En el caso de las iglesias celulares que usan el sermón del domingo como lección para la célula, los lderes deben estar muy atentos a la enseñanza del pastor. No solamente por interés personal sino también porque es la enseñanza que deben reproducir en las casas. Ese interés especial de los lderes les libra de la idea que algunos tienen que ya no hay nada nuevo que puedan aprender de los sermones dominicales. El saber que esa es la fuente de donde deberán generar su propia enseñanza les otorga un interés adicional que hace que cada enseñanza resulte interesante y práctica.

De esa manera, el modelo celular se convierte en un camino para evitar la sensación de saciedad que algunos creyentes fieles pueden experimentar después de décadas asistiendo a sus iglesias. Mientras tengan la oportunidad de compartir lo aprendido, no se cansarán ni aburrirán de continuar recibiendo nuevas enseñanzas que después tendrán que compartir.

Leave a Reply

Your email address will not be published.