Healthy Leadership

joel

by Joel Comiskey

The medical profession talks a lot about preventative medicine. The goal of preventative medicine is to keep patients out of the hospital, rather than offer them medicine once they are already inside.

Pastors, coaches, and cell leaders also need preventative “medicine” to stay healthy over the long haul. I’m referring to helping leaders live a healthy Christian lifestyle to avoid major problems from occurring, such as burn out, immorality, depression, or spiritual dryness.

We talk a lot about making disciples through cell ministry, and I promote this. Yet, if those who are discipling others (pastor, coach/supervisor, cell leader) are not taking care of themselves, their ministry will soon lose its cutting edge effectiveness. Often the leader will simply quit. The excuse might be “I’m too busy,” but often the real reason has to do with dryness with God, conflict at home, burn out, or spiritual attack.

It’s important to remember that leaders are first and foremost human beings, not human doings. Those who are coaching and caring for leaders need to first prioritize the leader’s spiritual life, emotional well-being, marriage, and family. When the whole-person is cared for, there is a far greatest chance that the leader will continue to bear fruit over time.

Sadly, some pastors and coaches are very demanding, controlling, and put ministry success before relationships. They pressure leaders to multiply cells, fulfill goals, and make the church grow. But what happens after the goal is reached? How many leaders and cells are going to be around for a long-time to come?  Remember that ministry is not a 50-yard dash; it’s more like a marathon. Ministry takes place over a life-time, and only the healthy leaders make it long-term. The unhealthy ones quit for a variety of reasons.

Whenever I coach pastors, I try not to jump right into ministry. I don’t immediately ask them about their goals, their new multiplications, or their discipleship equipping. I first try to start with their own lives. During the coaching session, I try to cover:

  • personal devotional time
  • relationship with spouse, relationship with family
  • day off, vacation time
  • prayer covering

These areas might not be the urgent “right now” needs in the church’s life or the ministry of the pastor. Yet, if a pastor is so busy that he fails to spend time with his wife, for example, he will surely suffer in his ministry sooner or later.

During the month of August, we’ll be exploring the topic of the healthy leadership. Key leaders will blog on this topic, sharing their convictions and experiences.

  •  Week 1 (August 09-15); The general theme of keeping leaders healthy. Start with God. This is where it starts. A leader needs to know how to go to God both for spiritual power but also for restoration when things get hard.
  • Week 2 (August 16-22); Relationship with those closest. A leader’s emotional, spiritual, and physical health depends to a large part on relationship with spouse and family. We must prioritize this area.
  • Week 3: (August 22-August 29); Leaders can burn out by not stopping and resting one day per week. Leaders also need regular vacation time to unwind and be with famly.
  • Week 4: (September 06-September 12); Prayer covering. Peter Wagner’s book, Prayer Shield, is a must-read. Leaders are more effective when that have a team of prayer warriors lifting them up in prayer.

What is your reaction to healthy leadership as the priority above ministry? Do you practice this?

Joel Comiskey

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Liderança Saudável

Por Joel Comiskey

A profissão médica fala muito sobre medicina preventiva. O objetivo da medicina preventiva é manter os pacientes fora do hospital, em vez de oferecer-lhes remédio quando eles já estão lá dentro.

Pastores, treinadores e lderes de célula também precisam de “medicina” preventiva para se manterem saudáveis a longo prazo. Estou me referindo a ajudar os lderes a viverem uma vida cristã saudável para evitar que ocorram grandes problemas, como esgotamento, imoralidade, depressão ou secura espiritual.

Nós falamos muito sobre fazer discpulos por meio do ministério celular, e eu promovo isso. No entanto, se aqueles que estão discipulando outros (pastor, técnico/supervisor, lder de célula) não estão cuidando de si mesmos, seu ministério em breve perderá a eficácia de seu “fio de corte”. Frequentemente, o lder vai simplesmente desistir. A desculpa pode ser “eu estou muito ocupado”, mas muitas vezes a verdadeira razão tem a ver com a aridez com Deus, conflito em casa, esgotamento, ou ataque espiritual.

É importante lembrar que os lderes são antes de tudo seres humanos, não seres “fazedores”. Aqueles que estão treinando e cuidando de lderes precisam primeiro priorizar a vida espiritual do lder, seu bem-estar emocional, casamento e famlia. Quando a pessoa é cuidada como um todo, há uma chance muito maior de que o lder continuará dando frutos ao longo do tempo.

Infelizmente, alguns pastores e treinadores são muito exigentes, controladores e colocam o sucesso do ministério antes de relacionamentos. Eles pressionam os lderes a multiplicarem as células, cumprirem metas e fazerem a igreja crescer. Mas o que acontece depois que o objetivo é alcançado? Quantos lderes e células vão estar por perto por muito tempo? Lembre-se que o ministério não é uma arrancada de 50 jardas; é mais como uma maratona. O ministério ocorre ao longo do tempo de uma vida, e só os lderes saudáveis o fazem a longo prazo. Os lderes não-saudáveis saem por uma variedade de razões.

Sempre que eu treino pastores, eu tento não pular direto para o ministério. Eu não lhes pergunto imediatamente sobre seus objetivos, suas novas multiplicações ou sobre o seu equipamento de discipulado. Eu tento começar primeiro com suas próprias vidas. Durante a sessão de treinamento, eu tento cobrir:

  • Tempo de devocional pessoal
  • Relacionamento com o cônjuge, relacionamento com a famlia
  • Dia de folga, tempo de férias
  • Cobertura de oração

Essas áreas podem não ser as necessidades urgentes de “agora mesmo” na vida da igreja ou no ministério do pastor. No entanto, se um pastor é tão ocupado que ele não consegue passar tempo com sua esposa, por exemplo, ele certamente irá sofrer em seu ministério mais cedo ou mais tarde.

Durante o mês de agosto, nós estaremos explorando o tema da liderança saudável. Lderes-chave vão postar sobre este tema, compartilhando as suas convicções e experiências.

  • Semana 1 (09 a 15 de agosto); O tema geral de manter os lderes saudáveis. Comece com Deus. É aqui que começa. Um lder precisa saber como ir a Deus tanto pelo poder espiritual como pela restauração quando as coisas ficam difceis.
  • Semana 2 (16 a 22 de agosto); Relacionamento com as pessoas mais próximas. A saúde emocional, espiritual e fsica de um lder depende, em grande parte, do relacionamento com seu cônjuge e famlia. Nós devemos priorizar esta área.
  • Semana 3 (22 a 29 de agosto); Os lderes podem se esgotar por não parar e descansar um dia por semana. Os lderes também precisam de um tempo de férias regular para relaxar e estar com a famlia.
  • Semana 4 (06 a 12 de setembro); Cobertura de oração. O livro de Peter Wagner, Escudo de Oração, é uma leitura obrigatória. Os lderes são mais eficazes quando têm uma equipe de guerreiros de oração os levantando em oração.

Qual é a sua reação sobre a liderança saudável como prioridade acima do ministério? Você pratica isso?

Joel Comiskey

Spanish blog:

Liderazgo Saludable

Por Joel Comiskey

La profesión médica habla mucho sobre la medicina preventiva. El objetivo de la medicina preventiva es mantener a los pacientes fuera del hospital, en lugar de ofrecerles medicina una vez que ya están adentro.

Los pastores, supervisores y lderes de células también necesitan “medicina” preventiva para mantenerse saludables a largo plazo. Me estoy refiriendo a ayudar a los lderes a vivir un estilo de vida cristiano saludable para evitar que se produzcan mayores problemas, como hastiarse, la inmoralidad, la depresión o la sequedad espiritual.

Hablamos mucho acerca de hacer discpulos a través del ministerio celular, y yo promuevo esto. Sin embargo, si los que están discipulando a otros (pastor, entrenador / supervisor, lder de la célula) no se cuidan a s mismos, su ministerio pronto perderá su eficacia vanguardista. A menudo, el lder simplemente renuncia. La excusa podra ser “Estoy demasiado ocupado”, pero a menudo la verdadera razón tiene que ver con la sequedad en la que se encuentra con Dios, el conflicto en el hogar, el hasto, o el ataque espiritual.

Es importante recordar que los lderes son ante todo seres humanos, no herramientas. Los que están entrenando y cuidando a los lderes tienen que priorizar primero la vida espiritual del lder, su bienestar emocional, su matrimonio y su familia. Cuando se cuida a la persona de manera integral, hay una mayor posibilidad de que el lder continúe dando fruto a lo largo del tiempo.

Tristemente, algunos pastores y supervisores son muy exigentes, controladores, y ponen el éxito del ministerio por encina de las relaciones. Presionan a los lderes para multiplicar las células, cumplir con los objetivos, y hacer crecer la iglesia. Pero, ¿qué sucede después de que se alcanza la meta? ¿Cuántos lderes y células van a continuar a través de un largo tiempo? Recuerda que el ministerio no es una carrera de 50 yardas; es más como un maratón. El Ministerio se lleva a cabo durante toda una vida, y sólo los lderes saludables se mantienen a largo plazo. Los no saludables renuncian debido a una gran variedad de razones.

Siempre que superviso a pastores, trato de no entrar de lleno en el tema del ministerio. No les pregunto inmediatamente acerca de sus metas, sus nuevas multiplicaciones, o su equipamiento de discipulado. Primero trato de comenzar con sus propias vidas. Durante la sesión de supervisión, trato de cubrir los siguientes temas:

  • El tiempo devocional personal
  • La relación con el cónyuge, relación con la familia
  • El da libre, tiempo de vacaciones
  • La cobertura de oración

Estas áreas podran no ser las necesidades urgentes de la vida de la iglesia o del ministerio del pastor “ahora mismo”. Sin embargo, si un pastor está tan ocupado que no puede pasar tiempo con su esposa, por ejemplo, seguramente tarde o temprano sufrirá en su ministerio.

Durante el mes de agosto, estaremos explorando el tema del liderazgo saludable. Lderes claves estarán blogeando sobre este tema, compartiendo sus convicciones y experiencias.

  • Semana 1 (9 al 15 de agosto) El tema general de mantener lderes saludables. Comienza con Dios. Aqu es donde comienza. Un lder tiene que saber cómo ir a Dios tanto para solicitarle el poder espiritual, como también para la restauración cuando las cosas se ponen difcil.
  • Semana 2 (16 al 22 de agosto) La relación con las personas más cercanas. La salud emocional, espiritual y fsica de un lder depende en gran medida de la relación con su cónyuge y la familia. Debemos dar prioridad a esta área.
  • Semana 3 (22 al 29 de agosto) Los lderes pueden quemarse o hastiarse al no parar y descansar un da por semana. Los lderes también necesitan un tiempo regular de vacaciones para relajarse y estar con la familia.
  • Semana 4 (6 al 12 de septiembre) Cobertura de Oración. El libro de Peter Wagner, Prayer Shield “Coraza de Oración”, es una lectura que debe hacerse. Los lderes son más eficaces cuando tienen un equipo de guerreros de oración levantándolos en oración.

¿Qué piensas respecto al liderazgo saludable como la prioridad por encima del ministerio? ¿Practicas esto?

Joel

2 thoughts on “Healthy Leadership

  • Joel me parece que es fundamental. Tenemos la tendencia al desequilibrio. Creo que como supervisores necesitamos ser supervisados en esta area. Reenfocarnos en las areas devocional, tiempo de familia, deporte, hobbis, estudio, trabajo, tiempo con amigos. Establecer metas en cada area y hacer un plan para lograrlas. Luego tener alguien que las supervise para evitar los desvíos.

Leave a Reply

Your email address will not be published.