The Power of Prayer, part 1

coaches_ralphN

by Ralph Neighbour

Perhaps a million pages have been published through the years on the subject of prayer. Men like E. M. Bounds and Watchman Nee are a couple of my favorites, and you have others to add to the list.

The problem is not that we need another series on prayer to be penned. It is the issue of praying where we are deficient. TOUCH Outreach Ministries surveyed 500 pastors from our mailing list of those purchasing cell materials in 1986 and we learned that they averaged, by their own admission, praying seven minutes a day!

I have been powerfully impacted by Pastor Vladimir Muntyuan who has founded and led the Regeneration Church in the Ukraine. He was raised in a communist city and had no contact with religion as he grew up, spending much of his youth in prison. At 19 he had so abused his body doctors sentenced him terminal and sent him home to die. It was then he met his first Christian who witnessed to him on the street and gave him a copy of the scriptures. As he read it he was thunderstruck with the God who healed. He determined to fast and pray until he met Christ. He had a Pauline confrontation with Him and was instantly restored to total health! From the start, prayer was precious to him.

I could write pages about this man’s ministry and how he now leads one of the fastest growing cell movements on earth. But I want to focus on his prayer life. On one of my first trips to coach his church I came to lead a major weekend training event. He greeted me by saying, “I will not be with you. I am going to the Crimea to spend this week in prayer.” I soon learned from his team that he spent much of his time alone in prayer, often sending for one or more of the team to join him for a period.

But this event blew me away: he said, speaking to 12,000 delegates who were together last year for a solid month in a cell church event they call “The Mountain of Moses,” where each day begins with 3 solid hours of prayer,

“I got so busy with the team preparing for this event I missed my prayer times. When I returned to meet with the Holy Spirit after those three days, He said to me, “Vladimir, I am glad you are back! I have missed you!”

Living among his team for weeks at a time has revealed their total focus on hearing the voice of God for the entire movement. Friday nights thousands of cell members gather to pray from 8 pm to 3 am. I spoke for an hour at one of those sessions and was deeply moved when at midnight, they packed up all the chairs against the walls so they could become one huge crowd, gathering with hands raised, praying aloud for the power to move in their midst. So precious are these sessions, so filled with His glorious presence, that the home cells are empowered for their weekly ministries to their unbelieving families.

We Americans have so much to learn from our Ukrainian brothers and sisters!

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

O Poder da Oração, parte 1

por Ralph Neighbour

Talvez um milhão de páginas tenham sido publicadas ao longo dos anos sobre o tema da oração. Homens como E. M. Bounds e Watchman Nee são uns dos meus favoritos, e você tem outras pessoas para adicionar à lista.

O problema não é que precisamos que uma outra série sobre oração seja escrita. É na questão de orar que somos deficientes. O TOUCH Outreach Ministries entrevistou 500 pastores da nossa lista de endereços das pessoas que compravam materiais sobre células em 1986 e nós aprendemos que essas pessoas, por sua própria admissão, oravam em média sete minutos por dia!

Tenho sido fortemente impactado pelo Pastor Vladimir Muntyuan que fundou e liderou a Igreja Regeneração na Ucrânia. Ele foi criado em uma cidade comunista e não teve contato algum com a religião conforme crescia, passando grande parte de sua juventude na prisão. Aos 19 anos ele tinha abusado tanto de seu corpo que os médicos o consideraram como terminal e mandaram-no para casa para morrer. Foi então que ele conheceu seu primeira cristão que testemunhou para ele na rua e deu-lhe uma cópia das Escrituras. À medida que lia, ele ficava estupefato com o Deus que curava. Ele se determinou a jejuar e orar até que conhecesse a Cristo. Ele teve um confronto como o de Paulo com Ele e foi imediatamente restaurado para a saúde total! Desde o incio, a oração era preciosa para ele.

Eu poderia escrever páginas sobre o ministério deste homem e sobre como ele agora lidera um dos movimentos de células que cresce mais rápido na terra. Mas quero me concentrar em sua vida de oração. Em uma de minhas primeiras viagens para treinar sua igreja, eu fui liderar um grande evento de treinamento de fim de semana. Ele me cumprimentou, dizendo: “Eu não vou ficar com você. Estou indo para a Criméia para passar esta semana em oração”. Logo aprendi com sua equipe que ele gastava muito de seu tempo sozinho em oração, muitas vezes chamando uma ou mais pessoas da equipe para se juntar a ele por um perodo.

Mas este evento me surpreendeu: ele disse, falando a 12.000 delegados que estavam juntos no ano anterior para um um evento de igreja em células durante um mês inteiro, que eles chamam de “A Montanha de Moisés”, onde cada dia começa com 3 horas sólidas de oração:

“Eu fiquei tão ocupado com a equipe preparando este evento que eu perdi meus tempos de oração. Quando voltei a encontrar-me com o Esprito Santo, depois daqueles três dias, Ele me disse: “Vladimir, estou feliz que você está de volta! Eu senti sua falta!”

Viver entre sua equipe por semanas revelou seu foco total em ouvir a voz de Deus para todo o movimento. Nas noites de sextas-feiras milhares de membros das células se reúnem para orar das 20h às 03h. Eu falei durante uma hora em uma dessas sessões e fiquei profundamente comovido quando à meia-noite eles amontoaram todas as cadeiras contra as paredes para que pudessem se tornar uma enorme multidão, se ajuntando com as mãos levantadas, orando em voz alta para que o poder movesse no meio deles. Tão preciosas são essas sessões, tão cheias de Sua presença gloriosa, que as células são capacitadas desde para seus ministérios semanais, até para suas famlias incrédulas.

Nós americanos temos tanto a aprender com nossos irmãos e irmãs ucranianos!

Spanish blog:

El poder de la oración, parte 1

Por Ralph Neighbour

Tal vez un millón de páginas han sido publicadas a través de los años en el tema de la oración. Hombres tales como E. M. Bounds y Watchman Nee son un par de mis favoritos, y tengo otros a añadir a la lista.

El problema no es que necesitamos otra serie sobre la oración que sea escrito. Es el tema de la oración, donde somos deficientes. El ministerio Touch Outreach inspeccionó 500 pastores de nuestra lista de correo de los materiales para las células que fueron comprados en 1986 y hemos aprendido que son un promedio, por su propia admisión, orando siete minutos al da.

He sido impactado por el Pastor Vladimir Muntyuan quien ha fundado y dirigido la Iglesia de regeneración en Ucrania. El creció en una ciudad comunista y no tuvo contacto con la religión a medida que creca, pasando gran parte de su juventud en la cárcel. A los 19 años por lo que haba abusado de su cuerpo sus médicos lo condenaron a un estado terminal y lo enviaron a su casa a morir. Fue entonces que conoció al primer cristiano que fue testigo de él en la calle y le dio una copia de las escrituras. Mientras lea él fue fulminado con el Dios que sanó. El determinó ayunar y orar hasta que conociera a Cristo. Tuvo un enfrentamiento con él y su salud fue restaurada al instante. Desde el principio, la oración fue preciosa para él.

Podra escribir páginas sobre el ministerio de este hombre y cómo es que ahora dirige uno de los movimientos de células de más rápido crecimiento en el mundo. Pero yo me quiero concentrar en su vida de oración. En uno de mis primeros viajes a entrenar a su iglesia, vine a dar lugar a un acontecimiento importante en la formación un fin de semana. Me saludó diciendo: “No voy a estar contigo. Voy a Crimea para pasar esta semana orando. “Pronto supe de su equipo que el pasa gran parte de su tiempo a solas en oración, a menudo enviando uno o más del equipo a unirse a él por un perodo.

Pero este evento me impactó: Él dijo, hablando de 12.000 delegados que estaban juntos el año pasado por un mes sólido en un evento de la iglesia celular que ellos llaman “La Montaña de Moisés”, donde cada da se inicia con 3 horas sólidas de oración,

“Estaba tan ocupado con el equipo de preparación para este evento que descuide mis tiempos de oración. Cuando regresé para reunirse con el Espritu Santo después de esos tres das, Él me dijo, “¡Vladimir, me alegro de que están de vuelta! ¡Te he echado de menos!”

Viviendo con su equipo durante semanas a la vez, ha revelado su orientación total al or la voz de Dios para todo el movimiento. Viernes por la noche miles de miembros celulares se reúnen para orar desde las 8 pm hasta las 3 am. Hablé por una hora a una de esas sesiones y estaba profundamente conmovido cuando a la medianoche, recogieron todas las sillas y las pusieron contra las paredes para que pudieran convertirse en una gran multitud, reunidos con las manos levantadas, orando en voz alta por el poder de Dios para que se moviera en medio de ellos. Tan preciosas son estas sesiones, llenas de su presencia gloriosa, que las células están tan facultadas por sus ministerios semanales a sus increbles familias.

¡Nosotros, los estadounidenses tenemos mucho que aprender de nuestros hermanos y hermanas de Ucrania!

Leave a Reply

Your email address will not be published.