Celebration, Together

coaches_jeffTun2011

By Jeff Tunnell

One of my greatest desires for cell based ministry is to accomplish the goal of no one coming to a celebration service ‘alone’.  In my mind I see the sanctuary filled with groups, not individuals.  The process goes like this; Cell members ride to the celebration together, or meet in a parking lot or hallway to connect and then sit together in worship and receive the ministry of the word.  It is a cell event!  Cells gathering, not individuals.

Is this really possible?

Let me share a personal story with you.  Our 5th annual “Day with Joel & Mario” event was coming up on March 2, 2012.  This would be the first time it was held at this location, so I took a mentor of mine to visit iRest (Iglesia Restauracion Elim) in Reseda, California.  I wanted to attend a Sunday morning service unannounced to see the venue.  We were trying to blend in with the crowd but by the time we walked from the parking area to the front door I was greeted by the lead elder, Wilbur.  He began to ask questions, “Who are you here with?”, “How did you find us to visit?”, and “Did you come with a cell group?”.  I couldn’t hide any longer, so I confessed that I worked with Joel Comiskey organizing our events and that we had come to see the event site in action without being known.

I was so excited to find out that we couldn’t sneak in because all the cell leaders know their people and we were not in any of their cells!  The message spread within minutes all the way to the elders and Pastor Jorge Pena.  I witnessed my personal desire of no one attending celebration alone, accomplished here at iRest!  Cells gather together for celebrations, but visitors enter the congregation via the cell, not by simply showing up at the celebration.  We had come alone and didn’t fit in well.  After a personal introduction to Pastor Jorge, we were ushered to a place of honor and given the opportunity to announce the “Day with Joel & Mario” and encourage participation.

Life in groups, life in cells, everyone traveling through life together, no one alone – I love this!

Jeff

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Celebração, Juntos

Por Jeff Tunnell

Um dos meus maiores desejos para o ministério baseado em células é alcançar o objetivo de ninguém ir ao culto de celebração “sozinho”. Na minha cabeça eu vejo o templo completo por grupos, não indivduos. O processo funciona assim: os membros da célula vão para o culto de celebração juntos, ou se encontram em um estacionamento ou na entrada para sentarem juntos durante a adoração e receber a ministração da Palavra. É um evento celular! Uma reunião de células, não de indivduos.

Isso é realmente possvel?

Deixe-me compartilhar uma história pessoal com você. Nosso quinto evento anual “Dia com Joel e Mario” estava chegando em 2 de março de 2012. Essa seria a primeira vez que o evento seria realizado neste local, então eu levei um mentor meu para visitar a iRest (Iglesia Restauracion Elim) em Reseda, na Califórnia. Eu queria assistir a um culto de domingo de manhã, sem aviso prévio, para ver o local. Nós estávamos tentando nos misturar na multidão, mas do tempo que nós andamos do estacionamento até a entrada da frente, eu fui saudado pelo ancião lder, Wilbur. Ele começou a fazer perguntas: “Com quem você está aqui?”, “Como você nos encontrou para essa visita?”, “Você veio com uma célula?”. Eu não pude mais esconder, e confessei que trabalhava para o Joel Comiskey organizando seus eventos e que nós tnhamos ido ver o local do evento em ação, sem sermos conhecidos.

Eu estava tão animado por descobrir que nós não podamos passar despercebidamente, porque todos os lderes de células conheciam seus membros e nós não estávamos em nenhuma de suas células! A mensagem se espalhou dentro de minutos até chegar aos anciãos e ao pastor Jorge Pena. Eu testemunhei meu desejo pessoal, de ninguém ir ao culto de celebração sozinho, realizado aqui na iRest! As células se reúnem para o culto de celebração, mas os visitantes entram na congregação por meio das células, não simplesmente aparecendo para o culto de celebração. Nós tnhamos vindo sozinhos, e não nos encaixamos bem. Após uma introdução pessoal ao pastor Jorge, fomos conduzidos à um lugar de honra e nos foi dada a oportunidade de anunciar o “Dia com Joel e Mario”, e incentivar a participação.

Vida em grupos, vida em células, todos viajando pela vida juntos, ninguém sozinho — eu amo isso!

Jeff

Spanish blog:

La celebración juntos

Por Jeff Tunnell

Una de mis mayores deseos en el ministerio celular es lograr el objetivo de que nadie venga al servicio de la celebración ‘solo’. En mi mente veo el santuario lleno de grupos, no individuos. El proceso es el siguiente; los miembros de la célula conducen a la celebración juntos, o se reúnen en el estacionamiento o en el pasillo para conectarse y luego se sientan juntos en el servicio y reciben el ministerio de la palabra. ¡Es un evento celular! La reunión de las células, no de individuos.

¿Es realmente posible?

Permtanme compartir una historia personal con usted. En nuestra 5to “Da con Joel & Mario” en el evento anual el 2 de marzo de 2012. Esta sera la primera vez que se llevó a cabo en este lugar, as que tome un mentor mo para visitar IREST (Iglesia Restauración Elim) en Reseda, California. Quera asistir a un servicio de domingo por la mañana sin previo aviso para ver el lugar. Estábamos tratando de mezclarnos con la multitud, pero en el momento en que entramos en la zona del estacionamiento a la puerta principal fui recibido por un anciano lder, Wilbur. Él comenzó a hacer preguntas, “¿Con quién está usted aqu?”, “¿Cómo nos ha encontrado para visitarnos?”, Y “¿Ha venido con un grupo celular?”. No lo pude ocultar por más tiempo, as que confesé que trabajo con Joel Comiskey la organización de nuestros eventos y que habamos venido a ver el lugar del evento en acción sin ser conocido.

Estaba tan emocionado al descubrir que no podamos colarnos porque todos los lderes celulares conocen a su gente y ¡nosotros no estábamos en ninguna de sus células! El mensaje se extendió en minutos a todos los ancianos y el pastor Jorge Peña. ¡Fui testigo de mi deseo personal de que nadie asistió a la celebración solo, realizado aqu en IREST! Las células se reúnen para celebraciones, pero los visitantes entran a la congregación a través de la célula, no simplemente aparecen en la celebración. Habamos venido solos y no encajamos bien. Después de una introducción personal con el Jorge Pastor, nos llevaron a un lugar de honor y nos dieron la oportunidad de anunciar el “Da con Joel & Mario” y animar a la participación.

Los grupos de vida, la vida en las células, todos viajando juntos por la vida, nadie por s solo – ¡Me encanta esto!

Jeff

Leave a Reply

Your email address will not be published.