Stuck In Traffic, Oh No!

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Pastor Bill Mellinger, Crestline First Baptist;  www.crestlinefbc.com

The freeways of Southern California are some of the most crowded in the country. At times, six lanes or more in both directions can be at a standstill for hours. When I get caught in one of these giant “parking lots,” I start to think about the people in the cars around me. I wonder how many people in those cars know that Jesus died for them and that he will give them life if they believe in Him. Thousands of people in those cars are heading somewhere that each driver hopefully knows the destination and the route. How many know the way to heaven? How many are going to hell?

In these times of contemplation, I ask the Lord how we can reach the lost? I have this same question when I see a large sporting event with thousands in the stands and more watching on television. Jesus do they know you? If not, how can we reach them with all the other noise in the world? The burden for the lost can be overwhelming at times.

I confess that along with the burden for the lost, I feel concern for the Body of Christ. Are we sincerely involved in making disciples of all nations? One of the men in our cell keeps reminding me that we have a serious problem of disobedience in the American church. Once we know Christ and have our names written in the Lamb’s Book of Life, do we have a job more important than sharing Christ with the people around us, our Oikos?

Too many “mature” Christians say that they don’t know how to share the Gospel. I don’t think that you can help to share the Gospel when you develop a relationship with someone who does not know Jesus. Maybe the problem is that we are overwhelmed by the masses or we try to fish alone.

When my cell group prays for my relationship with Dennis, I don’t feel alone in the journey. When we work together to help a neighbor, I am introducing some other believers to help the neighbor see Jesus in us. Somebody has called this net fishing. The fact is, you can catch a lot more fish with a net than with one hook.

Jesus, how are we going to reach the masses? My heart is burdened for them. I hear Jesus saying to reach them one at a time getting to know them; inviting them into your home; connecting them to other believers; and really caring about them going to Heaven like Jesus does. This is a passion and a burden that is at the heart of the cell church. I think it even touches the heart of God.

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Presos no Trânsito, Ah Não!

Bill Mellinger, www.crestlinefbc.com

As autoestradas do Sul da Califórnia são algumas das mais movimentadas do pas. Às vezes, seis pistas ou mais, de sentido duplo, podem ficar paradas por horas. Quando eu pego um desses “estacionamentos” gigantes, eu começo a pensar sobre as pessoas nos carros em volta de mim. Eu me pergunto quantas pessoas naqueles carros sabem que Jesus morreu por elas, e que Ele irá dar-lhes vida se eles acreditarem nEle. Milhares de pessoas nesses carros estão indo à algum lugar que cada motorista  sabe o destino e o trajeto. Quantos deles conhecem o caminho para Céu? Quantos estão indo para o inferno?

Nesses momentos de meditação, eu pergunto ao Senhor: “como nós conseguimos alcançar o perdido?” Eu faço essa pergunta quando eu vejo um grande evento esportivo com milhares de pessoas nas arquibancadas e mais outras assistindo na televisão. “Jesus, eles te conhecem?”. Se não, como nós podemos alcançá-los com todos os outros barulhos do mundo? O fardo pelos perdidos pode ser esmagador às vezes.

Eu confesso que, juntamente com o peso pelos perdidos, eu sinto preocupação com o Corpo de Cristo. Nós estamos sinceramente envolvidos em fazer discpulos de todas as nações? Um dos homens em nossa célula sempre me lembra que nós temos um sério problema de desobediência na igreja norte-americana. Uma vez que conhecemos a Cristo e temos nossos nomes escritos no Livro da Vida do Cordeiro, temos algum trabalho mais importante do que compartilhar Cristo com as pessoas ao nosso redor, no nosso crculo de relacionamentos?

Muitos cristãos “maduros” dizem que não sabem como compartilhar o evangelho. Eu não acho que você pode ajudar a compartilhar o evangelho quando você desenvolve um relacionamento com alguém que não conhece Jesus. Talvez o problema é que nós somos oprimidos pelas massas ou tentamos pescar sozinhos.

Quando minha célula ora por meu relacionamento com o Dennis, eu não me sinto sozinha na jornada. Quando nós trabalhamos juntos para ajudar um vizinho, eu estou trazendo outros crentes para ajudar o próximo a ver Jesus em nós. Alguém nomeou isso como “rede de pesca”. O fato é, você pode pegar muito mais peixes com uma rede do que um gancho.

“Jesus, como nós vamos alcançar as massas?” Meu coração está pesado por eles. Eu ouço Jesus dizendo para alcançá-los um de cada vez para conhecermos eles; convidá-los para a Sua casa; conectá-los com outros crentes; e realmente cuidar para que eles estejam indo para o Céu, como Jesus faz. Essa é uma paixão e um fardo que está no coração da igreja em células. Eu também acho que isso toca o coração de Deus.

Spanish blog: 

Detenido en el tráfico, ¡Oh No!

Bill Mellinger, www.crestlinefbc.com

Las autopistas del sur de California son algunas de las más concurridas en el pas. A veces, seis o más carriles en ambas direcciones pueden estar en un punto muerto durante horas. Cuando quedó atrapado en uno de estos gigantes “estacionamientos”, me pongo a pensar en la gente en los autos a mi alrededor. Me pregunto cuántas personas en esos autos saben que Jesús murió por ellos y que les dará vida si creen en Él. Miles de personas en esos autos se dirigen en algún lugar y cada conductor conoce el destino y la ruta. ¿Cuántos saben el camino al cielo? ¿Cuántos van al infierno?

En estos momentos de contemplación, pregunto al Señor ¿Cómo podemos alcanzar a los perdidos? Tengo esta misma pregunta cuando veo un gran evento deportivo con miles de personas en las gradas y muchos viendo la televisión. Jesús ¿Ellos te conocen? Si no es as, ¿Cómo podemos alcanzarlos con todos los otros ruidos en el mundo? La carga por los perdidos puede ser abrumadora en momentos.

Confieso que, junto con la carga por los perdidos, siento preocupación por el Cuerpo de Cristo. ¿Estamos sinceramente involucrados en hacer discpulos a todas las naciones? Uno de los hombres en nuestra célula me sigue recordando que tenemos un grave problema de desobediencia en la iglesia americana. Una vez que conocen a Cristo y sus nombres son escritos en el Libro de la Vida del Cordero, tenemos un trabajo más importante que es compartir a Cristo con las personas que nos rodean, ¿nuestros Oikos?

Demasiados cristianos “maduros” dicen que no saben cómo compartir el Evangelio. No creo que usted puede ayudar a compartir el Evangelio cuando se desarrolla una relación con alguien que no conoce a Jesús. Tal vez el problema es que estamos abrumados por las masas o tratamos de pescar solo.

Cuando mi grupo celular ora por mi relación con Dennis, no me siento solo en el viaje. Cuando trabajamos juntos para ayudar a un vecino, estoy introduciendo algunos otros de ellos para ayudar al vecino a ver a Jesús en nosotros. Alguien ha llamado a esto red de pesca. El hecho es que se pueden atrapar muchos más peces con una red que con un gancho.

Jesús, ¿Cómo vamos alcanzar a las masas? Mi corazón está cargado por ellos. Escucho a Jesús diciendo alcánzalos uno a la vez conoce de ellos; invitándoles a su casa; conectándolos con otros creyentes; y realmente cuidando de ellos que van al cielo como Jesús lo hace. Esta es una pasión y una carga que está en el corazón de la iglesia celular. Creo que incluso toca el corazón de Dios.

Leave a Reply

Your email address will not be published.