5 Fun Questions to Mobilize Your Cell Members in Relational Outreach

coaches_JimEgil

By Jim Egli, www.jimegli.com, author and pastor of Vineyard Church in Urbana, Illinois

Most of your cell members aren’t doing evangelism because they have a wrong idea of what it is, so they feel inadequate and unequipped to do it.

I have found five fun questions that totally change perspectives and move members into effective outreach.

Write these five questions on a whiteboard, handout, or piece of newsprint. Have people discuss them in pairs, then discuss them as a group. You will be amazed at how encouraging and empowering the discussion is as people learn from their own experience practical, biblical principles for reaching their friends and relatives.

Here are the questions:

1. What is the first thing that comes to your mind when you hear the word “evangelism”?
2. Who was most influential in bringing you to Christ? What was that person’s relationship to you?
3. What did that person do that influenced you?
4. What did they say?
5. How did they make you feel?

After people discuss their answers with someone next to them, talk through them one by one with your group. I have done this many times with groups and every time the same truths emerge. Point these truths out to your own group as these realities reveal themselves through your discussion.

1. Most people have the wrong idea of what “evangelism” is. This is clear because most people’s mental construct or paradigm (the first thing that comes to their mind) is talking to strangers on the street or door-to-door about Jesus.
2. However, almost everyone was brought to Christ, not by a stranger, but by a friend, coworker, or relative. In fact, probably no one in your group was led to Christ by a stranger. (It’s great to lead strangers to Christ but it’s the exception, not the rule, so your members should focus their prayers and love on people that they know.)
3. Most people are influenced to Christ by simple acts of love. It was people who cared about them, encouraged them, listened to them, and invested in them. (Simple, practical things that they can easily do for the people that they live, work with, and go to school with every day.)
4. Most people can’t remember what the people said, or the words that they spoke were simply an invitation to church or to a cell group meeting.
5. Above all these people made them feel loved. They did not condemn, cajole, or belittle them.

These five questions will guide members to discover that the most effective evangelism is done by ordinary people like them who love, serve, care about, and actively reach out to people that don’t know Jesus.

You can end your discussion time by reading John 1:35-49. Just like Andrew and Philip simply reached out to a relative and a friend, and it totally changed the direction of these men’s lives, so they too can just need to serve, pray for, and invite those they know into learning more about Jesus.

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

5 Perguntas Divertidas para Mobilizar seus Membros de Célula no Evangelismo Relacional

Por Jim Egli, www.jimegli.com, autor e pastor da Igreja Vineyard em Urbana, Illinois

A maioria dos seus membros de célula não está evangelizando porque eles têm a ideia errada do que isso é, então eles se sentem inadequados e não equipados para fazê-lo.

Eu descobri cinco perguntas divertidas que mudam perspectivas completamente e movem membros para o evangelismo eficaz.

Escreva essas cinco perguntas em um quadro, folha, ou em um pedaço de papel de jornal. Tenha pessoas para discuti-los em pares, em seguida discuta-os como um grupo. Você ficará admirado pelo quão encorajadora e empoderadora a discussão é conforme as pessoas aprendem por suas próprias experiências práticas e princpios bblicos para alcançar seus amigos e parentes.

Aqui estão as perguntas:

  1. Qual é a primeira coisa que vem à sua mente quando você ouve a palavra “evangelismo”?
  2. Quem foi que mais te influenciou em trazê-lo para Cristo? Qual era o relacionamento dessa pessoa com você?
  3. O que essa pessoa fez que te influenciou?
  4. O que ela disse?
  5. O que ela te fez sentir?

Após as pessoas discutirem suas respostas com alguém próximo a elas, converse com elas uma por uma com seu grupo. Eu fiz isso muitas vezes com grupos e todas as vezes as mesmas verdades emergem. Aponte essas verdades para o seu próprio grupo conforme essas realidades se revelam através de sua discussão.

  1. A maioria das pessoas tem a ideia errada do que o “evangelismo” é. Isso é claro porque a construção mental ou paradigma da maioria das pessoas (a primeira coisa que vem à sua mente) é conversar com estranhos na rua ou de porta em porta sobre Jesus.
  2. No entanto, quase todos foram trazidos para Cristo, não por um estranho, mas por um amigo, colega de trabalho, ou parente. Na verdade, provavelmente nenhum do seu grupo foi levado para Cristo por um estranho. (É ótimo levar estranhos para Cristo mas é a exceção, não a regra, então seus membros devem focar suas orações e amor nas pessoas que eles conhecem.)
  3. A maioria das pessoas é influenciada para Cristo por simples atos de amor. Foram as pessoas que se importaram com eles, as encorajaram, ouviram, e investiram nelas. (Coisas simples e práticas que elas podem facilmente fazer pelas pessoas com quem elas vivem, trabalham, e vão para a escola todos os dias.)
  4. A maioria não consegue lembrar o que as pessoas disseram, ou as palavras que elas disseram eram simplesmente um convite para a igreja ou para uma reunião de célula.
  5. Acima de tudo isso as pessoas fizeram com que elas se sentissem amadas. Elas não as condenaram, persuadiram ou as desprezaram.

Essas cinco perguntas irão guiar os membros a descobrirem que o evangelismo mais eficaz é feito por pessoas comuns como eles que amam, servem, se preocupam, e ativamente alcançam aquelas que não conhecem Jesus.

Você pode terminar seu momento de discussão lendo João 1:35-49. Assim como André e Filipe simplesmente estenderam a mão a um parente e um amigo, e isso mudou totalmente a direção da vida desses homens, então eles também podem apenas precisar servir, orar e convidar os que conhecem para aprender mais sobre Jesus.

Spanish blog: 

5 preguntas divertidas para movilizar a los miembros de tu célula a una Extensión Relacional

Por Jim Egli, www.jimegli.com, autor y pastor de la Iglesia El viñedo en Urbana, Illinois

La mayora de los miembros de la célula no están haciendo el evangelismo porque tienen una idea equivocada de lo que es, pero se sienten inadecuados y no equipados para hacerlo.

He encontrado cinco preguntas divertidas que cambian totalmente las perspectivas y mueve a los miembros en un alcance efectivo.

Escribe estas cinco preguntas en una pizarra, folleto, o un pedazo de papel. Has que en parejas discutan las preguntas, luego discútelas en grupo. Usted se sorprenderá en que tan animados y potencial es la discusión y que la gente aprende de su propia experiencia, principios bblicos para llegar a sus amigos y parientes.

Aqu están las preguntas:

  1. ¿Cuál es la primera cosa que viene a tu mente cuando escuchas la palabra “evangelismo”?
  2. ¿Quién fue más influyente en traerte a Cristo? ¿Cuál era la relación de esa persona con usted?
  3. ¿Qué hizo esa persona para influenciarte?
  4. ¿Qué te dijeron?
  5. ¿Cómo te sientes?

Después que las personas discuten las respuestas con alguien al lado de ellos, habla a través de ellos uno por uno en su grupo. He hecho esto muchas veces con grupos y cada vez las mismas verdades emergen. Señalan estas verdades a su propio grupo ya que estas realidades se revelan a través de la discusión.

  1. La mayora de la gente tiene una idea equivocada de lo que es “el evangelismo”. Esto es claro porque la mayora de las personas construyen mentalmente un paradigma (la primera cosa que viene a la mente) está hablando con extraños en la calle o puerta a puerta hablando sobre Jesús.
  2. Sin embargo, casi todo el mundo fue llevado a Cristo, no por un desconocido, pero por un amigo, compañero de trabajo, o un pariente. De hecho, probablemente nadie en su grupo fue llevado a Cristo por un desconocido. (Es muy bueno traer extraños a Cristo, pero es la excepción y no la regla, por lo que sus miembros deben concentrar sus oraciones y amor en las personas que conocen).
  3. La mayora de las personas se ven influenciados a Cristo por simples actos de amor. Era gente que se preocupaba por ellos, los animó, escúchelos, e invierte en ellos. (Cosas sencillas y prácticas que se pueden hacer fácilmente por las personas que viven, trabajan, e ir a la escuela todos los das).
  4. La mayora de la gente no puede recordar lo que dijeron las personas, o las palabras a las que se referan eran simplemente una invitación a la iglesia o en una reunión de un grupo de células.
  5. Por encima de todas estas personas les haca sentirse amado. Ellos no condenan, engatusan, o menospreciarlos.

Estas cinco preguntas guiarán a los miembros a descubrir que el evangelismo más efectivo se hace por la gente común que ellos aman, sirven, se preocupan, y activamente atienden a personas que no conocen a Jesús.

Puede terminar su tiempo de meditación con la lectura de Juan 1: 35-49. Al igual que Andrés y Felipe, simplemente se acercó a un pariente y un amigo, y cambió por completo el sentido de la vida de estos hombres, para que ellos también pueden simplemente tenga que servir, orar, e invitar a sus conocidos en aprender más acerca de Jesús.

Leave a Reply

Your email address will not be published.