Multiplication is Possible

coach_freddynoble

By Freddy Noble, www.iglesiabautistanyc.org 

Some time ago one of my projects for my doctorate degree was to carry out a multiplication of cells in our church. Twenty-four leaders agreed to meet with me once every two weeks for  sixteen weeks.

During that time, I gave them a message of inspiration, taught them about evangelism and discipleship, and then assigned them certain tasks to fulfill. The goal was to ensure that half of the participants  could multiply their cell.

At the end of the project they ended up being part of the original nineteen twenty-four leaders and the end result was that eight new cells were established. The goal was almost accomplished.

For me the experience was interesting and taught me several lessons. First that the multiplication of cells must be intentional. That is, this should be one of the goals of the cell groups. The tendency of groups to withdraw into themselves is necessary that from the beginning let alone multiply.

Second, multiplication, demand effort. Not just a goal or vision must take action. Multiplication requires people to evangelise because if we do not go they will not come. You should go and share the Word with friends and acquaintances. At the same time you have to disciple new believers and train new leaders. There are no short cuts

The other lesson was that whenever we work and strive in prayer can achieve some results. .In The book will be multiplication EPE: A Re-Revolution Discipleship use in the project, it said that all fields do not produce the same harvest but all can be harvested! After all, in the parable of the sower he produced one hundred, another fifty and another thirty.

In other words, they are not going to produce the same results despite deploy similar efforts in every workplace but there will be some results! Sometimes we feel intimidated by the large numbers of cells of the large church or the speed or abundance of multiplication in other places and we can become discouraged if we do not see the same results in our environment.

So what I’ve learned is not necessarily going to see the same results as I am that I hear from other places, but there is no doubt there will be some fruit. So I have to keep doing is to continue encouraging people to evangelize, disciple and train others with the aim of multiplying new cells because we can surely reap some fruit and see new cells established! We must continue striving!

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

A Multiplicação é Possvel

Por Freddy Noble, www.iglesiabautistanyc.org

Algum tempo atrás, um dos meus projetos para o meu doutorado foi realizar uma multiplicação de células em nossa igreja. Vinte e quatro lderes concordaram em se encontrar comigo uma vez a cada duas semanas durante dezesseis semanas.

Durante esse tempo, eu dei a eles uma mensagem de inspiração, ensinei-lhes sobre evangelismo e discipulado, e depois atribui a cada um deles tarefas de evangelismo e discipulado. O objetivo era garantir que metade dos participantes pudesse multiplicar sua célula.

Dezenove dos vinte e quatro lderes terminaram o projeto e o resultado final foi o estabelecimento de oito novas células. O objetivo foi quase realizado.

Para mim a experiência foi interessante e me ensinou várias lições. Em primeiro lugar, a multiplicação celular deve ser intencional. Ou seja, ela deve ser um dos objetivos das células. A tendência dos grupos de se fecharem em si mesmos faz com que seja necessário nós falarmos de multiplicação desde o incio.

Em segundo lugar, a multiplicação exige esforço. Não é suficiente apenas ter um objetivo ou uma visão, é necessário agir. A multiplicação exige que as pessoas evangelizem, porque se nós não formos até as pessoas, elas não virão. Temos de ir e compartilhar a Palavra com amigos e conhecidos. Ao mesmo tempo, precisamos discipular novos convertidos e treinar novos lderes. Não há atalhos.

A outra lição é que a oração é fundamental. Sempre que trabalhamos e nos esforçamos em oração, nós vamos ver os resultados. Haverá multiplicação. No livro EPE: A Re-Revolution of Discipleship, que eu usei no projeto, está escrito que todos os campos não produzem a mesma colheita, mas todos os campos podem ser colhidos! Afinal de contas, na parábola do semeador um produziu cem, outro cinquenta e outro trinta.

Em outras palavras, eles não vão produzir os mesmos resultados apesar de investir esforços semelhantes em cada local, mas sempre haverá resultados! Às vezes nos sentimos intimidados pelo grande número de células nas grandes igrejas ou pela velocidade ou abundância de multiplicação em outros lugares e podemos ficar desanimados se não vemos os mesmos resultados em nosso ambiente.

Então, o que eu aprendi é que onde eu estou eu não vou ver necessariamente os mesmos resultados que ouvi de outros lugares, mas não há dúvida de que haverá algum fruto. Então o que eu tenho que continuar fazendo é encorajar as pessoas a evangelizar, discipular e treinar outras pessoas com o objetivo de multiplicar novas células, porque podemos certamente colher alguns frutos e ver novas células sendo estabelecidas! Temos que continuar a lutar!

Spanish blog: 

Multiplicacion Posible

Por Freddy Noble

Hace algún tiempo lleve a cabo un proyecto de multiplicación de células en nuestra iglesia como parte de los requisitos para un grado en Ministerio en uno de nuestros seminarios. En el mismo participaran 24 lderes de células, que se reuniran conmigo una vez cada dos semanas durante unas dieciséis semanas.

Durante ese tiempo, yo les daba un pequeño mensaje de inspiración, les daba algunas orientaciones sobre evangelización y discipulado y luego les asignaba algunas tareas de evangelización personal y de discipulado. La meta era que la mitad de los participantes pudieran multiplicar su célula.

Al final del proyecto terminaron siendo parte del mismo diecinueve de los veinticuatro lideres originales y el resultado final fue que se establecieron ocho nuevas células. La meta fue casi cumplida.

Para m la experiencia fue interesante y me enseno varias lecciones. En primer lugar que la multiplicación de células debe ser algo intencional. Es decir, esta debe ser una de las metas de los grupos celulares. La tendencia de los grupos  a encerrarse en si mismos hace necesario que desde el principio hablemos de multiplicarnos.

En segundo lugar, que la multiplicación, demanda esfuerzo. No basta con una meta o visión hay que llevarla a la acción. La multiplicación requiere que la gente evangelice porque si nosotros no vamos ellos no vendrán. Hay que ir y compartir la Palabra con los amigos y conocidos. A la vez hay que discipular a los nuevos creyentes y entrenar a nuevos lderes. No hay atajos

La otra lección fue, que siempre que trabajamos y nos esforzamos en oración podremos lograr algún resultado. Habrá multiplicación .En el libro EPE: Una Re-Revolución del Discipulado que use en el proyecto, se dice que todos los campos no producen la misma cosecha ¡pero que todos pueden ser cosechados! Después de todo, en la parábola del sembrador uno produjo cien, otro cincuenta y otro treinta.

En otras palabras, no se van a producir los mismos resultados a pesar de desplegar  esfuerzos  parecidos en cada lugar de trabajo ¡pero habrá algún resultado! En ocasiones, nos sentimos intimidados por los grandes números de células de las iglesia grandes o por la rapidez o abundancia de la multiplicación en otros lugares y podemos desalentarnos si no vemos los mismos resultados en nuestro medio.

Asi que lo que he aprendido es que no necesariamente voy a ver los mismos resultados donde estoy que los que escucho de otros lugares, pero no hay dudas que habrá algún fruto. As que lo que tengo que seguir haciendo es continuar animando a la gente a evangelizar, discipular y entrenar a otros con la mira de multiplicar nuevas células porque seguramente podremos cosechar algún fruto y veremos nuevas células estableciéndose! Hay que seguir esforzandose!

Leave a Reply

Your email address will not be published.