Ministering to One Another through New Testament Prophecy

coach_JoelFamilyWeb

By Joel Comiskey

Two visitors came to our cell group one night. We knew that one of them was a non-believer, and we weren’t sure about the other person’s relationship to Christ. Even with the visitors in the group, we continued the normal order of meeting, knowing that the best form of evangelism was the Holy Spirit’s presence. Eventually, one of the small-group members asked if he could share an impression with those who were present. He turned to the single mother with the child who had come for the first time, and said, “Could I share with you?” and then he proceeded to tell her that Jesus loved her and saw no shame in her life.

My eyes filled with tears because his word was so totally on the mark. What the person who prophesied didn’t know was that this woman had felt a great deal of shame, having never married the father of her only child. She didn’t feel accepted in many circles, but to suddenly have God Himself speak to her in such a way touched her heart very deeply. God showed up in the small-group setting, and she left changed and excited about God again.

Many cell leaders seem to think that the presence of non-Christians will hinder the flow of a community, but my experience is that just the opposite occurs. When non-Christians enter the room, there’s a new flow, a new zeal, a new desire to share. The Spirit is the One who gives the supernatural power and grace needed to penetrate a lost world for Jesus. All of the gifts of the Spirit are the inheritance of the entire body of Christ (In my books “The Spirit Filled Small Group” and “Discover” I talk about the gifts of the Spirit in the small group).

The gift of prophecy does not only relate to future revelation. Far more prophecies deal with present realities than with future visions. The meaning of the Greek word prophesy simply means “to speak forth.” Those who speak forth have received a personal message from God that applies to a concrete situation. The Spirit of God then takes over the message and directs it to the larger body.

Prophesy will never contradict the inerrant Word of God. Unfortunately because those who are communicating God’s message remain sinful human beings, sometimes the message from God is skewed—this is why discernment is needed. The Scriptures tell us that we should always test the prophecies to make sure they are in line with Scripture (1 Corinthians 14:29–33).

When a person in the small group discloses a need, there is suddenly a reason to minister. Spiritual gifts are exercised when there is a need. When no needs are present, people don’t feel an urgency to use their gifts and minister to others. But when a need arises, suddenly everyone wants to get involved—and this is exciting. As each person begins to minister to and love those around him, there’s a new sense of power and anointing.

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Ministrando um ao outro através da profecia do Novo Testamento

Por Joel Comiskey

Dois visitantes vieram ao nosso grupo de célula uma noite. Nós sabamos que um deles era um descrente, e nós não estávamos certos sobre o relacionamento da outra pessoa com Cristo. Mesmo com os visitantes no grupo, nós continuamos com a ordem normal da reunião, sabendo que a melhor forma de evangelismo era a presença do Esprito Santo. Eventualmente, um dos membros do pequeno grupo perguntou se ele podia compartilhar uma impressão com aqueles que estavam presentes. Ele virou para a mãe solteira com seu filho que havia vindo pela primeira vez, e disse “Eu posso compartilhar com você?” e então ele passou a contar a ela que Jesus a amava e não via nenhuma vergonha em sua vida.

Meus olhos se encheram de lágrimas porque sua palavra foi completamente certeira. O que a pessoa que profetizou não sabia era que essa mulher havia sentido muita vergonha em nunca ter se casado com o pai de seu único filho. Ela não se sentiu aceita em muitos crculos, mas de repente ter o próprio Deus falando a ela de tal forma tocou seu coração profundamente. Deus apareceu no ambiente do pequeno grupo, e ela foi embora mudada e entusiasmada sobre Ele novamente.

Muitos lderes de célula parecem pensar que a presença de não cristãos vai atrapalhar o fluxo de uma comunidade, mas minha experiência é que o oposto ocorre. Quando não cristãos entram no ambiente, há um novo fluxo, uma nova paixão, um novo desejo de compartilhar. O Esprito é Aquele que dá o poder sobrenatural e a graça necessários para penetrar um mundo perdido para Jesus. Todos os dons do Esprito são a herança do corpo inteiro de Cristo (Nos meus livros “[store.joelcomiskeygroup.com/spsmgr.html] The Spirit Filled Small Group” ‘em tradução livre, O Pequeno Grupo Cheio do Esprito’ e “[store.joelcomiskeygroup.com/discover.html] Discover” ‘em tradução livre, Descubra’ eu falo sobre os dons do Esprito no pequeno grupo).

O dom da profecia não se relaciona apenas com a revelação futura. Muitas mais profecias lidam com realidades presentes do que com visões futuras. O significado da palavra grega profecia simplesmente é “falar adiante”. Aqueles que falam adiante receberam uma mensagem pessoal de Deus que se aplica a uma situação concreta. O Esprito de Deus então assume a mensagem e a direciona ao corpo maior.

A profecia nunca irá contradizer a Palavra inerrante de Deus. Infelizmente, porque aqueles que estão comunicando a mensagem de Deus permanecem seres humanos pecadores, às vezes a mensagem de Deus é distorcida—é por isso que o discernimento é necessário. As Escrituras nos contam que devemos sempre testar as profecias para ter certeza de que elas estão alinhadas com a Escritura (1 Corntios 14:29-33).

Quando uma pessoa no pequeno grupo revela uma necessidade, há de repente uma razão para ministrar. Dons espirituais são exercitados quando há uma necessidade. Quando nenhuma necessidade está presente, as pessoas não sentem uma urgência para usar seus dons e ministrar aos outros. Mas quando surge uma necessidade, de repente todos querem estar envolvidos—e isso é empolgante. Conforme cada pessoa começa a ministrar e a amar aquelas que estão a sua volta, há um novo senso de poder e unção.

Spanish blog:

Ministrando los unos a los otros a través de la profeca del Nuevo Testamento

Por Joel Comiskey

Dos visitantes vinieron a nuestro grupo celular una noche. Sabamos que uno de ellos era un inconverso, y no estábamos seguros la relación de la otra persona con Cristo. Incluso con los visitantes del grupo, continuamos el orden normal de la reunión, sabiendo que la mejor forma de evangelismo era la presencia del Espritu Santo. Finalmente, uno de los miembros del grupo preguntó si podan compartir una impresión con los que estaban presentes. Él se voltio hacia la madre soltera con un niño que haba venido por primera vez y le dijo: “¿Podra compartirlo contigo?” Y luego procedió a decirle que Jesús la amaba y no vea vergüenza en su vida.

Mis ojos se llenaron de lágrimas porque su palabra estaba totalmente en la marca. Lo que la persona que profetizó no saba era que esta mujer haba sentido una gran vergüenza, nunca se haba casado con el padre de su único hijo. Ella no se senta aceptada en muchos crculos, pero de repente, Dios mismo le habló de tal manera que tocó su corazón muy profundamente. Dios apareció en el ambiente de grupo pequeño, y ella se fue cambiada y emocionada por Dios de nuevo.

Muchos lderes celulares parecen pensar que la presencia de los inconversos obstaculizará el flujo de una comunidad, pero mi experiencia es que ocurre lo contrario. Cuando los inconversos entran en la habitación, hay un nuevo flujo, un nuevo celo, un nuevo deseo de compartir. El Espritu es el que da el poder sobrenatural y la gracia necesaria para penetrar en un mundo perdido para Jesús. Todos los dones del Espritu son la herencia de todo el cuerpo de Cristo (En mis libros “El espritu llena el pequeño grupo” y “Descubrir” hablo de los dones del Espritu en el pequeño grupo).

El don de la profeca no sólo se relaciona con la revelación futura. Muchas profecas se ocupan de las realidades actuales que de las visiones futuras. El significado de la palabra griega profeca significa simplemente “hablar”. Los que hablan han recibido un mensaje personal de Dios que se aplica a una situación concreta. El Espritu de Dios entonces toma el mensaje y lo dirige al cuerpo más grande.

Profetizar nunca contradirá la Palabra inerrante de Dios. Desafortunadamente, porque aquellos que se están comunicando el mensaje de Dios siguen siendo seres humanos pecaminosos, a veces el mensaje de Dios está sesgado – es por eso que el discernimiento es necesario. Las Escrituras nos dicen que siempre debemos probar las profecas para asegurarnos de que están en lnea con la Escritura (1 Corintios 14: 29-33).

Cuando una persona en el grupo pequeño revela una necesidad, de repente hay una razón para ministrar. Los dones espirituales se ejercitan cuando hay una necesidad. Cuando no hay necesidades presentes, la gente no siente en la urgencia de usar sus dones y ministrar a otros. Pero cuando surge una necesidad, de repente todo el mundo quiere involucrarse – y esto es emocionante. A medida que cada persona comienza a ministrar y amar a los que le rodean, hay un nuevo sentido de poder y unción.

Joel

Leave a Reply

Your email address will not be published.