Practical Tips

coaches_ralphN

by Ralph Neighbour, Jr.

  1. Use Triads Inside The Cell Meeting

I use 1 John 2:12-14 to help cell members identify themselves as “Little Children” who know two things: their sins are forgiven and they have a Daddy. Or, they are “Young Men” who have overcome the enemy through understanding that Christ is the Word who indwells them. Or they are “Fathers” because they have brought another person to be birthed into the Kingdom and they have an intimate knowledge of God.

If the believers present have never personally led someone to Christ, there will be no Fathers. Obviously, the Triad must then focus on how unbelievers come to Christ. I use the Opening Hearts Weekend to train and guide them forward until converts are produced.

I am convinced of the power of the Triad in cell ministry.

  1. Train to Mentor One Another in the Triad’s Segment of the Cell Meeting.

Back in the early 1990’s in Singapore, I encouraged others to the have the Triads meet weekly outside of the cell group. Most were too busy to schedule a separate time to meet. By redistributing the cell time to: (1) Ice Breaker, (2)Worship, (3)Triad Gatherings, (4) Cell Gathering, we saw powerful results. I talk about this in my book Christ’s Basic Bodies.

When every Little Child is being disciple by a Young Man and the Young Man is being coached by the Father to birth a Baby, the mentoring no longer rests on the Cell Leader alone.

  1. Penetrate the Households of the Little Children

Jesus gave us the pattern for reaching the lost in Mark 10. It is a mystery to me that we do not follow His instructions! He sent two disciples to enter and remain in a household, eating and drinking with the family. In doing so, the two witnessed to His indwelling Presence. It takes time to observe Christ’s life in us – therefore, He told us to stay long enough for His love to be observed. The interaction between the two disciples authenticated this.

Over time, a trust relationship will develop. Once that is in place, the deep sharing of the family members will begin. Jesus said at that time we would discern the person who was desperate for peace. This is where our paradigms deceive us! As evangelicals, we assume the “peace” we are to offer is personal salvation – but it will more likely be a deep trouble that needs a solution. A person with cancer needs healing. A mother with a wayward daughter needs a solution for the girl. The initial peace we are to offer is to “scratch where the itch is!” When we come alongside with a servant heart, the Great Healer and Deliverer begins to bring peace into the life situation. This is the forerunner to a decision to follow Jesus!

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Dicas Práticas

Por Ralph Neighbour, Jr.

  1. Use Trades Dentro da Reunião Celular

Eu uso 1 João 2:12-14 para ajudar os membros das células a se identificarem como “Filhinhos” que sabem duas coisas: que seus pecados são perdoados e que eles têm um papai. Ou eles são “Jovens” que têm superado o inimigo através da compreensão de que Cristo é a Palavra que habita neles. Ou eles são “Pais”, porque trouxeram outra pessoa para ser nascido no Reino e eles têm um conhecimento ntimo de Deus.

Se os convertidos presentes nunca levaram pessoalmente alguém a Cristo, não haverá Pais. Obviamente, a Trade deve enfocar em como os incrédulos vêm a Cristo. Eu uso o Fim de Semana de Abrir os Corações para treiná-los e guiá-los adiante até que sejam produzidos os convertidos.

Eu estou convencido do poder da Trade no ministério celular.

  1. Treine Para que Eles Sejam Tutores Uns dos Outros no Momento da Trade na Reunião Celular.

No incio dos anos 90, em Cingapura, encorajei as pessoas a reunirem semanalmente as Trades fora da célula. A maioria estava muito ocupada para agendar um encontro separado. Ao redistribuir o tempo da célula para: (1) Quebra-Gelo, (2) Adoração, (3) Reunião das Trades, (4) Reunião Celular, nós vimos resultados poderosos. Eu falo sobre isso em meu livro Christ’s Basic Bodies.

Quando cada Filhinho é discipulado por um Jovem e o Jovem é treinado por um Pai para dar à luz um Bebê, a tutoria já não recai unicamente sobre o lder da célula.

  1. Adentre o Lar dos Filhinhos

Jesus nos deu o padrão para alcançar os perdidos em Marcos 10. É um mistério para mim que não sigamos Suas instruções! Ele enviou dois discpulos para entrarem e permanecerem em um lar, comendo e bebendo com a famlia. Ao fazer isso, os dois testemunhavam de Sua Presença interior. É preciso tempo para observar a vida de Cristo em nós – portanto, Ele nos disse para permanecermos tempo suficiente para que Seu amor seja observado. A interação entre os dois discpulos autenticou isso.

Com o tempo, será desenvolvida uma relação de confiança. Uma vez que isso acontece, vai começar um compartilhar profundo dos membros da famlia. Jesus disse que nesse momento iramos discernir a pessoa que está desesperada pela paz. É aqui que nossos paradigmas nos enganam! Como evangélicos, nós assumimos que a “paz” que oferecemos é a salvação pessoal – mas provavelmente será um problema profundo que precisa de uma solução. Uma pessoa com câncer precisa de cura. Uma mãe com uma filha desobediente precisa de uma solução para a menina. A paz inicial que devemos oferecer é “arranhar onde está coçando!”. Quando chegamos perto de um coração servo, o Grande Médico e Libertador começa a trazer paz para a situação da vida. Isso é o que antecede uma decisão de seguir a Jesus!

Spanish blog:

Consejos prácticos

Por Ralph Neighbour, Jr.

  1. Utilice las tradas dentro de la reunión de la célula

Utilice 1 Juan 2: 12-14 para ayudar a los miembros de la célula a identificarse como “Niños pequeños” que saben dos cosas: sus pecados son perdonados y tienen un papá. O, son “Hombres Jóvenes” que han vencido al enemigo por entender que Cristo es la Palabra que los habita. O son “Padres” porque han trado a otra persona para que nazca en el Reino y tengan un conocimiento ntimo de Dios.

Si los creyentes presentes nunca han dirigido personalmente a alguien a Cristo, no habrá Padres. Obviamente, la Trada debe enfocarse en cómo los incrédulos vienen a Cristo. Utilizo el fin de semana de los corazones abiertos para entrenar y guiar adelante hasta que los convertidos se produzcan.

Estoy convencido del poder de la trada en el ministerio celular.

  1. Entrene para tutoriar uno al otro en el Segmento de la Trada de la Reunión Celular.

A principios de los años 90 en Singapur, animé a otros a usar las triadas para que se reúnan semanalmente fuera del grupo celular. La mayora estaban demasiado ocupados para programar un tiempo separado para reunirse. Redistribuyendo el tiempo de la célula a: (1) El rompehielos, (2) Adoración, (3) Reunión de Trada, (4) Reunión Celular, vimos resultados poderosos. Hablo sobre esto en mi libro Cuerpos Básicos de Cristo.

Cuando cada Niño pequeño está siendo discipulado por un Joven y el Joven está siendo entrenado por el Padre para dar a luz a un Bebé, la tutora ya no descansa solo en el Lder Celular.

  1. Penetrando en los hogares de los niños pequeños

Jesús nos dio el patrón para alcanzar a los perdidos en Marcos 10. ¡Es un misterio para m que no sigamos sus instrucciones! Envió dos discpulos a entrar y permanecer en una casa, comiendo y bebiendo con la familia. Al hacerlo, los dos testificaron a su presencia interior. Se necesita tiempo para observar la vida de Cristo en nosotros – por lo tanto, Él nos dijo que permanezcamos el tiempo necesario para que su amor sea observado. La interacción entre los dos discpulos autenticó esto.

Con el tiempo, una relación de confianza se desarrollará. Una vez esto de lugar, el profundo compartir de los miembros de la familia comenzará. Jesús dijo que en ese momento discerniramos a la persona que estaba desesperada por la paz. ¡Aqu es donde nuestros paradigmas nos engañan! Como evangélicos, asumimos que la “paz” que ofrecemos es la salvación personal – pero probablemente será un problema profundo que necesita una solución. Una persona con cáncer necesita curación. Una madre con una hija rebelde necesita una solución para la niña. La paz inicial que debemos ofrecer es “rascarse donde está la picazón”. Cuando llegamos al lado con un corazón de sirviente, el Gran Sanador y Liberador comienza a traer paz a la situación de la vida. Este es el precursor de la decisión de seguir a Jesús.

Ralph

Leave a Reply

Your email address will not be published.