Seeing Leadership Potential in Everyone

coach_JoelFamilyWeb

By Joel Comiskey

There’s a good chance that the next leaders that emerge from your group are very different than you. It’s so easy to want to find one kind of person to lead the group or be part of the team, but the reality is that there is no one best person.

Some of the best people don’t appear to be the best. They are the weakest, fumble the most, and seem the most unprepared. Sometimes we fail to see emerging leadership because we are looking for the wrong things. We often look for those who mesh with our personality but pass over those who follow a different drummer.

Samuel misjudged the Lord’s choice for the second king of Israel because he focused on height and stature:   “Samuel saw Eliab and thought, ‘Surely the LORD’s anointed stands here before the LORD.’ But the LORD said to Samuel, ‘Do not consider his appearance or his height, for I have rejected him. The LORD does not look at the things man looks at. Man looks at the outward appearance, but the LORD looks at the heart'” (1 Samuel 16:6-7).

Jesse was just as surprised that his older children were not elected. He had not even considered inviting shepherd boy David to the ceremony. But even though David was a “ruddy” young boy, “. . . the LORD said, ‘Rise and anoint him; he is the one!'” (1 Samuel 16:11-12).

God tends to use the “ruddy, young boys” that are fully committed to him. Our tendency is to hang educational nooses around budding leaders. Yet, the harvest is so plentiful and the laborers are so few that God would have us look at all leadership possibilities around us.

When you look out at your current small group and wonder, “Which of these people could lead a great small group?” the correct answer is, “All of them!” Sure, some people are more ready now. Some people need to get equipped or trained. But there is no key characteristic you should look for. Quiet people are as good at leading groups as outgoing people. People with the gift of service can lead a growing group just like people with the gift of teaching or evangelism.

Jim Egli and I have been studying this question for many years. We have both discovered in separate statistical studies that particular characteristics don’t matter. Our recent research embodied in our upcoming 2017 book Groups that Thrive: Seven Surprising Discoveries about Life-Giving Small Groups once again confirm that the things that matter are not people’s characteristics or age or season in life. What matters are several key behaviors that relate to loving God and loving others. Which people in your current group can obey the two greatest commandments, to love God with all they are and to love others like they love themselves (Mark 12:28-31)? All of them can! And this means that all of them have the potential to lead a thriving small group.

Take a moment to consider Jesus’ own recruits. His twelve closest followers appear to be incredibly unexceptional. They were a motley crew of ordinary people. But Jesus invested in them and through them ignited a movement that would reach millions, even billions of people. God wants to use your small group in a similar way if you’ll see God’s potential in each person to change the world.

In the month of March, we’ll talk about seeing everyone as a potential member of a leadership team. Here are the themes we’ll cover in March:

  • (March 05-11) Taking the next step. For many the first step is joining a cell, then participating, but why not see each one as participating on a leadership team. Some will become point people but not all.
  • (March 12-18).  Obstacles to taking the next step: I can’t do it, not enough knowledge, don’t have the gift of leadership, and so forth. These myths should be debunked. Rather, people grow best when they are involved.
  • (March 19-25; due date March 17).  The place of equipping in preparing new leaders, coaching in sustaining them, and vision casting during the celebration service.
  •  (March 26-April 01; due date March 24).  God uses weak vessels. Often the best cell leaders are the weakest. Pride is the main hindrance to effective cell leadership.

Share here your experiences about seeing the potential in every person in the cell.

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Vendo o Potencial para Liderança em Todos

Por Joel Comiskey

Há uma boa chance de que os próximos lderes que emergirem de seu grupo sejam muito diferentes de você. É muito fácil querer encontrar um tipo de pessoa para liderar o grupo ou para fazer parte da equipe, mas a realidade é que não há uma pessoa melhor que as outras.

Algumas das melhores pessoas não parecem ser as melhores. Elas são as mais fracas, se atrapalham mais e parecem ser as mais despreparadas. Às vezes não conseguimos ver a liderança emergindo porque estamos procurando pelas coisas erradas. Nós frequentemente procuramos aqueles que combinam com nossa personalidade, mas passamos batido por aqueles que seguem um ritmo diferente.

Samuel julgou mal a escolha do Senhor para o segundo rei de Israel porque ele se concentrou na altura e estatura: “Quando chegaram, Samuel viu Eliabe e pensou: ‘Com certeza este aqui é o que o Senhor quer ungir’. O Senhor, contudo, disse a Samuel: ‘Não considere a sua aparência nem sua altura, pois eu o rejeitei. O Senhor não vê como o homem: o homem vê a aparência, mas o Senhor vê o coração'” (1 Samuel 16:6-7).

Jessé ficou tão surpreso que seus filhos mais velhos não foram eleitos. Ele não tinha sequer pensado em convidar o pastor de ovelhas Davi para a cerimônia. Mas mesmo que Davi fosse um jovem garoto “corado”, “…o Senhor disse a Samuel: ‘É este! Levante-se e unja-o'” (1 Samuel 16:11-12).

Deus tende a usar os “jovens garotos corados” que estão totalmente comprometidos com Ele. Nossa tendência é pendurar cordões educativos ao redor de lderes em ascensão. No entanto, a colheita é tão abundante e os trabalhadores são tão poucos que Deus quer que olhemos para todas as possibilidades de liderança ao nosso redor.

Quando você olha para o seu pequeno grupo atual e se pergunta: “Qual dessas pessoas poderia liderar um ótimo pequeno grupo?”, a resposta correta é: “todas elas!”. Claro, algumas pessoas estão mais prontas agora. Algumas pessoas precisam ser equipadas ou treinadas. Mas não há nenhuma caracterstica principal que você deve procurar. As pessoas tranquilas são tão boas em liderar grupos como as pessoas extrovertidas. Pessoas com o dom do serviço podem liderar um grupo crescente, assim como as pessoas com o dom de ensinar ou de evangelismo.

Jim Egli e eu temos estudado essa questão há muitos anos. Ambos descobrimos em estudos estatsticos separados que caractersticas especficas não importam. Nossa pesquisa recente incorporada em nosso próximo livro de 2017 Groups that Thrive: Seven Surprising Discoveries about Life-Giving Small Groups (“Grupos que Prosperam: Sete Descobertas Surpreendentes sobre Pequenos Grupos Cheios de Vida”, em tradução livre) mais uma vez confirma que as coisas que importam não são as caractersticas das pessoas, sua idade ou época da vida. O que importa são vários comportamentos-chave que se relacionam com amar a Deus e amar os outros. Quais pessoas do seu grupo atual podem obedecer aos dois maiores mandamentos, amar a Deus com tudo o que são e amar os outros como amam a si mesmas (Marcos 12:28-31)? Todas elas podem! E isso significa que todas têm o potencial de liderar um pequeno grupo próspero.

Tire um momento para considerar os próprios recrutas de Jesus. Seus doze seguidores mais próximos parecem ser incrivelmente nada excepcionais. Eles eram um grupo heterogêneo de pessoas comuns. Mas Jesus investiu neles e, por meio deles, inflamou um movimento que atingiria milhões, até bilhões de pessoas. Deus quer usar seu pequeno grupo de uma maneira similar se você ver o potencial de Deus em cada pessoa para mudar o mundo.

No mês de março, nós vamos falar sobre ver todas as pessoas como um potencial membro da equipe de liderança. Se você gostaria de receber os blogs de março por e-mail, clique aqui. Aqui estão os temas que serão abordados nesse mês:

  • (05 a 11 de março) Tomando o próximo passo. Para muitos, o primeiro passo é se juntar a uma célula e depois participar, mas por que não ver cada um como um participante de uma equipe de liderança? Alguns vão se tornar lderes, mas não todos.
  • (12 a 18 de março) Obstáculos para dar o próximo passo: não posso fazer isso, não tenho conhecimento suficiente, não tenho o dom da liderança, e assim por diante. Esses mitos devem ser descartados. Pelo contrário, as pessoas crescem melhor quando estão envolvidas.
  • (19 a 25 de março) O momento de equipar na preparação de novos lderes, treinar para sustentá-los, e o lançamento da visão durante o culto de celebração.
  • (26 de março a 01 de abril) Deus usa vasos fracos. Muitas vezes, os lderes das melhores células são os mais fracos. O orgulho é o principal obstáculo à liderança celular eficaz.

Compartilhe aqui suas experiências sobre ver o potencial em todas as pessoas da célula.

Joel Comiskey

Spanish blog:

Viendo el potencial de liderazgo en todos

Por Joel Comiskey, https://joelcomiskeygroup.com/es/asesoramiento/

Hay una buena probabilidad de que los próximos lderes que surjan de tu grupo sean muy diferentes a ti. Es tan fácil querer encontrar un tipo de persona especfico para dirigir el grupo o para que sea parte del equipo, pero la realidad es que no existe tal cosa como “la mejor persona”.

Algunas de las mejores personas no parecen ser las mejores. Son las más débiles, las más torpes, y parecieran ser las menos preparadas. A veces fallamos en ver un liderazgo emergente porque estamos buscando las cosas equivocadas. A menudo buscamos a aquellos que se ajustan a nuestra personalidad, pero pasamos por alto a aquellos que son diferentes.

Samuel juzgó erróneamente la elección del Señor para el segundo rey de Israel, porque se enfocó en la estatura y en el porte: … “él vio a Eliab, y dijo: De cierto delante de Jehová está su ungido. Y Jehová respondió a Samuel: No mires a su parecer, ni a lo grande de su estatura, porque yo lo desecho; porque Jehová no mira lo que mira el hombre; pues el hombre mira lo que está delante de sus ojos, pero Jehová mira el corazón”. Samuel 16:6-7).

Isa estaba igualmente sorprendido de que sus hijos mayores no fueran elegidos. Ni siquiera haba considerado invitar al pastor David a la ceremonia. Pero, aunque David era un jovencito rubio de mejillas rosadas, …  el SEÑOR dijo: “Levántate y úngelo, porque éste es”. (1 Samuel 16: 11-12)

Dios tiende a usar a “jovencitos de mejillas rosadas” que estén plenamente comprometidos con él. Nuestra tendencia es bloquear por motivos de falta de preparación a los lderes en ciernes. Sin embargo, la cosecha es tan abundante y los obreros son “tan” pocos que Dios quiere que veamos todas las posibilidades de liderazgo que nos rodean.

Cuando veas a tu grupo pequeño y te preguntes, “¿Cuál de estas personas podra dirigir un grandioso grupo pequeño?” La respuesta correcta deberá ser: “¡Todos ellos!” Claro, algunas personas ya están más preparadas. Algunas personas necesitan ser equipadas o entrenadas. Pero no hay ninguna caracterstica clave que debas buscar. Las personas calladas o introvertidas son tan buenas dirigiendo grupos, como las personas extrovertidas. Las personas con el don de servicio pueden dirigir un grupo que está en crecimiento, como las personas con el don de enseñanza o evangelismo.

Jim Egli y yo hemos estado estudiando esta pregunta por muchos años. Ambos hemos descubierto a través de estudios estadsticos separados que las caractersticas particulares no importan. Nuestra investigación reciente la cual encontrarás en nuestro próximo libro del 2017 Groups that Thrive: Seven Surprising Discoveries about Life-Giving Small Groups (Grupos que prosperan): Siete Sorprendentes Descubrimientos sobre Grupos Pequeños que Dan Vida), una vez más confirma que las cosas que importan no son las caractersticas de las personas, ni la edad, ni la época en la que se encuentra en su vida. Lo que importa son varias conductas clave que se relacionan con amar a Dios y amar a los demás. ¿Qué personas de tu grupo actual pueden obedecer los dos mandamientos más grandes, amar a Dios con todo su ser y amar a los demás como se aman a s mismos (Marcos 12: 28-31)? ¡Todos ellos pueden hacerlo! Y esto significa que todos ellos tienen el potencial de dirigir un grupo pequeño que prospere.

Tómate un momento para considerar a los propios reclutas de Jesús. Sus doce seguidores más cercanos parecen increblemente excepcionales. Eran un grupo heterogéneo de gente común. Pero Jesús invirtió en ellos y, a través de ellos, encendió un movimiento que alcanzara millones, incluso billones de personas. Dios quiere usar a tu grupo pequeño de una manera similar si ves el potencial de Dios en cada persona para cambiar el mundo.

En el mes de marzo, hablaremos acerca de ver a todos como un miembro potencial de un equipo de liderazgo. Si deseas recibir los blogs de marzo en tu correo electrónico, haz clic aqu. Estos son los temas que abordaremos en marzo:

  • (Marzo 05-11) Tomando el siguiente paso. Para muchos, el primer paso es unirse a una célula, luego participar, pero ¿por qué no ver a cada uno de ellos como participantes de un equipo de liderazgo? Algunos se convertirán en personas determinantes, pero no todos.
  • (Marzo 12 al 18) Obstáculos para dar el siguiente paso: No puedo hacerlo, no tengo suficiente conocimiento, no tengo el don del liderazgo, y as sucesivamente. Estos mitos deben ser derribados. Por el contrario, las personas crecen mejor cuando se involucran.
  • (Marzo 19-25, fecha de vencimiento 17 de marzo). El lugar de equipamiento para la preparación de nuevos lderes, la supervisión en el sostenimiento de ellos, y el lanzamiento de la visión durante el servicio de la celebración.
  • (26 de marzo – 01 de abril, fecha de vencimiento 24 de marzo). Dios usa vasijas débiles. A menudo, los mejores lderes de célula son los más débiles. El orgullo es el principal obstáculo para el liderazgo celular eficaz.

Comparte aqu tus experiencias sobre ver el potencial en cada persona en la célula.

Joel Comiskey

Leave a Reply

Your email address will not be published.