Soccer Coaches Can Be Obnoxious

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Pastor Bill Mellinger, Crestline First Baptist;  www.crestlinefbc.com

Do you know much about the game of soccer? It is a wonderful sport that allows people of all sizes to compete against one another. I have had the privilege to coach and referee soccer. My experience on the field as a referee has influenced my coaching and caused me to value the coaches who quietly watch a match without hollering constant instructions from the sidelines. In the middle of the field, much of what is hollered from the sidelines is just noise. This is true with youth and adult soccer. Of course, sometimes that noise gets annoying and even hostile. When that happens at a youth soccer match, the referee has to step in and stop the dissent or even the over coaching of those on the sidelines.

What does this view of soccer have to do with a cell group? As members of a cell, we are like the coach who watches the game without interruption waiting for appropriate moments like a substitution or half time to give guidance to the team. We need to listen, listen and listen some more before sharing thoughts with someone in the group. In other words, we need to avoid giving advice.

In our Group Covenant, we make a commitment to “LISTEN to each person when they speak, whether in words, actions, or attitudes.” People don’t need our advice and frankly, they probably won’t follow it when we give it. What they will listen to is our love and prayer support that we give by listening. Too many people have great ideas for what someone else should do and we are all too willing to share those ideas as advice.

When people share a problem, we need to listen. Of course, if you want people in your group to stop sharing personal issues, give them advice. Pretty soon, you will find that transparency is decreasing and people are not sharing significant personal concerns. Like the players on the field, your advice will go unheard because of the noise or it will become obnoxious and rejected.

Occasionally, someone in the group may actually say that they want to get the advice of the group. Even when this happens, the group needs to practice active listening, asking questions and hearing the issue from the view of the one sharing and avoid advice as much as possible. God may give you a word, but it is important to listen to the person sharing and listen to the Lord. Keep your advice to yourself. Oops! I just gave you some advice. LISTEN!

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Treinadores de Futebol Podem Ser Desagradáveis

Por Bill Mellinger, www.crestlinefbc.com

Você entende muito sobre o jogo de futebol? É um esporte maravilhoso que permite que pessoas de todos os tamanhos compitam um contra o outro. Tive o privilégio de treinar e arbitrar futebol. Minha experiência no campo como um árbitro influenciou minha forma de treinar e me fez valorizar os treinadores que observam silenciosamente uma partida sem gritar instruções constantes do lado de fora. No meio do campo, muito do que é gritado das laterais é apenas barulho. Isso é real para o futebol juvenil e o adulto. E claro, às vezes esse barulho é irritante e até hostil. Quando isso acontece em um jogo de futebol juvenil, o árbitro deve intervir e parar a dissensão ou mesmo os conselhos excessivos daqueles que estão à margem.

O que essa visão do futebol tem a ver com uma célula? Como membros de uma célula, somos como o treinador que observa o jogo sem interrupção esperando momentos apropriados como uma substituição ou o meio tempo para dar orientação ao time. Precisamos ouvir, ouvir e ouvir um pouco mais antes de compartilhar pensamentos com alguém do grupo. Em outras palavras, precisamos evitar dar conselhos.

Em nosso Acordo do Grupo, nos comprometemos a “ESCUTAR a cada pessoa que falar, seja em palavras, ações ou atitudes”. As pessoas não precisam do nosso conselho e, francamente, provavelmente não irão segui-lo quando o damos. O que elas vão ouvir é o nosso apoio de amor e de oração que nós damos ao ouvir. Muitas pessoas têm grandes ideias para o que alguém deveria fazer e todos estamos dispostos a compartilhar essas ideias como conselhos.

Quando as pessoas compartilham um problema, precisamos ouvir. Se você quer que as pessoas do seu grupo parem de compartilhar problemas pessoais, dê-lhes conselhos. Em breve, você achará que a transparência está diminuindo e as pessoas não estão compartilhando preocupações pessoais significativas. Como os jogadores no campo, seu conselho ficará inaudvel por causa do rudo ou se tornará desagradável e rejeitado.

Ocasionalmente, alguém do grupo pode realmente dizer que deseja obter o conselho do grupo. Mesmo quando isso acontece, o grupo precisa praticar a escuta ativa, fazer perguntas e ouvir a questão do ponto de vista de quem está compartilhando e evitar dar conselhos o máximo quanto possvel. Deus pode dar uma palavra, mas é importante ouvir a pessoa compartilhar e ouvir o Senhor. Mantenha seu conselho para si mesmo. Opa! Eu acabei de te dar alguns conselhos. OUÇA!

Spanish blog:

Los entradores fútbol pueden ser fastidiosos

Por Bill Mellinger, www.crestlinefbc.com

¿Conoces mucho acerca del fútbol? Es un deporte maravilloso que permite a personas de todos los tamaños competir entre s. He tenido el privilegio de ser entrenador y árbitro de fútbol. Mi experiencia siendo árbitro ha influenciado mi manera de entrenar y ha causado que valore a los entrenadores que ven tranquilamente un partido sin gritar constantes instrucciones desde la banda. En la mitad de la cancha, la mayor parte de todo lo que se grita desde la banda, es solo ruido. Esto es pasa en el fútbol juvenil y mayor. Claro que en ocasiones ese ruido es molesto e incluso hostil. Cuando esto ocurre en un partido de fútbol juvenil, el árbitro tiene que intervenir y detener la inconformidad o incluso el exceso de instrucciones de los que están en las bandas.

¿Qué tiene que ver esta visión del fútbol con un grupo celular? Como miembros de la célula, somos como el entrenador que ve el partido sin interrupciones, esperando el momento indicado, como una sustitución o el medio tiempo para dar indicaciones al equipo. Necesitamos escuchar, escuchar y escuchar un poco más antes de compartir nuestros pensamientos con alguien en la célula. En otras palabras, necesitamos evitar dar consejo.

En nuestro Grupo Covenant, nos comprometemos a “ESCUCHAR a cada persona cuando hablan, ya sea en palabras, acciones o actitudes.” Francamente las personas no necesitan nuestro consejo, probablemente no lo sigan si se los damos.  Lo que escucharan es el amor y las oraciones que les brindaremos al escuchar.  Muchas personas tienen grandes ideas para lo que alguien más debe hacer y estamos muy dispuestos a compartir esas ideas como consejo.

Cuando las personas comparten un problema, necesitamos escuchar. Por supuesto, que si quiere que las personas en la célula dejen de compartir asuntos personales, deles consejo. Muy pronto, descubrirá que la transparencia disminuye y los miembros no compartirán problemas personales importantes. Al igual que los jugadores en la cancha, su consejo pasara inadvertido debido al ruido o será fastidioso y desechado.

En ocasiones, alguien en la célula puede realmente decir que quiere el consejo de los miembros. Incluso cuando esto sucede, la célula necesita practicar la escucha activa, hacer preguntas y escuchar el problema desde la visión de compartir y evitar el asesoramiento tanto como sea posible. Dios puede darle una palabra, pero es importante escuchar a la persona que comparte y escuchar al Señor. Mantenga su consejo para usted. ¡Vaya! acabo de darle un consejo. ¡ESCUCHE!

Leave a Reply

Your email address will not be published.