Disciples Indeed

coaches_jeffTun2011

By Jeff Tunnell

In Mark 8:34, Jesus says, “When He had called the people to Himself, with His disciples also, He said to them, “Whoever desires to come after Me, let him deny himself, and take up his cross, and follow Me.” Some translations insert the word “daily.” With or without this word, Jesus was clear: discipleship is not a part-time occupation.

Is Discipleship a lifestyle? In fact, no. Lifestyle is a word that represents a choice. You can elect to change your lifestyle, or have your lifestyle changed by circumstances, such as a reduction in finances or a hurricane that takes out your home.

Discipleship is a life. It is a response to Christ’s Lordship. It acknowledges that there is someone greater than yourself. It requires surrender of the lesser to the greater, and surrender is a permanent condition.

Discipleship is dynamic, not static. It is proactive, not passive. Disciples are involved in the expression and life of Jesus, not simply spectators of what others are doing.

Cell ministry and cell structure, are conducive to the life of a surrendered disciple. Attending a congregational meeting once a week and remaining a casual observer is no longer satisfying. Involvement in cell ministry is more like being on a team or army than going to a performance. Being a disciple in a cell structured ministry requires discipline, training and equipping in order to function on the team. Going to a performance only requires payment and a limited amount of time compared to the rest of your week.

The benefits of true discipleship are lasting and permanent. The benefits of attending a performance are limited and temporary. Discipleship is a permanent surrender, not a temporary or occasional commitment.

My encouragement to you this week and to those you serve is to live at the level of discipleship. Surrender yourself fully to Jesus, cell ministry, and life together in his Kingdom, rather than stopping short by being only an attender at someone else’s program.

Jeff

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Discípulos De Fato

Por Jeff Tunnell

Em Marcos 8:34, Jesus diz: “E chamando a si a multidão, com os seus discípulos, disse-lhes: Se alguém quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome a sua cruz, e siga-me.” Algumas traduções inserem a palavra “diariamente”. Com ou sem essa palavra, Jesus era claro: o discipulado não é uma ocupação de meio período.

O Discipulado é um estilo de vida? Na verdade não. Estilo de vida é uma palavra que representa uma escolha. Você pode optar por mudar seu estilo de vida ou ter seu estilo de vida alterado pelas circunstâncias, como uma redução nas finanças ou um furacão que leva sua casa.

O discipulado é uma vida. É uma resposta ao Senhorio de Cristo. Ele reconhece que há alguém maior do que você. Exige a entrega do menor ao maior, e a entrega é uma condição permanente.

O discipulado é dinâmico, não estático. É proativo, não passivo. Os discípulos estão envolvidos na expressão e na vida de Jesus, não são apenas espectadores do que os outros estão fazendo.

Ministério celular e estrutura celular são propícios à vida de um discípulo rendido. Participar de uma reunião congregacional uma vez por semana e permanecer um observador casual já não é mais satisfatório. O envolvimento no ministério celular é mais como estar em uma equipe ou exército do que ir a uma performance. Ser um discípulo em um ministério estruturado celular exige disciplina, treinamento e equipamento para funcionar na equipe. Ir a uma performance requer apenas o pagamento e um período de tempo limitado em relação ao resto da semana.

Os benefícios do verdadeiro discipulado são duradouros e permanentes. Os benefícios de participar de uma performance são limitados e temporários. O discipulado é uma rendição permanente, não um compromisso temporário ou ocasional.

Meu incentivo para você esta semana e para aqueles que você serve é viver ao nível do discipulado. Entregue-se plenamente a Jesus, ao ministério celular e a vida juntos em Seu Reino, em vez de ser apenas um participante no programa de outra pessoa.

Jeff

Spanish blog:

Efectivamente, discípulos

Por Jeff Tunnell

En Marcos 8:34, Jesús dice, “Entonces llamó a la multitud y a sus discípulos.?Si alguien quiere ser mi discípulo —les dijo—, que se niegue a sí mismo, lleve su cruz y me siga. ” (NVI)

Algunas traducciones insertan la palabra “diario”. Con o sin esta palabra, Jesús estaba siendo claro: el discipulado no es una ocupación de medio tiempo.

¿Es el discipulado un estilo de vida? En realidad, no, Estilo de vida es un concepto que representa una opción. Puedes elegir cambiar tu estilo de vida y puedes cambiar tu estilo de vida por circunstancias, como una reducción en tus finanzas o un huracán te que quita tu hogar.

El discipulado es una vida, es una respuesta al señorío de Cristo. Reconoce que hay alguien más grande que tu, que requiere la entrega de lo menor a lo mayor, y la rendición es una condición permanente.

El discipulado es dinámico, no estático; es proactivo, no pasivo. Los discípulos están involucrados en la expresión y la vida de Jesús, no sólo son espectadores de lo que otros están haciendo.

El ministerio celular y la estructura celular son propicios para la vida de un discípulo entregado. Asistir a una reunión congregacional una vez a la semana y seguir siendo un observador casual ya no es satisfactorio. La participación en el ministerio celular es más parecido a estar en un equipo o un ejército que ir a un espectáculo. Ser un discípulo en un ministerio celular estructurado requiere disciplina, entrenamiento y equipamiento para poder funcionar en equipo. Ir a una espectáculo solamente requiere que pagues por una cantidad limitada de tiempo, comparado con el resto de tu semana.

Los beneficios del verdadero discipulado son duraderos y permanentes. Los beneficios de asistir a un espectáculo son limitados y temporales. El discipulado es una rendición permanente, no un compromiso temporal u ocasional.

Mi aliento para ti esta semana y para aquellos a quienes sirves es vivir al nivel del discipulado. Ríndete completamente a Jesús, al ministerio celular y a la vida junto a Él en su Reino, en lugar de dejar de ser solo un asistente en el programa de otra persona.

Jeff

2 thoughts on “Disciples Indeed

Leave a Reply to Martha Villegas Cancel reply

Your email address will not be published.