Keeping Our Eye on the Ball

coaches_steveCordleCropped

By Steve Cordle, www.crossroadsumc.org

Because discipleship requires relationships, cell groups are ideal environments for making disciples.

However, simply gathering 10 people in a living room will not guarantee that they will love and obey Jesus. From time to time it is helpful to evaluate how effective our group’s disciple-making actually is.

Of course, we are not capable of seeing the hearts and minds of those in our groups. Our evaluations are partial and imperfect. But, as leaders, we can look at a few indicators and respond accordingly. For example:

  • do you see people obeying Jesus more frequently? If not, you might want to ask people for their action steps coming out of the time in the Word.
  • are people inviting and sharing their faith? If not, consider increasing the group’s prayer for unreached people, or plan outreach activities to do together. (Evangelism)
  • are people sharing the reality of their lives together? If not, look together at what the scriptures teach about community, then model transparency. Share meals together and encourage communication outside he group. (Fellowship)
  • are you experiencing the presence of Jesus in the meeting? If not, change up the way you are praising God (Worship)
  • is everyone involved in some way in the group’s ministry? If not, consider asking each one to take care of some aspect of the group. (Ministry)

A Bible discussion group will not necessarily produce disciples who make disciples. But a holistic group will change lives and communities.

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Mantendo Nossos Olhos na Bola

Por Steve Cordle, Pastor Principal, Crossroads Church, www.crossroadsumc.org

Como o discipulado requer relacionamentos, as células são ambientes ideais para fazer discípulos. No entanto, simplesmente reunir 10 pessoas em uma sala de estar não garantirá que elas amem e obedeçam a Jesus. De vez em quando, é útil avaliar o quão eficaz nosso grupo realmente é em fazer discípulos.

Claro, não somos capazes de ver os corações e as mentes das pessoas em nossos grupos. Nossas avaliações são parciais e imperfeitas. Mas, como líderes, podemos observar alguns indicadores e responder de acordo. Por exemplo:

  • Você vê as pessoas obedecendo a Jesus com mais frequência? Caso contrário, você pode querer perguntar às pessoas por seus passos de ação após o momento de palavra.
  • As pessoas estão convidando e compartilhando sua fé? Se não, considere aumentar o momento de oração do grupo por pessoas que não conhecem Jesus, ou planeje atividades evangelísticas juntos (evangelismo).
  • As pessoas estão compartilhando a realidade de suas vidas juntos? Caso contrário, olhe em conjunto o que as Escrituras ensinam sobre a comunidade e então seja um exemplo de transparência. Compartilhem refeições juntos e incentive a comunicação fora do grupo (comunhão).
  • Você está experimentando a presença de Jesus na reunião? Se não, mude a forma como estão louvando a Deus (adoração).
  • Todos estão envolvidos de alguma forma no ministério celular? Se não, pense em pedir que cada pessoa cuide de algum aspecto do grupo (ministério).

Um grupo de discussão da Bíblia não vai necessariamente produzir discípulos que fazem discípulos. Mas um grupo holístico vai transformar vidas e comunidades.

Spanish blog:

Manteniendo la concentración

Por Steve Cordle, Pastor Principal, Iglesia Crossroads, www.crossroadsumc.org

Debido a que el discipulado requiere relaciones, los grupos celulares son entornos ideales para hacer discípulos. Sin embargo, el hecho reunir a 10 personas en un hogar, no garantizará que amarán y obedecerán a Jesús. De vez en cuando, es útil evaluar cuán efectivo es en realidad la fabricación de discípulos de nuestra célula.

Por supuesto, no somos capaces de ver los corazones y las mentes de aquellos en nuestras células. Nuestras evaluaciones son parciales e imperfectas; pero, como líderes, podemos ver algunos indicadores y responder en consecuencia a estos. Por ejemplo:

  •  ¿Ves a personas que obedecen a Jesús con más frecuencia? Si no es así, querrás pedirle a la gente que sus pasos de acción resalten en el tiempo de la Palabra.
  •  ¿Están las personas invitando y compartiendo su fe? Si no es así, considera aumentar la oración de la célula por las personas no alcanzadas, o planea actividades de acercamiento para desarrollarlas juntos. (Evangelización)
  •  ¿Comparten las personas la realidad de sus vidas? Si no, juntos lean lo que las Escrituras enseñan acerca de la comunidad, luego trabajen en la honestidad. Compartan comidas juntos y fomenten la comunicación fuera del grupo. (Compañerismo)
  •  ¿Estás experimentando la presencia de Jesús en la reunión? Si no, cambia la forma en que estás alabando a Dios (Adoración)
  •  ¿Están todos involucrados de alguna manera en el ministerio de la célula? Si no, considera pedirle a cada uno que se encargue de algún aspecto del grupo. (Ministerio)

Un grupo de discusión de la Biblia no necesariamente producirá discípulos que hagan discípulos. Pero un grupo holístico cambiará vidas y comunidades.

Leave a Reply

Your email address will not be published.