Do We Have To Have Fun?

By Bill Mellinger, www.crestlinefbc.com

A lot of great ideas for having fun with your cell have been shared this month. Laughter, eating, sharing, spending time together inside and outside the cells are all about the things we do to build relationships. Why does fun matter to your cell, because relationships matter?

When your group gathers, do they enjoy being together? Do they enjoy one another? The welcome questions help us to get to know one another in a nonthreatening way. Refreshments are a great time for sharing and connecting with people in your cell. These are just “extra” additions to the cell format. Rather they are integral to the development of community.

I really appreciate what Randall Neighbour has tried to teach us about evangelism and discipleship in his book, “The Naked Truth About Small Group Ministry.” Randall talks about the value of introducing our Christian friends to our unchurched friends. The best way to do that is by connecting them through activities that both enjoy. Randall even has worked to learn new skills that match the interests of his unchurched friends.

Many churches have evangelistic events that they challenge the church to invite their unchurched friends. Why would your unchurched friend want to come to a church event with you if you haven’t first invited them into your home? If we are going to invite someone to an activity that we enjoy, don’t we also need to be willing to try something that our friend enjoys? Isn’t this all about having fun? Let’s go have some fun with our neighbors and unchurched friends. As we build relationships with the unchurched, we demonstrate sincere love and we eventually they will see Christ in us.

As we wrap up this month, I hope that you see the intrinsic value of fun and fellowship in your group and with the unchurched. The fellowship times in our groups are just as important as the times of prayer and study. We need balance but we need the relational time to help us connect to Christ and to develop Christ centered relationships. Have fun! Enjoy one another and help people to see that there is joy in being a follower of Jesus Christ. This is about discipleship. Can you really say that you love one another if you don’t laugh together? Isn’t this part of rejoicing with those who rejoice (Romans 12:15)?

Do we have to have fun in our groups and with the unchurched? I say a resounding yes! Have fun and have it to the full. Jesus came to give us abundant life. When Jesus told Zacchaeus that he was coming to his house, I think he had fun with him. Enjoy!

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Nós temos que nos divertir?

Bill Mellinger, www.crestlinefbc.com

Muitas ótimas ideias para se divertir com sua célula foram compartilhadas este mês. Rir, comer, compartilhar, passar tempo juntos dentro e fora das células são coisas que fazemos para construir relacionamentos. Por que a diversão é importante para a sua célula? É porque os relacionamentos são importantes.

Quando seu grupo se reúne, as pessoas do grupo gostam de ficar juntas? Elas se divertem umas com as outras? As perguntas da hora da chegada nos ajudam a nos conhecermos de maneira não ameaçadora. A hora do lanche é um ótimo momento para compartilhar e se conectar com as pessoas na sua célula. Essas são apenas adições “extras” para o formato de célula. Ou melhor, elas são integrantes para o desenvolvimento da comunidade.

Eu realmente aprecio o que Randall Neighbour tentou nos ensinar sobre evangelismo e discipulado em seu livro “The Naked Truth About Small Group Ministry” (A Verdade Nua Sobre o Ministério do Pequeno Grupo, em tradução livre). Randall fala sobre o valor de apresentar nossos amigos cristãos aos nossos amigos sem igreja. A melhor maneira de fazer isso é conectando-os por meio de atividades que ambos gostam. Randall até trabalhou para aprender novas habilidades que correspondam aos interesses de seus amigos sem igreja.

Muitas igrejas têm eventos evangelísticos que desafiam a igreja a convidar seus amigos sem igreja. Por que seu amigo sem igreja gostaria de ir a um evento da igreja com você se você não o convidou primeiro para sua casa? Se vamos convidar alguém para uma atividade que gostamos, não precisamos também estar dispostos a experimentar algo de que nosso amigo goste? Isso não é tudo sobre se divertir? Vamos nos divertir com nossos vizinhos e amigos sem igreja. À medida que construímos relacionamentos com os sem-igreja, demonstramos amor sincero e, eventualmente, eles verão Cristo em nós.

Ao encerrarmos este mês, espero que você veja o valor intrínseco da diversão e companheirismo em seu grupo e com os sem-igreja. Os tempos de comunhão em nossos grupos são tão importantes quanto os tempos de oração e estudo. Precisamos de equilíbrio, mas precisamos do tempo de relacionamento para nos ajudar a nos conectar com Cristo e desenvolver relacionamentos centralizados em Cristo. Diverta-se! Desfrute um ao outro e ajude as pessoas a verem que há alegria em ser um seguidor de Jesus Cristo. Isso é sobre discipulado. Vocês podem realmente dizer que vocês amam uns aos outros se vocês não rirem juntos? Não é esta parte de se alegrar com aqueles que se alegram (Romanos 12:15)?

Temos que nos divertir em nossos grupos e com os sem-igreja? Eu digo um sonoro sim! Divirta-se e aproveite ao máximo. Jesus veio para nos dar vida abundante. Quando Jesus disse a Zaqueu que ele estava indo para sua casa, acho que ele se divertiu com ele. Aproveite!

Spanish blog:

¿Tenemos que divertirnos?

Bill Mellinger, www.crestlinefbc.com

Este mes se han compartido muchas ideas geniales para divertirte con tu célula. El reír, comer, compartir, pasar tiempo juntos dentro y fuera de las células, son acciones que hacemos para construir relaciones. ¿Por qué la diversión es importante para tu celular, porque las relaciones importan?

Cuando tu célula se reúne, ¿les gusta estar juntos? ¿Disfrutan juntos? Las preguntas de bienvenida nos ayudan a conocernos de una manera cómoda. Los refrigerios también son un buen momento para compartir y conectarse con las personas en tu célula. Estas no son solo adiciones “extra” al formato celular; más bien son parte integral del desarrollo de la comunión en el grupo.

Realmente aprecio lo que Randall Neighbor ha tratado de enseñarnos sobre evangelismo y discipulado en su libro, “The Naked Truth About Small Group Ministry”. Randall habla sobre el valor de presentar a nuestros amigos cristianos a nuestros amigos que no asisten a la iglesia. La mejor manera de hacerlo es conectándolos a través de actividades que ambos disfrutan. Randall incluso ha trabajado para aprender nuevas habilidades que coincidan con los intereses de sus amigos que no asisten a la iglesia.

Muchas iglesias tienen eventos evangelísticos que desafían a la iglesia a invitar a sus amigos que no asisten a ella. ¿Por qué querría tu amigo que no asiste a ninguna iglesia ir a un evento contigo si no los ha invitado primero a tu casa? Si vamos a invitar a alguien a una actividad que disfrutamos, ¿no necesitamos también estar dispuestos a probar algo que le gusta a nuestro amigo? ¿No se trata de divertirse? Pasemos un buen rato con nuestros vecinos y amigos que no asisten a la iglesia. A medida que construimos relaciones con los que no asisten a la iglesia, demostramos amor sincero y eventualmente ellos verán a Cristo en nosotros.

Al concluir este mes, espero que veas el valor intrínseco de la diversión y el compañerismo en tu célula  y con los que no asisten a la iglesia. Los momentos de confraternidad en nuestras células son tan importantes como los tiempos de oración y estudio. Necesitamos equilibrio, pero necesitamos el tiempo relacional para ayudarnos a conectarnos con Cristo y desarrollar relaciones centradas en Cristo. ¡Que te diviertas! Disfrútense unos a otros y ayúdenlos a ver que hay alegría en ser seguidores de Jesucristo; se trata del discipulado. ¿Pueden decir realmente se aman unos a otros si no se ríen juntos? ¿No es esto parte de regocijarse con aquellos que se regocijan (Romanos 12:15)?

¿Tenemos que divertirnos en nuestras células y con los que no asisten a la iglesia? ¡Para mí la respuesta es un rotundo sí! Diviértete y hazlo al máximo. Jesús vino a darnos vida abundante. Cuando Jesús le dijo a Zaqueo que vendría a su casa, creo que se divirtió con él. ¡Disfruta!

Leave a Reply

Your email address will not be published.