The Benefits of Team Leadership

By Scott Boren, The Center for Community and Mission  (www.scottboren.blogspot.com) , Twitter@mscottboren

In my previous post, I proposed that God, as Father-Son-Spirit, leads in community, and therefore we are to lead our groups through community. This calls for team leadership as opposed to individualistic leadership. Let me introduce few ideas about the value of team leadership.

First, team leadership relieves the stress on one person to be good at all the things small group leaders do. When you work with a team, you can partner with people who have strengths and gifts that complement your own. You don’t have to be good at everything. You get to explore how to lead through your strengths and work with others who have different strengths. For instance, if you are very hospitable and pastoral, you might focus on the responsibilities of leadership that best suit those gifts while someone else facilitates meeting discussion and guides the group in prayer.

Second, team leadership keep you humble. As a part of a team, you are never the leader who makes it work. All successes are shared, as are all failures. But even more, when you work as a team you are required to talk things through and share your perspective with others before simply acting. Team leadership requires mutual submission to one another, and this always generates humility.

Third, team ministry protects leaders from burnout. When I was leading a group solo, I would feel guilty for taking a vacation. I rarely thought about what I needed to be healthy and well balanced because I felt responsibility for the welfare of the group. With a team, you get to be yourself. You don’t have to carry the pressure of constantly being “on” or being strong for the rest of the group. It’s much easier to lead in weakness when others are with you carrying the load.

Fourth, team leadership is a natural way to disciple others through trial and error. It shifts discipleship training from an information focus to one that is based in participation.

Finally, team leadership empowers the group to be creative about how it will engage people outside the group in mission. Solo-leader groups often struggle to survive. The leader spends a lot of energy just getting the group to show up and connect. But with a team, there is more ownership of the vision and therefore more space for the group to get involved with what God is doing outside the group.

—Adapted from Leading Small Groups in the Way of Jesus

Please link to https://www.amazon.com/Leading-Small-Groups-Way-Jesus/dp/0830836810/ref=tmm_pap_swatch_0?_encoding=UTF8&qid=&sr=

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Os benefícios da Liderança em Equipe

Por Scott Boren, O Centro para Comunidade e Missão (www.scottboren.blogspot.com), Twitter @mscottboren

No meu post anterior, propus que Deus, como Pai-Filho-Espírito, lidera em comunidade e, portanto, devemos liderar nossos grupos através da comunidade. Isso exige liderança em equipe em oposição à liderança individualista. Deixe-me apresentar algumas ideias sobre o valor da liderança em equipe.

Primeiro, a liderança em equipe alivia o estresse de uma pessoa ter que ser boa em todas as coisas que os líderes de pequenos grupos fazem. Quando você trabalha com uma equipe, você pode fazer parcerias com pessoas que tenham pontos fortes e dons que complementem os seus próprios. Você não precisa ser bom em tudo. Você pode explorar como liderar através de seus pontos fortes e trabalhar com outras pessoas que tenham diferentes pontos de fortalecimento. Por exemplo, se você é muito hospitaleiro e pastoral, pode se concentrar nas responsabilidades da liderança que melhor se adequam a esses dons, enquanto outra pessoa facilita a reunião e orienta o grupo em oração.

Em segundo lugar, a liderança em equipe mantém você humilde. Como parte de um time, você nunca é o líder que faz as coisas funcionar. Todos os sucessos são compartilhados, assim como todos os fracassos. Mas, melhor ainda, quando você trabalha em equipe, é necessário conversar sobre as coisas e compartilhar sua perspectiva com os outros antes de simplesmente agir. A liderança em equipe exige submissão mútua de um para o outro, e isso sempre gera humildade.

Em terceiro lugar, o ministério em equipe protege os líderes do esgotamento. Quando eu estava liderando um grupo sozinho, eu me sentia culpado por tirar férias. Eu raramente pensava sobre o que eu precisava para ser saudável e bem equilibrado, porque eu me sentia responsável pelo bem-estar do grupo. Com uma equipe, você consegue ser você mesmo. Você não precisa carregar a pressão de estar constantemente “ligado” ou de ser forte pelo resto do grupo. É muito mais fácil liderar na fraqueza quando os outros estão com você carregando a carga.

Em quarto lugar, a liderança em equipe é uma maneira natural de discipular os outros por meio de tentativa e erro. Ele muda o treinamento de discipulado de um foco na informação para um baseado na participação.

Finalmente, a liderança em equipe capacita o grupo a ser criativo sobre como envolver pessoas fora do grupo em missão. Grupos de líderes solo muitas vezes lutam para sobreviver. O líder gasta muita energia apenas fazendo com que o grupo apareça e se conecte. Mas com uma equipe, há mais apropriação da visão e, portanto, mais espaço para o grupo se envolver com o que Deus está fazendo fora do grupo.

—Adaptado de Leading Small Groups in the Way of Jesus (“Liderando Pequenos Grupos na Maneira de Jesus”, em tradução livre)
https://www.amazon.com/Leading-Small-Groups-Way-Jesus/dp/0830836810/ref=tmm_pap_swatch_0?_encoding=UTF8&qid=&sr=

Spanish blog:

Los beneficios del liderazgo en equipo

Por Scott Boren, El Centro para la Comunidad y la Misión ( www.scottboren.blogspot.com), Twitter @ mscottboren

En mi publicación anterior, propuse que Dios, como Padre-Hijo-Espíritu, lidera en comunidad y, por lo tanto, debemos dirigir a nuestras celulas a través de la comunidad. Esto requiere liderazgo en equipo en lugar de un liderazgo individualista. Permítanme presentar algunas ideas sobre el valor del liderazgo en equipo.

Primero, el liderazgo en equipo libera del estrés a una persona para que sea buena en todo lo que hacen los líderes celulares. Cuando trabajas con un equipo, puedes asociarte con personas que tienen puntos fuertes y dones que complementan los tuyos; no tienes que ser bueno en todo. Puedes explorar cómo liderar tus fortalezas y trabajar con otras personas que tienen fortalezas diferentes. Por ejemplo, si es muy hospitalario y pastoral, puede centrarse en las responsabilidades de liderazgo que mejor se ajusten a esos dones, mientras que otra persona facilita los momentos de discusión y guía al grupo en oración.

En segundo lugar, el liderazgo en equipo te mantiene humilde. Como parte de un equipo, nunca eres el líder que lo hace funcionar todo. Todos los éxitos se comparten, al igual que todos los fracasos. Pero aún más, cuando trabajas en equipo, se te pide que hables y compartas tu punto de vista con los demás antes de simplemente actuar. El liderazgo en equipo requiere sumisión mutua, y esto siempre genera humildad.

En tercer lugar, el ministerio en equipo protege a los líderes del agotamiento. Cuando dirigía solo a una célula, me sentía culpable por tomarme unas vacaciones. Rara vez pensé en lo que necesitaba para estar saludable y bien equilibrado; me sentía responsable del bienestar del grupo. Con un equipo, tienes que ser tú mismo. No tiene que soportar la presión de estar constantemente “fortalecido” o ser fuerte para el resto del grupo. Es mucho más fácil llevar a la debilidad cuando otros están contigo ayudándote con la carga.

En cuarto lugar, el liderazgo en equipo es una forma natural de discipular a los demás a través de la prueba y el error. Cambia el entrenamiento de discipulado de un enfoque de información a uno basado en la participación.

Finalmente, el liderazgo en equipo permite a la célula ser creativa sobre cómo involucrará a las personas fuera de ella en la misión. Las células de líderes solitarios a menudo luchan por sobrevivir, el líder gasta mucha energía solo para que el grupo se reúna y se conecte. Pero con un equipo, hay más propiedad en la visión y, por lo tanto, más espacio para que el grupo se involucre con lo que Dios está haciendo fuera de la célula.

-Adaptado de Leading Small Groups in the Way of Jesus (Liderando células en la manera de Jesús)

Por favor, entra a https://www.amazon.com/Leading-Small-Groups-Way-Jesus/dp/0830836810/ref=tmm_pap_swatch_0?_encoding=UTF8&qid=&sr=

Leave a Reply

Your email address will not be published.