Hit By A Bus

Michelle Geoffrey, cell pastor at www.celebrationchurch.org

No matter how great of a leader we are or believe ourselves to be, we are replaceable.  We may be able to lead worship, facilitate a discussion, and bake fresh cookies  while ministering to the children. But the truth is we are all replaceable.  The real question is not how valuable we are to our cell group; it is what value we are leaving behind.

My former boss, Steve, would say to me on a regular basis, “This is what you do if I get hit by a bus.”  Steve and I haven’t worked together in over eight years, but I still use that phrase today. What Steve was trying to tell me is that the work still needed to continue even in his absence.  He was making himself replaceable.

Today, in my team meetings and with my group, I say, “this is what you do if I get hit by a bus.”   I am just being dramatic, but really I want things to go along just as well or even better if and when I am not there.  I am replaceable.

As group leaders, we need to help find the value in others and raise them to the next level of leadership.  We do this by first acknowledging their potential and believing in them. Then, we must pour into them our time, love and wisdom, truly discipling the future leader or leaders.  Ask them to take a cell leader class or read books on cell leadership. My personal “go to” books are Home Cell Explosion by Joel Comiskey and the 21 Irrefutable Laws of Leadership by John Maxwell.   We should invite these blossoming leaders with us to minister and reach out to other cell members on a consistent basis.

As they are growing in their journey, we ask them to facilitate, plan an outreach, and call members who have missed a meeting.  We allow them to take on more roles within the group. The up-and-coming leaders may make a few mistakes along the way, but we all do.  Have grace!

Once they are ready, it is time for us to step back and allow them to shine.  When troublesome situations arise, we must empower the new leader to handle them, but we are still available to help coach and give guidance.  As the former group leader, it is imperative that we do not take back control.

In the next few weeks and days, ask yourself how replaceable you really are.  If you are not at the cell meeting this week, will it go on in your absence or will it fall apart?  Become a leader of a ministry that will continue, even if the BIG bus comes for you.

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Atropelado Por Um Ônibus

Por Michelle Geoffrey, pastora de células na www.celebrationchurch.org

Não importa quão grande líder nós somos ou acreditamos ser, somos substituíveis. Podemos ser capazes de liderar a adoração, facilitar uma discussão e fazer biscoitos frescos enquanto ministramos para as crianças. Mas a verdade é que somos todos substituíveis. A verdadeira questão não é quão valiosos somos para a nossa célula, mas sim qual valor que estamos deixando para trás.

Meu antigo chefe, Steve, me dizia regularmente: “Isso é o que você deve fazer se eu for atropelado por um ônibus”. Steve e eu não trabalhamos juntos há mais de oito anos, mas eu ainda uso essa frase. O que Steve estava tentando me dizer é que o trabalho ainda precisava continuar mesmo em sua ausência. Ele estava se tornando substituível.

Hoje, nas reuniões da minha equipe e com o meu grupo, eu digo: “isso é o que você deve fazer se eu for atropelada por um ônibus”. Estou apenas sendo dramática, mas realmente quero que as coisas funcionem tão bem ou melhor se/quando eu não estiver lá. Eu sou substituível.

Como líderes de grupo, precisamos ajudar a encontrar o valor nos outros e elevá-los ao próximo nível de liderança. Fazemos isso primeiro reconhecendo seu potencial e acreditando neles. Depois, devemos derramar neles nosso tempo, amor e sabedoria, verdadeiramente discipulando o futuro líder ou líderes. Peça-lhes para fazer aulas para líderes de célula ou ler livros sobre liderança de célula. Os livros para os quais eu recorro são: Home Cell Explosion, de Joel Comiskey, e as 21 Irrefutable Laws of Leadership (“21 Irrefutáveis ​​Leis da Liderança”, em tradução livre), de John Maxwell. Devemos convidar esses líderes que estão florescendo conosco para ministrar e alcançar outros membros da célula de maneira consistente.

À medida que eles estão crescendo em sua jornada, pedimos a eles que facilitem, planejem um evangelismo e chamem membros que perderam uma reunião. Nós permitimos que eles assumam mais funções dentro do grupo. Os líderes em ascensão podem cometer alguns erros ao longo do caminho, mas todos nós cometemos. Deus dá graça para eles!

Quando estiverem prontos, é hora de darmos um passo atrás e deixar que brilhem. Quando surgem situações problemáticas, devemos capacitar o novo líder para lidar com elas, mas ainda permanecemos disponíveis para ajudar, treinar e orientar. Como o ex-líder do grupo, é imperativo que não retomemos o controle.

Nos próximos dias e semanas, pergunte-se o quanto você realmente é substituível. Se você não estiver na reunião da célula esta semana, ela continuará na sua ausência ou será desfeita? Torne-se um líder de um ministério que continuará, mesmo se o ônibus vier na sua direção.

Spanish blog:

Golpeado por un autobús

Por Michelle Geoffrey, pastora de células en www.celebrationchurch.org

No importa que tan grandes líderes somos o creamos ser, todos somos reemplazables. Es posible que podamos dirigir la adoración, facilitar una discusión y hornear galletas deliciosas mientras ministramos a los niños. Pero la verdad es que todos somos reemplazables. La verdadera pregunta no es qué tan valiosos somos para nuestro grupo celular; es el valor que estamos dejando atrás.

Mi antiguo jefe, Steve, me decía regularmente: “Esto es lo que debes hacer si me golpea un autobús”. Steve y yo no hemos trabajado juntos en más de ocho años, pero todavía utilizo esa frase. Lo que Steve intentaba decirme es que el trabajo aún tenía que continuar incluso en su ausencia. Se estaba haciendo  reemplazable.

Hoy, en mis reuniones de equipo y con mi grupo, digo, “esto es lo que debes hacer si me golpea un autobús”. Solo estoy siendo dramática, pero realmente quiero que las cosas funcionen igual de bien o incluso mejor, cuando no este allí. Soy reemplazable.

Como líderes de celulares , debemos ayudar a encontrar el valor en los demás y elevarlos al siguiente nivel de liderazgo. Hacemos esto primero reconociendo su potencial y creyendo en ellos. Entonces, debemos verter en ellos nuestro tiempo, amor y sabiduría, discipulando verdaderamente al líder o líderes futuros. Pídales que tomen una clase de líder celular o que lean libros sobre liderazgo celular. Mis libros personales de referencia son “Home Cell Explosion” por Joel Comiskey y “The 21 Irrefutable Laws of Leadership” por John Maxwell. Deberíamos invitar a estos líderes florecientes con nosotros para ministrar y llegar a otros miembros de la célula de manera constante.

A medida que avanzan en su camino, les pedimos que faciliten, planifiquen un alcance y llamen a los miembros que se han perdido una reunión. Les permitimos asumir más roles dentro del grupo. Los líderes prometedores pueden cometer algunos errores en el camino, pero todos lo hacemos. ¡Ten gracia!

Una vez que estén listos, es hora de dar un paso atrás y permitirles brillar. Cuando surgen situaciones problemáticas, debemos capacitar al nuevo líder para que las maneje, pero aún debemoa estar disponibles para ayudar a capacitar y brindar orientación. Como ex líder de la célula, es imperativo que no retiremos el control.

En las próximas semanas y días, pregúntese qué tan reemplazable eres realmente. Si no puedes estar en la reunión de esta semana, ¿continuará esta reunión en tu ausencia o se derrumbará? Conviértete en un líder de un ministerio que continuará, incluso si el GRAN autobús viene por ti.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.