The Coach’s Love 

By Mario Vega, www.elim.org.sv

In his sermon on the good shepherd,  the Lord Jesus spoke of the difference that exists between a good shepherd and a stranger (salaried employer) in John 10. The good shepherd loves his sheep, to the point that he is willing to give his life for them. On the other hand, the stranger does not love them; he is only interested in receiving his pay. With that illustration Jesus taught about the fundamental difference that makes a pastor a good one: love.

The coach is a person whose main function is the care, training and encouragement of the leaders. Those tasks can only be done correctly when people are loved. Above all, the coach must love his leaders. A Biblical love, as the Bible presents it, supplies the needs of people. It makes them feel valued, safe, taken care of and gives them the courage to accept new challenges. The good coach loves his sheep, knows them, calls them by name, feeds them, and protects them from danger. Love is the essential characteristic of every coach.

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

O Amor do Treinador

Por Mario Vega, www.elim.org.sv

Em seu sermão sobre o bom pastor, o Senhor Jesus falou da diferença que existe entre um bom pastor e um estranho (empregador assalariado) em João 10. O bom pastor ama suas ovelhas, a ponto de estar disposto a dar sua vida por elas. Por outro lado, o estranho não as ama; ele só está interessado em receber seu pagamento. Com essa ilustração, Jesus ensinou sobre a diferença fundamental que faz com que um pastor seja bom: o amor.

O treinador é uma pessoa cuja principal função é o cuidado, treinamento e encorajamento dos líderes. Essas tarefas só podem ser feitas corretamente quando as pessoas são amadas. Acima de tudo, o treinador deve amar seus líderes. Um amor bíblico, como a Bíblia o apresenta, supre as necessidades das pessoas. Faz com que elas se sintam valorizadas, seguras, atendidas e lhes dê coragem para aceitar novos desafios. O bom treinador ama suas ovelhas, conhece-as, chama-as pelo nome, alimenta-as e protege-as do perigo. O amor é a característica essencial de todo treinador.

Spanish blog:

El amor del supervisor

Por Mario Vega, www.elim.org.sv

En su sermón sobre el buen pastor el Señor Jesús habló de la diferencia que existe entre un buen pastor y un asalariado. El buen pastor ama a sus ovejas, al punto que está dispuesto a dar su vida por ellas. En cambio, el asalariado no las ama, solo tiene interés en recibir su paga. Con esa ilustración Jesús enseñó sobre la diferencia fundamental que hace que un pastor sea bueno: eso es el amor.

El supervisor es una persona cuya función principal es el cuidado, capacitación y aliento de los líderes. Esas tareas solamente se pueden realizar correctamente cuando se ama a las personas. Sobre todas las cosas, el supervisor debe amar a sus líderes. Un amor bíblico, como la Biblia lo presenta, suple las necesidades de las personas. Les hace sentir valoradas, seguras, cuidadas y con ánimo para aceptar nuevos retos. El buen supervisor ama a sus ovejas, las conoce, las llama por nombre, las alimenta y las protege de peligros. El amor es la característica irrenunciable de todo supervisor.

Leave a Reply

Your email address will not be published.