Dumping or Delegating

By Rob Campbell, www.cypresscreekchurch.com

There’s a great difference between dumping and delegating. Dr. Roger Fritz wrote, “Dumping is indiscriminate. It’s done for expedience, taking no account of the strengths and weaknesses of the person who is supposed to do the work. In its worst form, it’s a matter of the manager dumping whatever he or she doesn’t personally want to do. It’s demeaning and perpetuates unhealthy workplace hierarchies.”

An excellent cell leader/pastor knows how to delegate. It’s an important attribute to develop and employ. However, many individuals struggle with delegation. Here’s why you may choose not to delegate.

You may enjoy the task too much and can’t imagine “allowing” anyone else to do it. Or, you may have had a bad experience in your past with delegation. Maybe you believe that you are hard pressed to find quality people. Some who have difficulty delegating want to maintain total control. There is a myriad of other explanations, aren’t there?

You won’t be surprised to hear me say that delegation is a healthy practice when done appropriately. Here are some questions to ponder.

WHAT needs to be done? WHY does it need to be done? WHEN does it need to be done? WHO is the best person to do it? WHAT equipping needs to take place?

If you want to be a great delegator, then know yourself and your cell/team members. Clearly define priorities and tasks. Provide equipping and resources. Hold people accountable for their actions. Recognize their efforts and extend your gratitude to them consistently.

Andrew Carnegie (1835-1919) is known for having built one of the most powerful and influential corporations in United States history. Later in his life, he gave away most of his riches to fund many libraries, schools and universities in America, Scotland and other countries throughout the world. “Carnegie” is a well-known name worldwide.

What follows is the epitaph on Carnegie’s tombstone: “Here lies a man who knew how to enlist in his service better men than himself.”

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Despejar ou Delegar

Por Rob Campbell, www.cypresscreekchurch.com

Há uma grande diferença entre despejar e delegar. Dr. Roger Fritz escreveu: “Despejar é indiscriminado. É feito por conveniência, sem levar em conta os pontos fortes e fracos da pessoa que deve fazer o trabalho. Em sua pior forma, é uma questão de o gerente despejar o que ele ou ela não quer fazer pessoalmente. É degradante e perpetua hierarquias insalubres no local de trabalho”.

Um excelente líder de célula/pastor sabe delegar. É um atributo importante para desenvolver e empregar. No entanto, muitos indivíduos lutam contra a delegação. Por isso, você pode optar por não delegar.

Você pode gostar muito da tarefa e pode não imaginar “permitir” que outra pessoa faça isso. Ou você pode ter tido uma experiência ruim no passado com a delegação. Talvez você acredite que é difícil encontrar pessoas de qualidade. Algumas pessoas que têm dificuldade em delegar querem manter o controle total. Existe uma infinidade de outras explicações, não existe?

Você não ficará surpreso em me ouvir dizer que a delegação é uma prática saudável quando feita de maneira apropriada. Aqui estão algumas perguntas para refletir.

O QUE precisa ser feito? POR QUE isso precisa ser feito? QUANDO precisa ser feito? QUEM é a melhor pessoa para fazer isso? QUAL equipamento é necessário?

Se você quer ser um grande delegador, conheça a si mesmo e aos membros da sua célula/equipe. Defina claramente prioridades e tarefas. Forneça equipamentos e recursos. Responsabilize as pessoas por suas ações. Reconheça seus esforços e amplie sua gratidão a eles de maneira consistente.

Andrew Carnegie (1835-1919) é conhecido por ter construído uma das corporações mais poderosas e influentes da história dos Estados Unidos. Mais tarde em sua vida, ele doou a maior parte de suas riquezas para financiar muitas bibliotecas, escolas e universidades na América, Escócia e outros países em todo o mundo. “Carnegie” é um nome bem conhecido em todo o mundo.

O que temos a seguir é o epitáfio na lápide de Carnegie: “Aqui jaz um homem que soube alistar em seu serviço homens melhores que ele mesmo”.

Spanish blog:

Dejar de hacer o Delegar

Por Rob Campbell, www.cypresscreekchurch.com

Hay una gran diferencia entre el dejar de hacer algo y delegar. El Dr. Roger Fritz escribió: “El dejar de hacer algo es indiscriminado. Se hace por conveniencia, sin tener en cuenta las fortalezas y debilidades de la persona que debe hacer el trabajo. En su peor forma, se trata de que el gerente descargue lo que él o ella no quiera hacer personalmente. Es degradante y perpetúa jerarquías de trabajo poco saludables “.

Un excelente líder / pastor de células sabe cómo delegar. Es un atributo importante para desarrollar y emplear. Sin embargo, muchos individuos luchan con la delegación. He aquí por qué puedes elegir no delegar.

Puedes disfrutar demasiado la tarea y no puedes imaginar “permitir” que otra persona lo haga. O bien, puede que haya tenido una mala experiencia en su pasado con la delegación. Tal vez creas que te cuesta mucho encontrar personas de calidad. Algunos de los que tienen dificultades para delegar quieren mantener el control total. Hay una gran cantidad de otras explicaciones, ¿no?

No te sorprenderá al escucharme decir que la delegación es una práctica saludable cuando se hace de manera apropiada. Aquí hay algunas preguntas para reflexionar.

¿Que se necesita hacer? ¿POR QUÉ hay que hacerlo? ¿CUÁNDO tiene que hacerse? ¿Quién es la mejor persona para hacerlo? ¿Qué equipamientos hay que llevar a cabo?

Si deseas ser un gran delegador, conózcete a ti mismo y a los miembros de tu célula / equipo. Define claramente prioridades y tareas; proporciona equipamiento y recursos; responsabiliza a las personas por sus acciones; reconoce sus esfuerzos y extiende tu gratitud a ellos constantemente.

Andrew Carnegie (1835-1919) es conocido por haber construido una de las corporaciones más poderosas e influyentes en la historia de los Estados Unidos. Más adelante en su vida, donó la mayor parte de sus riquezas para financiar muchas bibliotecas, escuelas y universidades en Estados Unidos, Escocia y otros países de todo el mundo. “Carnegie” es un nombre muy conocido en todo el mundo.

Lo que sigue es el epitafio en la lápida de Carnegie: “Aquí yace un hombre que supo enlistar en su servicio a hombres mejores que él”.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Free Facilitator PDF download

This book on how to facilitate a small group will help your ministry

You have Successfully Subscribed!