Traits of a Church Planter

By Steve Cordle, www.crossroadsumc.org 

The desire to plant a church is not the same as a call to plant. Before we release people to start churches, we need to honestly evaluate their readiness to do so.  I encourage anyone who is seeking to plant to go through an assessment process that will give them an objective read-out of their readiness.

Having trained and sponsored a number of church planters, and having planted a church myself, I have come to look for a several characteristics in someone who would start a new work. If the person has already started and multiplied a cell group (a vital pre-requisite), it is essential that they have:

  • A vital, growing relationship with Jesus. Church planting is spiritual warfare. We need to be connected to the Lord.
  • The drive to see others come to Christ. Without this, the church plant will fail, even if it survives.
  • A healthy marriage and a supportive spouse. Church planting puts a strain on a marriage. If your spouse is not convinced that you should start a church, then it is not yet time to do it.
  • The ability to love and gather people. It is OK to be an introvert, but you need to be able to connect with people and motivate them toward a common goal.
  • The ability to teach and communicate effectively. Casting vision, teaching the scripture and equipping the saints requires the ability to communicate clearly and with impact.

There are many other helpful characteristics for a church planter, but these are some non-negotiables.

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Traços de um Plantador de Igrejas

Por Steve Cordle, www.crossroadsumc.org

O desejo de plantar uma igreja não é o mesmo que o chamado para plantar. Antes de liberarmos as pessoas para iniciar igrejas, precisamos avaliar honestamente sua prontidão para fazê-lo. Encorajo qualquer pessoa que esteja desejando abrir uma igreja a passar por um processo de avaliação que lhe dará uma leitura objetiva de sua prontidão.

Tendo treinado e patrocinado uma série de plantadores de igrejas, e após plantar uma igreja eu mesmo, eu encontrei várias características de alguém que vai começar um novo trabalho. Se a pessoa já iniciou e multiplicou uma célula (este é um pré-requisito vital), é essencial que ela também tenha:

  • Um relacionamento vital e crescente com Jesus. O plantio de igrejas é uma guerra espiritual. Precisamos estar conectados ao Senhor.
  • O desejo de ver os outros se achegarem a Cristo. Sem isso, a nova igreja falhará, mesmo que ela sobreviva.
  • Um casamento saudável e um cônjuge que apoia. O plantio de igrejas coloca uma pressão sobre o casamento. Se o seu cônjuge não estiver convencido de que você deve começar uma igreja, então ainda não é hora de fazer isso.
  • A capacidade de amar e reunir pessoas. Não há problema em ser introvertido, mas você precisa ser capaz de se conectar com as pessoas e motivá-las em direção a um objetivo comum.
  • A capacidade de ensinar e comunicar de forma eficaz. Projetar a visão, ensinar as Escrituras e equipar os santos requerem a capacidade de se comunicar com clareza e impacto.

Há muitas outras características úteis para um plantador de igrejas, mas estas são algumas não-negociáveis.

Spanish blog:

Rasgos de un plantador de iglesias

Esta es una traducción de google. El blog normal se publicará en el sitio web de JCG cuando se reciba.

Por Steve Cordle, www.crossroadsumc.org

El deseo de plantar una iglesia no es lo mismo que un llamado a plantar. Antes de liberar a las personas para que comiencen iglesias, debemos evaluar honestamente su disposición para hacerlo. Aliento a cualquier persona que esté tratando de plantar a pasar por un proceso de evaluación que les dará una lectura objetiva de su preparación.

Habiendo entrenado y patrocinado a varios plantadores de iglesias, y habiendo plantado una iglesia yo mismo, he venido a buscar varias características en alguien que comenzaría un nuevo trabajo. Si la persona ya ha iniciado y multiplicado un grupo celular (un requisito previo vital), es esencial que tenga:

Una relación vital y creciente con Jesús. La plantación de iglesias es una guerra espiritual. Necesitamos estar conectados con el Señor.
El impulso de ver a otros venir a Cristo. Sin esto, la planta de la iglesia fallará, incluso si sobrevive.
Un matrimonio sano y un cónyuge solidario. La plantación de iglesias pone una tensión en un matrimonio. Si su cónyuge no está convencido de que debe comenzar una iglesia, entonces todavía no es el momento de hacerlo.
La capacidad de amar y reunir personas. Está bien ser introvertido, pero necesitas poder conectarte con las personas y motivarlos hacia un objetivo común.
La capacidad de enseñar y comunicarse efectivamente. Hacer una visión, enseñar las Escrituras y equipar a los santos requiere la capacidad de comunicarse claramente y con impacto.
Hay muchas otras características útiles para un sembrador de iglesias, pero estas son algunas no negociables.

Leave a Reply

Your email address will not be published.