Stop Talking

by Joel Comiskey

When you think of famous Christian leaders with incredible influence, who are those who come to mind? You might name: 

Of course, your list will include other names, depending on your background, location, and values. But why do we look up to such people? A key reason is because you’ve heard them speak or know about their speaking ability. Great content matters but communication is critical. These leaders have a way with words, and we respect them for it. 

Learning how to speak is a priority in universities and seminars. Homiletics or public speaking is a core course. I’ve taken many of them.  

But I don’t remember a course on active listening.  In fact, we don’t immediately equate greatness with listening. 

But listening is a priority in Scripture. The word listen in the Bible occurs 352 times, and the word hear is found 379 times. Jesus said, “Therefore consider carefully how you listen” (Luke 8:18). James tells us, “My dear brothers and sisters, take note of this: Everyone should be quick to listen, slow to speak and slow to become angry (James 1:19). Proverbs 18:13: “He who answers before listening-that is his folly and his shame.” 

Pastors and leaders often struggle with listening. After all, pastors are paid talkers. Week after week they speak. They prepare to preach on Sunday, teach during the week, speak at weddings, funerals, and so forth. 

Listening is usually not the priority, and the listening muscle can atrophy, growing weaker and weaker. My wife and I were taking to a pastoral couple, but he talked most of the time. I had to proactively jump into the conversation to participate. I encouraged my wife to share her journey, but the pastor jumped in again and again, sharing personal stories. “Typical,” I thought.

Small group coaches can also fall into this trap of speaking rather than listening. Cell leaders can follow this poor example and do more talking than listening in the group. But listening is the key to leader effectiveness. Effective small group leaders should only talk 30% of the time and get others to speak 70%. How are you doing in this area? 

People have needs and long to be heard. The best cell leaders are listeners and the best coaches guide through listening. And the best pastors know when to stop talking and to hear what people have to say.  

In February, let’s talk about listening. If you’d like to receive these daily blogs in your email inbox, please click here. We’ll cover:  

Feel free to share your experiences here. 

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

PARE DE FALAR

Quando você pensa em líderes Cristãos famosos que sejam extremamente influentes, quais nomes vêm imediatamente à sua mente?

• David Cho
• Joyce Meyer
• Reinhard Bonnke

Obviamente a sua lista específica terá alguns outros nomes, dependendo da sua formação, onde você mora e até mesmo dos seus valores pessoais. Mas por quais motivos nós temos estas pessoas como referências pessoais? Uma das razões principais é porque você já os ouviu falar ou pelo menos soube das suas habilidades como pregadores ou palestrantes. A força do conteúdo é importante, mas a comunicação é algo crucial. Estes líderes sabem utilizar as palavras e nós os respeitamos por essa habilidade.

Aprender a se expressar se tornou uma prioridade nas Universidades e Seminários. A homilética ou a oratória são matérias muito importantes. Eu mesmo já fiz diversos destes cursos.

Entretanto eu não me recordo de ter feito nenhum curso em como ouvir de maneira. Na realidade nós não costumamos relacionar nada de grandioso ao ato de ouvir.

A escuta, o ato de ouvir atentamente é sim uma prioridade na Palavra de Deus. A palavra “escutar” ou “ouvir” aparece na Bíblia 352 vezes. Jesus disse em Lucas 8:18: “Vede, pois, como ouvis“. Tiago nos ensina no verso 19 do capítulo 1: “Sabeis estas coisas, meus amados irmãos. Todo homem, pois, seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar.” Em Provérbios 18:13 aprendemos: “Responder antes de ouvir é estultícia e vergonha.”

Pastores e líderes comumente têm muita dificuldade em ouvir. Afinal de contas, pastores são pagos para falar. Semana após semana eles falam. Eles se preparam para falar no Domingo, ensinam durante a semana, falam em casamentos, funerais e muitas outras ocasiões.

Ouvir normalmente não é uma prioridade e o “músculo da escuta” pode atrofiar, enfraquecendo a cada dia mais. Certa vez minha esposa e eu estávamos conversando com um casal pastoral, mas o esposo falou a maior parte do tempo. Eu tive que me esforçar e pular na conversa para conseguir participar de alguma forma. Pedi para minha esposa compartilhar suas experiências mas o esposo simplesmente voltou a falar e falar, compartilhando suas próprias estórias. “Ah! Isso é bem típico”, eu pensei.

Os Coaches de pequenos grupos também podem facilmente cair nesta armadilha, falando ao invés de escutar. O líderes de células podem aprender pelo exemplo deles e falar mais do que escutar em sua própria célula. Entretanto, escutar é uma das chaves para a efetividade do líder. Os líderes de célula efetivos devem falar apenas 30% do tempo e fazer com que os outros falem os outros 70% do tempo. E você, como está nesta área específica?

As pessoas têm suas próprias necessidades e anseiam por serem ouvidas. Os melhores líderes de células são ouvintes e os melhores Coaches ensinam através da escuta. Além disso, os melhores pastores sabem quando devem parar de falar e começar a ouvir o que as pessoas querem dizer.

Em fevereiro falaremos sobre a escuta, sobre o ato de ouvir. Se você quiser receber estes blogs diários em sua caixa de entrada, basta clicar aqui. Nosso estudo cobrirá as seguintes áreas:

03 a 09 de fevereiro – As bases bíblicas para a escuta ativa
10 a 16 de fevereiro – Por que escutar é tão importante?
17 a 23 de fevereiro – Quais são os principais obstáculos e dificuldades à escuta e como obter sucesso
24 de fevereiro a 02 de setembro – Aconselhamento prático em como escutar de forma efetiva.

Sinta-se à vontade para compartilhar suas próprias experiências aqui.

Spanish blog:

Por Joel Comiskey, el libro más recíen: Células Exitosas

Cuando piensas en líderes cristianos famosos con una influencia increíble, ¿quiénes son los que vienen a tu mente? Podrías nombrar:

Por supuesto, tu lista incluirá otros nombres, dependiendo de su procedencia, ubicación y valores. Pero, ¿por qué admiramos a esas personas? 

Principalmente porque los hemos escuchado hablar o sabemos sobre su capacidad para hablar. El gran contenido importa, pero la comunicación es crítica. Estos líderes tienen un camino con las palabras, y los respetamos por ello.

Aprender a hablar es una prioridad en universidades y seminarios. La homilética o hablar en público es un curso básico;he tomado muchos de ellos.

Pero no recuerdo un curso acerca de escucha activa. De hecho, no equiparamos inmediatamente grandeza con escuchar.

Pero escuchar es una prioridad en las Escrituras. La palabra escuchar en la Biblia aparece 352 veces, y la palabra oír se encuentra 379 veces. Jesús dijo: “Por lo tanto, considera cuidadosamente cómo escuchas” (Lucas 8:18). Santiago nos dice: “Mis queridos hermanos y hermanas, tomen nota de esto: todos deben ser rápidos para escuchar, lentos para hablar y lentos para enojarse (Santiago 1:19). Proverbios 18:13:” Al que responde palabra antes de oír, Le es fatuidad y oprobio”.

Los pastores y líderes a menudo luchan con la escucha. Después de todo, los pastores son oradores pagados. Semana tras semana hablan, se preparan para predicar el domingo, enseñan durante la semana, hablan en bodas, funerales, etc.

Por lo general, escuchar no es la prioridad, y el músculo que escucha puede atrofiarse, cada vez haciendose más débil. Mi esposa y yo nos dirigíamos a una pareja de pastores, pero él hablaba la mayor parte del tiempo. Tuve que saltar proactivamente a la conversación para participar. Animé a mi esposa a compartir acerca de su viaje, pero el pastor saltó una y otra vez, compartiendo historias personales. “Típico”, pensé.

Los entrenadores celulares también pueden caer en esta trampa de hablar en lugar de escuchar. Los líderes celulares pueden seguir este mal ejemplo y hablar más que escuchando en la célula. Pero escuchar es la clave para la efectividad del líder. Los líderes de grupos celulares efectivos solo deben hablar el 30% del tiempo y hacer que otros hablen el 70%. ¿Cómo te va en esta área?

La gente tiene necesidades y anhela ser escuchada. Los mejores líderes celulares son los oyentes y los mejores entrenadores guían a través de la escucha. Y los mejores pastores saben cuándo dejar de hablar y escuchar lo que la gente tiene que decir.

En febrero, hablemos acerca de poder escuchar. Si deseas recibir estos blogs diarios en tu correo electrónico, haz clic aquí. Cubriremos:

  • Febrero 03-09: La base bíblica para escuchar.
  • Febrero 10-16 : ¿Por qué es tan importante escuchar?
  • Febrero 17-23 : ¿Cuáles son algunos obstáculos para escuchar y cómo superarlos?
  • Febrero 24 al 2 de marzo: consejos prácticos para escuchar con mayor eficacia.

Siéntete libre de compartir tus experiencias aquí. Joel

Leave a Reply

Your email address will not be published.