Making Time to Listen

By Gerardo Campos, district pastor at Elim Church, www.elim.org.sv

We live in a world that is under the tyranny of the immediate, to the point of thinking that in order to be efficient in cell ministry everything must be done right now, immediately.

Such an attitude prevents us from truly helping people who are desperately looking for solutions to their problems and needs. They come to us for a listening ear, but many times we only listen superficially, rather than truly hearing them. Remember what Jesus said to Martha, who tried to do many “good things” but failed to do the one thing. We read in Luke 10: 41-42: “Jesus answered and said to her, “Martha, Martha, you are worried and troubled about many things. But one thing is needed, and Mary has chosen that good part, which will not be taken away from her.”

Productivity and activism often keeps us from listening well. In trying to serve God, we forget what is most important: listening. In fact, listening is the most  visible sign of our love for people. If we love them, we will dedicate our time to paying attention to what they tell us.

As leaders, we want and expect reverent attention when speaking to people, but let’s make sure we are also reverent when listening to them. Listening is the most important thing when doing God’s work–listening to God and then his people. We learn to listen to people when we have learned to listen to God. Let’s remember that effective leaders listen deeply. They take the time to listen.

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Separando Tempo Para Ouvir

Por Gerardo Campos, pastor de distrito na Elim Church, www.elim.org.sv

Vivemos em um mundo que está sob a tirania do imediatismo, a ponto de pensar que para ser eficiente no ministério celular, tudo deve ser feito imediatamente.

Tal atitude nos impede de realmente ajudar as pessoas que estão desesperadamente procurando soluções para seus problemas e necessidades. Elas vêm até nós atrás de um ouvido atento, mas muitas vezes só ouvimos superficialmente, em vez de ouvi-las de verdade. Lembre-se do que Jesus disse a Marta, que tentou fazer muitas “coisas boas”, mas não conseguiu fazer a única coisa. Nós lemos em Lucas 10:41-42: “Respondeu o Senhor: “Marta! Marta! Você está preocupada e inquieta com muitas coisas; todavia apenas uma é necessária. Maria escolheu a boa parte, e esta não lhe será tirada”.

A produtividade e o ativismo muitas vezes nos impedem de ouvir bem. Ao tentar servir a Deus, esquecemos o que é mais importante: escutar. De fato, ouvir é o sinal mais visível do nosso amor pelas pessoas. Se as amamos, dedicaremos nosso tempo a prestar atenção ao que elas nos dizem.

Como líderes, queremos e esperamos uma atenção reverente quando falamos com as pessoas, mas vamos ter certeza de que também somos reverentes ao ouvi-las. Ouvir é a coisa mais importante ao fazer a obra de Deus – ouvir a Deus e depois ao Seu povo. Aprendemos a ouvir as pessoas quando aprendemos a ouvir a Deus. Vamos lembrar que os líderes eficazes ouvem profundamente. Eles separam tempo para ouvir.

Spanish blog:

Superando la barrera del tiempo

Por Gerardo Campos, pastor del distrito de la Iglesia de Elim , www.elim.org.sv

Vivimos sin lugar a dudas en un mundo que está bajo la tiranía de lo inmediato, al punto de pensar que para ser eficientes en el trabajo celular todo deberá acoplarse a lo instantáneo o exprés.

Tal actitud nos impide ayudar verdaderamente a las personas que buscan desesperadamente encontrar salida a sus problemas y encrucijadas. Ellas se acercan para que les escuchemos, pero muchas veces solo logramos oírles, nos resulta tan difícil poder escuchar con verdadera atención.

Debido a que los líderes de células no terminan de comprender la censura que Jesucristo hizo con respecto al afán por realizar muchas cosas a la vez según Lucas 10:41-42:  «—Marta, Marta —le contestó Jesús—, estás inquieta y preocupada por muchas cosas, pero solo una es necesaria y María ha escogido la mejor, y nadie se la quitará».

El activismo pareciera sustituir lo más importante al servir en la obra de Dios: ¡escuchar! Hacerlo será la muestra más visible del amor que tenemos por las personas, si les amamos les dedicaremos parte de nuestro tiempo prestándoles atención a lo que nos dicen.

Como líderes queremos y pedimos atención reverente al hablar a las personas, así también deberíamos ser reverentes al escucharles a ellos. Escuchar es lo más importante al hacer la obra de Dios, escucharle a él y escuchar a las personas. Aprendemos a escuchar a las personas cuando hemos aprendido a escuchar a Dios. Hagamos la pausa apropiada que el trabajo de un líder requiere para escuchar a las personas.

Leave a Reply

Your email address will not be published.