Submission to Spiritual Authority

By Rob Campbell, www.cypresscreekchurch.com

An individual who understands submission to spiritual authority is humble, full of love, unselfish, accountable, and personally responsible.  On the flip side, a person who rejects submission to spiritual authority is prideful, full of criticism, selfish, self-ruled, and spiritually irresponsible.

Biblical Submission Is Not Slavery.  Understand the principle of submission and you’ll understand the practice of submission.

Let’s go to the scriptures about submission to spiritual authority:

Ephesians 4:11 And he gave some, apostles; and some, prophets; and some, evangelists; and some, pastors and teachers; 12 For the perfecting of the saints, for the work of the ministry, for the edifying of the body of Christ:

Jesus is head of the church and He has established these offices/gifts giving them the responsibility to serve, oversee, and establish HIS word and commands for HIS church in the earth.  Spiritual authority is more than a title; it is a relationship with people. They stand as servants, ministers, and even spiritual parents in the lives of God’s people.

Hebrews 13:17 Obey them that have the rule over you, and submit yourselves: for they watch for your souls, as they that must give account, that they may do it with joy, and not with grief: for that is unprofitable for you.

1 Thess. 5:12-13 Dear brothers and sisters, honor those who are your leaders in the Lord’s work.  They work hard among you and warn you against all that is wrong.  Think highly of them and give them your wholehearted love because of their work.  And remember to live peaceably with each other.

Submission to spiritual authority is about a functional relationship of love and honor, to God first, then to man.

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Submissão à Autoridade Espiritual

Por Pastor Rob Campbell, www.cypresscreekchurch.com

Um indivíduo que entende sobre submissão à autoridade espiritual é humilde, cheio de amor, altruísta e pessoalmente responsável. Por outro lado, uma pessoa que rejeita a submissão à autoridade espiritual é orgulhosa, cheia de críticas, egoísta, autogovernada e espiritualmente irresponsável.

A submissão bíblica não é escravidão. Entenda o princípio da submissão e você entenderá a prática da submissão

Vamos ver as escrituras sobre submissão à autoridade espiritual:

Efésios 4:11: E ele designou alguns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas, e outros para pastores e mestres, 12 com o fim de preparar os santos para a obra do ministério, para que o corpo de Cristo seja edificado:

Jesus é o cabeça da igreja e Ele estabeleceu esses ofícios/dons, dando-lhes a responsabilidade de servir, supervisionar e estabelecer SUA palavra e mandamentos para SUA igreja na terra. A autoridade espiritual é mais que um título; é um relacionamento com as pessoas. Eles são servos, ministros e até pais espirituais nas vidas do povo de Deus

Hebreus 13:17: Obedeçam aos seus líderes e submetam-se à autoridade deles. Eles cuidam de vocês como quem deve prestar contas. Obedeçam-lhes, para que o trabalho deles seja uma alegria e não um peso, pois isso não seria proveitoso para vocês.

1 Tessalonicenses 5:12-13: Agora lhes pedimos, irmãos, que tenham consideração para com os que se esforçam no trabalho entre vocês, que os lideram no Senhor e os aconselham.Tenham-nos na mais alta estima, com amor, por causa do trabalho deles. Vivam em paz uns com os outros.

Submissão à autoridade espiritual é sobre um relacionamento funcional de amor e honra, primeiro para Deus, depois para o homem.

Spanish blog:

Sumisión a la autoridad espiritual

Por el pastor Rob Campbell, www.cypresscreekchurch.com

Un individuo que entiende la sumisión a la autoridad espiritual es humilde, lleno de amor, desinteresado, sensato y personalmente responsable. Por otro lado, una persona que rechaza la sumisión a la autoridad espiritual es orgullosa, llena de críticas, egoísta, autodidacta y espiritualmente irresponsable.

La sumisión bíblica no es esclavitud. Comprende el principio de la sumisión y entenderás la práctica de la sumisión.

Vayamos a las Escrituras sobre la sumisión a la autoridad espiritual:

Efesios 4:11 “Y él mismo constituyó a unos, apóstoles; a otros, profetas; a otros, evangelistas; a otros, pastores y maestros, a fin de perfeccionar a los santos para la obra del ministerio, para la edificación del cuerpo de Cristo”

Jesús es la cabeza de la iglesia y Él ha establecido estos oficios / dones que les dan la responsabilidad de servir, supervisar y establecer SU palabra y mandatos para SU iglesia en la tierra. La autoridad espiritual es más que un título; Es una relación con las personas. Se destacan como siervos, ministros e incluso padres espirituales en las vidas de las personas de Dios.

Hebreos 13:17 “Obedeced a vuestros pastores, y sujetaos a ellos; porque ellos velan por vuestras almas, como quienes han de dar cuenta; para que lo hagan con alegría, y no quejándose, porque esto no os es provechoso.”

1 Tes. 5: 12-13 “Os rogamos, hermanos, que reconozcáis a los que trabajan entre vosotros, y os presiden en el Señor, y os amonestan; y que los tengáis en mucha estima y amor por causa de su obra. Tened paz entre vosotros.”

La sumisión a la autoridad espiritual se trata de una relación funcional de amor y honor, primero a Dios y luego al hombre.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *