Time to Open Up

Michelle Geoffrey, cell pastor at www.celebrationchurch.org

One evening, I was visiting a senior adult cell group and the question was asked, “What is something you need to work on to grow closer to Jesus?”  The group went around and each member shared that they were close to God, but weren’t aware of any way they were lacking in their relationship with the Lord.  When my turn came, I decided to be honest and say, “I want to spend more time in prayer, share my faith better, and get deeper in God’s Word.” Once I shared, each person began to open up and explained how they would really like to grow in the Lord.  I chose to be vulnerable first for others to feel comfortable to share. As a pastor, my heart is for the groups I coach to be real, raw and vulnerable, not head-based and unemotionally invested Bible Studies.

Transparency is personal.  Bible Study is intellectual.  Transparency changes lives. Bible Study transfers knowledge.  Transparency is courageous. Bible Study is more constrained.

We have to decide as leaders and pastors what type of groups we would like to have.  There is a place for both. True cell groups are a place where life change happens and the lessons can be applied to our daily lives, which means there must be open sharing and transparency.  Here are a few ways to help your groups to find that place:

  1. Pray!  Ask the Lord to help them share openly.
  2. Share your struggles.  It all starts with you.
  3. Acknowledge and validate others when they do share.
  4. Encourage members after they share.
  5. Listen…don’t interrupt or give “pat” responses.
  6. Remind the group that “what is said here, stays here.” Transparency is based on trust.
  7. Be empathetic and compassionate, no matter how trivial it seems.

As we put into practice, transparency our groups will have more of a sense of belonging and growth.  They will truly know what it means to be a disciple and each member will feel like they are not alone or isolated.

Brene Brown says in her book, Daring Greatly, “Because true belonging only happens when we present our authentic imperfect selves to the world, our sense of belonging can never be greater than our level of self-acceptance.”  Let’s create a place where people can really find true community and safe space to be transparent.

Michelle

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Hora de se abrir

Por Michelle Geoffrey, Pastora de células na www.celebrationchurch.org

Certa noite, eu estava visitando um grupo adulto sênior e a pergunta foi feita: “O que é algo em que você precisa trabalhar para se aproximar de Jesus?” O grupo circulou e cada membro compartilhou que eles eram próximos a Deus, mas não sabiam de nenhuma área em que estavam falhando em seu relacionamento com o Senhor. Quando chegou a minha vez, decidi ser honesto e dizer: “Quero passar mais tempo em oração, compartilhar melhor a minha fé e aprofundar-me na Palavra de Deus”. Depois que eu compartilhei, cada pessoa começou a se abrir e explicou como gostaria muito de crescer no Senhor. Eu escolhi ser vulnerável primeiro para os outros se sentirem confortáveis ​​para compartilhar.  Como pastora, meu coração é que os grupos que eu treino sejam reais, “crus” e vulneráveis, que não sejam estudos bíblicos baseados na cabeça e sem qualquer envolvimento.

A transparência é pessoal. O estudo da Bíblia é intelectual. A transparência muda vidas. O estudo da Bíblia transfere conhecimento. A transparência é corajosa. O estudo da Bíblia é mais restrito.

Temos que decidir como líderes e pastores que tipo de grupos gostaríamos de ter. Existe um lugar para ambos.  Células verdadeiras são um lugar onde a mudança de vida acontece e as lições podem ser aplicadas em nossas vidas diárias, o que significa que deve haver compartilhamento aberto e transparência.  Aqui estão algumas maneiras de ajudar seus grupos a encontrar esse lugar:

 1. Ore! Peça ao Senhor para ajudá-los a compartilhar abertamente.

 2. Compartilhe suas lutas. Tudo começa com você.

 3. Reconheça e valide os outros quando eles compartilham.

 4. Encoraje os membros depois que eles compartilham.

 5. Ouça… não interrompa nem dê respostas prontas.

 6. Lembre ao grupo que “o que é dito aqui fica aqui”. A transparência é baseada na confiança.

 7. Seja empático e compassivo, não importa o quão trivial a situação pareça.

À medida que colocamos a transparência em prática, nossos grupos terão mais um sentimento de pertencimento e crescimento. Eles verdadeiramente saberão o que significa ser um discípulo e cada membro sentirá que não está sozinho ou isolado.

Brene Brown diz em seu livro, Daring Greatly: “Porque o verdadeiro pertencimento só acontece quando apresentamos nossos autênticos eus imperfeitos ao mundo, nosso senso de pertencimento nunca pode ser maior que o nosso nível de auto-aceitação”. Vamos criar um lugar onde as pessoas podem realmente encontrar a verdadeira comunidade e um espaço seguro para serem transparentes.

 Michelle

Spanish blog:

Es hora de ser transparentes

Por Michelle Geoffrey, pastora celular en www.celebrationchurch.org

Una noche, estaba visitando un grupo celular de adultos mayores y se preguntó: “¿Qué es algo en lo que necesitas trabajar para acercarte más a Jesús?” cada miembro compartió que estaban cerca de Dios, pero no sabían de qué manera carecían de su relación con el Señor. Cuando llegó mi turno, decidí ser honesto y decir: “Quiero pasar más tiempo en oración, compartir mejor mi fe y profundizar en la Palabra de Dios”. Una vez que compartí, cada persona comenzó a abrirse y explicó cómo realmente me gustaría crecer en el Señor. Elegí ser vulnerable primero para que otros se sientan cómodos al compartir. Como pastora, mi corazón es para que los grupos que entreno sean reales, crudos y vulnerables, no estén basados ​​en la cabeza y tengan estudios bíblicos sin sentido emocional.

La transparencia es personal. El estudio de la Biblia es intelectual. La transparencia cambia vidas. El estudio de la Biblia transfiere el conocimiento. La transparencia es valiente. El estudio de la Biblia es más limitado.

Tenemos que decidir como líderes y pastores qué tipo de células nos gustaría tener. Hay un lugar para ambos. Los verdaderos grupos celulares son un lugar donde ocurren cambios en la vida y las lecciones se pueden aplicar a nuestra vida diaria, lo que significa que debe haber un intercambio abierto y transparente. Aquí hay algunas maneras de ayudar a tus células a encontrar ese lugar:

1. ¡Ora! Pide al Señor que los ayude a compartir de manera abierta.

2. Comparte tus luchas. Todo comienza contigo.

3. Reconoce y valida a los demás cuando compartan.

4. Anima a los miembros después de que compartan.

5. Escucha … no interrumpas ni dé respuestas de “palmaditas”.

6. Recuerda a la célula que “lo que se dice aquí se queda aquí”. La transparencia se basa en la confianza.

7. Se empático y compasivo, no importa cuán trivial parezca el problema.

Al poner en práctica la transparencia, nuestros grupos tendrán un mayor sentido de pertenencia y crecimiento. Sabrán realmente lo que significa ser un discípulo y cada miembro sentirá que no está solo o aislado.

Brene Brown dice en su libro Daring Greatly, “Porque la verdadera pertenencia solo ocurre cuando presentamos nuestro auténtico ser imperfecto al mundo, nuestro sentido de pertenencia nunca puede ser más grande que nuestro nivel de autoaceptación”. Creemos un lugar donde las personas pueden realmente encontrar verdadera comunidad y espacio seguro para ser transparente.

Michelle

Leave a Reply

Your email address will not be published.