What Would I Do Differently?

Bill Mellinger, www.crestlinefbc.com

When we started cell ministry, we spent a lot of time with Joel Comiskey as a coach and did a lot of reading. We began with two prototype groups of potential leaders. I wanted to move quickly in our transition from a traditional program model of ministry. Now twelve years later, I feel like we are still in transition.

Even though I am the pastor, I have led several groups. Presently, I have other people leading all the groups that I used to lead. Could I have done this earlier in the process? I don’t know. I know that I have been striving to equip other people as leaders and we have trained many. Nevertheless, I am concerned about our lack of evangelism and discipleship.

We divide our group sessions into four parts: Welcome, Worship, Word, and Witness/Work. I have learned that some groups never get to the Witness/Work section of the study. As much as we say that we are committed to the Great Commission, it does not seem like we have very good follow-through. This is something that I would emphasize more in our coaching. When I have emphasized it, our groups have done a better job of reaching out to their Oikos. If pushed our groups have done neighborhood barbecues and other activities to connect with the people around them.

Unfortunately, if I don’t keep this important exercise in front of them, they seem to become lax in reaching the unchurched. With this also comes a loss of the focus on discipling the people in our groups. Healthy disciples build relationships with the unchurched and earn the right to share Christ with them. Unhealthy cells do not share what Jesus has done for them.

I believe that we need to emphasize the call to discipleship even more as we approach the return of Christ. Without this emphasis, we will become unhealthy and we will not reach our communities with the love of Jesus Christ. I pray that we will do what Jesus told us to do in the Great Commission.

As I wrap up this conversation, I think I would emphasize the use of the gifts of the Spirit more than I have. Through the gifts, we build up one another and we can be used by God to reach the unchurched. Our groups used to do a better job of ministering to one another in the group. Pray that we will be fully committed to the will of the Lord. God bless you as you keep growing closer to Christ.

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

O que eu faria diferente?

Bill Mellinger, www.crestlinefbc.com

Quando começamos o ministério de células, passamos muito tempo com Joel Comiskey como nosso treinador e lemos muito. Começamos com dois grupos protótipos de líderes em potencial. Eu queria avançar rapidamente em nossa transição de um modelo tradicional de ministério de programas. Agora, doze anos depois, sinto que ainda estamos em transição.

Mesmo sendo pastor, liderei vários grupos.  Atualmente, tenho outras pessoas liderando todos os grupos que eu costumava liderar. Eu poderia ter feito isso anteriormente no processo? Eu não sei. Sei que tenho me esforçado para equipar outras pessoas como líderes e treinamos muitos. No entanto, estou preocupado com a nossa falta de evangelismo e discipulado.

Dividimos nossas reuniões de grupo em quatro partes: Boas-vindas, Adoração, Palavra e Testemunho/Obra. Aprendi que alguns grupos nunca chegam à seção Testemunho/Obra da reunião. Por mais que digamos que estamos comprometidos com a Grande Comissão, não parece que temos um bom andamento. Isso é algo que eu enfatizaria mais em nosso treinamento. Quando enfatizei, nossos grupos fizeram um trabalho melhor ao procurar seus Oikos. Se estimulados, os grupos fariam churrascos no bairro e outras atividades para se conectar com as pessoas ao seu redor.

Infelizmente, se eu não mantiver esse exercício importante diante deles, eles parecerão frouxos ao alcançar as pessoas que não têm igreja. Com isso, também vem a perda do foco em discipular as pessoas em nossos grupos. Discípulos saudáveis ​​constroem relacionamentos com os que não são da igreja e ganham o direito de compartilhar Cristo com eles. Células não saudáveis ​​não compartilham o que Jesus fez por elas.

Acredito que precisamos enfatizar ainda mais o chamado ao discipulado ao nos aproximarmos do retorno de Cristo. Sem essa ênfase, nos tornaremos prejudiciais e não alcançaremos nossas comunidades com o amor de Jesus Cristo. Oro para que façamos o que Jesus nos disse para fazer na Grande Comissão.

Ao encerrar esta conversa, acho importante enfatizar o uso dos dons do Espírito mais do que tenho usado. Através dos dons, edificamos uns aos outros e podemos ser usados ​​por Deus para alcançar os que não são da igreja. Nossos grupos costumavam fazer um trabalho melhor de ministrar uns aos outros no grupo. Ore para que estejamos totalmente comprometidos com a vontade do Senhor. Deus te abençoe à medida que você cresce cada vez para mais perto de Cristo.

Spanish blog:

¿Qué haría diferente?

Bill Mellinger, www.crestlinefbc.com

Cuando comenzamos el ministerio celular, pasamos mucho tiempo con Joel Comiskey como entrenador y leímos mucho. Comenzamos con dos grupos prototipo de líderes potenciales. Quería avanzar rápidamente en nuestra transición de un modelo de programa tradicional de ministerio. Ahora, doce años después, siento que todavía estamos en transición.

Aunque soy el pastor, he liderado varios grupos. Actualmente, tengo otras personas liderando todos los grupos que solía dirigir. ¿Podría haber hecho esto antes en el proceso? No lo sé. Sé que me he esforzado por equipar a otras personas como líderes y hemos capacitado a muchos. Sin embargo, estoy preocupado por nuestra falta de evangelismo y discipulado.

Dividimos nuestras sesiones grupales en cuatro partes: Bienvenida, Adoración, Palabra y Testigo / Trabajo. He aprendido que algunos grupos nunca llegan a la sección Testigo / Trabajo del estudio. Por mucho que digamos que estamos comprometidos con la Gran Comisión, no parece que tengamos un buen seguimiento. Esto es algo que destacaría más en nuestro entrenamiento. Cuando lo he enfatizado, nuestros grupos han hecho un mejor trabajo al llegar a sus Oikos. Si se les presiona, nuestros grupos han hecho barbacoas en el vecindario y otras actividades para conectarse con las personas que los rodean.

Desafortunadamente, si no mantengo este importante ejercicio frente a ellos, parecen volverse flojos para alcanzar a los que no tienen iglesia. Con esto también viene una pérdida del enfoque en discipular a las personas en nuestros grupos. Los discípulos sanos construyen relaciones con los no creyentes y se ganan el derecho de compartir a Cristo con ellos. Las células no saludables no comparten lo que Jesús ha hecho por ellas.

Creo que debemos enfatizar aún más el llamado al discipulado a medida que nos acercamos al regreso de Cristo. Sin este énfasis, nos volveremos insalubres y no llegaremos a nuestras comunidades con el amor de Jesucristo. Ruego que hagamos lo que Jesús nos dijo que hicieramos en la Gran Comisión.

Al concluir esta conversación, creo que enfatizaría el uso de los dones del Espíritu más de lo que lo he hecho. A través de los dones, nos fortalecemos unos a otros y podemos ser usados ​​por Dios para alcanzar a los no creyentes. Nuestros grupos solían hacer un mejor trabajo, cuando se ministraban unos a otros en la célula. Ora para que estemos completamente comprometidos con la voluntad del Señor. Dios te bendiga mientras te acercas más a Cristo.

Sumate a la Obra Misionera a Pueblos No Alcanzados

1 thought on “What Would I Do Differently?

Leave a Reply

Your email address will not be published.