If I could start again…I would never take the vision for granted

By Roberto Bottrel [serving European churches, challenging them to make disciple-makers through cells that multiply (centraldna.org). Author of the book Multiplication, The challenge before every Christian, every Leader, and the Church (available @amazon.com)] 

During many years we worked very hard to build a new culture in our church, focused on loving God, loving people, reaching the lost and raising people to fulfill God’s call to make disciples. And after a lot of vision casting, training and coaching, all of this supported by structural changes, we became a thriving cell church. 

From that point on, we invested in improving our strategies, methods and programs. And year after year we grew in quality and in quantity. We were surfing big waves. We then thought the vision was safe. Big mistake! 

After years of cell life routine, starting and growing cells and then multiplying them we got used to it. We became good at it. We would do it without having to think too much. We new what to do and how to do it. But slowly, we started to forgot why…

When the WHY is forgotten, each one will develop all kinds of motivations for doing things, and few will be for the right one. In our case some had it, many didn’t, but it didn’t really matter since we were still moving forward… until we started to dry out. And become tired. And loose the joy. After a while the cells weren’t multiplying as before and many cell were closing… we were in trouble. 

What did we have to do? Stop the engines! Identify what is going on. Understand the reasons. Act to make it right. It became crystal clear: Let’s go back to where we started. Let’s go back to the WHY. What is it all about? After praying and seeking the Lord, he showed us in a fresh new way: it is all about Jesus. It is all about how much God loves people; It is about the beauty of being a loving and caring church; loving the lost just like Jesus did;  bearing fruits and changing eternity of many; fulfilling the Great Commission: Making disciples! It is about bringing glory to God! We went back to the beginning. Back to the joy. Back to the first fruits. Back to the harvest, with new energy, new passion and a new heart. We were back to the game! 

No matter what you do, start with the WHY. After 10 or 20 years doing the same thing? Or if you are starting something new from scratch? Always start your meetings, services, coaching, counselling – whatever you do – start with the WHY. It is all about Jesus. It is his love, his compassion, his power, his salvation, his Church, his glory. It is all about him. Keep it clear. Keep it fresh. Never take it for granted. 

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Se eu pudesse começar de novo… eu nunca deixaria de dar o devido valor à visão

Por Roberto Bottrel

[servindo igrejas europeias, desafiando-as a fazer discípulos através de
células que se multiplicam (centraldna.org).
Autor do livro Multiplicação, O desafio para todo cristão, todo líder e a
Igreja (disponível na amazon.com)]

Durante muitos anos, trabalhamos duro para construir uma nova cultura em nossa igreja, focada em amar a Deus, amar as pessoas, alcançar as pessoas perdidas e levantar pessoas para cumprir o chamado de Deus para fazer discípulos. E depois de muita projeção e treinamento, tudo isso apoiado por mudanças estruturais, nos tornamos uma igreja celular próspera.

A partir daí, investimos na melhoria de nossas estratégias, métodos e programas. E ano após ano, crescemos em qualidade e quantidade. Estávamos surfando ondas grandes. Pensamos então que a visão estava segura. Grande erro!

Após anos de rotina de vida celular, iniciando e cultivando células e depois multiplicando-as, nos acostumamos. Nós nos tornamos bons nisso. Fazíamos nossos papeis sem ter que pensar muito. Nós sabíamos o que fazer e como fazê-lo. Mas lentamente, começamos a esquecer o porquê…

Quando o porquê é esquecido, cada pessoa desenvolve um tipo de motivação para fazer as coisas, e poucas terão a motivação certa. No nosso caso, alguns tiveram, muitos não, mas isso realmente não importava, pois ainda estávamos avançando… até que começamos a secar. E ficar cansados. E perder a alegria. Depois de um tempo, as células não estavam se multiplicando como antes e muitas estavam fechando… estávamos com problemas.

O que nós tivemos que fazer? Parar os motores! Identificar o que estava acontecendo. Entender os motivos. Agir para fazer a coisa certa. Tornou-se claro: vamos voltar para onde começamos.  Vamos voltar ao porquê. Sobre o que é tudo isso? Depois de orar e buscar o Senhor, Ele nos mostrou de uma maneira nova: é tudo sobre Jesus. É tudo sobre o quanto Deus ama as pessoas; é sobre a beleza de ser uma igreja amorosa e solidária; amar os perdidos como Jesus amou; dando frutos e mudando a eternidade de muitos; cumprindo a Grande Comissão: Fazendo discípulos! É sobre trazer glória a Deus! Voltamos ao começo. De volta à alegria. De volta aos primeiros frutos. De volta à colheita, com nova energia, nova paixão e um novo coração. Voltamos ao jogo!

Não importa o que você faça, comece com o PORQUÊ. Depois de 10 ou 20 anos fazendo a mesma coisa? Ou se você está começando algo novo do zero? Sempre comece suas reuniões, cultos, treinamentos, aconselhamentos – faça o que fizer – comece com o PORQUÊ. É tudo sobre Jesus. É o seu amor, sua compaixão, seu poder, sua salvação, sua Igreja, sua glória. É tudo sobre ele. Deixe isso claro. Deixe isso sempre fresco. Não deixe de dar o devido valor.

Spanish blog:

Si pudiera comenzar de nuevo … nunca daría por sentada la visión

Por Roberto Bottrel [sirviendo a las iglesias europeas, desafiándolas a hacer discípulos a través de células que se multiplican (centraldna.org). Autor del libro Multiplicación, El desafío ante cada cristiano, cada Líder y la Iglesia (disponible en amazon.com)]

Durante muchos años trabajamos muy duro para construir una nueva cultura en nuestra iglesia, enfocada en amar a Dios, amar a las personas, alcanzar a los perdidos y desarrollar a las personas para cumplir con el llamado de Dios para hacer discípulos. Y después de una gran cantidad de visión, equipamiento y entrenamiento, todo esto apoyado por cambios estructurales, nos convertimos en una iglesia celular próspera.

A partir de ese momento, invertimos en mejorar nuestras estrategias, métodos y programas. Y año tras año crecimos en calidad y en cantidad. Estábamos surfeando grandes olas. Entonces pensamos que la visión era segura. ¡Gran error!

Después de años de rutina de vida celular, abriendo y desarrollando células y luego multiplicándolas, nos acostumbramos. Nos hicimos buenos en eso. Lo haríamos sin tener que pensar demasiado. Sabemos qué hacer y cómo hacerlo. Pero lentamente, comenzamos a olvidar por qué …

Cuando se olvida el POR QUÉ, cada uno desarrollará todo tipo de motivaciones para hacer las cosas, y pocas serán para lo correcto. En nuestro caso, algunos lo tenían, muchos no, pero en realidad no importaba ya que todavía estábamos avanzando … hasta que comenzamos a secarnos, cansarnos y perder la alegría. Después de un tiempo, las células no se multiplicaban como antes y muchas de ellas se cerraban … estábamos en problemas.

¿Qué tuvimos que hacer? ¡Paren los motores! Identifica lo que está sucediendo, comprende las razones, actúa para hacerlo bien. Quedó claro como el cristal: volvamos a donde empezamos, volvamos al POR QUÉ. ¿Que es todo esto? Después de orar y buscar al Señor, nos mostró una nueva forma: se trata de Jesús. Se trata de cuánto Dios ama a las personas; se trata de la belleza de ser una iglesia amorosa y afectuosa; amar a los perdidos tal como lo hizo Jesús; dando frutos y cambiando la eternidad de muchos; cumpliendo la Gran Comisión: ¡Hacer discípulos! ¡Se trata de traer gloria a Dios! Regresamos al principio, de vuelta a la alegría, de vuelta a los primeros frutos. De vuelta a la cosecha, con nueva energía, nueva pasión y un nuevo corazón. ¡Volvimos al juego!

No importa lo que hagas, comienza con el POR QUÉ. ¿Después de 10 o 20 años haciendo lo mismo? ¿O si estás comenzando algo nuevo desde cero? Siempre inicia tus reuniones, servicios, consejería, asesoramiento, hagas lo que hagas, comieza con el POR QUÉ. Se trata de Jesús. Es su amor, su compasión, su poder, su salvación, su Iglesia, su gloria. Se trata de él; Manten esto claro, mantenlo fresco. Nunca lo des por sentado.

Sumate a la Obra Misionera a Pueblos No Alcanzados

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *