What We Would Have Done Differently, Part 2

By Alessandro and Debora Pereira (Alessandro and his wife Debora pastor a growing Foursquare cell church in Sao Paulo, Brazil. Debora is one of the national Foursquare secretaries and both Alessandro and Debora are key players in the Foursquare transition to cell church ministry in Brazil).

Looking backward, sure there are many things we would have done differently.

We shared yesterday about waiting longer to start the Sunday celebration service and simplifying our equipping. But we also would have spent more time in coaching our leaders and making sure they were properly cared for.  

Our ministry grew quickly right away. We started with one cell, and then, after 4 months, it multiplied into 4 new groups. That was awesome, a 300% increase! However, as pastors, we got so busy about the building, its expenses, Sunday services, that all those things caused us to lose our focus.

We didn’t lose the vision, but we failed in spending quality time with the leaders, reminding them of the principles, helping with their difficulties, praying with them and listening to them. Things were very mechanical during our coaching time.

After 2 years of struggling to multiply the groups we finally concluded that we were getting too  busy with what was not a priority at the time – the building. Guests in cell groups were not as frequent, leaders became more concerned about attendance than caring for the members, cell leaders failed in forming a new leader and, eventually, forgot what a cell group is and why we are a cell church. We were now in trouble, trying to help our cell leaders recover their joy.

So, if we could go back in time, we would spend more time making sure to be as simple as possible, not getting far from the principles, making coaching a priority.

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

O que você faria de diferente no ministério celular se pudesse voltar no tempo – Parte 2

Por Alessandro e Débora Pereira (Alessandro e sua esposa Débora pastoreiam uma igreja Quadrangular em células em crescimento em São Paulo, Brasil. Débora é uma das secretárias nacionais da Quadrangular e Alessandro e Débora são atores-chave na transição da Quadrangular para o ministério da igreja em células no Brasil) .

Olhando para trás, com certeza há muitas coisas que teríamos feito de maneira diferente.

Nós compartilhamos ontem sobre esperar mais tempo para começar o culto de domingo e simplificar nosso treinamento. Mas também teríamos passado mais tempo treinando nossos líderes e garantindo que eles fossem cuidados adequadamente.

Nosso ministério cresceu rapidamente de imediato. Começamos com uma célula e, depois de quatro meses, ela se multiplicou em quatro novos grupos. Isso foi incrível, um aumento de 300%! No entanto, como pastores, ficamos tão ocupados com o prédio, suas despesas e cultos de domingo, que todas essas coisas nos fizeram perder o foco.

Não perdemos a visão, mas falhamos em passar um tempo de qualidade com os líderes, lembrando-os dos princípios, ajudando com suas dificuldades, orando com eles e ouvindo-os. As coisas eram muito mecânicas durante o nosso tempo de treinamento.

Após 2 anos de luta para multiplicar os grupos, finalmente concluímos que estávamos ocupados demais com o que não era uma prioridade na época – o prédio. Os convidados das células não eram tão frequentes, os líderes ficaram mais preocupados com a participação dos membros do que em cuidar deles, os líderes das células falharam em formar um novo líder e, finalmente, esqueceram o que é uma célula e por que somos uma igreja em células. Ficamos com problemas, tentando ajudar nossos líderes de célula a recuperar sua alegria.

Portanto, se pudéssemos voltar no tempo, gastaríamos mais tempo certificando-nos de ser o mais simples possível, não nos distanciando dos princípios e tornando o treinamento uma prioridade.

Spanish blog:

¿Qué hubiera hecho de manera diferente en el ministerio celular si pudiera retroceder en el tiempo? Parte 2

Por Alessandro y Debora Pereira (Alessandro y su esposa Debora pastorean una creciente iglesia celular Cuadrangular en Sao Paulo, Brasil. Debora es una de las secretarias nacionales de Foursquare y tanto Alessandro como Debora son actores clave en la transición de la Iglesia Cuadrangular al ministerio de la iglesia celular en Brasil) .

Mirando hacia atrás, seguro que hay muchas cosas que hubiéramos hecho de manera diferente.

Ayer compartimos acerca de esperar más para comenzar el servicio de celebración del domingo y simplificar nuestro equipamiento. Pero también hubiéramos pasado más tiempo entrenando a nuestros líderes y asegurándonos de que se los cuidara adecuadamente.

Nuestro ministerio creció rápidamente, casi de inmediato. Comenzamos con una célula y luego, después de 4 meses, se multiplicó en 4 grupos nuevos. ¡Eso fue increíble, un aumento del 300%! Sin embargo, como pastores, estábamos tan ocupados con el edificio, sus gastos, los servicios dominicales, que todas esas cosas nos hicieron perder la concentración.

No perdimos la visión, pero fallamos al pasar tiempo de calidad con los líderes, recordándoles los principios, ayudando con sus dificultades, orando con ellos y escuchándolos. Las cosas fueron muy mecánicas durante nuestro tiempo de entrenamiento.

Después de 2 años de luchar para multiplicar los grupos, finalmente llegamos a la conclusión de que estábamos demasiado ocupados con lo que no era una prioridad en ese momento: el edificio. Los invitados en los grupos celulares no eran tan frecuentes, los líderes se preocuparon más por la asistencia que por el cuidado de los miembros, los líderes celulares no lograron formar un nuevo líder y, finalmente, olvidaron qué es un grupo celular y por qué somos una iglesia celular. Ahora estábamos en problemas, tratando de ayudar a nuestros líderes celulares a recuperar su alegría.

Entonces, si pudiéramos retroceder en el tiempo, pasaríamos más tiempo asegurándonos de ser lo más simple posible, no alejándonos de los principios, haciendo del entrenamiento una prioridad.

Leave a Reply

Your email address will not be published.