Preparing New Coaches

By Joel Comiskey, check out: Living in Victory

I am often asked the questions, “how do I raise up new coaches?” “What do I look for in a coach?” I tell people that developing new coaches should not be a complex process, full of mystery and intrigue. Rather, it should be simple and straightforward. Here is a checklist that will help you develop new coaches: 

Character

Character counts. I’m referring to a person’s walk with God and integrity before others. Is the potential coach walking with Jesus and seeking to live in holiness? I didn’t say “perfect holiness” because I don’t believe perfect holiness exists this side of heaven. How can you tell if a person is walking with God?  Often, you don’t need to look any farther than the marriage or close relationships. Is there harmony? Coaches should already be known in the church, since they will have already passed through the basic equipping and have led a cell group. But Paul also talks about a leader having a good reputation with those around him and especially those outside the faith (1 Timothy 3:7). 

Fruit

The best coaches have already led and multiplied a cell. It’s hard to coach someone effectively in an area outside the person’s experience. For example, most football or basketball coaches at one time played the game. They didn’t have to be as good as Michael Jordan, but they should know the game and have a passion for it. Concerning multiplication, I counsel fruitful cell leaders to coach the daughter cell leaders who multiply from their cell groups (up to three cell leaders) while they continue to lead an open cell group. Multiplication leaders know their daughter cell leaders and have a special motivation to want to see them succeed. 

Willingness

If a cell leader is not willing (or doesn’t have the time) to coach the daughter cell leader, then upper level leadership (pastor, elders, etc.) needs to appoint another coach to care for that leader. Even though I highly recommend that the mother cell leader coach the daughter cell leader (s), this isn’t always possible. The lead pastor and team need to make sure that all leaders are coached, and thus, they will need to find a coach to coach the new leader.

Training

All coaches should go through the basic equipping. Usually this lasts from 4 months to one year. Mario Vega’s basic equipping takes six months while mine takes nine months. Of course, the basic equipping  can be accelerated if they are taught in a concentrated period, like a retreat setting. But what about advanced equipping? I have a book called coach, that is part of the advanced equipping. This is a eight week course that teaches a person how to coach. My book How to be a great cell group coach is also a great took to prepare people to coach others. 

We need more coaches! The sooner you can instill in future cell leaders the possibility (and blessing) of coaching others, the better prepared you will be for the future. Coaches are the glue that make the cell system work and we need to prioritize their essential role! 

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Preparando novos treinadores

Por Joel Comiskey

Muitas vezes me fazem as perguntas: “como faço para criar novos treinadores?” e “o que devo procurar em um treinador?”. Digo às pessoas que o desenvolvimento de novos treinadores não deve ser um processo complexo, cheio de mistério e intriga. Pelo contrário, deve ser simples e direto. Aqui está um checklist que te ajudará a desenvolver novos treinadores:

Caráter

O caráter importa. Refiro-me à caminhada de uma pessoa com Deus e à sua integridade diante dos outros. O treinador em potencial está andando com Jesus e buscando viver em santidade? Eu não digo “santidade perfeita” porque não acredito que exista santidade perfeita deste lado do céu. Como você pode saber se uma pessoa está andando com Deus? Muitas vezes, você não precisa ir além do casamento ou dos relacionamentos próximos. Existe harmonia? Os treinadores já devem ser conhecidos na igreja, pois eles já passaram pelo equipamento básico e lideraram uma célula. Mas Paulo também fala sobre um líder que tem uma boa reputação entre os que estão ao seu redor e especialmente entre aqueles que estão fora da fé (1 Timóteo 3:7).

Fruto

Os melhores treinadores já lideraram e multiplicaram uma célula. É difícil treinar alguém efetivamente em uma área fora da experiência da pessoa. Por exemplo, a maioria dos treinadores de futebol ou basquete já foram jogadores. Eles não tinham que ser tão bons quanto Michael Jordan, mas deveriam conhecer o jogo e ter uma paixão por ele. No que diz respeito à multiplicação, aconselho os líderes frutíferos das células a treinarem os líderes das células filhas que se multiplicam a partir de seus grupos (até três líderes) enquanto continuam liderando uma célula. Os líderes de multiplicação conhecem os líderes de suas células filhas e têm uma motivação especial para querer vê-los tendo sucesso.

Vontade

Se um líder de célula não estiver disposto (ou não tiver tempo) para treinar o líder da célula filha, a liderança de nível superior (pastor, anciãos etc.) precisará nomear outro treinador para cuidar desse líder. Mesmo que eu recomenda que o(a) líder da célula mãe treine o(a) líder da célula filha, isso nem sempre é possível. O pastor e a equipe de líderes precisam garantir que todos os líderes sejam treinados e, portanto, precisarão encontrar um treinador para o novo líder.

Treinamento

Todos os treinadores devem passar pelo trilho de equipamento básico. Geralmente isso dura de 4 meses a um ano. O equipamento básico de Mario Vega leva seis meses, enquanto o meu leva nove meses. Obviamente, o equipamento básico pode ser acelerado se eles forem ensinados em um período concentrado, como num ambiente de retiro. Mas e o equipamento avançado? Eu tenho um livro chamado Coach, que faz parte do equipamento avançado. Ele traz um curso de oito semanas que ensina uma pessoa a treinar. Meu livro How to be a great cell group coach (“Como ser um ótimo treinador de células”, em tradução livre) também é uma grande ajuda para preparar as pessoas para treinar outras pessoas.

Precisamos de mais treinadores! Quanto mais cedo você puder incutir nos futuros líderes de células a possibilidade (e as bênçãos) de treinar outras pessoas, mais preparado você estará para o futuro. Os treinadores são a cola que faz o sistema celular funcionar e precisamos priorizar seu papel essencial!

Spanish blog:

Preparando nuevos supervisores 

Por Joel Comiskey

A menudo me hacen las preguntas, “¿cómo desarrollo nuevos supervisores?” “¿Qué busco en un supervisor?” Le digo a la gente que desarrollar nuevos supervisores no debería ser un proceso complejo, lleno de misterio e intriga. Más bien, debería ser simple y directo. Aquí hay una lista de verificación que lo ayudará a desarrollar nuevos supervisores:

Carácter 

El carácter cuenta. Me refiero al caminar de una persona con Dios e integridad antes que los demás. ¿Está el supervisor potencial caminando con Jesús y buscando vivir en santidad? No dije “santidad perfecta” porque no creo que la santidad perfecta exista en este lado del cielo. ¿Cómo puedes saber si una persona camina con Dios? A menudo, no necesitas mirar más allá del matrimonio o las relaciones cercanas. ¿Hay armonía? Los supervisores ya deberían ser conocidos en la iglesia, ya que tendrían que haber pasado por el equipamiento básico y tienen que haber dirigido un grupo celular. Pero Pablo también habla de un líder que tiene una buena reputación con quienes lo rodean y especialmente con aquellos que están fuera de la fe (1 Timoteo 3: 7).

Fruto

Los mejores supervisores ya han liderado y multiplicado una célula. Es difícil entrenar a alguien de manera efectiva en un área fuera de la experiencia de la persona. Por ejemplo, la mayoría de los entrenadores de fútbol o baloncesto alguna vez jugaron el juego. No tenían que ser tan buenos como Michael Jordan, pero deberían conocer el juego y tener pasión por él. Con respecto a la multiplicación, aconsejo a los líderes celulares fructíferos que capaciten a los líderes celulares que se multiplican de sus células (hasta tres líderes celulares) mientras continúan liderando un grupo celular abierto. Los líderes de multiplicación conocen a sus líderes de células y tienen una motivación especial para querer verlos triunfar.

Disponibilidad

Si un líder celular no está dispuesto (o no tiene el tiempo) para entrenar al líder celular que se desprende de su célula, entonces el liderazgo de nivel superior (pastor, ancianos, etc.) debe designar a otro supervisor para cuidar a ese líder. Aunque recomiendo encarecidamente que el líder de la célula madre entrene a los líderes de la célula hija, aunque esto no siempre es posible. El pastor principal y el equipo deben asegurarse de que todos los líderes estén entrenados y, por lo tanto, deberán encontrar un supervisor para entrenar al nuevo líder.

Formación

Todos los supervisores deben pasar por el equipamiento básico. Por lo general, esto dura de 4 meses a un año. El equipamiento básico de Mario Vega toma seis meses, mientras que el mío toma nueve meses. Por supuesto, el equipamiento básico puede acelerarse si se enseñan en un período concentrado, como un entorno de retiro. ¿Pero qué pasa con el equipamiento avanzado? Tengo un libro llamado Entrenamiento (coach), que forma parte del equipamiento avanzado. Este es un curso de ocho semanas que le enseña a una persona a entrenar. Mi libro Cómo ser un gran supervisor de grupos celulares también es una gran idea para preparar a las personas para entrenar a otros.

¡Necesitamos más supervisores! Cuanto antes pueda inculcar en los futuros líderes celulares la posibilidad (y la bendición) de supervisar a otros, mejor preparado estará para el futuro. ¡Los supervisores son el pegamento que hace que el sistema celular funcione y debemos priorizar su función esencial!

Leave a Reply

Your email address will not be published.