Taking the Time to Coach New Leaders

by Jeff Tunnel

Just imagine someone leading a cell group who you are coaching. As their cell group coach, you are visiting the group.  You’ve been with them before, and everyone knows you. They are comfortable with your presence.  In fact, as various people lead sections of the cell meeting, they draw you into conversations, invite your input and counsel, and include you in the prayer time. You benefit from spending time with this cell group and observe the fruitfulness of its shared leadership.  It is obvious to you that this cell leader is at the threshold of becoming a coach of other cell leaders when the cell multiplies, and your relationship is about to change.

Coaching cell leaders and future coaches involves some foundational principles: active listening, learning, caring, developing, strategizing, praying, and challenging.  These principles cannot be exercised without one main ingredient:  TIME.

Let’s go back to our imaginary illustration. You reflect back to when you were invited to become a coach and you said, “I’m already busy,” “I have no extra time to give, and “How will I ever become a coach of coaches?”  Now, with a smile, you understand that coaching a future cell coach means you will develop a friendship with them and add value to their ministry, always remembering that spending time is essential. Developing this new coaching relationship will benefit you and God’s kingdom. 

Over time, you have “received” more than you “gave” from accepting your role and responsibility.  Now, you wouldn’t trade it for any of the old things that used to take up your time.  You’ve grown, become a leader, and you are advancing the kingdom of God. There are new souls going to heaven that may not have heard the Gospel without this cell group leader in place. They will share your experience soon.  And you’re having a great time! 

Much to be grateful for, much praise for the King of kings.

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Investindo tempo na formação de novos líderes

Jeff Tunnel

Imagine a seguinte situação: Uma célula está reunida e lá está o seu líder. Você é o Supervisor desta célula e hoje é o dia que você escolheu para uma visita ao grupo. Você já esteve com eles em outras ocasiões e todos lhe conhecem. Todos se sentem à vontade com a sua presença. Você é inclusive convidado a participar da conversa por cada pessoa que vai ministrando cada uma das partes da reunião. Eles esperam pelos seus conselhos e observações e também lhe incluem no momento de oração. Você mesmo é abençoado pelo tempo que passou com esta célula e consegue observar o frutificar resultante da liderança compartilhada implementada no grupo. Parece óbvio que o líder desta célula está praticamente pronto para se tornar ele mesmo mais um supervisor de outras células na próxima multiplicação, e sua relação com este grupo específico necessariamente vai mudar.

Supervisionar líderes de células e futuros supervisores é uma tarefa que está fundamentada em alguns princípios: escuta ativa, aprendizado, cuidado, desenvolvimento, planejamento, intercessão e desafio. Estes princípios não podem ser seguidos sem um ingrediente principal: TEMPO.

Voltemos à nossa ilustração inicial. Em um momento de reflexão você lembra de quando foi convidado a tornar-se um supervisor, e respondeu com um sonoro, “eu já estou muito ocupado”, e “eu não tenho nenhum outro horário para ofertar” e ainda “quem sou eu para me tornar um líder de líderes?”. Hoje em dia, com um sorriso no rosto você compreende que para supervisionar e mentorear um futuro supervisor você precisa desenvolver uma relação de amizade e ser capaz de acrescentar valor ao ministério destas pessoas, sempre lembrando de como o tempo passado juntos é algo essencial. Ao desenvolver esta nova relação de liderança você estará sendo abençoado e será você mesmo uma bênção para o Reino de Deus.

Ao longo dos anos, você “recebeu” mais do que “deu” por aceitar esta tarefa e esta responsabilidade. Agora, você não trocaria isso por nenhuma das outras coisas e atividades que costumavam preencher sua agenda e seu tempo. Você mesmo cresceu, tornou-se um líder melhor e está servindo ao avanço do Reino de Deus. Há almas que vão passar a eternidade no Céu e que talvez nunca tivessem ouvido do Evangelho se aquele líder não estivesse no local certo. Elas mesmas em breve serão testemunhas. E você ainda está se divertindo e é muito feliz com o que faz!

Muito a agradecer, muito louvor ao Rei dos Reis.

Spanish blog:

Tomando el tiempo para entrenar a nuevos líderes

Por Jeff Tunnel

Imagínate a alguien que tu estas entrenando, que lidera un grupo celular. Como supervisor celulares, estás visitando el grupo. Has estado con ellos antes y todos te conocen y se sienten cómodos con tu presencia. De hecho, a medida que varias personas dirigen secciones de la reunión celular, te hacen parte de sus conversaciones, invitan tus comentarios y consejos, y te incluyen en el tiempo de oración. Te beneficias al pasar tiempo con este grupo celular y observar el fruto de tu liderazgo compartido. Es obvio para ti que este líder celular está a punto de convertirse en un supervisor de otros líderes celulares cuando la célula se multiplique, y su relación está a punto de cambiar.

El entrenamiento de líderes celulares y futuros supervisores involucra algunos principios fundamentales: escucha activa, aprendizaje, cuidado, desarrollo, estrategias, oraciones y desafíos. Estos principios no pueden ejercerse sin un ingrediente principal: TIEMPO.

Volvamos a nuestra ilustración imaginaria. Tu reflexionas en el momento cuando fuiste invitado a convertirte en supervisor y dijiste : “Ya estoy ocupado”, “No tengo tiempo extra para dar y” ¿Cómo voy a ser supervisor de supervisores? ” Ahora, con una sonrisa, comprendes que entrenar a un futuro supervisor celular significa que desarrollarás una amistad con ellos y agregarás valor a su ministerio, siempre recordando que pasar tiempo es esencial. El desarrollo de esta nueva relación de entrenamiento te beneficiará a ti y al reino de Dios.

Con el tiempo, has “recibido” más de lo que “diste” al aceptar tu rol y responsabilidad. Ahora, no lo cambiarías por ninguna de las cosas viejas que solían tomar tu tiempo. Has crecido, te has convertido en un líder y estás avanzando en el reino de Dios. Hay nuevas almas yendo al cielo que pudieron no haber escuchado el Evangelio sin este líder celular en tu lugar. Ellos compartirán tu experiencia pronto. ¡Y tu lo estás pasando genial!

Mucho que agradecer, muchos elogios para el Rey de reyes.

Sumate a la Obra Misionera a Pueblos No Alcanzados

Leave a Reply

Your email address will not be published.