And The Lord Answered

Michelle Geoffrey, cell pastor at www.celebrationchurch.org

As I write this blog, my heart is breaking. It is breaking because my country is in turmoil. We are facing a disease deeper and deadlier than the Coronavirus. We are living in a place where people are judged by the color of their skin. As leaders, how do we fight against this travesty?  As Christians, we need to love others unconditionally.

Most of us would say that we love everyone, but we need to ask Jesus to examine our hearts. We need to be intentional with our words and actions, both in inviting people to the celebration service as well as the cell group.  

My only solace over the last couple of weeks is Job 38:1, “And the Lord answered Job….” I think about those words and my eyes fill with tears. God responded to Job with such grace and authority. How humbling that moment must have been for Job. He had been looking and longing to hear from God in his horrible circumstances and persisted until he received an answer. I don’t think it was the answer Job thought he wanted, but it was what he needed. The Lord’s response is all we need.

We all have questions. There is so much we don’t understand. No one has gone through life unscathed, and those moments are what we can reflect upon as leaders and remember to walk in humility and love others – as Christ loved. During Christ’s life on this earth, He was frustrated by those that claimed to know His Father but didn’t obey His Father. 

As Christians, we must love everyone. When we truly love someone, we sympathize, we mourn and we fight for them. As leaders, we must look to understand those that are not like us and invite them into our group.

I challenge you as a leader to look at your cell group and your church. Make sure that everyone has the same socioeconomic status. Would someone feel comfortable if their skin was darker or lighter than yours? If so, be the catalyst for change.

God’s response to Job, I believe, is to show us that through all of the disease, sin, storms and confusion, He is not shaken. We can trust that he is faithful and his plan will come to pass. In Job 38:2, God says, “Who is this that obscures my plans with words without knowledge? Brace yourself like a man; I will question you, and you shall answer me.” 

May we be the kind of leaders that will listen and obey the Lord’s command in Micah 6:8, “…and what does the Lord require of you but to do justice, and to love kindness, and to walk humbly with your God.”

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

O Senhor respondeu

Michelle Geoffrey, Pastora de células na Celebration Church, www.celebrationchurch.org

Eu estou escrevendo este artigo com meu coração despedaçado. Meu coração está neste estado porque o meu país está em meio a um turbilhão. Estamos encarando uma doença muito mais profunda e mortal do que o Corona vírus. Vivemos em um local onde as pessoas são julgadas pela cor da sua pele. Enquanto líderes, como podemos lutar contra este engano? Se somos cristãos, precisamos amar uns aos outros incondicionalmente.

A maioria de nós possivelmente diria que amamos a todos, mas precisamos pedir que Jesus examine os nossos corações. Precisamos agir intencionalmente em tudo que dissermos e fizermos, tanto quando convidamos pessoas para os cultos de celebração quanto para as células.  

Meu único consolo nas últimas semanas tem sido o texto de Jó 38:1, “Depois disto, o SENHOR, do meio de um redemoinho, respondeu a Jó …” Penso nestas palavras e meus olhos se enchem de lágrimas. Deus respondeu a Jó de uma forma graciosa, entretanto com muita autoridade. Como aquele deve ter sido um momento de humildade para Jó. Há muito ele buscava ouvir a Deus em meio às suas horríveis circunstâncias, e assim persistiu até que teve sua resposta. Penso que não foi a resposta que Jó desejava, mas certamente foi a resposta que ele precisava. A resposta do Senhor é tudo o que precisamos.

Todos nós temos questionamentos. Há tanto que não podemos compreender. Ninguém passa pela vida sem sofrimentos, incólume, e esses são os momentos sobre os quais, como líderes, podemos meditar e relembrar a nós mesmos de andar em humildade e amar ao próximo, como Cristo amou. Durante sua vida na terra, Ele se sentiu frustrado com as pessoas que diziam amar ao Pai, mas não obedeciam ao seu Pai.

Os Cristãos devem amar a todos. Quando realmente amamos alguém, temos empatia, nós compartilhamos o luto e batalhamos por estas pessoas. Como líderes, precisamos buscar entender aqueles que não são como nós e convidá-los a fazer parte do nosso grupo.

Desafio você, em seu papel de líder, a observar sua célula e sua igreja. Um grupo de pessoas com o mesmo padrão socioeconômico. Você estaria confortável se a cor da pele destas pessoas fosse mais escura ou mais clara do que a sua? Caso seja verdade, seja você o catalisador de mudanças.

Eu creio que a resposta de Deus para Jó nos mostra que mesmo em meio a toda doença, pecado, tempestades e confusão, Ele não se abala. Nós podemos confiar que ele é fiel e Seu planos não serão frustrados. No texto de Jó 38:2, Deus diz: “Quem é este que escurece os meus desígnios com palavras sem conhecimento? Cinge, pois, os lombos como homem, pois eu te perguntarei, e tu me farás saber.”

Podemos sim, ser o tipo de líderes que ouvirão e obedecerão à ordem do Senhor que está no Livro de Miquéias, capítulo 6, verso 8: “Ele te declarou, ó homem, o que é bom e que é o que o SENHOR pede de ti: que pratiques a justiça, e ames a misericórdia, e andes humildemente com o teu Deus.”

Spanish blog:

Y el Señor respondió

Por Michelle Geoffrey, pastora celular en www.celebrationchurch.org

Mientras escribo este blog, mi corazón se está rompiendo. Se está rompiendo porque mi país está en crisis. Nos enfrentamos a una enfermedad más profunda y mortal que el coronavirus. Estamos viviendo en un lugar donde las personas son juzgadas por el color de su piel. Como líderes, ¿cómo luchamos contra esta situación? Como cristianos, debemos amar a los demás incondicionalmente.

La mayoría de nosotros diría que amamos a todos, pero necesitamos pedirle a Jesús que examine nuestros corazones. Necesitamos ser intencionales con nuestras palabras y acciones, tanto al invitar a las personas al servicio de celebración como al grupo celular.

Mi único consuelo en las últimas semanas es Job 38: 1, “Y el Señor respondió a Job …” Pienso en esas palabras y mis ojos se llenan de lágrimas. Dios respondió a Job con tanta gracia y autoridad. Qué humillante debe haber sido ese momento para Job. Había estado esperando y deseando saber de Dios en sus horribles circunstancias y persistió hasta que recibió una respuesta. No creo que fuera la respuesta que Job pensó que quería, pero era lo que necesitaba. La respuesta del Señor es todo lo que necesitamos.

Todos tenemos preguntas, hay tanto que no entendemos. Nadie ha pasado por la vida ileso, y en esos momentos podemos reflexionar como líderes y recordar caminar con humildad y amar a los demás, como lo hizo Cristo. Durante la vida de Cristo en esta tierra, se sintió frustrado por aquellos que afirmaban conocer a su Padre pero no lo obedecían.

Como cristianos, debemos amar a todos. Cuando realmente amamos a alguien, simpatizamos, lloramos y luchamos por ellos. Como líderes, debemos tratar de comprender a aquellos que no son como nosotros e invitarlos a nuestro grupo.

Te desafío como líder a mirar a tu grupo celular y a tu iglesia. Asegúrate de que todos tengan el mismo nivel socioeconómico. ¿Se sentiría alguien cómodo si su piel fuera más oscura o más clara que la tuya? Si es así, sé el catalizador del cambio.

Creo que la respuesta de Dios a Job es mostrarnos que a través de toda la enfermedad, el pecado, las tormentas y la confusión, Él no es sacudido. Podemos confiar en que es fiel y su plan se cumplirá. En Job 38: 2, Dios dice: “¿Quién es este que oscurece mis planes con palabras sin conocimiento? Prepárate como un hombre; Te interrogaré y tú me responderás.

Que seamos el tipo de líderes que escuchan y obedecen el mandato del Señor en Miqueas 6: 8, “… y qué requiere el Señor de ustedes, sino hacer justicia, amar la bondad y caminar humildemente con su Dios.”

Sumate a la Obra Misionera a Pueblos No Alcanzados

Leave a Reply

Your email address will not be published.