What if God answers our prayers and sends out more workers?

By Roberto Bottrel [serving European churches, challenging them to make disciple-makers through cells that multiply (centraldna.org). Author of the book Multiplication, The challenge before every Christian, every Leader, and the Church (available@amazon.com in English, Portuguese, Spanish and German)]

In my last blog, “How can we raise more leaders?” we were talking about Luke 10:2-3. The only way we can reap the plentiful harvest that is before us is to have more workers. And Jesus tells us that all we have to do is to “ask the Lord of the harvest, therefore, to send out workers!” It is not an idea nor a suggestion. Jesus is giving us is an order. ASK!

Sounds easy, right? Let’s say we start teaching this to our congregations. Not only teaching but also promoting it in our cell group meetings and services. And people then get the idea and start obeying the Lord. “Send out workers! Send out workers for your harvest, Lord!”. Then God starts answering our prayers. Are we ready for this?

Imagine people coming up to the leaders of the church by the dozens saying: “God has called me! What do I do now?” or “God touched my heart for reaching the lost! We have to do something about it”. Now what? The truth is that many are not prepared for something like this, and deep inside they don’t really believe God would answer our prayers to that extent. Well, he would.

The harvest is not necessarily abroad or in the poor parts of our city. No! The harvest is here, it is all around us, wherever we go, study, live and work. And the workers are not a special breed of Christians with a special calling, like the traditional missionaries that we would send them away out of our sights hoping for the best. No! The workers are all the devoted Christians, the real followers of Jesus. If we are his disciples, we are the workers for the harvest, near and far!

“All this is from God, who reconciled us to himself through Christ and gave us the ministry of reconciliation: that God was reconciling the world to himself in Christ, not counting people’s sins against them. And he has committed to us the message of reconciliation.” (II Corinthians 5: 18.19)

In order to prepare our communities for a move of God like this, we need basically three things: 

  1. An efficient and concise equipping track to prepare for service all those who are called; 
  2. A church environment where making disciples is the main focus and the opportunities to do so are endless 
  3. A support structure for these workers to encourage and coach them in the ministry.

It seems a lot to do! But if you are in the cell church model, nothing new: (1) is our school of leaders; (2) is our cell groups that multiply; (3) is our coaching system to support leaders. If you are a cell church with these structures and still you lack leaders, what might be missing then? Maybe all we have to do is obey what Jesus said and ask God for the workers. Pray hard as if the harvest depended on it. And you know what? It does!

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

E se Deus responder nossas orações e enviar mais trabalhadores?

Por Roberto Bottrel [servindo igrejas europeias, desafiando-as a serem fazedoras de discípulos através de células que multiplicam (centraldna.org). Autor do livro Multiplicação, o desafio do cristão, do líder e da Igreja (disponível na loja central.online em Português e @amazon.com em Inglês, Espanhol, Italiano e Alemão]

Na minha última postagem do meu blog: “Como podemos ter mais líderes?”, conversamos sobre o texto de Lucas 10:2-3. A única forma de fazermos a colheita dos campos que estão prontos diante de nós é termos mais trabalhadores. Jesus nos diz que tudo que precisamos fazer é “pedir ao Senhor da seara, por mais trabalhadores”. Não é uma sugestão ou uma ideia. Jesus está nos dando uma ordem. PEÇA!

Parece fácil, não é mesmo? Suponha que começamos a ensinar isso em nossas Igrejas. Não apenas ensinar, mas também viver isso em nossas células e cultos. As pessoas passam a entender o conceito e obedecem ao Senhor: “Mande trabalhadores! Mande mais trabalhadores para a Tua seara, Senhor!”. O Senhor então começa a responder nossas orações. Você está pronto para isso?

Imagine dúzias de pessoas buscando os líderes da igreja e dizendo: “Deus me chamou! O que eu faço agora?” ou ainda “Deus tocou meu coração para alcançar os perdidos! Precisamos fazer algo!” E agora? A verdade é que muitos não estão prontos para algo deste tipo, e na realidade nem acreditam que Deus responderia a nossas orações de tal maneira. Bem, Ele responderia sim.

A colheita não será necessariamente em outro país ou nas partes mais pobres da nossa cidade. Não! A colheita é aqui, ela acontece ao nosso redor, em qualquer lugar que formos, onde estudamos, trabalhamos e vivemos. E os trabalhadores não são um tipo especial de Cristãos, com um chamado específico, como o de missionários que enviamos para longe, carregados com nossa esperança. Não! Os trabalhadores são todos os cristãos sinceros, os verdadeiros seguidores de Jesus. Se nós somos seus discípulos, somos trabalhadores da seara, seja perto ou longe!

“Ora, tudo provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por meio de Cristo e nos deu o ministério da reconciliação, a saber, que Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não imputando aos homens as suas transgressões, e nos confiou a palavra da reconciliação.” 2 Coríntios 5:18-19

Precisamos basicamente de 3 coisas para preparar nossas comunidades para o agir de Deus neste sentido:

  1. Um programa de treinamento conciso e eficiente que prepare para o serviço todos que se sentirem chamados;
  2. Um ambiente em que “fazer discípulos” seja o foco principal e haja inúmeras oportunidades para isso;
  3. Uma estrutura de apoio que encoraje e supervisione estes trabalhadores em seu ministério.

Certamente parece que há muito a fazer! Mas se você já está em uma igreja no modelo celular, não há nenhuma novidade: (1) é a nossa escola de líderes; (2) são as células que se multiplicam; (3) é o sistema de supervisão que apoia os líderes. Se você está em uma igreja celular que tem estas estruturas, o que pode estar faltando? Talvez tudo o que precise fazer é obedecer ao que Jesus mandou e pedir a Deus por trabalhadores. Ore com determinação, como se a colheita dependesse exatamente disso. Sabe de uma coisa? Ela depende sim.

Spanish blog:

¿Qué ocurre si Dios contesta nuestra oración y envía más obreros? 

Por Roberto Bottrel [sirviendo a las iglesias europeas, desafiándolas a hacer discípulos a través de células que se multiplican (centraldna.org). Autor del libro Multiplicación, El desafío ante cada cristiano, cada Líder y la Iglesia (disponible en @amazon.com en inglés, portugués, español, italiano y alemán)]

En mi último blog, “¿Cómo podemos formar más líderes? Hablamos de Lucas 10: 2-3. La única forma en que podemos recoger la abundante cosecha que tenemos ante nosotros es teniendo más trabajadores. Y Jesús nos dice que todo lo que tenemos que hacer es “pedir al Señor de la mies, por tanto, que envíe obreros”. No es una idea ni una sugerencia, Jesús nos está diciendo que es una orden. ¡PEDIR!

Suena fácil, ¿verdad? Digamos que comenzamos a enseñar esto a nuestras congregaciones. No solo enseñando sino también promocionándolo en nuestras reuniones y servicios de grupos celulares. Y la gente entonces entiende la idea y comienza a obedecer al Señor. “¡Envíen trabajadores! ¡Envía obreros a tu mies, Señor! ”. Entonces Dios comienza a responder nuestras oraciones. ¿Estamos listos para esto?

Imagínate personas que se acercan a los líderes de la iglesia por docenas y dicen: “¡Dios me ha llamado! ¿Qué hago ahora?” o “¡Dios tocó mi corazón para alcanzar a los perdidos! Tenemos que hacer algo al respecto ”. ¿Ahora que? La verdad es que muchos no están preparados para algo como esto, y en el fondo no creen realmente que Dios responderá nuestras oraciones hasta ese punto. Pero, lo haría.

La cosecha no es necesariamente en el extranjero o en las zonas pobres de nuestra ciudad. ¡No! La cosecha está aquí, está a nuestro alrededor, dondequiera que vayamos, estudiemos, vivamos y trabajemos. Y los trabajadores no son una raza especial de cristianos con un llamado especial, como los misioneros tradicionales a los que enviamos fuera de nuestra vista esperando lo mejor. ¡No! Los trabajadores son todos los cristianos devotos, los verdaderos seguidores de Jesús. Si somos sus discípulos, ¡somos los obreros de la cosecha, dentro y afuera!

“Todo esto es de Dios, quien nos reconcilió consigo mismo por medio de Cristo y nos dio el ministerio de la reconciliación: que Dios estaba reconciliando al mundo consigo mismo en Cristo, sin contar los pecados de las personas contra ellos. Y nos ha encomendado el mensaje de reconciliación ”. (II Corintios 5: 18.19)

Para preparar a nuestras comunidades para un mover de Dios como este, necesitamos básicamente tres cosas:

  1. Una pista de equipamiento eficiente y concisa para preparar para el servicio a todos los llamados;
  2. Un entorno de iglesia donde hacer discípulos es el enfoque principal y las oportunidades para hacerlo son infinitas.
  3.  Una estructura de apoyo para estos trabajadores para animarlos y entrenarlos en el ministerio.

¡Parece mucho por hacer! Pero si ya estás en el modelo de iglesia celular, no es nada nuevo: (1) es nuestra escuela de líderes; (2) son nuestros grupos celulares los que se multiplican; (3) es nuestro sistema de entrenamiento para apoyar a los líderes. Si tu estas en una iglesia celular con estas estructuras y aún careces de líderes, ¿qué podría faltar? Quizás todo lo que tenemos que hacer es obedecer lo que dijo Jesús y pedirle a Dios por los trabajadores. Orá intensamente como si la cosecha dependiera de ello. ¿Y sabes qué? ¡Si depende de ello! 

Leave a Reply

Your email address will not be published.