Developing a Pastoral Team

By Gerardo Campos, District pastor at Elim Church, San Salvador, El Salvador, www.elim.org.sv

Above all, the cell structure of the church seeks to serve people. As the church grows, it will be necessary to develop pastoral leadership who can care for the congregation in an integral way. The senior pastor will not be able to offer the pastoral care that people need, and for this reason, the pastor must prepare others to help him do so. How can a pastor reproduce himself in others?

People in the congregation learn from their leaders, and modeling is essential. I believe that a pastor disciples people and exercises effective leadership more through actions rather than words. Sometimes cell churches are in a rush to appoint full-time staff with the title of “pastors.” However, it is a myth that a cell church will be stronger once it has more pastors. In fact, just having more pastors doesn’t mean that the people will be cared for better.

Each church must decide what is best for them in their own context. They must learn to develop peer help and self-care; they must learn to carry out a pastoral role for one another—apart from adding full-time pastors. However, there are congregations who are developing so exponentially that it will be necessary to appoint a very well selected pastoral team that together with the senior pastor provides the support that the other members will need.

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Desenvolvendo uma equipe pastoral

Gerardo Campos, Pastor distrital na Igreja Elim, www.elim.org.sv

A estrutura em células da igreja deve, acima de tudo, servir às pessoas. À medida que a igreja cresce, será necessário desenvolver uma liderança pastoral que possa cuidar da congregação de uma maneira integral. O Pastor principal não vai conseguir oferecer o cuidado pastoral que as pessoas precisam, e exatamente por esta razão, ele precisa preparar outras pessoas para ajudá-lo a fazer isso. Mas como o pastor conseguirá produzir outros pastores como ele mesmo, em outras pessoas?

As pessoas da congregação aprendem com seus líderes, e os modelos são essenciais neste processo. Eu acredito que o pastor discipula as pessoas e exercita liderança eficaz muito mais através das suas ações do que através das suas palavras. Às vezes as igrejas em células tem pressa em consagrar pessoas que trabalham em tempo integral na igreja com o título de “pastor”. É um mito que uma igreja será mais forte à medida que tiver mais pastores. A verdade é que o simples fato de que há um número maior de pastores não necessariamente significa que as pessoas estejam sendo mais bem cuidadas.

Cada igreja precisa decidir o que é melhor para o seu próprio contexto. É preciso desenvolver o autocuidado, além do cuidado pelos pares; os membros precisam aprender a desenvolver o cuidado pastoral um pelo outro – independentemente de serem adicionados mais pastores à liderança. Entretanto, de fato há congregações que estão crescendo tão exponencialmente que realmente será necessário preparar uma equipe pastoral muito bem selecionada para, junto com o pastor principal, prover o cuidado que todos os outros membros certamente precisarão.

Spanish blog:

Un mejor equipo pastoral

La estructura celular de una iglesia busca sobre todo atender a las personas. A medida que la iglesia crece será necesario verificar que las personas están siendo acompañadas por alguien que les brinde cuidados de manera integral. El pastor principal difícilmente podrá dar el cuidado que las personas necesitan, por ese motivo debe preperar a otros para que le ayuden a hacerlo. ¿Cómo un Pastor puede reproducirse en otros?

Las personas en la congregación aprenden de sus líderes, y  modelarles la forma en que se pueden ayudar mutuamente es importante. Creo en el discipulado que el pastor ejerce a través de su influencia, con sus acciones más que con las palabras. A veces las iglesias celulares corren de prisa a nombrar personal a tiempo completo dándoles el título de “pastores”. Es un mito el que hace creer que una iglesia celular será más fuerte mientras más pastores tenga. Muchas veces el resultado está muy lejos del propósito inicial de atención a los miembros.

Cada iglesia deberá decidir por lo que mejor le convenga. Deberán aprender a desarrollar la ayuda entre pares y el auto cuido, deberá aprender a realizar una función pastoral de los unos a los otros. No obstante hay congregaciones desarrollándose de manera tan exponencial que se necesitará nombrar un equipo pastoral muy bien seleccionado que junto al pastor principal brinden el soporte que los demás miembros necesitarán.

Leave a Reply

Your email address will not be published.