Pausing and Reflecting on Team Leadership

By Robert Lay, Cell Church Ministry Brazil, www.celulas.com.br

Covid-19 has caused all of us to pause and reflect on where we are in life and ministry. It’s a time to go back to Scripture and re-discover those Scriptural principles that God is showing us to follow. As I shared in my last blog, the traditional seminary trains pastors to do the work of the ministry all by themselves. Scripture, however, tells us to develop others to do the work of the ministry.

Jesus was not a lone-ranger. He had a subgroup of three in his team of disciples. Jesus extended himself through  Peter, James, and John.

I live in Brazil. At the Brazilian Volkswagen truck factory, the whole assembly line is done by groups or teams. There are marks on the floor to position each team. There is a reward at the end of the day if the team completed its task right and on schedule. Another advantage, they say, in working in teams is that new workers learn to do their job when they are inserted in a team that already is doing the job. The newcomers, in other words, are taught by the experienced workers.

Another characteristic of learning in a team is the concept of “On the job training.” In earlier times professionals were trained in classrooms and after that they went into their practicum. The technical training schools where institutions apart from the factories or businesses. Today these technical training schools are in the factories themselves and not in separate institutions. This optimizes the training that is tailored to the company’s specific needs.

The core leadership team is essential in the cell. Besides taking the heavy load from the leader, the team helps train new leaders. Jesus knew of all these advantages and used them successfully. Remember that Jesus started a movement, not an institution. This should be enough for us to follow in Christ’s footsteps today. If we want to win this world for Jesus, the Church has to become a movement again.

God is using Covid-19 to give his church a time to reflect on Scriptural principles. One of those areas is working on a team. As Joel Comiskey has pointed out repeatedly in his blogs, leadership in the New Testament is always in the plural. As we press pause during Covid-19, let’s have a renewed commitment for team ministry. When ministry comes back to “normal,” my prayer is that the new norm will be team ministry, which takes the burdens off one person and shares it among a team.

Help us God!

Robert M. Lay

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Pausa e Reflexão Sobre Liderança de Equipe

Por Robert Lay, www.celulas.com.br

A Covid-19 fez com que todos nós parássemos e refletíssemos sobre onde estamos na vida e no ministério. É hora de voltar às Escrituras e redescobrir os princípios bíblicos que Deus está nos mostrando para seguir. Como compartilhei em meu último blog, o seminário tradicional treina pastores para fazer o trabalho do ministério por conta própria. A Escritura, entretanto, nos diz para desenvolver outros para fazer o trabalho do ministério.

Jesus não era um cavaleiro solitário. Ele tinha um subgrupo de três em sua equipe de discípulos. Jesus se estendeu por meio de Pedro, Tiago e João.

Eu moro no Brasil. Na fábrica brasileira de caminhões Volkswagen, toda a linha de montagem é feita por grupos ou equipes. Existem marcas no chão para posicionar cada equipe. Há uma recompensa no final do dia se a equipe concluir sua tarefa corretamente e dentro do cronograma. Outra vantagem, dizem eles, de trabalhar em equipe é que os novos trabalhadores aprendem a fazer seu trabalho quando são inseridos em uma equipe que já está fazendo o trabalho. Os recém-chegados, em outras palavras, são ensinados por trabalhadores experientes.

Outra característica da aprendizagem em equipe é o conceito de “treinamento no trabalho”. Antigamente, os profissionais eram treinados em salas de aula e depois iam para o estágio. As escolas de formação técnica são instituições distintas das fábricas ou empresas. Hoje, essas escolas de treinamento técnico estão nas próprias fábricas e não em instituições separadas. Isso otimiza o treinamento adaptado às necessidades específicas da empresa.

A equipe de liderança central é essencial na célula. Além de tirar o peso do líder, a equipe ajuda a formar novos líderes. Jesus conhecia todas essas vantagens e as usou com sucesso. Lembre-se de que Jesus iniciou um movimento, não uma instituição. Isso deve ser o suficiente para seguirmos os passos de Cristo hoje. Se quisermos ganhar este mundo para Jesus, a Igreja deve se tornar um movimento novamente.

Deus está usando Covid-19 para dar à sua igreja um tempo para refletir sobre os princípios bíblicos. Uma dessas áreas é o trabalho em equipe. Como Joel Comiskey apontou repetidamente em seus blogs, a liderança no Novo Testamento está sempre no plural. Ao pressionarmos a pausa durante o Covid-19, vamos renovar o compromisso com o ministério da equipe. Quando o ministério volta ao “normal”, minha oração é que a nova norma seja o ministério em equipe, que tira o fardo de uma pessoa e o compartilha entre um time.

Ajude-nos Deus!

Robert M. Lay

Spanish blog:

Hacer una pausa y reflexionar sobre el liderazgo del equipo

Por Robert Lay, www.celulas.com.br

El covid-19 ha hecho que todos nos detengamos y reflexionemos sobre dónde estamos en la vida y el ministerio. Es el momento de volver a las Escrituras y redescubrir esos principios bíblicos que Dios nos muestra que sigamos. Como compartí en mi último blog, el seminario tradicional capacita a los pastores para que hagan el trabajo del ministerio por sí mismos. Sin embargo, las Escrituras nos dicen que desarrollemos a otros para que hagan el trabajo del ministerio.

Jesús no era un llanero solitario. Tenía un subgrupo de tres en su equipo de discípulos. Jesús se extendió a través de Pedro, Santiago y Juan.

Vivo en Brasil. En la fábrica brasileña de camiones Volkswagen, toda la línea de montaje se realiza por grupos o equipos. Hay marcas en el suelo para posicionar a cada equipo. Hay una recompensa al final del día si el equipo completó su tarea correctamente y a tiempo. Otra ventaja, dicen, de trabajar en equipo es que los nuevos trabajadores aprenden a hacer su trabajo cuando se insertan en un equipo que ya está haciendo el trabajo. En otras palabras, a los recién llegados les enseñan los trabajadores experimentados.

Otra característica del aprendizaje en equipo es el concepto de “Formación en el trabajo”. En épocas anteriores, los profesionales se formaban en las aulas y luego ingresaban en sus prácticas. Las escuelas de formación técnica donde se encuentran instituciones además de las fábricas o empresas. Hoy estas escuelas de formación técnica están en las propias fábricas y no en instituciones separadas. Esto optimiza la formación que se adapta a las necesidades específicas de la empresa.

El equipo de liderazgo central es esencial en la célula. Además de tomar la pesada carga del líder, el equipo ayuda a capacitar a nuevos líderes. Jesús conocía todas estas ventajas y las utilizó con éxito. Recuerde que Jesús inició un movimiento, no una institución. Esto debería ser suficiente para que sigamos los pasos de Cristo hoy. Si queremos ganar este mundo para Jesús, la Iglesia tiene que volver a ser un movimiento.

Dios está usando el covid-19 para darle a su iglesia un tiempo para reflexionar sobre los principios bíblicos. Una de esas áreas es trabajar en equipo. Como Joel Comiskey ha señalado repetidamente en sus blogs, el liderazgo en el Nuevo Testamento siempre está representado en plural. Mientras nos tomamos una pausa durante la ola de covid-19, tengamos un compromiso renovado para el ministerio en equipo. Cuando el ministerio regrese a la “normalidad”, mi oración es que la nueva norma sea el ministerio en equipo, que le quite las cargas a una persona y la comparta entre un equipo.

¡Ayúdanos Dios!

Robert M. Lay

Leave a Reply

Your email address will not be published.