Momentum Gained – Not Lost!

By Andrew Kirk, Director of Generation 2 generation, Website – www.G2gMandate.org, Social Media – @G2gMandate

I hear people talking about “pressing pause.” For many, this is interpreted as “stopping.” I have a slightly different perspective and would describe this “pause” as “re-evaluating” but still moving. One implies standing still, the other a more proactive connotation.

As a ministry, we were running fast around the world pre-COVID, traveling 6-9 months of the year. Being grounded provided a great moment to re-evaluate how we continued to do what God was asking of us, keeping the vision and mandate but moving forward. We took a proactive look, not just for this time but also for the future. Our challenge was how we could reflect without losing momentum and also go forward, learning from this moment to be better prepared for what is to come.

Pausing but not losing momentum during this time of crisis is a great opportunity to reintroduce, mobilize, or focus on biblical concepts and culture that have been in danger of being lost – or of not reaching their potential. Let me give some examples:

Parental Empowering

For years, we have spoken to church leaders about empowering parents to be the primary disciplers of their children and to move away from churches taking that role. While in many nations, “big wing and small wing” have been in lockdown, this “crisis” provided a great opportunity for churches to empower parents at home. Church structures were stripped away, children and youth ministry could connect via Zoom, but that was it. Re-evaluating gave a moment not to be lost, to reintroduce empowering parents, and to ensure that newfound parental empowerment continues into the future. Momentum gained – not lost.

Relying on Cells

Many of the churches that have thrived during this challenging season are those with healthy cells. They were able to mobilize much faster and efficiently than the larger church body. What a fantastic moment to strengthen and prepare them for the years ahead, which will continue to be difficult, to say the least! This is a time for them to see the unique value they have both now and for the future. Momentum gained – not lost.

Every Member Is a Minister 

On the one hand, we have been “distanced,” but on the other hand, the value of personal relationships has never been more evident. Going to the Pastor has not been possible. People have needed a phone call, an encouraging Zoom call, a card, a gift, or food…every member ministry has been required during this crisis. The challenge is ensuring this does not get lost if / when the big wing is fully operational again. Momentum gained – not lost.

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Momentum Ganho – Não Perdido!

Por Andrew Kirk, Diretor da Geração 2 geração, website – www.G2gMandate.org, Social Media – @ G2gMandate

Eu ouço pessoas falando sobre “pressionar a pausa”. Para muitos, isso é interpretado como “parar”. Eu tenho uma perspectiva um pouco diferente e descreveria essa “pausa” como uma “reavaliação”, mas ainda em movimento. Um implica ficar parado, o outro uma conotação mais pró-ativa.

Como ministério, nós estávamos correndo ao redor do mundo antes do COVID, viajando de 6 a 9 meses por ano. Estar com os pés no chão proporcionou um grande momento para reavaliar como nós continuamos a fazer o que Deus estava pedindo de nós, mantendo a visão e o mandato, porém seguindo em frente. Nós fizemos um olhar proativo, não apenas para esta época, mas também para o futuro. Nosso desafio era como nós poderíamos refletir sem perder o ímpeto e também seguir em frente, aprendendo a partir deste momento para estarmos mais preparados para o que está por vir.

Pausar, mas não perder o ímpeto durante este tempo de crise, é uma grande oportunidade para reintroduzir, mobilizar ou enfocar os conceitos e cultura bíblicos que correm o risco de se perder – ou de não atingir seu potencial. Deixe-me dar alguns exemplos:

Empoderamento dos pais
Por anos, falamos com os líderes da igreja sobre capacitar os pais para serem os principais discipuladores de seus filhos e afastarem das igrejas a condição desse papel. Embora em muitas nações a “asa grande e a asa pequena” tenham estado bloqueadas, esta “crise” proporcionou uma grande oportunidade para as igrejas capacitarem os pais em casa. As estruturas da igreja foram retiradas, o ministério de crianças e jovens pôde se conectar via Zoom, mas foi isso. A reavaliação deu um momento para não ser perdido, para reintroduzir o empoderamento dos pais e para garantir que o novo empoderamento parental continue no futuro. Momentum ganho – não perdido.

Depender de células
Muitas das igrejas que prosperaram durante esta época desafiadora são aquelas com células saudáveis. Eles foram capazes de se mobilizar com muito mais rapidez e eficiência do que o corpo maior da igreja. Que momento fantástico para fortalecê-los e prepará-los para os próximos anos, que continuarão a ser difíceis, para dizer o mínimo! Este é o momento para eles verem o valor único que têm agora e no futuro. Momentum ganho – não perdido.
 
Cada membro é um ministro
Por um lado, temos estado “distanciados”, contudo por outro lado, o valor das relações pessoais nunca foi tão evidente. Ir ao pastor não foi possível. As pessoas precisam de um telefonema, uma ligação encorajadora do Zoom, um cartão, um presente ou comida … todo  membro sendo um ministro foi necessário durante esta crise. O desafio é garantir que isso não se perca se/quando a asa grande estiver totalmente operacional novamente. Momentum ganho – não perdido.

Spanish blog:

¡Impulso ganado, no perdido!

Por Andrew Kirk, Director de Generación 2, Sitio web – www.G2gMandate.org, Redes sociales – @ G2gMandate

Escucho a las personas hablar de “presionar pausa”. Para muchos, esto se interpreta como “detenerse”. Tengo una perspectiva ligeramente diferente y describiría esta “pausa” como “reevaluación” pero aún en movimiento. Una implica quedarse quieto, la otro una connotación más proactiva.

Como ministerio, corríamos rápido alrededor del mundo antes del COVID, viajando de 6 a 9 meses al año. Estar enraizados proporcionó un gran momento para reevaluar cómo continuamos haciendo lo que Dios nos estaba pidiendo, manteniendo la visión y el mandato pero avanzando. Tomamos una mirada proactiva, no solo para este momento sino también para el futuro. Nuestro desafío era cómo podíamos reflexionar sin perder el impulso y también seguir adelante, aprendiendo de este momento para estar mejor preparados para lo que está por venir.

Hacer una pausa pero no perder el impulso durante este tiempo de crisis es una gran oportunidad para reintroducir, movilizar o enfocarse en los conceptos bíblicos y la cultura que han estado en peligro de perderse, o de no alcanzar su potencial. Déjame dar algunos ejemplos:

Empoderamiento de los padres

Durante años, hemos hablado con los líderes de la iglesia sobre el empoderamiento de los padres para que sean los principales discipuladores de sus hijos y se alejen de las iglesias que asumen ese papel. Mientras que en muchas naciones, el “ala grande y ala pequeña” han estado bloqueadas, esta “crisis” brindó una gran oportunidad para que las iglesias empoderaran a los padres en casa. Las estructuras de la iglesia fueron eliminadas, sin embargo el ministerio de niños y jóvenes pudo conectarse vía Zoom, pero eso fue todo. La reevaluación brindó un momento que no debe perderse, para reintroducir el empoderamiento de los padres y para garantizar que el nuevo empoderamiento de los padres continúe en el futuro. Impulso ganado, no perdido.

Depender de las células

Muchas de las iglesias que han prosperado durante esta temporada desafiante son aquellas con células sanas. Pudieron movilizarse mucho más rápido y eficientemente que el cuerpo de la iglesia más grande. ¡Qué momento tan fantástico para fortalecerlos y prepararlos para los años venideros, que seguirán siendo difíciles, por decir lo mínimo! Este es un momento para que vean el valor único que tienen tanto ahora como para el futuro. Impulso ganado, no perdido.

Cada miembro es un ministro

Por un lado, nos hemos “distanciado”, pero por otro lado, el valor de las relaciones personales nunca ha sido más evidente. Ir al Pastor no ha sido posible. La gente ha necesitado una llamada telefónica, una llamada Zoom que de aliento, una tarjeta, un regalo o comida … todos los ministerios miembros han sido necesarios durante esta crisis. El desafío es garantizar que esto no se pierda cuando el ala grande vuelva a estar en pleno funcionamiento. Impulso ganado, no perdido

Leave a Reply

Your email address will not be published.