A Worthy Goal

By Mario Vega, www.elim.org.sv

The ship in which Paul was transported had been in the middle of a storm for 14 days. The sailors did not know where they were or where they were going. They were simply carried away by the storm. One morning there was enough light to be able to see the coast, but “they could not recognize the land; but they did observe a bay with a beach, and they resolved to drive the ship onto it if they could” (Acts 27:39). From that moment everything changed on the ship. After a period of total inactivity, the sailors diligently swam to reach the distant shore.

Paul’s experience on the ship is similar to what churches are experiencing today. Without a clear destiny, churches simply get carried away by the storm. Clear purposes get swallowed up in just ​​living from day to day. But when a church has a clear goal, like the sailors who set out to reach the beach, the congregation mobilizes and draws strength from its weakness.

Pastors have a key role in establishing the vision and goal to be achieved. If a congregation doesn’t have a goal, they will just be “hanging out” together. The incredible strengths found in the members will not be used. The entire congregation needs a worthy goal—one worth fighting for. The rest is done by the grace of God.

Korean blog (Click here)

Portuguese blog:

Um objetivo que vale a pena

Mario Vega, www.elim.org.sv

O navio que transportava Paulo esteve em meio a uma tempestade por 14 dias. Os marinheiros não sabiam mais onde estavam e para onde o navio estava indo. Eles estavam sendo simplesmente levados pela tempestade. Certa manhã houve luz suficiente para que eles visualizassem a costa, mas “… não reconheceram a terra, mas avistaram uma enseada, onde havia praia; então, consultaram entre si se não podiam encalhar ali o navio.” Atos 27:39. Daquele momento em diante tudo mudou a bordo daquele navio. Depois de um período de total inatividade, os marinheiros nadaram diligentemente até alcançar a praia distante.

Esta experiência de Paulo no navio é similar ao que as igrejas estão enfrentando hoje. Sem um destino certo, as igrejas simplesmente foram levadas pela tempestade. Os propósitos que pareciam claros submergiram na sobrevivência do dia a dia. Mas quando uma igreja tem um objetivo em vista, como os marinheiros que nadavam em direção à praia, a congregação se mobiliza e retira força de suas fraquezas.

Os pastores têm um papel chave no estabelecimento da visão e dos objetivos a serem alcançados. Se uma congregação não tem um objetivo, todos estarão apenas “congregando” juntos. As forças incríveis que estão nos membros não estarão sendo utilizadas. A congregação como um todo, precisa de um objetivo que valha a pena, um objetivo pelo qual valha a pena lutar. O resto é completado pela graça de Deus.

Spanish blog:

Una meta por la cual luchar

por Mario Vega, www.elim.org.sv

El barco en el que Pablo era transportado llevaba 14 días en medio de una tempestad. Los marineros no sabían en qué lugar se encontraban ni adónde se dirigían. Solo se dejaban llevar por la tormenta. Una mañana hubo suficiente luz para lograr ver la costa, pero «no reconocieron la tierra, pero vieron una bahía que tenía playa, donde decidieron encallar el barco a como diera lugar» (Hechos 27:39). A partir de ese momento todo cambió en el barco. Después de una inactividad total, los marineros se pusieron a trabajar arduamente por alcanzar la playa que habían visto.

La experiencia de Pablo en el barco es similar a la de las iglesias. Cuando no se tiene una visión que muestre el destino, las iglesias simplemente se dejan llevar por la tempestad. No hay propósitos sino solamente la idea de vivir el día a día. Pero cuando una iglesia se propone un objetivo, como los marineros se propusieron llegar a la playa, la congregación se moviliza y saca fuerzas de su debilidad. Es responsabilidad del pastor establecer la visión y, consecuentemente, la meta a alcanzar. Si una congregación no tiene una meta, solo estarán conviviendo. No se aprovecharán las increíbles fuerzas que se encuentran en los miembros. Ellos solo necesitan una razón por la cual luchar, el resto lo hace la gracia de Dios.

Leave a Reply

Your email address will not be published.