Who Invited You?

Michelle Geoffrey, cell pastor at www.celebrationchurch.org

In 2001, I was LOST, I was like a blindfolded person in a maze… lost!  I was doing all of the wrong things and headed in the wrong direction.  In the fall of that year, I surrendered my life to the Lord, but still didn’t know what to do.  Then, I was invited! It wasn’t a grand invite, just an aspiring leader who was out to reach young adults looking for community.  He said, “You are invited.”  I visited his cell group and apprehensively returned week after week, soon after those strangers became family.  I started to see the direction I wanted to go and realized that I was no longer lost, I had been found.  It began with a simple invitation.

Who invited you?  How did you get into your first cell group?  Who brought you to church?  Maybe it was recent, or maybe it was a lifetime ago, but think back to the time when you were lost.  We all needed an invite.  It is quite easy to look around at our friends on social media and think, “WOW!  They need Jesus!” or our relatives at a family event and shake our heads at their poor choices, but what are we doing about it?  When was the last time we asked them to visit our cell group or hear the message from church?

Let’s stop waiting for people to ask us and start asking people to join us for a group.  There are so many great ways to let our coworkers and neighbors see what being in a group really means:

  • Pray for the lost – Go as individuals or as a group and walk around your neighborhood asking the Lord to open the hearts and minds of those around you to respond to your invitation.
  • Plan a service event for the group – Pick a non-profit organization to partner with and invite your lost family or friends to join you in the outreach.  People love a “cause.”
  • Host a virtual game night – Show your coworkers or neighbors that being part of a cell group is fun by planning a virtual party with games and fellowship.  There are plenty of ideas online!
  • Meet a need – Everyone needs something, look for ways to meet one of the “needs” of your family and friends so that they can see Jesus working through you.

These are just some of the practical ways to engage with the lost and disconnected around you… what ideas have you come up with?  How have you invited someone to your group?  Share with us in the comments below and let’s decide together that we are going to continue to invite people to our group until there are no more lost people in our cities or regions!

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Quem te convidou?

Por Michelle Geoffrey, pastora de célula em www.celebrationchurch.org

Em 2001, eu estava PERDIDA, parecia uma pessoa com os olhos vendados em um labirinto … perdida! Eu estava fazendo todas as coisas erradas e indo na direção errada. No outono daquele ano, entreguei minha vida ao Senhor, mas ainda não sabia o que fazer. Então, eu fui convidada! Não era um grande convite, apenas um aspirante a líder que estava tentando alcançar jovens adultos em busca de uma comunidade. Ele disse: “Você está convidada.” Visitei seu grupo de célula e voltei apreensiva semana após semana, logo depois, aqueles estranhos se tornaram família. Comecei a ver para onde eu queria ir e percebi que não estava mais perdida, tinha sido encontrada. Tudo começou com um simples convite.

Quem te convidou? Como você entrou em seu primeiro grupo de célula? Quem o trouxe para a igreja? Talvez tenha sido recente, ou talvez tenha sido há muito tempo, mas pense na época em que você estava perdido. Todos nós precisávamos de um convite. É muito fácil olhar para nossos amigos nas redes sociais e pensar: “UAU! Eles precisam de Jesus! ” ou nossos parentes em um evento familiar e balançarmos a cabeça por causa de suas escolhas erradas, mas o que estamos fazendo a respeito? Quando foi a última vez que pedimos a eles para visitar nosso grupo de células ou ouvir a mensagem da igreja?

Vamos parar de esperar que as pessoas nos peçam e começar a pedir às pessoas que se juntem a nós em um grupo. Existem tantas maneiras excelentes de permitir que nossos colegas de trabalho e vizinhos vejam o que realmente significa estar em um grupo:

  • Ore pelos perdidos – Vão como indivíduos ou em grupo e caminhem pela vizinhança pedindo ao Senhor para abrir os corações e mentes das pessoas ao seu redor para responder ao seu convite.
  • Planeje um evento de serviço para o grupo – Escolha uma organização sem fins lucrativos para fazer parceria e convide sua família ou amigos perdidos para se juntar a você no evangelismo. As pessoas adoram uma “causa”.
  • Organize uma noite de jogo virtual – Mostre aos seus colegas de trabalho ou vizinhos que fazer parte de um grupo de célula é divertido planejando uma festa virtual com jogos e companheirismo. Existem muitas ideias online!
  • Atenda a uma necessidade – Todos precisam de algo, procure maneiras de atender a uma das “necessidades” de sua família e amigos para que possam ver Jesus trabalhando através de você.

Estas são apenas algumas das maneiras práticas de se envolver com os perdidos e desconectados ao seu redor … que ideias você teve? Como você convidou alguém para o seu grupo? Compartilhe conosco nos comentários abaixo e vamos decidir juntos que continuaremos a convidar pessoas para o nosso grupo, até que não haja mais pessoas perdidas em nossas cidades ou regiões!

Spanish blog:

¿Quien te invito?

Por Michelle Geoffrey, pastora celular en www.celebrationchurch.org

En 2001, estaba PERDIDA, era como una persona con los ojos vendados en un laberinto … ¡perdida! Estaba haciendo todas las cosas incorrectas y me dirigí en la dirección equivocada. En el otoño de ese año, entregué mi vida al Señor, pero todavía no sabía qué hacer. ¡Entonces, fui invitada! No fue una gran invitación, solo un aspirante a líder que buscaba llegar a los adultos jóvenes que buscaban una comunidad. Él dijo: “Estás invitada”. Visité su grupo celular y regresé con aprensión semana tras semana, poco después de que esos extraños se convirtieran en familia. Empecé a ver la dirección en la que quería ir y me di cuenta de que ya no estaba perdida, me habían encontrado y todo comenzó con una simple invitación.

¿Quien te invito? ¿Cómo ingresaste a tu primer grupo celular? ¿Quién te trajo a la iglesia? Tal vez fue reciente, o tal vez fue hace toda una vida, pero recuerda el momento en que te perdiste. Todos necesitábamos una invitación. Es bastante fácil mirar a nuestros amigos en las redes sociales y pensar: “¡GUAU! ¡Ellos necesitan a Jesus!” o nuestros parientes en un evento familiar y sacudimos la cabeza ante sus malas decisiones, pero ¿qué estamos haciendo al respecto? ¿Cuándo fue la última vez que les pedimos que visitaran nuestro grupo celular o escucharan el mensaje de la iglesia?

Dejemos de esperar a que la gente nos pregunte y empecemos a pedirle a la gente que se una a nosotros en un grupo celular. Hay muchas maneras excelentes de permitir que nuestros compañeros de trabajo y vecinos vean lo que realmente significa estar en un grupo celular:

  • Ore por los perdidos – Vaya individualmente o en grupo y camine por su vecindario pidiendo al Señor que abra los corazones y las mentes de quienes lo rodean para responder a su invitación.
  • Planifique un evento de servicio para el grupo: elija una organización sin fines de lucro con la que asociarse e invite a sus familiares o amigos perdidos a unirse a usted en el alcance. La gente ama una “causa”.
  • Organice una noche de juegos virtuales: demuestre a sus compañeros de trabajo o vecinos que ser parte de un grupo celular es divertido al planificar una fiesta virtual con juegos y compañerismo. ¡Hay muchas ideas en línea!
  • Satisfacer una necesidad – Todo el mundo necesita algo, busque formas de satisfacer una de las “necesidades” de su familia y amigos para que puedan ver a Jesús obrando a través de usted. 

Estas son solo algunas de las formas prácticas de interactuar con los perdidos y desconectados que te rodean … ¿Qué ideas se te han ocurrido? ¿Cómo has invitado a alguien a tu grupo? Comparta con nosotros en los comentarios a continuación y decidamos juntos que continuaremos invitando a personas a nuestro grupo, ¡hasta que no haya más personas perdidas en nuestras ciudades o regiones! 

Leave a Reply

Your email address will not be published.