Inviting People Who Are Not Regularly Attending A Cell Group

By Joel Comiskey, check out the free videos

I believe in the local church. I believe that each believer should be part of one local church, submissive to pastor and elders—as well as submitting to one another.

For this reason, I believe it is unethical for small group members and leaders from one local church to invite and shepherd the sheep from other local churches.

We’ve been talking about outreach this month, but I need to constantly remind members and leaders that outreach is for the unconverted and unchurched. We should not be inviting evangelicals from other churches! I’m specifically talking about not inviting  believers who are committed to other evangelical churches. Those believers need to go back to their pastors and ask them to start groups in their own churches.

When Cho started the modern-day cell group explosion back in the 60s, he called them cells because they were connected to one body, one local church. Just like the cells in the human body are intimately connected to the body itself, so also the cells in the local church are connected to that same local church.

On a positive note, cells should be actively engaged in talking to people who don’t have a small group within the local church. If we really believe that disciples are formed and shaped through the cell and cell system, we should desire that everyone attending a particular local church should also be in a cell group.

And we should not worry if more than one group invites the same person to attend their group. What a blessing to shower love and care on those who don’t have a small group. 

“Take for example my own cell group. Since we are a recently multiplied group, we need people!” Our low numbers drive us to grow. We multiplied with four core team members, so we could easily invite four new believers to strengthen our group. While we continue to pray for unbelievers, we are open for local church believers who do not have a group.

I counsel cell leaders to limit the number of local church members to about eight people. The rest should come from outreach to the unconverted and unchurched.

Since my own local church meets in a permanent “tent” structure located on the church’s physical property, we have been able to hold weekly celebration gatherings for a long time now. Lately, the attendance has been increasing, and we have noticed various people who are not in a cell (I do know that many churches are not meeting in celebration because of COVID, so members will need to be creative in discovering those local church believers who do not have a cell group).

A few weeks ago, we talked to a person after the celebration service who attended the service but did not have a cell group. We invited her to our group, and she showed up at our Zoom cell group last week! We had to help her figure out Zoom, but she did get the hang of it and contributed a lot to our group. We appreciated her honest feedback as a two-year old believer.

Let us keep reaching out. God desire to make disciples who make disciples through cell church ministry.

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Convidando pessoas que não frequentam regularmente um grupo de células

Por Joel Comiskey, confira os vídeos gratuitos

Eu acredito na igreja local. Eu acredito que cada crente deve ser parte de uma igreja local, submisso ao pastor e aos presbíteros – bem como se submeter uns aos outros.

Por esse motivo, acredito que não é ético que membros de pequenos grupos e líderes de uma igreja local convidem e pastoreassem as ovelhas de outras igrejas locais.

Nós temos falado sobre evangelismo este mês, mas preciso lembrar constantemente aos membros e líderes que o evangelismo é para os não convertidos e sem igreja. Não devemos convidar evangélicos de outras igrejas! Eu estou falando especificamente sobre não convidar crentes que estão comprometidos com outras igrejas evangélicas. Esses crentes precisam voltar aos seus pastores e pedir-lhes para começarem grupos em suas próprias igrejas.

Quando Cho começou a explosão do grupo de células dos dias modernos nos anos 60, ele as chamou de células porque estavam conectadas a um corpo, uma igreja local. Assim como as células do corpo humano estão intimamente conectadas ao próprio corpo, também as células da igreja local estão conectadas a essa mesma igreja local.

Em uma nota positiva, as células devem estar ativamente engajadas em falar com pessoas que não têm um pequeno grupo dentro da igreja local. Se realmente acreditamos que os discípulos são formados e moldados por meio da célula e do sistema celular, devemos desejar que todos que frequentam uma determinada igreja local também façam parte de um grupo de células.

E não devemos nos preocupar se mais de um grupo convidar a mesma pessoa para participar de seu grupo. Que bênção derramar amor e carinho sobre aqueles que não têm um pequeno grupo.

Tome, por exemplo, meu próprio grupo de células. Como nós somos um grupo recentemente multiplicado, precisamos de pessoas! Nossos números baixos nos levam a crescer. Nós nos multiplicamos com quatro membros da equipe principal, então pudemos facilmente convidar quatro novos crentes para fortalecer nosso grupo. Enquanto continuamos a orar pelos incrédulos, estamos abertos para os crentes da igreja local que não têm um grupo.

Aconselho os líderes de célula a limitar o número de membros da igreja local a cerca de oito pessoas. O resto deve vir do alcance para os não convertidos e sem igreja.

Já que minha própria igreja local se reúne em uma estrutura de “tenda” permanente localizada na propriedade física da igreja, temos sido capazes de realizar reuniões de celebração semanais há muito tempo. Ultimamente, a frequência tem aumentado e temos notado várias pessoas que não estão em uma célula (eu sei que muitas igrejas não estão se reunindo em celebração por causa do COVID, então os membros precisarão ser criativos para descobrir aqueles crentes da igreja local que não tem um grupo de células).

Algumas semanas atrás, conversamos com uma pessoa após o culto de celebração que compareceu ao culto, mas não tinha um grupo de células. Nós a convidamos para o nosso grupo, e ela apareceu no nosso grupo de células Zoom na semana passada! Tivemos que ajudá-la a descobrir o Zoom, mas ela pegou o jeito e contribuiu muito para o nosso grupo. Agradecemos seu feedback honesto como uma crente de dois anos.

Vamos continuar alcançando. Deus deseja fazer discípulos que fazem discípulos por meio do ministério da igreja em células.

Spanish blog:

Invitando a personas que no asisten regularmente a un grupo celular

Por Joel Comiskey, mira los videos gratuitos

Creo en la iglesia local. Creo que cada creyente debe ser parte de una iglesia local, sumiso al pastor y los ancianos, además de someterse unos a otros.

Por esta razón, creo que no es ético que los miembros de grupos pequeños y los líderes de una iglesia local inviten y pastoreen las ovejas de otras iglesias locales.

Estuvimos hablando sobre la divulgación este mes, pero necesito recordar constantemente a los miembros y líderes que la divulgación es para los inconversos y los que no asisten a la iglesia. ¡No deberíamos invitar a evangélicos de otras iglesias! Me refiero específicamente a no invitar a creyentes comprometidos con otras iglesias evangélicas. Esos creyentes necesitan volver a sus pastores y pedirles que inicien grupos en sus propias iglesias.

Cuando Cho inició la explosión del grupo celular moderno en los años 60, las llamó células porque estaban conectadas a un cuerpo, una iglesia local. Así como las células del cuerpo humano están íntimamente conectadas con el cuerpo mismo, también las células de la iglesia local están conectadas a esa misma iglesia local.

En una nota positiva, las células deben participar activamente en hablar con personas que no tienen un grupo pequeño dentro de la iglesia local. Si realmente creemos que los discípulos se forman y moldean a través del sistema celular y celular, deberíamos desear que todos los que asisten a una iglesia local en particular también estén en un grupo celular.

Y no debemos preocuparnos si más de un grupo invita a la misma persona a asistir a su grupo. Qué bendición derramar amor y cuidado en aquellos que no tienen una célula.

Tomen como ejemplo mi propio grupo celular, como somos un grupo recientemente multiplicado, ¡necesitamos gente! nuestro bajo número nos impulsa a crecer. Nos multiplicamos con cuatro miembros del equipo central, por lo que fácilmente podríamos invitar a cuatro nuevos creyentes para fortalecer nuestro grupo. Mientras continuamos orando por los incrédulos, estamos abiertos a los creyentes de la iglesia local que no tienen un grupo.

Aconsejo a los líderes celulares que limiten el número de miembros de la iglesia local a unas ocho personas. El resto debe provenir del alcance a los inconversos y sin iglesia.

Dado que mi propia iglesia local se reúne en una estructura de “carpa” permanente ubicada en la propiedad física de la iglesia, hemos podido realizar reuniones de celebración semanales durante mucho tiempo. Últimamente, la asistencia ha aumentado y hemos notado que varias personas no están en una célula (sé que muchas iglesias no se están reuniendo para el servicio de celebración debido al COVID, por lo que los miembros deberán ser creativos para descubrir a los creyentes de la iglesia local que no tiene un grupo celular).

Hace unas semanas, hablamos con una persona después del servicio de celebración que no tenía un grupo celular. La invitamos a nuestro grupo y se conectó en Zoom la semana pasada. Tuvimos que ayudarla a conocer Zoom, pero ella lo entendió y contribuyó mucho a nuestro grupo. Apreciamos sus comentarios honestos como una creyente de dos años.

Sigamos extendiéndonos. Dios desea hacer discípulos que hagan discípulos a través del ministerio de la iglesia celular. 

Leave a Reply

Your email address will not be published.